Jun/2010   II Relatório de Atividades: Game em RealidadeAumentada (GRA): a sua própria tela para o mundo                  ...
HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividad...
HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividad...
HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividad...
HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividad...
HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividad...
HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividad...
HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para o mundo. Relatório de Ativida...
HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividad...
HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividad...
HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividad...
HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividad...
HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividad...
HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividad...
HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividad...
HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividad...
HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividad...
HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividad...
HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividad...
HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividad...
HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividad...
HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividad...
HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividad...
HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividad...
HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividad...
HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividad...
HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividad...
HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividad...
HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividad...
HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividad...
HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividad...
HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividad...
HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividad...
HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividad...
HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividad...
HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividad...
HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividad...
HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividad...
HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividad...
HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividad...
HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividad...
HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividad...
HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividad...
HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividad...
HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividad...
HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividad...
HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividad...
HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividad...
HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividad...
HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividad...
HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividad...
HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividad...
HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividad...
HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividad...
HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividad...
HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para o mundo. Relatório de Ativida...
HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para o mundo. Relatório de Ativida...
HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para o mundo. Relatório de Ativida...
HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para o mundo. Relatório de Ativida...
HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para o mundo. Relatório de Ativida...
HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para o mundo. Relatório de Ativida...
HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para o mundo. Relatório de Ativida...
HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para o mundo. Relatório de Ativida...
HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para o mundo. Relatório de Ativida...
HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para o mundo. Relatório de Ativida...
HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para o mundo. Relatório de Ativida...
HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para o mundo. Relatório de Ativida...
HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para o mundo. Relatório de Ativida...
HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para o mundo. Relatório de Ativida...
HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para o mundo. Relatório de Ativida...
HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para o mundo. Relatório de Ativida...
HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para o mundo. Relatório de Ativida...
HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para o mundo. Relatório de Ativida...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para o mundo. Relatório de Atividades II, 2º. Trimestre 2010. Projeto de excelência Sistema Bios Cíbrido na Realidade Urbana Aumentada: WIKINARUA. PROGRAMA LABORA

513
-1

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
513
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
8
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para o mundo. Relatório de Atividades II, 2º. Trimestre 2010. Projeto de excelência Sistema Bios Cíbrido na Realidade Urbana Aumentada: WIKINARUA. PROGRAMA LABORA

  1. 1. Jun/2010 II Relatório de Atividades: Game em RealidadeAumentada (GRA): a sua própria tela para o mundo Coordenadora: Msc. Camila Hamdan LART-Laboratório de Pesquisa em Arte e TecnoCiência, UnB-FGA-Gama 16/06/2010 Relatório 2º. Trimestre - 2010
  2. 2. HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividades II, 2º. Trimestre 2010. Projeto de excelência Sistema Bios Cíbrido naRealidade Urbana Aumentada: WIKINARUA. PROGRAMA LABORATÓRIOS DE EXPERIMENTAÇÃO EPESQUISA EM TECNOLOGIAS AUDIOVISUAIS – XPTA.LAB, Cinemateca, Ministério da Cultura, jun.2010.IMPORTANTE: Este é o segundo relatório do Projeto consorciado 1:Gameem Realidade Aumentada (GRA): a sua própria tela para o mundoCoordenado por MSc. Camila Hamdan sob orientação da PesquisadoraVisitante Nacional Sênior Dra. Diana Domingues, como um instrumentode avaliação parcial solicitado pela Coordenação do Projeto deExcelência Sistema Bios Cíbrido na Realidade Urbana Aumentada:WIKINARUA, de grande importância para o grupo. O presente relatórioobjetiva-se descrever a atual fase de desenvolvimento do projeto deforma a relatar: 1. Local das ações do projeto; 2. Estudo edesenvolvimento da API Layar e demais tecnologias. Embora estedocumento tenha sido revisado para precisão técnica, não é final. Asinformações fornecidas serão descritas de forma a planejar a adoção detecnologias e interfaces de programação aqui descritas sendo sujeitas aalterações de implementação de acordo com este relatório. Novasversões deste documento poderão ser fornecidas com versões futuras doAPI e/ou tecnologias.
  3. 3. HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividades II, 2º. Trimestre 2010. Projeto de excelência Sistema Bios Cíbrido naRealidade Urbana Aumentada: WIKINARUA. PROGRAMA LABORATÓRIOS DE EXPERIMENTAÇÃO EPESQUISA EM TECNOLOGIAS AUDIOVISUAIS – XPTA.LAB, Cinemateca, Ministério da Cultura, jun.2010. 1. LOCAL DAS AÇÕES DO PROJETO O Projeto Game em Realidade Aumentada (GRA): a sua própria tela para o mundo, está sendo executado no LART - Laboratório de Pesquisa em ARTE E TECNOCIÊNCIA coordenado pela Profa. Dra. Diana Domingues, que funciona acoplado ao LEI – LABORATÓRIO DE ENGENHARIA E INOVAÇÃO, sendo o ambiente cientifico propício para expandir pesquisas em Software Art e Mobile Art (neste caso), com a proposta do desenvolvimento de Sistemas Biocíbridos entre outros problemas de pesquisa de nossos projetos. A Faculdade UnB/Gama, Campus GAMA oferece condições antes não existentes para a pesquisa em ARTE e TECNOCIÊNCIA, amplia e assegura o ambiente científico para o desenvolvimento de ações previstas no projeto Game em Realidade Aumentada (GRA): a sua própria tela para o mundo numa ação conjunta com a Programa de Restruturação e Expanção das Universidades Federais/REUNI, pela aquisição no mês de abril, da bolsa REUNI na categoria de Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Arte, PPG-Arte da Universidade de Brasília, na linha de pesquisa Arte e Tecnologia.2. DESENVOLVIMENTO GERAL NA PLATAFORMA LAYAR2.1. Navegadorexperimentar as camadas de conteúdo criadas no projeto.2.2. Plataformaservir e publicar as camadas de conteúdo criadas no projeto.A plataforma é o lugar onde as camadas de conteúdo são definidos e agecomo o link para a editora real que hospeda os dados. A definição da camadade conteúdo é um componente essencial da sua camada. Esta definição dá aointerator o título e o look-and-feel da camada, além de meta-tags e da
  4. 4. HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividades II, 2º. Trimestre 2010. Projeto de excelência Sistema Bios Cíbrido naRealidade Urbana Aumentada: WIKINARUA. PROGRAMA LABORATÓRIOS DE EXPERIMENTAÇÃO EPESQUISA EM TECNOLOGIAS AUDIOVISUAIS – XPTA.LAB, Cinemateca, Ministério da Cultura, jun.2010.localização do serviço Web (onde os dados são mantidos). Não há nenhumcusto para usar a plataforma Layar.2. 3 Publicação de pontos de Interesse (POI)A função básica do Layar: dados que servem sob a forma de informaçõesrelativas a locais específicos.3DEm vez de ícones simples, você pode usar objetos em 3D. Qualquer objetopode ser colocado em qualquer local. Isto é onde você começa a construir seupróprio mundo.Proximidade triggersEsses gatilhos ajudar a fazer muitas coisas. Eles definem uma ação que iráocorrer quando o usuário entra na proximidade de um local. Por exemplo, umovo de Páscoa que só aparece em uma praça da cidade principal, quando vocêestiver no prazo de 10 metros dele.AudioQualquer ponto de interesse pode ter um elemento de áudio atribuída a ele.Assim, por exemplo, uma canção de acompanhamento poderia jogar quando oovo de Páscoa é exibida.AutenticaçãoAuthentication permite que você desenvolva serviços pessoais. Um exemplo éa camada Tweepsaround. Apenas quando conectado é possível ver seusamigos em torno de você ou tweet a partir de dentro da camada conteúdo.
  5. 5. HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividades II, 2º. Trimestre 2010. Projeto de excelência Sistema Bios Cíbrido naRealidade Urbana Aumentada: WIKINARUA. PROGRAMA LABORATÓRIOS DE EXPERIMENTAÇÃO EPESQUISA EM TECNOLOGIAS AUDIOVISUAIS – XPTA.LAB, Cinemateca, Ministério da Cultura, jun.2010.3. DEFINIÇÃO GERAL DA CAMADA 14 BISRealizamos um teste da camada 14 Bis na API página de teste e no telefoneHTC Nexus One, nº. +55618166-0946 (utilizando as configurações Developer),no dia 21 de Abril de 2010, por ocasião do Aniversário de 50 anos da Cidadede Brasília. 3.1 Breve descrição Com o intuito de contribuir com as comemorações do aniversário de 50 anos de Brasília a obra 14 Bis é uma homenagem ao pensamento cultural brasileiro que une a arte, a ciência e a tecnologia transformando a cidade de Brasília em um local público aberto de exposição. o desenvolvimento colaborativo de uma biblioteca de dados na Internet composta por sons, vídeos, textos,sites, imagens 2D e 3D para a construção livre de informações em realidadeaumentada pelas pessoas e a criação e visualização em celulares deanimações tridimensionais na cidade de Brasília. 14 Bis foi o primeiro avião emque Santos Dumont voou sobre a cidade de Paris. Nossa proposta foi fazervirtualmente em escala real de 10 metros, a aeronave, fazendo a alusão aopioneirismo do pensador brasileiro e das atuais pesquisas de artistas-ciêntistasde Brasília, através da primeira aeronave em realidade aumentada sobre o céudo Brasil. Nosso projeto pretende criar uma realidade urbana misturada em queobjetos virtuais são inseridos no espaço real. Isso permitirá que as pessoaspossam desenvolver livremente conteúdos e inserir nas ruas, avenidas pelacidade, criando novas narrativas urbanas de comunicação com o uso dasferramentas desenvolvidas com códigos e softwares livres a serem utilazas na
  6. 6. HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividades II, 2º. Trimestre 2010. Projeto de excelência Sistema Bios Cíbrido naRealidade Urbana Aumentada: WIKINARUA. PROGRAMA LABORATÓRIOS DE EXPERIMENTAÇÃO EPESQUISA EM TECNOLOGIAS AUDIOVISUAIS – XPTA.LAB, Cinemateca, Ministério da Cultura, jun.2010.oficina “Narrativas Cíbridas: tecnologias da mobilidade e vida urbanamisturada” coordenado pela Dra. Diana Domingues. Figura 1: interação com a plataforma Layar3. 2. Descrição detalhada3.2.1 Objetivo da camada 14 Bis: inserir a aeronave 14 Bis de Santos Dumontmodelada, em escala natural de 10 metros, em locais específicos da Cidade deBrasilia/DF.3.2.2 Localização dos POIs: 1º. Universidade de Brasília- UnB; 2º. FundaçãoNacional de Artes, FUNARTE, na cidade de Brasília, DF.Palavras-chave: Santos Dumond, 14 Bis, Brasília outros 50, Aniversário deBrasília, vida urbana mistrurada, realidade cíbrida, Arte e TecnoCiência. Aspalavras-chave são palavras que visam abranger o conteúdo da camada, paraque o público possa capaz de encontrar a camada facilmente.
