Your SlideShare is downloading. ×
Ementa Biomedicina
Ementa Biomedicina
Ementa Biomedicina
Ementa Biomedicina
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Ementa Biomedicina

4,652

Published on

Ementa da disciplina Farmacologia/2009 da Biomedicina UFPA

Ementa da disciplina Farmacologia/2009 da Biomedicina UFPA

Published in: Education, Business, Technology
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
4,652
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
52
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. DEPARTAMENTO DE FISIOLOGIA CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ Disciplina: FARMACOLOGIA Graduação: BIOMEDICINA Professor: Caio Maximino Período: 1º. Semestre 2009 OBJETIVOS GERAL E ESPECÍFICOS: Proporcionar noções sobre o mecanismo de ação e a dinâmica da interação entre fármacos e sistemas biológicos, assim como as possíveis alterações causadas por fármacos sobre análises clínicas. Ao final da disciplina, o aluno deverá ser capaz de dominar aspectos gerais e específicos de: i) Farmacocinética; ii) Farmacodinâmica; iii) Farmacologia do sistema nervoso autônomo; iv) Farmacologia do sistema nervoso central; v) Farmacologia cardiovascular; vi) Farmacologia de agentes antiinflamatórios e analgésicos; vii) Farmacologia dos agentes antineoplásicos e da antibioticoterapia; viii) Farmacologia dos agentes gastroprotetores e anti-histamínicos. INSTRUÇÕES AO ALUNO: Se você achar a disciplina incompreensível, ou necessitar de ajuda, entre em contato com os professores de farmacologia, por e-mail (farmacologia_ufpa@yahoo.com.br), ou indo diretamente aos nossos laboratórios e/ou salas. Por favor, entre em contato com antecedência. Nós estaremos totalmente disponíveis a atendê-lo. Entretanto, se você deixar para nos consultar no último segundo, nada poderemos fazer para ajudá-lo. CRONOGRAMA DE ATIVIDADES DIA TIPO DE AULA CONTEÚDO 31/03 Teórica (4 h/aula) Apresentação da disciplina Conceitos fundamentais de farmacologia Farmacodinâmica: Mecanismos de ação dos fármacos, receptores, alvos para a ação de drogas, proteínas efetoras, proteínas de transdução de sinal, espectro agonista-antagonista, famílias de receptores, segundos-mensageiros, potência e afinidade Farmacocinética I: Liberação e absorção 02/04 Teórica (3 h/aula) Farmacocinética II: Distribuição, metabolismo e eliminação. Estudo de caso (1 h/aula) Estudo de caso I: Urianálise e farmacocinética 07/04 Teórica (4 h/aula) Farmacologia do SNC: Antidepressivos e estabilizadores do humor 09/04 Teórica (4 h/aula) Farmacologia do SNC: Ansiolíticos e anticonvulsivantes 14/04 Teórica (3 h/aula) Farmacologia do SNC: Antipsicóticos, Drogas usadas contra distúrbios neurodegenerativos
  • 2. Estudo de caso (1 h/aula) Estudo de caso II: Antipsicóticos 16/04 ENTREGA DO Explicar, mecanisticamente, um mecanismo molecular de TRABALHO 1 (T1): transdução de sinal (receptores ligados a canais, receptores MECANISMOS acoplados à proteína G, receptores ligados à tirosina quinase e à MOLECULARES DE guanilato ciclase, receptores nucleares). Formato: Esquema + TRANSDUÇÃO legenda explicativa. PROVA 1 Farmacocinética, farmacodinâmica e farmacologia do SNC – incluindo leitura sugerida. 