• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Ementa Biomedicina
 

Ementa Biomedicina

on

  • 7,235 views

Ementa da disciplina Farmacologia/2009 da Biomedicina UFPA

Ementa da disciplina Farmacologia/2009 da Biomedicina UFPA

Statistics

Views

Total Views
7,235
Views on SlideShare
7,235
Embed Views
0

Actions

Likes
1
Downloads
52
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Upload Details

Uploaded via as Microsoft Word

Usage Rights

CC Attribution License

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Ementa Biomedicina Ementa Biomedicina Document Transcript

    • DEPARTAMENTO DE FISIOLOGIA CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ Disciplina: FARMACOLOGIA Graduação: BIOMEDICINA Professor: Caio Maximino Período: 1º. Semestre 2009 OBJETIVOS GERAL E ESPECÍFICOS: Proporcionar noções sobre o mecanismo de ação e a dinâmica da interação entre fármacos e sistemas biológicos, assim como as possíveis alterações causadas por fármacos sobre análises clínicas. Ao final da disciplina, o aluno deverá ser capaz de dominar aspectos gerais e específicos de: i) Farmacocinética; ii) Farmacodinâmica; iii) Farmacologia do sistema nervoso autônomo; iv) Farmacologia do sistema nervoso central; v) Farmacologia cardiovascular; vi) Farmacologia de agentes antiinflamatórios e analgésicos; vii) Farmacologia dos agentes antineoplásicos e da antibioticoterapia; viii) Farmacologia dos agentes gastroprotetores e anti-histamínicos. INSTRUÇÕES AO ALUNO: Se você achar a disciplina incompreensível, ou necessitar de ajuda, entre em contato com os professores de farmacologia, por e-mail (farmacologia_ufpa@yahoo.com.br), ou indo diretamente aos nossos laboratórios e/ou salas. Por favor, entre em contato com antecedência. Nós estaremos totalmente disponíveis a atendê-lo. Entretanto, se você deixar para nos consultar no último segundo, nada poderemos fazer para ajudá-lo. CRONOGRAMA DE ATIVIDADES DIA TIPO DE AULA CONTEÚDO 31/03 Teórica (4 h/aula) Apresentação da disciplina Conceitos fundamentais de farmacologia Farmacodinâmica: Mecanismos de ação dos fármacos, receptores, alvos para a ação de drogas, proteínas efetoras, proteínas de transdução de sinal, espectro agonista-antagonista, famílias de receptores, segundos-mensageiros, potência e afinidade Farmacocinética I: Liberação e absorção 02/04 Teórica (3 h/aula) Farmacocinética II: Distribuição, metabolismo e eliminação. Estudo de caso (1 h/aula) Estudo de caso I: Urianálise e farmacocinética 07/04 Teórica (4 h/aula) Farmacologia do SNC: Antidepressivos e estabilizadores do humor 09/04 Teórica (4 h/aula) Farmacologia do SNC: Ansiolíticos e anticonvulsivantes 14/04 Teórica (3 h/aula) Farmacologia do SNC: Antipsicóticos, Drogas usadas contra distúrbios neurodegenerativos
    • Estudo de caso (1 h/aula) Estudo de caso II: Antipsicóticos 16/04 ENTREGA DO Explicar, mecanisticamente, um mecanismo molecular de TRABALHO 1 (T1): transdução de sinal (receptores ligados a canais, receptores MECANISMOS acoplados à proteína G, receptores ligados à tirosina quinase e à MOLECULARES DE guanilato ciclase, receptores nucleares). Formato: Esquema + TRANSDUÇÃO legenda explicativa. PROVA 1 Farmacocinética, farmacodinâmica e farmacologia do SNC – incluindo leitura sugerida. 