  7. 7. HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividades II, 2º. Trimestre 2010. Projeto de excelência Sistema Bios Cíbrido naRealidade Urbana Aumentada: WIKINARUA. PROGRAMA LABORATÓRIOS DE EXPERIMENTAÇÃO EPESQUISA EM TECNOLOGIAS AUDIOVISUAIS – XPTA.LAB, Cinemateca, Ministério da Cultura, jun.2010.3.2.4 Código do país: Seleção do Brasil para que os POIs da camada estalocalizado. Nesse sentido há a possibilidade de selecionar vários países, atéum máximo de 20. Código internacionais só podem ser utilizados para ascamadas que têm gerado pelo usuário de entrada e pode, portanto, conterqualquer POIs (ex. Flickr) ou para as camadas que têm POIs em mais de 20países.3.2.5 Local (bounding boxes)Local onde os POIs estão agrupados numa cidade / região:  Universidade de Brasília/UnB: Coordenadas (15.765925,-47.870344) 14Bis 1 loc=-15.765925,-47.870344, type: 0,dimension: 3, object: --full: link,-- reduced: link, -- icon: -- size: 20, transform: -- rel: false -- angle: 0 -- scale: 1. relative alt: 4  FUNARTE: Coordenadas (15.789166,-47.8975) 14bis 2 loc=-15.789166,-47.8975, type: 0, dimension: 3, object: -- full: link,-- reduced: link -- icon: -- size: 20, transform:-- rel: false, -- angle: 0, -- scale: 1, relative alt: 4, 14bis.Desenvolvimento da camada local, definindo uma ou mais caixa Isso faz comque a camada 14 Bis seja mais visível para os usuários que estão nessaregião.3.3 Programação (parte):{"layer":"sd14bis","errorString":"ok","morePages":false,"errorCode":0,"nextPageKey":3,"searchFilters":null,"filter1Text":null,"filter1Param":null,"filter2Text":null,"filter2Param":null,"filter3Text":null,"filter3Param":null,"hotspots":[{"actions":[{"uri":"","label":"","autoTriggerRange":null,"autoTriggerOnly":null,"layerURL":"0"}],"attri
  8. 8. HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para o mundo. Relatório de Atividades II, 2º. Trimestre 2010. Projeto de excelência Sistema Bios Cíbrido na Realidade Urbana Aumentada: WIKINARUA. PROGRAMA LABORATÓRIOS DE EXPERIMENTAÇÃO E PESQUISA EM TECNOLOGIAS AUDIOVISUAIS – XPTA.LAB, Cinemateca, Ministério da Cultura, jun. 2010. bution":"","distance":5980352.5112,"id":"4","imageURL":"http://164.41.44.101/ sd14bis/14bis.l3d","lat":-15765925,"lon":- 47870344,"line2":"","line3":"","line4":"","title":"14bis","dimension":3,"transform":{" rel":false,"angle":0,"scale":1},"object":{"baseURL":"","full":"http://164.41.44.101 /sd14bis/14bis.l3d","reduced":"http://164.41.44.101/sd14bis/14bis.l3d","icon": "http://164.41.44.101/sd14bis/14bis.l3d","size":20},"alt":null,"relativeAlt":4,"typ e":0},{"actions":[{"uri":"","label":"","autoTriggerRange":null,"autoTriggerOnly":null ,"layerURL":"0"}],"attribution":"","distance":5984341.15781,"id":"3","imageURL":" http://164.41.44.101/sd14bis/14bis.l3d","lat":-15789166,"lon":- 47897500,"line2":"","line3":"","line4":"","title":"14bis","dimension":3,"transform":{" rel":false,"angle":0,"scale":1},"object":{"baseURL":"","full":"http://164.41.44.101 /sd14bis/14bis.l3d","reduced":"http://164.41.44.101/sd14bis/14bis.l3d","icon": "http://164.41.44.101/sd14bis/14bis.l3d","size":20},"alt":null,"relativeAlt":4,"typ e":0},{"actions":[{"uri":"","label":"","autoTriggerRange":null,"autoTriggerOnly":null ,"layerURL":"0"}],"attribution":"","distance":5984592.40213,"id":"2","imageURL":" http://164.41.44.101/sd14bis/14bis.l3d","lat":-15791388,"lon":- 47898926,"line2":"","line3":"","line4":"","title":"14bis","dimension":3,"transform":{" rel":false,"angle":0,"scale":1},"object":{"baseURL":"","full":"http://164.41.44.101 /sd14bis/14bis.l3d","reduced":"http://164.41.44.101/sd14bis/14bis.l3d","icon": "http://164.41.44.101/sd14bis/14bis.l3d","size":20},"alt":null,"relativeAlt":4,"typ e":0}]}Disponível em: http://164.41.44.101/sd14bis/sd14bis.txt. dia 16 de junho de 2010.3.4 Aspectos verificados no sistema: olhar e sentir - Verificação da camada 14 Bis como uma resposta POIs na página de teste API-Layar.
  9. 9. HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividades II, 2º. Trimestre 2010. Projeto de excelência Sistema Bios Cíbrido naRealidade Urbana Aumentada: WIKINARUA. PROGRAMA LABORATÓRIOS DE EXPERIMENTAÇÃO EPESQUISA EM TECNOLOGIAS AUDIOVISUAIS – XPTA.LAB, Cinemateca, Ministério da Cultura, jun.2010. 3.4.1 Resposta válida JSONVerificação de resposta JSON válida. POIs são devolvidos com umamensagem quando encontrada ou não são encontrados. O Layar enviamensagens de erro como, "camada não disponível", "incompatibilidade donome” e o tradicional "Erro 404”. 3.4.2 Filtros  Pesquisa de texto- Teste das palavras-chave que devem ou não retornar POIs.  Faixa de filtro de Slider– Verificar se os POIs estão dentro do intervalo de pesquisa definidos podemser devolvidos.  Filtro Checkbox- Teste cada caixa de seleção separadamente para se certificar de que POIssão devolvidos conforme o esperado.- Teste a situação quando não está selecionada.  filtro botão Rádio;- Teste cada botão de rádio em separado para se certificar de que POIs sãodevolvidos conforme o esperado.  filtro de Slider- Teste se os POIs são devolvidos dentro do intervalo selecionado.  Teste de algumas combinações de configurações de filtro diferente.
  10. 10. HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividades II, 2º. Trimestre 2010. Projeto de excelência Sistema Bios Cíbrido naRealidade Urbana Aumentada: WIKINARUA. PROGRAMA LABORATÓRIOS DE EXPERIMENTAÇÃO EPESQUISA EM TECNOLOGIAS AUDIOVISUAIS – XPTA.LAB, Cinemateca, Ministério da Cultura, jun.2010.Resultados: muitas vezes, os filtros funcionam corretamente quando sãotestados separadamente, vemos muitos erros quando se trata de utilização decombinações de filtros. 3.4.3 Ações (Algumas das ações só podem ser testados no telefoneHTC Nexus One.)  Telefone link nr º– Verificação se o formato está correto. Deve usar tel "intenção" em frente aonúmero de telefone real. Ex, "tel: +5561.81660946.– Certificação de que há um número de telefone válido. Caso contrário, nãomostra a ação.  link de e-mail– Verificação de que o formato está correto. Deve usar a intenção "mailto:" emfrente ao endereço de e-mail. Ex. mailto ": camilahamdan@gmail.com".– Certificação de que há um endereço de email válido. Caso contrário, nãomostram a ação.  Os links de sites– Verificação se o formato está correto. Deve usar a intenção "http://" ou"https: / /". Ex "http://www.artetecnociencia.blogspot.com/" .– Certificação de que existe um endereço válido página web. Caso contrário,não mostram a ação.  links de áudio
  11. 11. HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividades II, 2º. Trimestre 2010. Projeto de excelência Sistema Bios Cíbrido naRealidade Urbana Aumentada: WIKINARUA. PROGRAMA LABORATÓRIOS DE EXPERIMENTAÇÃO EPESQUISA EM TECNOLOGIAS AUDIOVISUAIS – XPTA.LAB, Cinemateca, Ministério da Cultura, jun.2010.– Verificação de que o formato está correto. Deve usar a intenção "de áudio: //" para substituir "http://" no local do arquivo. Ex.: "audio://artetecnociencia.blogspot.com / layar_audio.mp3"- Certifique-se que as acções de áudio estão funcionando. Caso contrário, nãomostram a ação.  links Video– Verificação de que o formato está correto. Devem utilizar o vídeo "intenção: //" para substituir "http://" no local do arquivo. Ex. vídeo ": / /www.artetecnociencia.blogspot.com/layar_video.mp4"- Certifique-se que as acções de vídeo estão funcionando. Caso contrário, nãomostram a ação.Resultados: note que todos os formatos suportados nativamente pelodispositivo são suportados. Para compatibilidade com dispositivo transversal,arquivos de mp3 são os melhores.- Todos os formatos suportados nativamente pelo dispositivo são suportados.A fim de garantir a compatibilidade cruzada, MPEG4 e 3GPP são os melhores(480x320 resoluções). Imagens videográficas são codificadas para HTTPstreaming, incluindo dicas de download progressivo.– Verificação se o esquema de cores da camada 14 Bis para se certificar deque os textos podem ser lidos facilmente e claramente contra o fundo noperíodo diurno e noturno;– Verificação se os ícones de POI são carregadas, se eles ficam bem na visãoda realidade misturada.
