Your SlideShare is downloading. ×
0
Trabalho bio
Trabalho bio
Trabalho bio
Trabalho bio
Trabalho bio
Trabalho bio
Trabalho bio
Trabalho bio
Trabalho bio
Trabalho bio
Trabalho bio
Trabalho bio
Trabalho bio
Trabalho bio
Trabalho bio
Trabalho bio
Trabalho bio
Trabalho bio
Trabalho bio
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Trabalho bio

4,068

Published on

Published in: Education
1 Comment
3 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total Views
4,068
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
90
Comments
1
Likes
3
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Classificação <ul><li>As articulações podem ser classificadas quanto seus aspectos estruturais e funcionais: </li></ul><ul><li>(substância que interpõe as peças ósseas) </li></ul><ul><li>Fibrosas </li></ul><ul><li>Cartilaginosas </li></ul><ul><li>Sinoviais </li></ul>
  • 2. Junturas Fibrosas <ul><li>Junturas nas quais o elemento que se interpõe às peças que se articulam é o tecido conjuntivo fibroso. </li></ul><ul><li>Frequentemente no crânio </li></ul><ul><li>Mobilidade reduzida </li></ul><ul><li>Subdivisão: </li></ul><ul><ul><li>Suturas </li></ul></ul><ul><ul><li>Sindesmoses </li></ul></ul>
  • 3. Junturas Fibrosas <ul><li>Suturas: </li></ul><ul><li>- Encontradas entre os ossos do crânio </li></ul><ul><li>- A maneira com que as bordas dos ossos articulados entram em contato, podem ser sub classificadas em suturas PLANAS , suturas ESCAMOSAS e suturas SERREADAS </li></ul>
  • 4. Planas
  • 5. Escamosa
  • 6. Serreada
  • 7. Junturas Fibrosas <ul><li>Sindesmoses </li></ul><ul><li>- Sindesmose tíbio-fibular (extremidade distal) </li></ul>
  • 8. Junturas Cartilaginosa <ul><li>Neste grupo o tecido que interpõe é cartilagem. </li></ul><ul><li>Mobilidade reduzida </li></ul><ul><li>- Hialina : Sincondroses (esfeno-occipital) </li></ul><ul><li> - União temporária </li></ul><ul><li> - Zona de crescimento </li></ul><ul><li>- Fibrosa : Sínfise (púbica e intervertebral) </li></ul><ul><li> - Fibrocartilagem </li></ul>
  • 9. <ul><li>SÍNFISE ( articulação cartilaginosa secundária ): -articulações fibrocartilaginosas -ossos são recobertos por cartilagem hialina -osso são unidos por tecido fibroso forte e/ou fibrocartilagem -fortes -ligeiramente móveis </li></ul>Sínfise Púbica
  • 10. Classificação Morfológica <ul><li>Planas: </li></ul><ul><ul><li>As superfícies articulares são planas ou ligeiramente curvas. </li></ul></ul><ul><ul><li>Deslizamento discreto em todas as direções </li></ul></ul><ul><ul><li>Sacro-ilíaca, ossos do carpo, tarso e corpos das vértebras. </li></ul></ul>
  • 11.  
  • 12. Junturas Sinoviais <ul><li>Constituintes: </li></ul><ul><ul><li>Cavidade articular </li></ul></ul><ul><ul><li>Cápsula articular </li></ul></ul><ul><ul><li>Superfície articular </li></ul></ul><ul><ul><li>Líquido sinovial </li></ul></ul>1 2 3
  • 13. Articulações Sinoviais Outras características: 1- disco articular (coxim fibrocartilaginoso) 2- meniscos (em forma de meia lua) 3- orlas e lábios (borda fibrocartilaginosa)
  • 14. Classificação Funcional das Junturas Sinoviais <ul><li>Mono-axial : Úmero-ulnar </li></ul><ul><li>- Movimento em um eixo </li></ul><ul><li>Bi-axial : radio-cárpica </li></ul><ul><li>- Movimento em dois eixos </li></ul><ul><li>Tri-axial : Ombro e Quadril </li></ul><ul><li>- Movimento em três eixos </li></ul>
  • 15. Classificação Morfológica <ul><li>Gínglimo: </li></ul><ul><ul><li>Dobradiça (carretel) </li></ul></ul><ul><ul><li>Flexão e extensão </li></ul></ul><ul><ul><li>Articulação do cotovelo e entre as falanges. </li></ul></ul>
  • 16. Classificação Morfológica <ul><li>Trocóide: </li></ul><ul><ul><li>Cilindróides </li></ul></ul><ul><ul><li>Rotação </li></ul></ul><ul><ul><li>Eixo único vertical – mono-axial </li></ul></ul><ul><ul><li>Radio-ulna proximal </li></ul></ul><ul><ul><li>Pronação e supinação </li></ul></ul>
  • 17. Classificação Morfológica <ul><li>Condilar: </li></ul><ul><ul><li>Elipsóides </li></ul></ul><ul><ul><li>Flexão,extensão, abdução e adução </li></ul></ul><ul><ul><li>Bi-axial </li></ul></ul><ul><ul><li>Radio-cárpica e ATM </li></ul></ul>
  • 18. Classificação Morfológica <ul><li>Em Sela: </li></ul><ul><ul><li>Concavidade e convexidade (sela) </li></ul></ul><ul><ul><li>Carpo-metacápica do polegar </li></ul></ul><ul><ul><li>Flexão, extensão, abdução, adição e rotação </li></ul></ul><ul><ul><li>Bi-axial </li></ul></ul>
  • 19. Classificação Morfológica <ul><li>Esferóide: </li></ul><ul><ul><li>Segmentos de esfera – receptáculos ocos </li></ul></ul><ul><ul><li>Tri-axial </li></ul></ul><ul><ul><li>Flexão, extensão, abdução, adução, rotação e circundução. </li></ul></ul><ul><ul><li>Ombro e Quadril </li></ul></ul>

×