Iniciativa hospital amigo da criança
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Iniciativa hospital amigo da criança

on

  • 1,651 views

Trabalho descritivo sobre o funcionamento do Programa Iniciativa Hospital Amigo da Criança.

Trabalho descritivo sobre o funcionamento do Programa Iniciativa Hospital Amigo da Criança.

Statistics

Views

Total Views
1,651
Views on SlideShare
1,651
Embed Views
0

Actions

Likes
1
Downloads
15
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Iniciativa hospital amigo da criança Iniciativa hospital amigo da criança Presentation Transcript

    • INICIATIVA HOSPITALAMIGO DA CRIANÇAUNIVERSIDADE ANHEMBI MORUMBIGraduação em Enfermagem – 5º SemestreDisciplina de Processo do Cuidar do Ciclo Vital IIProfª Rita JanicasBeatriz Portella; Camila Ferreira; Hellen Gouveia; JéssicaZebini
    • IHAC Elaborada em 1990pela OMS e UNICEF OBJETIVOS:o reduzir as taxas deMorbi e MortalidadeInfantil• Como?o Incentivando oALEITAMENTOMATERNO
    • ALEITAMENTO MATERNO UMASOLUÇÃO OMS – 1,5milhão de mortes poderiam serevitadas OMS – A incidência de doenças em crianças quesó mamam é 2,5x menor comparada às queutilizam fórmulas artificiais. Para a mulher que amamenta os benefícios são : < risco de contrair câncer de ovário e mama < risco de Diabetes II
    •  Lançada em 1991-92 Total de Hospitais credenciados àIHAC: >20mil em 156 países
    • Declaração de InnocentiProduzida e adotada por representantes deorganizações governamentais, ONGs, defensoresda amamentação de países de todo o mundo, noencontro "Breastfeeding in the 1990s: A GlobalInitiative" organizado pela OMS/UNICEF comapoio da A.I.D United States Agency forInternational Development e da SIDA - SwedishInternational DevelopmentAuthority, em, Florença, na Itália, entre os dias 30de Julho e 1 de Agosto de 1990.
    • Declaração de Innocenti“Conjunto de metas criadas com o objetivo de resgataro direito da mulher de aprender e praticar aamamentação com sucesso” Sobre a Proteção, Promoção e Apoio aoAleitamento Materno Uso do leite materno desde onascimento até os primeiros 4 e 6 mesesde vida 2 anos de idade ou > mesmo depois decomeçarem a ser alimentadas devemcontinuar sendo amamentadas
    •  Assegura o acesso ao PlanejamentoFamiliar; Incentivo a Campanhas demobilização social; Estabelecer metas a curto e longoprazo para os anos 90;
    • Metas Estabelecidas:Todos os países até 1995, devem ter: Nomeado uma autoridade coordenador nacional dealeitamento materno Estabelecido um comitê nacional de aleitamento maternocomposto por membros do Governo e de organizações não-governamentais; Assegurado que as maternidades coloquem em prática todosos "Dez Passos para o Sucesso do Aleitamento Materno"; Implementado totalmente o Código Internacional deComercialização de Substitutos do Leite Materno Elaborado uma legislação criativa de proteção ao direito aoaleitamento da mulher trabalhadora e estabelecido meiospara sua implementação.
    • Metas da IHAC IHAC soma-se ao Programa Nacional deIncentivo ao Aleitamento Materno(PNIAM/MS):◦ Informar profissionais de saúde e o público emgeral;◦ Trabalhar pela adoção de leis que protejam otrabalho da mulher que está amamentando;◦ Apoiar rotinas de serviços que promovam oaleitamento materno;◦ Combater a livre propaganda de leites artificiaispara bebês, bem como bicos, chupetas e
    • Benefícios: Redução doscustos commedicação, internação, material deconsumohospitalar; Aumento doespaço físico dohospital peladiminuição doberçário;
    •  Redução deinfecções clínicas embebês; Aumento do vínculo(mãe-bebê) Aumento do prestígiodo hospital; Diminuição decriançasabandonadas;
    • Aleitamento Materno no Brasil O tempo médio de aleitamentomaterno exclusivo é de 54,1 Dias; O tempo médio em crianças de 9-11meses é de 341,6 dias;
    • 10 Passos para o Sucesso doAleitamento Materno O que é?◦ “São recomendações que favorecem aamamentação a partir de práticas eorientações no período pré-natal, noatendimento à mãe e ao recém-nascidoao longo do trabalho do parto eparto, durante a internação após o parto enascimento e no retorno aodomicílio, com apoio da comunidade.”