  12. 12. HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividades II, 2º. Trimestre 2010. Projeto de excelência Sistema Bios Cíbrido naRealidade Urbana Aumentada: WIKINARUA. PROGRAMA LABORATÓRIOS DE EXPERIMENTAÇÃO EPESQUISA EM TECNOLOGIAS AUDIOVISUAIS – XPTA.LAB, Cinemateca, Ministério da Cultura, jun.2010.- Teste das ações que envolve objeto tridimensional 14 Bis;– Certificar se o objeto3D pode ser carregado com sucesso; Figura 2: renderização do objeto 3D, 14 Bis em 15 segundos– Teste com as configurações de distância e qualidade de renderizaçãoanalizando o tamanho e os diferentes ângulos do objeto.-O objeto deve conter formas simples (menor tamanho de arquivo).4. BREVE DESCRIÇÃO DO APLICATIVO LAYAR
  13. 13. HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividades II, 2º. Trimestre 2010. Projeto de excelência Sistema Bios Cíbrido naRealidade Urbana Aumentada: WIKINARUA. PROGRAMA LABORATÓRIOS DE EXPERIMENTAÇÃO EPESQUISA EM TECNOLOGIAS AUDIOVISUAIS – XPTA.LAB, Cinemateca, Ministério da Cultura, jun.2010.4.1 Layar app v2.0A fim de apoiar o novo Developer API, um novo aplicativo será lançado. Aversão beta do aplicativo estará disponível para os desenvolvedores decamada quando abrirem a API para futuros testes.Esta seção descreve brevemente o app novo. Layar permite aos usuáriosnavegar pelo mundos mistos através de diferentes camadas. Cada camadacontém informações geo-codificados que podem ser visualizados através doaplicativo Layar. A característica mais proeminente é a visão de RealidadeAumentada, onde a camada se sobrepõe ao mundo real (a visão da câmera).Ao apontar a câmera na direção certa, os pontos de interesse jogada (POIs) àvista eo usuário pode visualizar informações adicionais sobre esses POIs.
  14. 14. HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividades II, 2º. Trimestre 2010. Projeto de excelência Sistema Bios Cíbrido naRealidade Urbana Aumentada: WIKINARUA. PROGRAMA LABORATÓRIOS DE EXPERIMENTAÇÃO EPESQUISA EM TECNOLOGIAS AUDIOVISUAIS – XPTA.LAB, Cinemateca, Ministério da Cultura, jun.2010. Figura 3: modelo de apresentação das POIs.4.2 Layer GaleriaA Camada pode ser encontrada ao navegar pela Galeria Layar. Existematualmente quatro seções das várias camadas:  Pesquisa: o usuário pode pesquisar por palavra-chave das camadas. Qualquer camada contendo uma das palavras inscritas serão encontradas. No caso, teremos palavras-chave correspondentes ao Game correspondente.  Destaque: São camadas escolhidas pela equipe Layar.
  15. 15. HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividades II, 2º. Trimestre 2010. Projeto de excelência Sistema Bios Cíbrido naRealidade Urbana Aumentada: WIKINARUA. PROGRAMA LABORATÓRIOS DE EXPERIMENTAÇÃO EPESQUISA EM TECNOLOGIAS AUDIOVISUAIS – XPTA.LAB, Cinemateca, Ministério da Cultura, jun.2010.  Mais popular: Baseado no número de visitantes em uma única camada, um ranking de popularidade é feita. As 20 camadas mais populares são mostradas nesta lista. A taxa de atualização para medir a popularidade não é fixa, mas será bastante curto (uma hora - 24 horas).  Marcadores: Os usuários podem adicionar qualquer camada encontrarda de modo a usá-las rapidamente em cada sessão.Figura 4: modelo de distribuição de links favoritos da plataforma Android convertidospara o Navegador Layar.
  16. 16. HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividades II, 2º. Trimestre 2010. Projeto de excelência Sistema Bios Cíbrido naRealidade Urbana Aumentada: WIKINARUA. PROGRAMA LABORATÓRIOS DE EXPERIMENTAÇÃO EPESQUISA EM TECNOLOGIAS AUDIOVISUAIS – XPTA.LAB, Cinemateca, Ministério da Cultura, jun.2010.Figura 5: visualização do sistema com as configurações adaptadas do programa paraa camada 14BIS.5. GRA-ARQUITETURA NAS NÚVENSA camada 14 Bis foi composta por três partes:  Camada de definição: Criada através de um formulário web no site Publishing Layar ;  Pontos de interesse dentro de uma camada: Fetched directamente a partir do Service Provider Layer através da API.  páginas detalhadas para cada POI: Promovido pelo provedor de conteúdo da camada, no caso, o servidor do WIKINARUA, acessado remotamente em tempo real diretamente pelo usuário.
  17. 17. HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividades II, 2º. Trimestre 2010. Projeto de excelência Sistema Bios Cíbrido naRealidade Urbana Aumentada: WIKINARUA. PROGRAMA LABORATÓRIOS DE EXPERIMENTAÇÃO EPESQUISA EM TECNOLOGIAS AUDIOVISUAIS – XPTA.LAB, Cinemateca, Ministério da Cultura, jun.2010.A definição da camada é configurado no site da publicação Layar através deuma interface web, para tanto, definimos todos os parâmetros fixos associadosa camada 14 Bis. Esses parâmetros são armazenados no banco de dadosWIKINARUA são acessados pelo aplicativo Layar. A camada 14 Bis pode seracessada pelo usuário no estado de teste, esperamos, assim que foremcorrigidas alguns erros e conforme a aquisição dos equipamentos publicá-lo embreve. A camada teste pode ser acessado apenas pela equipe dedesenvolvedor GRA, que definiu, usando a chave de desenvolvedor. Já acamada ao ser publicada poderá ser acessada por qualquer pessoa.Depois de todas as etapas de definição da camada, esta, será listada naGaleria Layer. Quando o usuário selecionar a camada, os POIs para a camadaserão buscados para a localização atual, usando parâmetros dos filtros quepodem ser definidos no dispositivo.Os POIs são obtidos diretamente a partir do Service Layer Provider peloservidor Layar usando o Layer Developer API. As chamadas são em temporeal, que é cada vez que o cliente precisa buscar uma nova lista de POIs, achamada é feita pelo servidor da camada usando a API. O desenvolvedorexpõe um webservice REST com o servidor Layar de acordo a especificaçãoda API.Para cada POI, pode são detalhados os conteúdos a serem exibidos no celular,permitindo a interação com o usuário em tempo real. Isto pode ser conseguidopor hospedagem de páginas web (feito para celulares), que é exibido dentro doaplicativo cliente Layar como vistas na web quando o usuário seleciona o POI.Estas páginas são acessadas diretamente pelo cliente Layar através daInternet.