1ª. Avaliação. FARMACOCINÉTICA: (L)ADME, meia-vida plasmática, vias de administração, transporte passivo de drogas na membrana, influência do pH sobre a absorção de drogas, importância das proteínas plasmáticas na farmacocinética, barreiras celulares a fármacos, tecido adiposo como reservatório de fármacos, redistribuição, biotransformação de primeira passagem, metabolismo de fase I e fase II, CYP450, fatores que alteram a biotransformação de fármacos, indução enzimática, tolerância e resistência, vias de excreção de fármacos. FARMACODINÂMICA: Mecanismos de ação dos fármacos, receptores, alvos para a ação de drogas, proteínas efetoras, proteínas de transdução de sinal, espectro agonista-antagonista, famílias de receptores, segundos-mensageiros, potência e afinidade SNC: Sinalização química no SNC, neurotransmissores, receptores, drogas antidepressivas, ansiolíticas, anticonvulsivantes, antipsicóticas e contra doenças neurodegenerativas 23/04 Teórica (4 h/aula) Farmacologia do SNA: Anatomia, funções gerais e diferenças dos sistemas nervosos autônomo e motor somático; Anatomia, funções gerais e diferenças dos sistemas nervosos autônomos simpático e parassimpático. 30/04 Teórica 4 h/aula) Farmacologia do SNA: Agentes simpatomiméticos, parassimpatolíticos, simpatomiméticos e simpatolíticos 05/05 Teórica (4 h/aula) Farmacologia cardiovascular: Agentes diuréticos, drogas anti- hipertensivas, antianginosas e agentes cardiotônicos 07/05 Não haverá aula 6º. Conpsi 12/05 Teórica (3 h/aula) Farmacologia cardiovascular: Fármacos que interferem na coabulabilidade sangüínea e fármacos utilizados nas dislipidemias Estudo de caso (1 h/aula) Estudo de caso III: SNA e sistemas respiratório e cardiovascular 14/05 Teórica (4 h/aula) Princípios básicos da farmacologia de drogas antiinflamatórias: Agentes não-esteroidais e esteroidais 19/05 ENTREGA DO Resumo do artigo “Uso de corticóide como inibidor da resposta TRABALHO 2 (T2): inflamatória sistêmica induzida pela circulação extracorpórea” REAÇÃO INFLAMATÓRIA E RESPOSTA IMUNE PROVA 2 Farmacologia do SNA, farmacologia cardiovascular, coagulação e displidemias, antiinflamatórios – incluindo leitura sugerida. 2ª. Avaliação. SNA: Anatomia, funções gerais e diferenças dos sistemas nervosos autônomo e motor somático; Anatomia, funções gerais e diferenças dos sistemas nervosos autônomos simpático e parassimpático; receptores simpáticos e parassimpáticos e suas localizações e distribuição; transmissão colinérgica e adrenérgica; síntese, armazenamento e liberação dos neurotransmissores colinérgicos e adrenérgicos; ação dos fármacos sobre o SNA; agonistas e antagonistas muscarínicos e nicotínicos; agonistas e antagonistas adrenérgicos; tipos de fármacos bloqueadores neuromusculares. FARMACOLOGIA CARDIOVASCULAR: Princípios gerais da
    • fisiologia da função cardíaca; drogas anti-hipertensivas, antiangonosas, agentes cardiotônicos e agentes diuréticos. COAGULAÇÃO E DISLIPIDEMIAS: Fármacos utilizados, mecanismos de ação e efeitos adversos. ANTIINFLAMATÓRIOS: Princípios básicos da inflamação; antiinflamatórios não-esteroidais; antiinflamatórios esteroidais. 2ª. Chamada 1ª. Prova Horário a definir, somente para alunos que fizerem a requisição devidamente justificada e documentada, dentro do prazo legal (48 h), conforme regimento da UFPA. 21/05 Teórica (3 h/aula) Bases farmacológicas da antibioticoterapia I: Penicilinas, sulfonamidas, cefalosporinas, aminoglicosídios, quinolonas e tetraciclinas. Estudo de caso (1 h/aula) Estudo de caso IV: Teste de Sensibilidade aos Antibióticos 26/05 Teórica (4 h/aula) Agentes antivirais e retrovirais 28/05 Teórica (4 h/aula) Antineoplásicos: Classes, usos terapêuticos e racionalidade, efeitos adversos, mecanismos de ação e principais características farmacocinéticas. 02/06 Teórica (4 h/aula) Fármacos utilizados contra a dor: Opióides, anestésicos locais e gerais. 