1ª. Avaliação. FARMACOCINÉTICA: (L)ADME, meia-vida plasmática, vias de administração, transporte passivo de drogas na membrana, influência do pH sobre a absorção de drogas, importância das proteínas plasmáticas na farmacocinética, barreiras celulares a fármacos, tecido adiposo como reservatório de fármacos, redistribuição, biotransformação de primeira passagem, metabolismo de fase I e fase II, CYP450, fatores que alteram a biotransformação de fármacos, indução enzimática, tolerância e resistência, vias de excreção de fármacos. FARMACODINÂMICA: Mecanismos de ação dos fármacos, receptores, alvos para a ação de drogas, proteínas efetoras, proteínas de transdução de sinal, espectro agonista-antagonista, famílias de receptores, segundos-mensageiros, potência e afinidade SNC: Sinalização química no SNC, neurotransmissores, receptores, drogas antidepressivas, ansiolíticas, anticonvulsivantes, antipsicóticas e contra doenças neurodegenerativas 23/04 Teórica (4 h/aula) Farmacologia do SNA: Anatomia, funções gerais e diferenças dos sistemas nervosos autônomo e motor somático; Anatomia, funções gerais e diferenças dos sistemas nervosos autônomos simpático e parassimpático. 30/04 Teórica 4 h/aula) Farmacologia do SNA: Agentes simpatomiméticos, parassimpatolíticos, simpatomiméticos e simpatolíticos 05/05 Teórica (4 h/aula) Farmacologia cardiovascular: Agentes diuréticos, drogas anti- hipertensivas, antianginosas e agentes cardiotônicos 07/05 Não haverá aula 6º. Conpsi 12/05 Teórica (3 h/aula) Farmacologia cardiovascular: Fármacos que interferem na coabulabilidade sangüínea e fármacos utilizados nas dislipidemias Estudo de caso (1 h/aula) Estudo de caso III: SNA e sistemas respiratório e cardiovascular 14/05 Teórica (4 h/aula) Princípios básicos da farmacologia de drogas antiinflamatórias: Agentes não-esteroidais e esteroidais 19/05 ENTREGA DO Resumo do artigo “Uso de corticóide como inibidor da resposta TRABALHO 2 (T2): inflamatória sistêmica induzida pela circulação extracorpórea” REAÇÃO INFLAMATÓRIA E RESPOSTA IMUNE PROVA 2 Farmacologia do SNA, farmacologia cardiovascular, coagulação e displidemias, antiinflamatórios – incluindo leitura sugerida. 2ª. Avaliação. SNA: Anatomia, funções gerais e diferenças dos sistemas nervosos autônomo e motor somático; Anatomia, funções gerais e diferenças dos sistemas nervosos autônomos simpático e parassimpático; receptores simpáticos e parassimpáticos e suas localizações e distribuição; transmissão colinérgica e adrenérgica; síntese, armazenamento e liberação dos neurotransmissores colinérgicos e adrenérgicos; ação dos fármacos sobre o SNA; agonistas e antagonistas muscarínicos e nicotínicos; agonistas e antagonistas adrenérgicos; tipos de fármacos bloqueadores neuromusculares. FARMACOLOGIA CARDIOVASCULAR: Princípios gerais da
  • 3. fisiologia da função cardíaca; drogas anti-hipertensivas, antiangonosas, agentes cardiotônicos e agentes diuréticos. COAGULAÇÃO E DISLIPIDEMIAS: Fármacos utilizados, mecanismos de ação e efeitos adversos. ANTIINFLAMATÓRIOS: Princípios básicos da inflamação; antiinflamatórios não-esteroidais; antiinflamatórios esteroidais. 2ª. Chamada 1ª. Prova Horário a definir, somente para alunos que fizerem a requisição devidamente justificada e documentada, dentro do prazo legal (48 h), conforme regimento da UFPA. 21/05 Teórica (3 h/aula) Bases farmacológicas da antibioticoterapia I: Penicilinas, sulfonamidas, cefalosporinas, aminoglicosídios, quinolonas e tetraciclinas. Estudo de caso (1 h/aula) Estudo de caso IV: Teste de Sensibilidade aos Antibióticos 26/05 Teórica (4 h/aula) Agentes antivirais e retrovirais 28/05 Teórica (4 h/aula) Antineoplásicos: Classes, usos terapêuticos e racionalidade, efeitos adversos, mecanismos de ação e principais características farmacocinéticas. 02/06 Teórica (4 h/aula) Fármacos utilizados contra a dor: Opióides, anestésicos locais e gerais. 