  18. 18. HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividades II, 2º. Trimestre 2010. Projeto de excelência Sistema Bios Cíbrido naRealidade Urbana Aumentada: WIKINARUA. PROGRAMA LABORATÓRIOS DE EXPERIMENTAÇÃO EPESQUISA EM TECNOLOGIAS AUDIOVISUAIS – XPTA.LAB, Cinemateca, Ministério da Cultura, jun.2010.A arquitetura do GRA possui basicamente cinco componentes do Layar:  A App Layar: cliente no dispositivo móvel do usuário;  O servidor Layar: O coração do serviço Layar, que fornece as interfaces para a App Layar, o Layar Provisioning plataforma e externo Layar Service Providers;  O Layar Provisioning Site: Um site em que os desenvolvedores possam submeter novas camadas, camadas e gerir as suas contas;  O Layar Service Providers que serão criados pelos desenvolvedores. Camadas baseado no Flickr é um exemplo;  As fontes de conteúdo da camada que fornecem conteúdo a ser visualizado no navegador Layar, como o Flickr.com (http://www.flickr.com/camilahamdan/augmentedreality14bis), por exemplo. Conteúdo Fontes Layar não são necessariamente separados do Layar Service Providers, mas, em geral, diferentes entidades lógicas, como existente bases de dados geo-codificados e serviços Web não suportam o Layar Developer API;5.1 As interfaces expostas a terceiros  O Layar Client API: Esta é a interface entre o servidor ea App Layar Layar. Esta interface não é aberto ao público;
  19. 19. HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividades II, 2º. Trimestre 2010. Projeto de excelência Sistema Bios Cíbrido naRealidade Urbana Aumentada: WIKINARUA. PROGRAMA LABORATÓRIOS DE EXPERIMENTAÇÃO EPESQUISA EM TECNOLOGIAS AUDIOVISUAIS – XPTA.LAB, Cinemateca, Ministério da Cultura, jun.2010.  O Layar Developer API: Esta é a interface entre o servidor Layar e o Layar Service Providers. Os desenvolvedores podem criar suas próprias camadas e submetê-las através do site Provisioning Layar a ser adicionado ao serviço Layar. A API é usada para buscar dados sobre a camada de viver.Diagrama 1: Diagrama conceitual do processo de criação e interação do GRA5.2 Publicando a camadaÉ realizado um pedido de publicação quando tiver terminado odesenvolvimento da camada estiver pronta. A publicação é gratuita. Oprocesso de revisão pode demorar um alguns dias úteis. Uma vez que oexame é feito, há um feedback sobre o assunto.5.3 Definição de camada
  20. 20. HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividades II, 2º. Trimestre 2010. Projeto de excelência Sistema Bios Cíbrido naRealidade Urbana Aumentada: WIKINARUA. PROGRAMA LABORATÓRIOS DE EXPERIMENTAÇÃO EPESQUISA EM TECNOLOGIAS AUDIOVISUAIS – XPTA.LAB, Cinemateca, Ministério da Cultura, jun.2010.Cada camada é altamente personalizável. Há muitas possibilidades paraalterar as cores, as imagens são facilmente reconhecidas dentro de cadacamada.Palavras-chave Formato Explicação A cor do texto do banner p&b (o títulobannerTxtColor cor RGB da camada é exibido 14Bis)bannerBgColor cor RGB A cor de fundo para o banner O ícone para utilizar no banner parabannerIcon PNG marcar a camada: Deve ser no máximo 60x26 pixels. Cor de fundo para usar: O CIW em foco, o fundo BIW página do filtro de camadabiwBgColor cor RGB de fundo. BiwBg Se uma imagem é definida, o biwBgColor é semelhante a cor principal de sua imagem. A imagem a ser usada como fundo para o BIW (que substitui o padrão de cor BIW). O tamanho deve ser 320x83biwBg biwBg PNG pixels e que há 4px top e padding à esquerda para o texto (no caso de adicionar uma borda). O país em que a camada é no formatocountryCode Corda ISO. Intl significa que a camada pode ser usada em todos os países.customCiws PNG (veja A lista de ícones opcionais para ser
  21. 21. HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividades II, 2º. Trimestre 2010. Projeto de excelência Sistema Bios Cíbrido naRealidade Urbana Aumentada: WIKINARUA. PROGRAMA LABORATÓRIOS DE EXPERIMENTAÇÃO EPESQUISA EM TECNOLOGIAS AUDIOVISUAIS – XPTA.LAB, Cinemateca, Ministério da Cultura, jun.2010. abaixo ) usado como CIWS.. Se não for definido, a widget padrão é usada. A URL que será obtida quando o usuário pressiona o botão detalhes nadetailDescription URL lista de camadas no caso estamos hospedando as informações no provedor do WIKINARUA. A lista de filtros opcionais que o usuáriofilters Veja abaixo pode definir quando se olha para a camada. O ícone a ser utilizado na lista deícone PNG camadas na Galeria Layer 14 Bis de 64x64 pixels. A cor de pontos no círculo mais próximoinnerColor Cor RGB (pontos), conforme mostrado no cone do radar e na tela principalmiddleColor Cor RGB A cor de pontos no círculo do meio A cor de pontos no círculo exterior (oouterColor RGB Color mais) Nome da editora da camada, é apresentado nas listas da Galeria Layar.publisher Corda No caso colocaremos todos os créditos que se refere a camada. Não é divulgada para o usuário final doname (primary key) Corda aplicativo Layar. Esta é a chave que é usada para buscar informações dentro
  22. 22. HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividades II, 2º. Trimestre 2010. Projeto de excelência Sistema Bios Cíbrido naRealidade Urbana Aumentada: WIKINARUA. PROGRAMA LABORATÓRIOS DE EXPERIMENTAÇÃO EPESQUISA EM TECNOLOGIAS AUDIOVISUAIS – XPTA.LAB, Cinemateca, Ministério da Cultura, jun.2010. da camada seguindo as informações que os desenvolvedores/GRA utilizam na comunicação com o pessoal Layar para identificara camada 14Bis. A breve descrição da camada, 14 BisshortDescription Corda mostrada nas listas da Galeria Layar Se quer ou não mostrar primeiro o filtro quando a camada for selecionado peloshowFilterOnLaunch Boolean usuário na primeira vez durante uma sessão. A cor das manchas no radar que nãospotColor Cor RGB estão no cone de visão. Lista de palavras que descrevem a camada. Um máximo de 10 palavras é Array of suportada atualmente. as palavras notags Strings título da camada são automaticamente adicionadas à lista de tag no caso, 14Bis. A cor do texto dentro da BIW, e dentrotextColor Cor RGB da página de filtro de camada se no topo da biwBgColor. O texto a ser exibido no banner à direitatitle Corda e ao título da camada a ser exibido na lista de camadas. A cor da primeira linha do textotitleColor RGB Color mostrado na BIW (o título do POI)
  23. 23. HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividades II, 2º. Trimestre 2010. Projeto de excelência Sistema Bios Cíbrido naRealidade Urbana Aumentada: WIKINARUA. PROGRAMA LABORATÓRIOS DE EXPERIMENTAÇÃO EPESQUISA EM TECNOLOGIAS AUDIOVISUAIS – XPTA.LAB, Cinemateca, Ministério da Cultura, jun.2010. O tipo de camada, que determina como o cliente deve apresentar os POIs: 1 = Númerotype genéricos. Isso será usado no futuro inteiro para distinguir diferentes tipos de camadas. A URL onde GetPointsOfInterest é chamado. As portas apenas 80 (http) epoiUrl URL 443 (https) são suportados, assim URLs com informação adicional porta não irá funcionar. Quer ou não o servidor deverá assinaroauth_required Boolean Layar solicitações usando o Auth assinatura. A chave o Auth do Consumidor para seroauth_consumer_key Corda usado no momento da assinatura O segredo do Consumidor o Auth paraoauth_consumer_secret Corda ser usado no momento da assinatura;
  24. 24. HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividades II, 2º. Trimestre 2010. Projeto de excelência Sistema Bios Cíbrido naRealidade Urbana Aumentada: WIKINARUA. PROGRAMA LABORATÓRIOS DE EXPERIMENTAÇÃO EPESQUISA EM TECNOLOGIAS AUDIOVISUAIS – XPTA.LAB, Cinemateca, Ministério da Cultura, jun.2010. Figura 6: modelo de filtro de objetosHá quatro filtros diferentes que podem ser associados a cada camada. Para osvalores de cada filtro é enviado o pedido de POIs. Cada filtro pode ser usadoapenas uma vez na definição da camada. Eles são opcionais, pode ter umacamada de 0-4 filtros definidos. A figura abaixo mostra dois dos filtros (lista debotões de rádio e deslizante intervalo):
  25. 25. HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividades II, 2º. Trimestre 2010. Projeto de excelência Sistema Bios Cíbrido naRealidade Urbana Aumentada: WIKINARUA. PROGRAMA LABORATÓRIOS DE EXPERIMENTAÇÃO EPESQUISA EM TECNOLOGIAS AUDIOVISUAIS – XPTA.LAB, Cinemateca, Ministério da Cultura, jun.2010. Figura 7: mudando e configurando filtrosCaixa de texto:Chave Valor Exemplo Explicação "Os termos de O rótulo a ser exibido nas configuraçõesetiqueta Corda pesquisa" do filtro de exibição O valor padrão para exibir e usar navalor Corda "" " caixa de pesquisa
  26. 26. HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividades II, 2º. Trimestre 2010. Projeto de excelência Sistema Bios Cíbrido naRealidade Urbana Aumentada: WIKINARUA. PROGRAMA LABORATÓRIOS DE EXPERIMENTAÇÃO EPESQUISA EM TECNOLOGIAS AUDIOVISUAIS – XPTA.LAB, Cinemateca, Ministério da Cultura, jun.2010.Lista de botões:Chave Valor Exemplo Exp “ Jogo GRA O rótulo a ser exibido acima da listaetiqueta Corda escolha" de rádio Estes são os valores internos ["1000", "1001", Array of usados para definir várias opções.optionids "1002"] ["1000", Strings Esse valor é passado como "1001", "1002"] parâmetro na consulta de POIs. ["Todas os Os valores são mostrados ao Array of jogos",opções usuário, cada um correspondendo a Strings "Brasília", um OptionID. „‟Brasil” ] O valor que é selecionada porSelectedValue Corda "1000" "1000" padrãoA CIW é por padrão um disco, apresentado nas cores especificadas no objetoda camada (innerColor, middleColor, outerColor, biwBgColor). A CIW temquatro estados:1º. Foco: quando ele é selecionado2º. Interior: quando ele está localizado no interior (mais próximo) ao anel3º. Médio: quando ele está localizado no anel intermediário4º. Exterior: quando ele está localizado no anel externoEm vez desta forma de disco padrão, os desenvolvedores GRA especificou aiícone 14 Bis (PNG) personalizand-o. No total, pode-se especificar três CIWSpersonalizados para 02 (dois) diferentes tipos de POI.
