• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Primavera árabe
 

Primavera árabe

on

  • 7,852 views

 

Statistics

Views

Total Views
7,852
Views on SlideShare
5,557
Embed Views
2,295

Actions

Likes
2
Downloads
121
Comments
0

1 Embed 2,295

http://robertomoscajunior1972.wordpress.com 2295

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Primavera árabe Primavera árabe Presentation Transcript

    • Primavera árabe
      RMJ
    • Vocabulário do mundo árabe
      Corão ou Alcorão – livro sagrado dos mulçumanos, seu conteúdo é a palavra de ala, deus do Islã, revelada por Maomé.
      Islã ou Islamismo – palavra árabe ASLAMA (submissão a Deus)
      Muçulmano – do árabe muslim “aquele que se submete a Deus”
      Xiitas e Sunitas – Duas correntes principais e divergem enquanto o método de professar o Islã.
    • Vocabulário do mundo árabe
      Xiita – Xia Ali aquele que segue ALI primo de MAOMÉ, criador desta corrente.
      Sunita – seguem a “ SUNA”, exemplos deixados pelo profeta.
      Aiatolá – principal autoridade religiosa, em árabe, significa sinais de Deus.
      Xeque- sábio de uma comunidade que conhece em profundidade as leis do Islã. Chefe mulçumano de um território(país, cidade, bairro ou tribo).
    • Mundo árabe
      Mundo árabe: países localizados no norte da África e no Oriente Médio.
      Liga Árabe (1945) – 22 países membros.
      Existem três fatores que podem ajudar, em graus diversos, na determinação se um indivíduo é considerado árabe ou não:
      políticos: se ele vive em um país membro da liga Árabe (ou, de maneira geral, no mundo árabe); essa definição cobre mais de trezentos milhões de pessoas.
      linguísticos: se sua língua materna é o árabe; essa definição cobre mais de duzentos milhões de pessoas.
      genealógicos: Pode-se traçar sua ascendência até os habitantes originais da península arábica.
    • Ditaduras em xeque
      Regimes autocratas (autoridade concentra-se nas mãos de um único partido ou pessoa - um rei, um ditador ou um presidente.
      Pouca participação política (ex: Mesmo onde já existe alguma democracia, mesmo os partidos mais proeminentes da oposição são regularmente banidos do jogo político, e as eleições fraudadas).
      Lutas por direitos políticos
    • Ditaduras em xeque
      Forças de segurança implacável.
      Estados criados depois da segunda guerra.
      Elite dominante corrupta.
      População em situação de pobreza, desemprego elevado e alto custo de vida. (direitos sociais)
      Aumento do preço dos alimentos apontado como um dos estopins da crise árabe.
    • Tunísia
      Vendedor de rua ateia fogo ao corpo na Tunísia em 17 de dez. 2010.
      Situação difícil e crise econômica.
      Zine al-Abidine Ben Ali (23 anos de ditadura).
      Primeira vez que, um líder local é derrubado pela força e pressão do povo (14 de jan. 2011).
      Revolução de Jasmin. (flor nacional da Tunísia).
    • Egito
      Praça Tahrir (derrubada de HosniMubarak) em 11 de fevereiro.
      País mais populoso do mundo árabe. (80 milhões de habitantes)
    • Líbia
      Início de março
      Muammar Kadafi.
      Mais antigo ditador do mundo árabe.
      Sob o impacto da revolução parte do exército desertou.
      Intervenção da OTAN (EUA, Inglaterra, França e Itália).
    • Síria
      A mais recente crise no cenário da primavera árabe.
      Apoia o Hezbolla (Partido de Deus)
      Guerras do Líbano 1982 e ocupação do Líbano.
      Inimigo de Israel.
    • Israel
      Única democracia da região.
      Ao mesmo tempo é acusado de práticas que não respeita os direitos humanos.
      Com as revoltas no mundo árabe, Israel teme a chegada de extremistas islâmicos ao poder.
      Ex: Israel lamentou a queda de Mubarak do poder. Seu aliado na região.
    • EUA
      Tradicionalmente mantêm alianças com várias ditaduras.(interesses estratégicos).
      Petróleo e bases militares.
      Para os ocidentais as autocracias servem como aliados na luta contra grupos fundamentalistas islâmicos, que lutam pela implementação de um Estado religioso (ou seja, teocráticos), regidos pelo Alcorão e pregam a jihad (guerra santa) contra o ocidente.
    • A internet como arma
      Jovens desempregados
      Novas tecnologias de Informação e comunicação (TIC´s), ampliam o poder de ação.
      Os movimentos de rua, que não tem liderança claras, são orquestrados pelo simples digitar do teclado.
      Imagens gravadas por celulares e colocadas na internet, funcionam como pavio para espalhar o clima de insatisfação.
      Rebeliões foram tomando o Twitter e o Facebook, em protestos online.
      Ao mesmo tempo, os governos cortam os serviços de internet e os sinais de comunicação sem fio.
    • Referências
      http://pt.wikipedia.org/wiki/Árabes.
      Revista Atualidades (Vestibular + ENEM) 1º semestre 2011. Ed Abril.