04/06 Teórica (3 h/aula) Agentes anti-histamínicos e gastroprotetores. Estudo de caso (1 h/aula) Estudo de caso V: Agentes anti-histamínicos 09/06 Seminários Temas especiais em farmacologia: Farmacogenômica, cronofarmacologia 16/06 Seminários Temas especiais em farmacologia: Análises toxicológicas, Transmissão volumétrica no SNC, Drogas de abuso 18/06 Seminários Temas especiais em farmacologia: Pesquisa com animais, Gravidez e utilização segura de fármacos Encerramento da disciplina 2ª. Chamada 2ª. Prova Horário a definir, somente para alunos que fizerem a requisição devidamente justificada e documentada, dentro do prazo legal (48 h), conforme regimento da UFPA. TOTAL DE HORAS DA DISCIPLINA: 90 horas AVALIAÇÃO: Será aplicado o Regimento da UFPA: • A freqüência mínima exigida será de 75%. • O conceito geral da disciplina será a média ponderada dos resultados obtidos nos procedimentos avaliativos. Dois trabalhos individuais deverão ser entregues em momentos diferentes (dias 16 de Abril e 19 de Maio). A média aritmética das notas dos trabalhos definirá uma nota de trabalhos, com peso 1. Além desses trabalhos, serão realizadas duas provas (16 de Abril e 19 de Maio), baseadas no conteúdo programático; cada prova apresenta peso 4. Em último lugar, serão apresentados seminários (em grupos de no máximo 6 alunos) sobre temas especiais em farmacologia (definidos no cronograma acima), também com peso 1. Portanto, a nota final é definida por: Final = ((T 1 + T 2) × 0,1) + ( P1 × 0,4) + ( P 2 × 0,4) + ( Apresentação × 0,1) • A nota final mínima para aprovação na disciplina será de 5,0. • As provas serão individuais e sem consulta, com questões objetivas e/ou dissertativas.
  • 4. • A segunda chamada de cada prova será realizada para alunos que faltarem à prova por motivo de doença ou causa maior. O aluno deverá justificar sua falta de forma documentada e solicitar a segunda chamada por escrito, ao setor responsável, até 48 horas após a realização da primeira chamada. As datas das segundas chamadas já estão estipuladas no calendário de aulas. • Mudanças em dias de provas devem ser solicitadas pelo representante de turma, através de documento contendo a assinatura de todos os estudantes matriculados na disciplina. BIBLIOGRAFIA Livros SUGERIDOS: Farmacologia (2004). H. P. Rang, M. M. Dale, J. M. Ritter, P. K. Moore. Editora Elsevier. Farmacologia Básica & Clínica (2006). B. G. Katzung. Editora Guanabara- Koogan. Leitura para aprofundamento: As Bases Farmacológicas da Terapêutica (2003). Goodman & Gilman. Editora MacGraw-Hill. Leitura adicional: Farmacologia: Texto e Atlas (2008). H. Lüllman. Editora ArtMed. Farmacologia Humana (2006). Brody, Larner, Minneman & Wecker. Editora El- sevier Consulta sugerida: A farmacologia é uma ciência de crescimento exponencial; dessa forma, a consulta a artigos de revisão em periódicos de referência é recomendada: Trends in Pharmacological Sciences: http://www.trends.com/tips/default.htm Pharmacological Reviews: http://pharmrev.aspetjournals.org/ Annual Review of Pharmacology and Toxicology: http://arjournals.annualreviews.org/loi/pharmtox Conteúdos retirados dessas revistas deverão ser referenciados. Não é obrigatório o uso dessas referências para os trabalhos, mas isso certamente irá aumentar a qualidade desses. Sites: Existem diversos sites para referência na internet: RxList: The Internet Drug Index: http://www.rxlist.com/script/main/hp.asp Bulário eletrônico da ANVISA: http://www.anvisa.gov.br/medicamentos/bulas/index.htm IUPHAR Database on Receptor Nomenclature and Drug Classification: http://www.iuphar-db.org/index.jsp Guide to Receptors and Channels: http://www.nature.com/bjp/journal/vgrac/ncurrent/index.html The Complete Pharmacokinetic Database: http://www.pubpk.org/ DrugBank: http://www.drugbank.ca/

×