  27. 27. HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividades II, 2º. Trimestre 2010. Projeto de excelência Sistema Bios Cíbrido naRealidade Urbana Aumentada: WIKINARUA. PROGRAMA LABORATÓRIOS DE EXPERIMENTAÇÃO EPESQUISA EM TECNOLOGIAS AUDIOVISUAIS – XPTA.LAB, Cinemateca, Ministério da Cultura, jun.2010. Ícone: Santos Dumont Dimensões 64x64 px Formato: PNG Figura 8: configuração do ícone Santos DumontO ícone 14 Bis foi construído da seguinte forma, a fim de destacar-se,independentemente do contexto, a câmera do celular, cellcam foi apontandopara:Um ícone claro, de cor preto e branco (p&b), que se encaixa em uma caixa de45x45 pixels para o foco e os ícones de interiores, 30x30 pixels ou 20x20pixels, respectivamente, para os ícones do meio e exterior.Adicionamos uma borda (pixel branco) em torno da mesma.Adicionamos uma borda um pixel preto, opacidade 40%Adicionamos um pixel de fronteira quatro fading negro, de 40% para 0% deopacidadeNo total, o ícone coube em 38x38 caixa.Abaixo estão as imagens usadas para fazer o CIW padrão (tamanho 55x55): Aimagem de fronteira (incluindo a borda branca) e uma máscara preta queusamos para mudar a cor do CIW.
  28. 28. HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividades II, 2º. Trimestre 2010. Projeto de excelência Sistema Bios Cíbrido naRealidade Urbana Aumentada: WIKINARUA. PROGRAMA LABORATÓRIOS DE EXPERIMENTAÇÃO EPESQUISA EM TECNOLOGIAS AUDIOVISUAIS – XPTA.LAB, Cinemateca, Ministério da Cultura, jun.2010. Figura 9: mascaras utilizadas P&BAlgumas orientações:Pelo ícone de foco, usamos uma cor que corresponda ao BIW, mais agradávelaos olhos . Para o interior, ícones e meio externo, usamos três cores com acor da mesma base, graduações de preto e branco na escala, enfraquecendo acores mais claras para os ícones mais longepara dar maior realismo a imagem.  GetpointsofinterestOs pedidos estão em conformidade com HTTP. Os parâmetros de solicitaçãosão normalizados conforme descrito no parágrafo seguinte.Atualmente, o intervalo de endereços IP do servidor é Layar 79.125.0.0/17(79.125.0.0 - 79.125.127.255) e hospedamos as informações no IP servidorWIKINARUA.Parâmetros normalizados PedidoO pedido foi realizado através de parâmetros normalizados em conformidadecom as seguintes regras: 1. Parâmetros GET; 2. Os parâmetros são ordenados por nome, utilizando o valor byte ordenação lexicográfica. Se dois ou mais parâmetros compartilham o mesmo nome, elas são ordenadas pelo seu valor. 3. Concatenar os parâmetros em ordem e delimitar as seguintes: i. Pelo nome e valor com um = delimitador de caracteres (código ASCII 61)
  29. 29. HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividades II, 2º. Trimestre 2010. Projeto de excelência Sistema Bios Cíbrido naRealidade Urbana Aumentada: WIKINARUA. PROGRAMA LABORATÓRIOS DE EXPERIMENTAÇÃO EPESQUISA EM TECNOLOGIAS AUDIOVISUAIS – XPTA.LAB, Cinemateca, Ministério da Cultura, jun.2010. ii. Para os parâmetros que contenham mais de um valor, concatenar os valores com um "+" caractere delimitador iii. Por pares com um delimitador de caracteres & (código ASCII 38) 4. Se os parâmetros conter strings UTF-8 codificado, estes devem ser substituídos por seus correspondentes% HH bytes . 5. URL escapar da cadeia de parâmetros.Pedidos de assinatura do acordo com OAuthOs desenvolvedores GRA poderam optar por receber os pedidos assinados. Aassinatura será em conformidade com os pedidos de assinatura OAuth.Apenas HMAC-SHA1 método de assinatura é suportado. A assinatura da Basede Dados String é gerada por meio de: 1. O método HTTP: GET; 2. A URL para a solicitação, por exemplo: http://layarapi.example.net/mylayer/getpoi 3. Os parâmetros normalizados pedido, incluindo os parâmetros pedido OAuth, excluindo oauth_signature. O pedido OAuth parâmetros utilizados pelo desenvolvedor Layar API são: oauth_consumer_key, oauth_signature_method, oauth_timestamp, oauth_nonce e oauth_version.Autenticação simples, utilizando a chave do desenvolvimentoO pedido contém como um parâmetro de solicitação de uma chave enviadaequipe de desenvolvedores GRA recebido ao criar a conta. A chave dedesenvolvedor pode ser re-gerado em qualquer momento na ProvisioningLayar Website. Note-se que há um lapso de tempo entre o momento em que a
  30. 30. HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividades II, 2º. Trimestre 2010. Projeto de excelência Sistema Bios Cíbrido naRealidade Urbana Aumentada: WIKINARUA. PROGRAMA LABORATÓRIOS DE EXPERIMENTAÇÃO EPESQUISA EM TECNOLOGIAS AUDIOVISUAIS – XPTA.LAB, Cinemateca, Ministério da Cultura, jun.2010.chave antiga é revogada e no momento que você pode configurar a nova chaveno seu servidor. Se o servidor é verificado a validade dessa chave, isso iráresultar em um curto período de interrupção da camada.Formato de resposta A API atualmente aceita somente JSON1 como formato de resposta.Verificamos que o cabeçalho de resposta HTTP declara o tipo de conteúdocorreto: application / json ou text / javascript. Também certificamos que ocodigo da resposta em UTF-8 e adicionar charset = UTF-8 para nossocabeçalho de conteúdo.O formato JSON foi especificado originalmente por Douglas Crockford , e édescrito no RFC 4627. O oficial de Internet tipo de mídia para JSON éapplication/json . A extensão do arquivo é JSON .json . O formato JSON éfrequentemente usado para serialização e transmissão de dados estruturadosatravés de uma conexão de rede. É usado principalmente para transmitirdados entre um servidor e aplicações web, servindo como alternativa ao XML.JSON (JavaScript Object Notation) é um formato de troca de leitura óptica dedados usando convenções derivados da família de linguagens de programaçãoC. JSON é construído em duas estruturas de dados universais: 1. Uma coleção de nomes pares / valor representado como um objeto definido pelo usuário; 2. Uma lista ordenada de valores representados por uma matriz.1 JSON (um acrônimo para JavaScript Object Notation) é aberto baseado em texto padrão leveprojetado para legível intercâmbio de dados. É derivado do JavaScript linguagem de programaçãosimples para representar estrutura de dados e e arrays associativos , chamados objetos. Apesar de suarelação com JavaScript, que é independente de linguagem, com parsers disponíveis para praticamentetodas as linguagens de programação. Dispinível em: Wikipédia: http://www.wikiopedia.com/json.
  31. 31. HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividades II, 2º. Trimestre 2010. Projeto de excelência Sistema Bios Cíbrido naRealidade Urbana Aumentada: WIKINARUA. PROGRAMA LABORATÓRIOS DE EXPERIMENTAÇÃO EPESQUISA EM TECNOLOGIAS AUDIOVISUAIS – XPTA.LAB, Cinemateca, Ministério da Cultura, jun.2010.Os dados JSON são idênticos aos utilizados pelos motores de JavaScript pararepresentar estruturas de dados como strings e matrizes. Isto fornece parafacilitar o acesso aos dados do que seria conseguido com XML. JSON émenos detalhado do que XML e carece de certas propriedades que estãodisponíveis na segunda. Por exemplo, permitindo espaços para peçasidênticas de informações para ser misturado em diferentes contextos em XMLnão estão disponíveis em JSON. Conversão de XML para JSON podeapresentar desafios quando a distinção entre o valor real dos atributos e textoentre as tags, pois as atribuições JSON são criados com dois pontos.Algumas convenções geraisFormatos Data: Todos os timestamps são inteiros, em número demilisegundos desde 1/1/1970 UTC. Elas são usadas atualmente paracomparar os valores, o valor absoluto não importa.Formatos de cor: Todas as cores são inteiros (base-10), com base em RGB:0xrrggbb onde rr é de 2 bytes de código hexadecimal para o vermelho (0xFF émáxima), gg é um código de 2 bytes para o verde e bb é um código de 2 bytespara azul. Assim, uma cor pura amarelo seria 0xFFFF00 que se traduz em umnúmero inteiro de 16.776.960.String formatos: Todas as seqüências são UTF-8 codificado. Para asrespostas JSON, isso é parte da especificação JSON. Para os pedidos, ascordas devem ser codificados em UTF-8: Cada byte ou caractere que não sejauma letra ou um dígito ASCII devem ser convertidos para% HH, onde HH é ovalor hexadecimal do byte.
