modelação de um sistema de classificação e de agrupamento automático de documentos, de acordo com a sua proximidade semânt...
Classificação Social<br />Pretende-se que os utilizadores possam:<br /> classificar<br /> comentar<br /> associar tags<br ...
Web 2.0.<br />Aplicações <br />Interacção entre os utilizadores<br />Editar<br />Partilhar<br />Comunicar<br />Permitiram ...
Das tags até à folksonomy<br />Tags em: imagem, artigo, blogue, bookmark, URL…<br />“Quando muitos utilizadores fazem tags...
tagging<br />Método para classificar a informação de forma colaborativa e descentralizada.<br />Partilha da classificação ...
http://www.wordle.net/<br />
Desafio da Biblioteca do Congresso <br />Janeiro de 2008<br />A biblioteca do Congresso colocou mais de 3000 fotos no Flir...
Web semântica (3.0.)<br />Extensão da Web actual<br />Atribuição de significado aos conteúdos<br />Desenvolvimento de tecn...
Taxonomia controlada<br />Vs<br />“loucura” da criação de Tags<br />Preparados?<br />
1 -Classificação automática através da proximidade semântica<br /> 2 - Classificação Social<br />1 ?<br />2 ?<br />1+2 ?<b...
Bibliografia<br />K. Snuderl, “Tagging: Can user – generated content improve our service?” StatiscalJounal of the IAOS 25,...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Apresentacao Elisabete

225

Published on

Published in: Education, Technology
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
225
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
1
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Apresentacao Elisabete

  1. 1.
  2. 2. modelação de um sistema de classificação e de agrupamento automático de documentos, de acordo com a sua proximidade semântica<br />+<br />Integração de uma classificação social<br />
  3. 3. Classificação Social<br />Pretende-se que os utilizadores possam:<br /> classificar<br /> comentar<br /> associar tags<br />Sob a hipótese de permitir uma melhor classificação e organização dos documentos<br />
  4. 4. Web 2.0.<br />Aplicações <br />Interacção entre os utilizadores<br />Editar<br />Partilhar<br />Comunicar<br />Permitiram uma fácil publicação de conteúdos na web.<br />
  5. 5. Das tags até à folksonomy<br />Tags em: imagem, artigo, blogue, bookmark, URL…<br />“Quando muitos utilizadores fazem tags para muitos items, este conjunto de tags torna-se numa folksonomia” <br />(Katja ˇSnuderl, 2008)<br />O termo Folksonomy foi criado por ThomasVanderWal<br />folk + taxonomy<br />
  6. 6. tagging<br />Método para classificar a informação de forma colaborativa e descentralizada.<br />Partilha da classificação com outros utilizadores.<br />“Os principais motores de pesquisa criam metadados baseados em categorias predefinidas para cada página indexada, passível de ser lida pelos seus “robots” de pesquisa. O problema é que o conteúdo está a ser criado a um ritmo muito superior ao que os robots podem acompanhar.”<br />(Katja ˇSnuderl, 2008)<br />
  7. 7. http://www.wordle.net/<br />
  8. 8. Desafio da Biblioteca do Congresso <br />Janeiro de 2008<br />A biblioteca do Congresso colocou mais de 3000 fotos no Flirck para verificar se conseguia uma catalogação mais correcta usando o conhecimento de muitas pessoas comuns ou de poucos peritos.<br />1 dia depois foram adicionadas 4000 tags únicas (num total de 19 000) e deixaram 500 comentários.<br />10 dias depois o resultado foi:<br />2440 comentários<br />570 notas<br />13077 tags únicas<br />
  9. 9. Web semântica (3.0.)<br />Extensão da Web actual<br />Atribuição de significado aos conteúdos<br />Desenvolvimento de tecnologias que tornem possível a legibilidade da informação por parte das máquinas<br />Contexto da web semântica (3.0) tem por objectivo criar uma ontologia para as tags.<br />
  10. 10. Taxonomia controlada<br />Vs<br />“loucura” da criação de Tags<br />Preparados?<br />
  11. 11. 1 -Classificação automática através da proximidade semântica<br /> 2 - Classificação Social<br />1 ?<br />2 ?<br />1+2 ?<br />
  12. 12. Bibliografia<br />K. Snuderl, “Tagging: Can user – generated content improve our service?” StatiscalJounal of the IAOS 25, pp. 125-132, 2008, IOS Press.<br />E. Takeharu, U. Toshio, “The Effectiveness of Latent Semantic Analysis for Building Up a Bottom-up Taxonomy from Folksonomy Tags”, World Wide Web (2009) 12:421-440, Springer Science + Business Media, LLC 2009.<br />P. Morrison, “Tagging and searching: Search retrieval effectiveness of folksonomies on the World Wide Web”, 2008, www.sciencedirect.com . <br />J. Trant, “Tagging, Folksonomy and Art Museums: Results of steve museum’s rechearch” , 2008, http://verne.steve.museum/SteveResearchReport2008.pdf<br />J. Trant, “Studying Social Tagging and Folksonomy: A Review and Framework”, Journal of Digital Information, Vol 10, No 1 (2009), http://journals.tdl.org/jodi/issue/view/65 .<br />C. Lee, D. Lian, K. Razikin, A. Chua, “Tagging, Sharing and the Influence of Personal Experience”, Journal of Digital Information, Vol 10, No 1 (2009), http://journals.tdl.org/jodi/issue/view/65.<br />A. Maslov, A. Mikeal, J. Leggest, “Cooperation or Control? Web 2.0 and the Digital Library”, Journal of Digital Information, Vol 10, No 1 (2009), http://journals.tdl.org/jodi/issue/view/65.<br />Lee T.; Hall W. (2006). The Semantic Web Revisited. University of Koblenz-Landau<br />
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×