04/06 Teórica (3 h/aula) Agentes anti-histamínicos e gastroprotetores. Estudo de caso (1 h/aula) Estudo de caso V: Agentes anti-histamínicos 09/06 Seminários Temas especiais em farmacologia: Farmacogenômica, cronofarmacologia 16/06 Seminários Temas especiais em farmacologia: Análises toxicológicas, Transmissão volumétrica no SNC, Drogas de abuso 18/06 Seminários Temas especiais em farmacologia: Pesquisa com animais, Gravidez e utilização segura de fármacos Encerramento da disciplina 2ª. Chamada 2ª. Prova Horário a definir, somente para alunos que fizerem a requisição devidamente justificada e documentada, dentro do prazo legal (48 h), conforme regimento da UFPA. TOTAL DE HORAS DA DISCIPLINA: 90 horas AVALIAÇÃO: Será aplicado o Regimento da UFPA: • A freqüência mínima exigida será de 75%. • O conceito geral da disciplina será a média ponderada dos resultados obtidos nos procedimentos avaliativos. Dois trabalhos individuais deverão ser entregues em momentos diferentes (dias 16 de Abril e 19 de Maio). A média aritmética das notas dos trabalhos definirá uma nota de trabalhos, com peso 1. Além desses trabalhos, serão realizadas duas provas (16 de Abril e 19 de Maio), baseadas no conteúdo programático; cada prova apresenta peso 4. Em último lugar, serão apresentados seminários (em grupos de no máximo 6 alunos) sobre temas especiais em farmacologia (definidos no cronograma acima), também com peso 1. Portanto, a nota final é definida por: Final = ((T 1 + T 2) × 0,1) + ( P1 × 0,4) + ( P 2 × 0,4) + ( Apresentação × 0,1) • A nota final mínima para aprovação na disciplina será de 5,0. • As provas serão individuais e sem consulta, com questões objetivas e/ou dissertativas.
    • • A segunda chamada de cada prova será realizada para alunos que faltarem à prova por motivo de doença ou causa maior. O aluno deverá justificar sua falta de forma documentada e solicitar a segunda chamada por escrito, ao setor responsável, até 48 horas após a realização da primeira chamada. As datas das segundas chamadas já estão estipuladas no calendário de aulas. • Mudanças em dias de provas devem ser solicitadas pelo representante de turma, através de documento contendo a assinatura de todos os estudantes matriculados na disciplina. BIBLIOGRAFIA Livros SUGERIDOS: Farmacologia (2004). H. P. Rang, M. M. Dale, J. M. Ritter, P. K. Moore. Editora Elsevier. Farmacologia Básica & Clínica (2006). B. G. Katzung. Editora Guanabara- Koogan. Leitura para aprofundamento: As Bases Farmacológicas da Terapêutica (2003). Goodman & Gilman. Editora MacGraw-Hill. Leitura adicional: Farmacologia: Texto e Atlas (2008). H. Lüllman. Editora ArtMed. Farmacologia Humana (2006). Brody, Larner, Minneman & Wecker. Editora El- sevier Consulta sugerida: A farmacologia é uma ciência de crescimento exponencial; dessa forma, a consulta a artigos de revisão em periódicos de referência é recomendada: Trends in Pharmacological Sciences: http://www.trends.com/tips/default.htm Pharmacological Reviews: http://pharmrev.aspetjournals.org/ Annual Review of Pharmacology and Toxicology: http://arjournals.annualreviews.org/loi/pharmtox Conteúdos retirados dessas revistas deverão ser referenciados. Não é obrigatório o uso dessas referências para os trabalhos, mas isso certamente irá aumentar a qualidade desses. Sites: Existem diversos sites para referência na internet: RxList: The Internet Drug Index: http://www.rxlist.com/script/main/hp.asp Bulário eletrônico da ANVISA: http://www.anvisa.gov.br/medicamentos/bulas/index.htm IUPHAR Database on Receptor Nomenclature and Drug Classification: http://www.iuphar-db.org/index.jsp Guide to Receptors and Channels: http://www.nature.com/bjp/journal/vgrac/ncurrent/index.html The Complete Pharmacokinetic Database: http://www.pubpk.org/ DrugBank: http://www.drugbank.ca/