  32. 32. HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividades II, 2º. Trimestre 2010. Projeto de excelência Sistema Bios Cíbrido naRealidade Urbana Aumentada: WIKINARUA. PROGRAMA LABORATÓRIOS DE EXPERIMENTAÇÃO EPESQUISA EM TECNOLOGIAS AUDIOVISUAIS – XPTA.LAB, Cinemateca, Ministério da Cultura, jun.2010.A APK desenvolvedor para Android permite que visualizar as camadas,mesmo que não sejam publicadas. Esta é a única maneira de testar a camadaem um dispositivo. O Layar oferece a possibilidade de introduzir a chave dedesenvolvedor e programador de identificação para permitir o acesso acamada. Figura 10: APK desenvolvedor AndroidPequeno históricoData Alterações Esses parâmetros foram adicionados ao APIs nos próximos dias. Adicionado HTTP User-Agent do cabeçalho para identificar a versão do aplicativo Layar, modelo de dispositivo e um dispositivo14/05/2010 de versão do sistema operacional, no caso, no sistema Android; Adicionado parâmetro requestedPoiId ao pedido (usado para indicar que o usuário clicou POI em Layar Stream, para incluí-lo na resposta);
  33. 33. HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividades II, 2º. Trimestre 2010. Projeto de excelência Sistema Bios Cíbrido naRealidade Urbana Aumentada: WIKINARUA. PROGRAMA LABORATÓRIOS DE EXPERIMENTAÇÃO EPESQUISA EM TECNOLOGIAS AUDIOVISUAIS – XPTA.LAB, Cinemateca, Ministério da Cultura, jun.2010. Adicionado parâmetro para a versão do pedido (API número de versão utilizado pelo cliente); Adicionado parâmetro InFocus a resposta (pode ser usado para indicar que POI deve estar em foco durante a abertura da camada). Adicionado parâmetro doNotIndex a resposta para Layar Stream07/05/2010 opt-out no POI nívelEsta chamada é usada para solicitar os pontos de interesse a ser exibido parauma determinada camada.PedidoURI : http://<poiUrl>?<parameters> URI: http:// <poiUrl>? <parâmetros>HTTP request header : Cabeçalho HTTP request:User-Agent: The user agent originally set by the client. User-Agent: O agenteoriginalmente definido pelo cliente. Format is: Layar/xy [OS name]/xyz ([Brand][Model]), O formato é: Layar / xy [nome] OS xyz / ([Marca] [Modelo]),Por exemplo, "Layar/3.1 Android/2.1 (Motorola Milestone/ HTC Nexus One)" ou"Layar/3.1 iPhoneOS/3.1.2 (Apple iPhone3GS)". Parte da definição da camada,pode ser definida usando o Layar Provisioning WebsitePedido de parâmetros:Os parâmetros do novo pedido poderá ser adicionados em futuras versões doLayar. Portanto, o desenvolvedor da camada deve sempre ignorar parâmetrosdesconhecido ao invés de lançar um erro.Parâmetro Formato Exemplo Explicação
  34. 34. HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividades II, 2º. Trimestre 2010. Projeto de excelência Sistema Bios Cíbrido naRealidade Urbana Aumentada: WIKINARUA. PROGRAMA LABORATÓRIOS DE EXPERIMENTAÇÃO EPESQUISA EM TECNOLOGIAS AUDIOVISUAIS – XPTA.LAB, Cinemateca, Ministério da Cultura, jun.2010. userId=422410493userId string 45 userid = ID do usuário final, 42241049345 developerId=101 Id desenvolvedordeveloperId string developerId = 101 GRA developerHash= developerHash = Este hash é passado 4a542795f8ca57d o pedido como um 1348 método simples paradeveloper 4a542795f8ca57d verificar a string ( veja abaixo )Hash 1348 autenticidade do bfd025831334fb9d pedido ( veja abaixo 1b026 )., o OAuth assinatura bfd025831334fb9d pode ser usado. 1b026 timestamp = exclusivas paratimestamp número inteiro 1242207092430 criptografar a chave. Isso indica a versão da API que o telefone está usando. Para a versão mais antiga, strings como "ip3.0"versão string versão = 3.1 pode ser usada. No entanto, esta versão string não pode ser usada para diferenciar mais
  35. 35. HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividades II, 2º. Trimestre 2010. Projeto de excelência Sistema Bios Cíbrido naRealidade Urbana Aumentada: WIKINARUA. PROGRAMA LABORATÓRIOS DE EXPERIMENTAÇÃO EPESQUISA EM TECNOLOGIAS AUDIOVISUAIS – XPTA.LAB, Cinemateca, Ministério da Cultura, jun.2010. clientes (Android e iPhone ), como é a versão de API). Lista atual das versões: "2", "2.1", "ip2.0", "2.2", ip2.1", "2.2.1", "2.2.2", "3.0", "ip3.0", "3.1", "3.5". "2", "2.1", "ip2.0", "2.2", ip2.1 "," 2.2.1, "2.2.2," 3.0 "," ip3.0 "," 3.1 "," 3.5 ". Identificador dalayerName string layerName=hyves camada Texto string para identificar o POI que desencadeou o pedido da camada de Layar Stream. Se requestedPoiId=42requestedPoiId string possível, este POI 114sddga94 deve ser incluído na resposta, independente das configurações do filtro. Language used onlang string lang=EN lang = PT the client (two letter language code)
  36. 36. HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividades II, 2º. Trimestre 2010. Projeto de excelência Sistema Bios Cíbrido naRealidade Urbana Aumentada: WIKINARUA. PROGRAMA LABORATÓRIOS DE EXPERIMENTAÇÃO EPESQUISA EM TECNOLOGIAS AUDIOVISUAIS – XPTA.LAB, Cinemateca, Ministério da Cultura, jun.2010. Linguagem utilizada no cliente (código duas letras do idioma) latitude da posição lat=52.360112 latlat decimal atual (coordenadas = 52.360112 GPS) longitude da posiçãolon decimal lon =- 4.895665 atual (coordenadas GPS) Opcional: a precisão da localização atual, como determinado pelo dispositivo. Aexatidão número inteiro acurácia = 350 precisão não pode(Opcional) ser dada se um local fixo é utilizado (característica do desenvolvedor) Opcional: OptionID correspondente ao valor da lista no botãoRADIOLIST string RADIOLIST=1001 de opção selecionada(Opcional) pelo usuário (ou o valor padrão, se não mudou)SEARCHBOX_ SEARCHBOX=bar Opcional: o termo de stringn , pesquisa inserido
  37. 37. HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividades II, 2º. Trimestre 2010. Projeto de excelência Sistema Bios Cíbrido naRealidade Urbana Aumentada: WIKINARUA. PROGRAMA LABORATÓRIOS DE EXPERIMENTAÇÃO EPESQUISA EM TECNOLOGIAS AUDIOVISUAIS – XPTA.LAB, Cinemateca, Ministério da Cultura, jun.2010.(Opcional) SEARCHBOX_3=f pelo usuário. Quando oo múltiplas caixas de pesquisa são definidos (até 3), eles serão numerados _2, _3. T para o valor que ele busca do raio selecionado pelo usuário no RANGE_SLIDER. Emradius raio v3, raio deixou de ser integer (meters) radius=2500 raio =(optional) obrigatório e raio inteiro (em metros) 2500(Opcional) flexível pode ser usado (o cliente irá se adaptar automaticamente o raio da POIs devolvidos). Opcional: o valor do slide personalizado bCUSTOM_SLI selecionado oDER, CUSTOM_SLIDE usuário. Quando sãoCUSTOM_SLI float / inteiro R=45.6 definidos váriosDER_n sliders (até 3), eles(Opcional) serão numerados _2, _3.
  38. 38. HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividades II, 2º. Trimestre 2010. Projeto de excelência Sistema Bios Cíbrido naRealidade Urbana Aumentada: WIKINARUA. PROGRAMA LABORATÓRIOS DE EXPERIMENTAÇÃO EPESQUISA EM TECNOLOGIAS AUDIOVISUAIS – XPTA.LAB, Cinemateca, Ministério da Cultura, jun.2010. Opcional: Se os resultados são distribuídos por mais páginas, o servidorpageKey pageKey=aldsfj93 pode solicitar Layar string(Opcional) 48dk próxima página usando este pageKey (se forem recebidas na resposta anterior, veja abaixo ) Opcional o OAuth- chave: Ooauth_consum oauth_consumer_ string (ver estrutura desenvolvedor podeer_key key = API ) apresentar esta(Opcional) f43f3p214k3103 chave usando o Layer Provisioning Websiteoauth_signatur oauth_signature_ Opcional: este seráe_method string method=HMAC- sempre HMAC-SHA1(Opcional) SHA1oauth_timesta oauth_timestamp Opcional: timestampmp número inteiro = 1191242096 para a solicitação.(Opcional) opcional exclusivooauth_nonce kllo9940pd9333jh string para descartar a(Opcional) oauth_nonce = repetição de ataquesoauth_version opcionais: versão string oauth_version=1.0(Opcional) OAuth usado. Será
  39. 39. HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividades II, 2º. Trimestre 2010. Projeto de excelência Sistema Bios Cíbrido naRealidade Urbana Aumentada: WIKINARUA. PROGRAMA LABORATÓRIOS DE EXPERIMENTAÇÃO EPESQUISA EM TECNOLOGIAS AUDIOVISUAIS – XPTA.LAB, Cinemateca, Ministério da Cultura, jun.2010. sempre 1,0 Opcional: assinatura HMAC-SHA1 usando a assinatura Base oauth_signature = String como texto e tR3+Ty81lMeYar/Foauth_signatur os Secret (nenhum id0kMTYa/WM=e string segredo) como Ty81lMeYar/Fid0k(Opcional) chave. O segredo é MTYa/WM TR3 + apresentado pelo = desenvolvedor do Provisioning Layar Website. O valor do (s) selecionados para aCHECKBOXLI CHECKBOXLIST= caixa de seleção:ST string 4,7 CheckBoxList valores múltiplos são(Opcional) = 4,7 passadas com valores separados por vírgula. A altitude atual do usuário. Isso nem sempre é conhecidoalt (opcional) número inteiro alt=325 alt = 325 sobre o cliente e só será aprovado quando houver uma posição GPS.
  40. 40. HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividades II, 2º. Trimestre 2010. Projeto de excelência Sistema Bios Cíbrido naRealidade Urbana Aumentada: WIKINARUA. PROGRAMA LABORATÓRIOS DE EXPERIMENTAÇÃO EPESQUISA EM TECNOLOGIAS AUDIOVISUAIS – XPTA.LAB, Cinemateca, Ministério da Cultura, jun.2010. Figura 11: Modelo de POIsNotas sobre as ações de áudio e vídeo: eles são especificamente destinados aações, não deve ser utilizado em páginas web. Se desejarmos exibir um vídeode uma página web, deve-se usar um link http:// normal. No Android podemosainda usar o vídeo: / / link para jogar no player personalizado, mas para isso énecessário personalizar sua página web.O sistema de áudio e vídeo serve para indicar ao aplicativo Layar que osarquivos estão por trás da ação de vídeos ou arquivos de áudio. O clienteLayar isubstitui o áudio: / / e vídeo: / / por http://, quando o usuário acessar orecurso.