    • 1. Ter uma norma escrita sobre aleitamentomaterno, que deve ser rotineiramentetransmitida a toda a equipe do serviço.2. Treinar toda a equipe, capacitando-a paraimplementar essa norma.3. Informar todas as gestantes atendidassobre as vantagens e o manejo daamamentação.4. Ajudar a mãe a iniciar a amamentação naprimeira meia hora após o parto.5. Mostrar às mães como amamentar e comomanter a lactação, mesmo se vierem a serseparadas de seus filhos.
    • 6. Não dar a recém-nascido nenhum outroalimento ou bebida além do leite materno, a nãoser que tenha indicação clínica.7. Praticar o alojamento conjunto – permitir quemães e bebês permaneçam juntos 24 horas pordia.8. Encorajar a amamentação sob livre demanda.9. Não dar bicos artificiais ou chupetas a criançasamamentadas.10. Encorajar o estabelecimento de grupos deapoio à amamentação, para onde as mãesdevem ser encaminhadas por ocasião da altahospitalar.
    • Avanços na Legislação Quanto ao Alojamento Conjunto: 1982 – Portaria 18 do Inamps/Ministério daSaúde, que estabeleceu a obrigatoriedade doalojamento conjunto. 1986 – Portaria do Ministério da Educação(MEC), tornando obrigatório o alojamentoconjunto nos hospitais universitários. 1993 – Portaria GM/MS nº 1016, com aatualização das normas.
    •  Das Normas de Comercialização: 1988 – Aprovação, pelo Conselho Nacional deSaúde, a Norma para Comercialização de Alimentospara Lactentes (Resolução Nº 5), elaborada combase no Código Internacional de Comercializaçãode Substitutos do Leite Materno. 1990 – Aprovação do Código de Defesa doConsumidor, que reforça vários artigos da Norma deComercialização de Alimentos para Lactentes. 1992 – Aprovação, pelo Conselho Nacional deSaúde, do novo texto da Norma Brasileira paraComercialização de Alimentos para Lactentes(Resolução Nº 31), que inclui item específico sobreo uso de bicos e mamadeiras.
    • ◦ 1992 – Acordo mundial entre o UNICEF e OMS com aAssociação Internacional de Fabricantes deAlimentos, para cessar o fornecimento gratuito ou abaixo custo de leites artificiais a maternidades ehospitais.◦ 1994 – Publicado parecer Nº 62/94 da ConsultoriaJurídica do Ministério da Saúde, que redefine aspenalidades para as infrações à norma.◦ 2006 – Aprovada a lei federal nº 11.265/06, queregulamenta a propaganda abusiva dos produtos queinterferem na amamentação. A lei foi elaborada combase na Norma Brasileira de Comercialização deAlimentos para Lactentes e Criança de PrimeiraInfância, Bicos, Chupetas e Mamadeiras(NBCAL), constituída pela Portaria MS nº 2.051/01 epelas resoluções da Agência Nacional de VigilânciaSanitária (Anvisa) nº 221 e nº 222/02. A lei prevêautuação e punição para estabelecimentos de saúde eempresas que não se enquadrarem nos dispositivos dalegislação.
    •  Quanto à Constituição: 1988 – Promulgação da constituição, queassegura licença-maternidade de 120 dias,licença-paternidade de cinco dias, proteção aotrabalho da mulher e o direito às presidiárias depermanecer com os filhos durante o período deamamentação. Quanto ao Estatuto: 1990 – Aprovação do Estatuto da Criança e doAdolescente, Lei Nº 8069, que assegura àgestante, pelo Sistema Único de Saúde, oatendimento antes e após o parto. Também tratada obrigatoriedade do alojamento conjunto.
    •  Quanto ao Hospital Amigo da Criança: 1994 – Portaria Nº 1.113, do Ministério da Saúde,que assegura pagamento de 10% a mais sobre aassistência ao parto, a Hospitais Amigo daCriança vinculados ao Sistema Único de Saúde. 1994 – Portaria Nº 155, da Secretaria deAssistência à Saúde (MS), que estabelece oscritérios para o credenciamento dos Hospitaiscomo Amigo da Criança.
    • Referências UNICEF. Nossas Prioridades. IniciativaHospital Amigo da Criança. Disponível em:http://www.unicef.org/brazil/pt/activities_9994.htm MINISTÉRIO DA SAÚDE. Iniciativa HospitalAmigo da Criança. Brasília 2010. Disponívelem:http://portal.saude.gov.br/portal/arquivos/pdf/relatorioihacatualizado.pdf FUNDO DAS NAÇÕES UNIDAS PARA AINFÂNCIA(UNICEF). O Município e aCriança de até 6 anos, DireitosCumpridos, Respeitados e Protegidos.Disponível em :http://www.unicef.org/brazil/pt/municipio.pdf