  41. 41. HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividades II, 2º. Trimestre 2010. Projeto de excelência Sistema Bios Cíbrido naRealidade Urbana Aumentada: WIKINARUA. PROGRAMA LABORATÓRIOS DE EXPERIMENTAÇÃO EPESQUISA EM TECNOLOGIAS AUDIOVISUAIS – XPTA.LAB, Cinemateca, Ministério da Cultura, jun.2010.Vídeo: Todos os formatos suportados nativamente pelo dispositivo sãosuportados. A fim de garantir a compatibilidade cruzada, MPEG4 e 3GPP sãoos melhores (480x320 resoluções). Certifica-se que o vídeo é codificado paraHTTP streaming, incluindo dicas de download progressivo.Audio: Todos os formatos suportados nativamente pelo dispositivo sãosuportados. Para compatibilidade com dispositivo transversal, arquivos de mp3são os melhores.formatos de StringAlgumas notas sobre a formatação das cordas para ser exibido no BIW: título,linha2, linha3, 4 em Linha e atribuições: exceto para a seqüência de title, quepode envolver mais de 2 linhas, todas as outras irão ser cortados a uma linhado cliente.
  42. 42. HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividades II, 2º. Trimestre 2010. Projeto de excelência Sistema Bios Cíbrido naRealidade Urbana Aumentada: WIKINARUA. PROGRAMA LABORATÓRIOS DE EXPERIMENTAÇÃO EPESQUISA EM TECNOLOGIAS AUDIOVISUAIS – XPTA.LAB, Cinemateca, Ministério da Cultura, jun.2010.Mecanismo de autenticação do usuário em uma camadaCamadas podem ter um novo campo "AuthURL" na definição para indicarsuporte para autenticação. Esta é a URL de login, onde o aplicativo deve dirigiro WebView para autenticação. Isto tem que ser no mesmo domínio comoprovedor getPOI URL camada. (O fornecedor deve definir uma camada debiscoito que se aplica ao prestador de camada getPOI url).Há 4 maneiras para iniciar a autenticação:  Se o campo authRequired de uma camada é definida como true, a página de autenticação será automaticamente chamado sempre que um usuário abre a camada sem um cookie válido. Se houver um cookie válido para a camada, o pedido GetPOI usual é enviado com o cookie e não redirecionamento para a página de autenticação é necessária.  Como resposta ao pedido GetPOI, um provedor de camada pode indicar que a autenticação é necessária. Por exemplo, se authRequired é falso, o cliente só vai enviar o pedido getPOI. O provedor camada pode escolher para exigir a autenticação por volta dos 30 errorCode. Além disso, o cookie enviado pode não ser válido. Também nesse caso, o prestador de camada pode enviar de volta errorCode 30.  O provedor camada pode optar por usar o AuthURL também em uma ação de um POI, o que irá direcionar automaticamente o usuário para a página de login.
  43. 43. HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividades II, 2º. Trimestre 2010. Projeto de excelência Sistema Bios Cíbrido naRealidade Urbana Aumentada: WIKINARUA. PROGRAMA LABORATÓRIOS DE EXPERIMENTAÇÃO EPESQUISA EM TECNOLOGIAS AUDIOVISUAIS – XPTA.LAB, Cinemateca, Ministério da Cultura, jun.2010.  O usuário pode iniciar a autenticação utilizando o botão especial que aponta para a AuthURL em uma camada (se o AuthURL é fornecido). Portanto, mesmo se authRequired é falsa, uma camada pode ainda dar a opção para autenticar manualmente. Quando nenhum cookie está presente, a camada é apenas iniciado normalmente e irá retornar a POIs público para a camada. Se um cookie estiver presente, ele será enviado assim mesmo.Os passos que se seguem o redirecionamento de WebView para a páginade autenticação são: 1. A URL de login é aberta em um navegador embutido. Esta página (s) autentica o usuário (qualquer mecanismo pode ser usado, como auto hospedado autenticação / OAuth etc) e pode levá-lo a um "home page", que pode ter mais (dinâmico) para escolher as configurações para a camada. Qualquer não. de páginas HTML pode ser usado com os fluxos entre eles. 2. O usuário é retornado para o ponto de vista Layar ele estava quando o navegador embutido é redirecionado para um marcador fixo "voltar a app url (http://dev.layar.com/media/getbacktoapp.html). Visitar esta url significa que a autenticação (e, possivelmente, de configuração) da camada está completo eo usuário pode retornar ao aplicativo Layar. O provedor é o uso de cookies que se aplicam a url do getPOI fornecedor antes de visitar esta URL. 3. Quando o url getbacktoapp é aberto no navegador embutido, todos os cookies que se aplicam a getPOI url (somente) são armazenados na
  44. 44. HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividades II, 2º. Trimestre 2010. Projeto de excelência Sistema Bios Cíbrido naRealidade Urbana Aumentada: WIKINARUA. PROGRAMA LABORATÓRIOS DE EXPERIMENTAÇÃO EPESQUISA EM TECNOLOGIAS AUDIOVISUAIS – XPTA.LAB, Cinemateca, Ministério da Cultura, jun.2010. camada (termo cookie está a ser tratada pelo aplicativo Layar, de acordo com cookie spec). O cookie pode substituir cookies anteriores que foram definidos (por exemplo, o utilizador foi convidado a entrar de novo porque um cookie que foi enviada não era válida. Este é o exemplo acima para errorCode 30) 4. Os cookies armazenados são enviados para o aplicativo layarservice para todas as solicitações getPOI futuro. O manipulador layarservice encaminha getPOI todos os cookies que recebe a camada de provedor getPOI de modo que o pedido pode ser identificada com uma sessão de usuário em particular. Note que redireciona não são permitidos no pedido getPOI como as solicitações subseqüentes não passará o cookie, por motivos de segurança. A URL GetPOI precisa estar no mesmo domínio que o AuthURL.Para as camadas que têm a opção de autenticação, um botão é mostrado nacamada de modo que os usuários podem visitar-home quando eles já estãoautenticadas (para alterar a configuração ou login como um usuário diferente).O AuthURL "de uma camada é usada para isso.O aplicativo cliente possui total suporte para https (provedor camada podeoptar por usar isso para segurança adicional). Se a URL de provedor getPOIcamada é https, o aplicativo cliente para chamar getPOI layarservice tambémserá sobre https. O servidor Layar enviará o convite também sobre https.Extensão esquema de URL Layar (v3)
  45. 45. HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividades II, 2º. Trimestre 2010. Projeto de excelência Sistema Bios Cíbrido naRealidade Urbana Aumentada: WIKINARUA. PROGRAMA LABORATÓRIOS DE EXPERIMENTAÇÃO EPESQUISA EM TECNOLOGIAS AUDIOVISUAIS – XPTA.LAB, Cinemateca, Ministério da Cultura, jun.2010.Webviews pode conter links especiais para o Layar: / / URL sistema querealmente o controle retorna para o aplicativo Layar e passar mensagens noprocesso:  Layar: / / <layername> /? = refresh ação: Quando clicado, esse link retorna o usuário para a camada na URL (ver AR) e atualiza os POIs (pedido GetPOI novo).  Layar: / / <layername> /? <filter> = valor: Uma camada pode ser aberto diretamente com filtros específicos definidos nos parâmetros da URL.  Layar: / / <layername> é o esquema de URL suportados atualmente em Layar v2 também, e só vai abrir o <layername> camada no Browser Layar.O parametros acima podem ser combinados (concatenado com &). Porexemplo Layar: / / <layername> /? Action = refresh = 540 &CUSTOM_SLIDER_2 vai voltar para o ponto de vista RA, reler os POIs com anova configuração para a custom segundo controle deslizante.Estes esquemas de URL também funcionam quando chamados a partir deoutro aplicativo ou a partir do navegador.Caso de uso: camada ponto a-pontoNovamente com o parâmetro de atualização, é agora possível para orientar ousuário da POI em uma camada. Mandaremos para trás apenas um POI.Com um webview onde o usuário tem de responder a uma pergunta / quizzsobre o objeto, então pode-se forçar a atualizar e mostrar o POI próximo.
  46. 46. HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividades II, 2º. Trimestre 2010. Projeto de excelência Sistema Bios Cíbrido naRealidade Urbana Aumentada: WIKINARUA. PROGRAMA LABORATÓRIOS DE EXPERIMENTAÇÃO EPESQUISA EM TECNOLOGIAS AUDIOVISUAIS – XPTA.LAB, Cinemateca, Ministério da Cultura, jun.2010.Observa-se que o Layar: / / URL também irá trabalhar em umredirecionamento, por isso não precisa ser o resultado direto de um clique dousuário.Também, combinaremos isso com disparador automático: O WebView quepermite ao usuário atualizar os POIs que só é mostrada se o usuário estiverdentro de uma certa gama de POI.Layar3DA partir Layar 3.0, é possível para os desenvolvedores acrescentar objetos em3D para suas camadas. Para este efeito, nós utilizamos o Layar3D (. L3d)formato de arquivo que permite o armazenamento de modelos 3D texturizadosem um único arquivo. Este formato de arquivo é otimizado para a análise evisualização móvel.Para o trabalho 14 Bis, utilizamos a ferramenta (Layar 3D) para converter osmodelos da Wavefront (.obj / .mtl) em formato (. L3d).Utilizamos o sofware livre Blender para modelagem da aeronave em escalanatural a partir de plantas disponíveis na internet
  47. 47. HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividades II, 2º. Trimestre 2010. Projeto de excelência Sistema Bios Cíbrido naRealidade Urbana Aumentada: WIKINARUA. PROGRAMA LABORATÓRIOS DE EXPERIMENTAÇÃO EPESQUISA EM TECNOLOGIAS AUDIOVISUAIS – XPTA.LAB, Cinemateca, Ministério da Cultura, jun.2010. Figura 12: planta baixa do avião 14 Bis de Santos Dumont.
  48. 48. HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividades II, 2º. Trimestre 2010. Projeto de excelência Sistema Bios Cíbrido naRealidade Urbana Aumentada: WIKINARUA. PROGRAMA LABORATÓRIOS DE EXPERIMENTAÇÃO EPESQUISA EM TECNOLOGIAS AUDIOVISUAIS – XPTA.LAB, Cinemateca, Ministério da Cultura, jun.2010. Figura 13: Desenho da escala do Avião 14 Bis
  49. 49. HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividades II, 2º. Trimestre 2010. Projeto de excelência Sistema Bios Cíbrido naRealidade Urbana Aumentada: WIKINARUA. PROGRAMA LABORATÓRIOS DE EXPERIMENTAÇÃO EPESQUISA EM TECNOLOGIAS AUDIOVISUAIS – XPTA.LAB, Cinemateca, Ministério da Cultura, jun.2010. Figura 14: imagem lateral e frontal do avião 14 Bis com cores.
  50. 50. HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividades II, 2º. Trimestre 2010. Projeto de excelência Sistema Bios Cíbrido naRealidade Urbana Aumentada: WIKINARUA. PROGRAMA LABORATÓRIOS DE EXPERIMENTAÇÃO EPESQUISA EM TECNOLOGIAS AUDIOVISUAIS – XPTA.LAB, Cinemateca, Ministério da Cultura, jun.2010. Figura 15: fotografia do avião 14 BisModelo de RequisitosUsamos em 14Bis o software de modelagem 3D Blender, para criar a aeronaveem Wavefront (.obj / .mtl) formato. Levando em consideração os seguintesrequisitos:  Complexidade do modelo o mais baixo possível. Os telefones celulares atuais não são poderosos o suficiente para tornar modelos complexos a uma taxa de frame decente. Número máximo total de polígonos visíveis ao mesmo tempo em 5000.  Objetos que contenham NURBS de base, este não é suportado.  O modelo deve consistir apenas de triângulos. Certificamos de converter todos os quadriláteros ou polígonos em triângulos maiores.
  51. 51. HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividades II, 2º. Trimestre 2010. Projeto de excelência Sistema Bios Cíbrido naRealidade Urbana Aumentada: WIKINARUA. PROGRAMA LABORATÓRIOS DE EXPERIMENTAÇÃO EPESQUISA EM TECNOLOGIAS AUDIOVISUAIS – XPTA.LAB, Cinemateca, Ministério da Cultura, jun.2010.  Assumimos que a unidade para o vértice coordena no modelo 3D é definida como um metro.  Cores nos valores RGB, e não o alpha. Figura 16: fotografia do avião 14 Bis em escala real de 10 metros.Figura 17: pode-se dar a volta no avião planado a 5 metros de altura a partir desistema de vião computacional para realidade aumentada móvel.
  52. 52. HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividades II, 2º. Trimestre 2010. Projeto de excelência Sistema Bios Cíbrido naRealidade Urbana Aumentada: WIKINARUA. PROGRAMA LABORATÓRIOS DE EXPERIMENTAÇÃO EPESQUISA EM TECNOLOGIAS AUDIOVISUAIS – XPTA.LAB, Cinemateca, Ministério da Cultura, jun.2010. Figura 18: comparação da realidade virtual e o desenho de Santos DumontUsando o modelo de conversor Layar3DO modelo Layar3D ferramenta Converter é escrito em Java e pode serexecutado em qualquer sistema com o tempo de execução mais recente doJava, incluindo Windows, Mac e Linux. A versão mais recente do conversormodelo é baseado na tecnologia Java Webstart , que nos permite executar aaplicação, tanto em modo on-line a partir do browser ou offline a partir do cacheWebstart. A vantagem desta solução é que podemos manter uma configuraçãoúnica para as diferentes plataformas, ao mesmo tempo aproveitando abibliotecas nativas para facilitar a visualização em 3D OpenGL do conversor.Software disponível no site:http://site.layar.com/downloads/Layar3DModelConverter.jnlp
  53. 53. HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividades II, 2º. Trimestre 2010. Projeto de excelência Sistema Bios Cíbrido naRealidade Urbana Aumentada: WIKINARUA. PROGRAMA LABORATÓRIOS DE EXPERIMENTAÇÃO EPESQUISA EM TECNOLOGIAS AUDIOVISUAIS – XPTA.LAB, Cinemateca, Ministério da Cultura, jun.2010.Novidades na versão 1.5.2:  Adicionado suporte para caminhos absolutos de imagens de textura na MTL. ficheiro exportado pelo 3ds Max.Novidades na versão 1.5.1:  Adicionado iluminação ambiente no modo de visualização. Esta iluminação é equivalente aos parâmetros de iluminação do Layar 3.0.4 e acima.  Melhoria da manipulação de erro durante. Obj importações.  Corrigido um bug que melhora a análise de linha de comando para a versão CLI do ModelConverter.Novidades na versão 1.5.0:  Triangulação de polígonos complexos. Agora você pode importar arquivos. Obj que contenham polígonos complexos, incluindo quads, convexos e polígonos côncavos. Isso permite que você use ferramentas que não tem uma opção no triangular incorporado no. Obj exportação, por exemplo, Google Sketchup Pro.  Melhoradas. Obj análise, corrigir alguns bugs nas exportações 3D Studio Max com arquivos material incompleto. Agora usamos valores padrão razoável para preencher os espaços em branco.  Adicionado painel de visualização 3D OpenGL, que tenta imitar a apresentação do modelo em Layar, tanto quanto possível.
  54. 54. HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividades II, 2º. Trimestre 2010. Projeto de excelência Sistema Bios Cíbrido naRealidade Urbana Aumentada: WIKINARUA. PROGRAMA LABORATÓRIOS DE EXPERIMENTAÇÃO EPESQUISA EM TECNOLOGIAS AUDIOVISUAIS – XPTA.LAB, Cinemateca, Ministério da Cultura, jun.2010.  Adicionado Material painel de visualização, que mostra os materiais utilizados no modelo, incluindo a opção de modificar as cores e os parâmetros do brilho dos materiais.  Automatic textura de escala para ajustar o tamanho da obrigação de ter a largura e altura sejam potências de 2 durante .obj importação / .mtl.  Adicionado métodos básicos de edição: oVersão de linha de comandouma versão de linha de comando do Modelo Layar3D conversor está disponívelem: http://layar.com/downloads/Layar3DModelConverterCLI.jarIsso pode ser invocado da seguinte forma: java-jar opções Layar3DModelConverter.jar [] <inputfile.obj> -O: arquivo de saída. Se omitido, o arquivo será baseado no nome do arquivo de entrada. -D: normais Drop. Deixe o cliente calcular normals liso. -F: normais face Calcular. Use normais por causa face bordas duras no modelo. -M: Materiais Optimize. Grupos dos rostos de material para melhorar o desempenho de renderização. -X: modelo Girar 90 graus em torno do eixo X. Pode ser utilizado para fixar orientação. Obj arquivo. -X: modelo Rotate -90 graus em torno do eixo X. Pode ser utilizado para fixar orientação. Obj arquivo. -H: Mostra esta mensagem de ajuda.Requisitos da textura
  55. 55. HAMDAN, Camila. Projeto Consorciado I: Game em Realidade Aumentada - a sua própria tela para omundo. Relatório de Atividades II, 2º. Trimestre 2010. Projeto de excelência Sistema Bios Cíbrido naRealidade Urbana Aumentada: WIKINARUA. PROGRAMA LABORATÓRIOS DE EXPERIMENTAÇÃO EPESQUISA EM TECNOLOGIAS AUDIOVISUAIS – XPTA.LAB, Cinemateca, Ministério da Cultura, jun.2010.Fizemos a texturização do modelo 3D, mas apenas para definir a cor difusa domaterial. Neste momento, não foi possível adicionar múltiplas texturas.Imagens de textura tiveram que ser redimensionados para ter sua largura ealtura sejam potências de 2, por exemplo: 16x16, 32x32, 64x64, 256x128, etc .Estamos pesquisando a transparência nas ou seja, transparência parcial (alphavalores maiores que 0,1), os objetos por trás deles não são exibidos. Para alfainferior a 0,1 valores, usamos um teste alfa em OpenGL, o que significa que aspartes não serão desenhadas. Isso permite que sejam feitos recortes comtexturas.POI com objetos 3D/2DEsses parâmetros adicionais podem ser enviados no POI (hotspot) dicionário.Todos os parâmetros são opcionais.Chave Valor Exemplo Explicaçãodimensão número "Dimensão": 1: 1d - POI usual (ícones). Valor inteiro 2 padrão (se nenhum valor for fornecido, o usual 1d POI é assumida) 2: - imagem 2D utilizados para POI 3: 3d - 3d objeto usado para POIalt número "Alt": 2550 Opcional. inteiro altitude real do objeto, em metros. Se este estiver ausente, a mesma altitude que o usuário assume json veja abaixo Obrigatório se a dimensão é 2 ou 3.transformar dicionário Determina a forma de colocar o objeto no espaço.

×