Liderança e o fator humano na logística
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Liderança e o fator humano na logística

on

  • 2,944 views

 

Statistics

Views

Total Views
2,944
Views on SlideShare
2,944
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
33
Comments
1

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Liderança e o fator humano na logística Liderança e o fator humano na logística Presentation Transcript

  • LIDERANÇA E O FATOR HUMANO NA LOGÍSTICA ADRIANA DIAS PIRES ANDRÉIA CARVALHO CASTELLI CARINA FERNANDA FORTI THIAGO SANTOSTrabalho apresentado ao Curso de Pós-graduação GestãoEstratégica da Cadeia de Suprimentos, sob orientação do professor: ANTONIO CARLOS CASSARRO. Abril/2012
  • OBJETIVO Mostrar o papel do verdadeiro líder, o impacto de suas ações e decisões e sua importância para a equipe dentro da logística.
  • Por mais motivados que sejam os colaboradores, eles nãoestão ligados à empresa, mas sim às pessoas com quemfalam, ou seja, para quem eles apresentam suas ideias: OS LÍDERES! View slide
  • Liderança é o processo de influenciar pessoas no sentido de que ajam a favordos objetivos da instituição.As habilidades de liderança podem ser aprendidas através de ensinamentos,experiências, desenvolvimento da intuição, da persistência e da capacidade deaprender com acertos e erros. Para isso é necessário muita força de vontade,esforço e dedicação! View slide
  • •Mostra ao grupo a direção a seguir, e por que seguir esta direção;•Esforça-se para criar uma atmosfera de cordialidade e cooperação no grupo;•Procura fazer com que todos participem e tenham reconhecimento pelo seuesforço;•Cria um clima para produtividade e criatividade;•Transmite confiança, segurança e lealdade;•Resolve conflitos internos da melhor maneira possível.•Está sempre presente, mesmo que não seja fisicamente.•Dá o exemplo através das suas atitudes.•Garante que todos tenham as ferramentas necessárias para trabalhar, eaproveita o melhor de cada pessoa.•Desenvolve entusiasmo, auto-estima e ideais entre os liderados.
  • Chefiar é fazer com que aspessoas façam o que é "preciso" Liderar é fazer com que as pessoas queiram fazer o que é preciso.
  • Empresa responsável pelo planejamento, operação econtrole de todo o fluxo de mercadorias e informação,desde a fonte fornecedora até o consumidor, sendo queseu ponto básico é o atendimento do cliente, ou seja,dispor a mercadoria ou o serviço certo, no lugar certo, notempo certo e nas condições desejadas, ao mesmo tempoem que fornece a maior contribuição para a empresa.
  • HABILIDADES E COMPETÊNCIAS DOPROFISSIONAL DE LOGÍSTICA Raciocínio Lógico Relacionamento Visão Estratégica Visão Global Conhecimento em Inglês Cultura Organizacional
  • O NOVO PROFISSIONAL DELOGÍSTICA Evolução do conceito de Suprimentos e Logística O avanço tecnológico Reflexo no mercado de trabalho O novo perfil profissional Requerimentos Genéricos Requerimentos Técnicos Requerimentos de Informática Requerimentos Específicos Requerimentos Comportamentais Um bom Líder
  • FATOR HUMANO NA LOGÍSTICA Logística = bom senso + disciplina + perseverançaO bom senso é obtido a partir do julgamento individual e particular de cadaprofissional, que depende, por sua vez, da experiência pessoal, da vivênciaprofissional e de elementos do caráter e da personalidade de cada um.A disciplina, além de ser uma característica pessoal, está diretamente ligadaà existência de processos formais.A perseverança é a força motora que mantém a “chama acesa”, e quepermitirá o renascimento a cada derrota diante dos difíceis obstáculos quesurgirão. A capacidade de renovação é fundamental não apenas para oprofissional em si, mas para toda a equipe e empresa, pois tem um carátermotivacional muito grande, influenciando positivamente muitas pessoas aoseu redor. Na rotina da área de Logística Supply Chain não faltarão desafiose tampouco o constante sobe-desce da carreira dos profissionais da área.
  • FATOR HUMANO NA LOGÍSTICACada vez mais, o mecanismo da competição global exige das organizações aimplantação e manutenção de sistemas logísticos, que possibilitem maioreficiência e eficácia empresarial.O sucesso deste grande esforço organizacional, passa pela competentearquitetura do sistema de logística, comprometimento da direção, chefias ecolaboradores com o processo de mudança e a gestão adequada dodesempenho dos seres humanos.Não há tecnologia, metodologia, ou sistema, que resista ao maudesempenho do fator humano. O desempenho do ser humano éinfluenciado positiva ou negativamente pelo ambiente físico (local detrabalho), pelo ambiente psicológico (clima organizacional), pelos recursosdisponíveis para a execução das tarefas (máquinas, equipamentos,tecnologia), pela competência e motivação do fator humano e, pela atuaçãopositiva das lideranças (chefias).
  • FATOR HUMANO NA LOGÍSTICAÓtimo desempenho e sucesso profissional são resultados de nossos própriosesforços e aptidões. Por esse motivo, uma gestão adequada dos seuscolaboradores é a chave para o sucesso das organizações.É bom entender que na relação Empresa x Colaboradores, existe ummecanismo de reciprocidade. A empresa que veste a camisa de seu“Colaborador” tem como contrapartida o “Colaborador” vestindo a camisada “Empresa”.As chefias, em todos os níveis, que administram a “Política de Pessoal” dasorganizações, são os principais vetores do desempenho dos seussubordinados, uma vez que são os responsáveis pelo desenvolvimento dascompetências e do processo motivacional dos mesmos, na estratégia daempresa.
  • FATOR HUMANO NA LOGÍSTICAEste fato implica na necessidade primordial de um grande esforço decapacitação das chefias em todos os níveis, em especial nas habilidades de“Liderança / Motivação” e “Gestão de Pessoas”.Algumas vezes, todo este empenho na capacitação das chefias ainda éinsuficiente. Infelizmente, encontramos eventualmente nas chefias, casospatológicos de difícil solução. Estes casos não são um problema de“Treinamento”, mas de “internamento”.É fácil concluir que a realização de um acurado “Diagnóstico deTreinamento e Desenvolvimento” e a conseqüente implementação de um“Plano Sistêmico de Treinamento e Desenvolvimento”, envolvendo todos osníveis hierárquicos e todos os colaboradores, não é um luxo das grandescorporações, mas fator indispensável para o sucesso de qualquerorganização que quer se manter competitiva.
  • OS ATRIBUTOS DE UM LÍDERNA CARREIRA DE LOGÍSTICA Disposição para tentar o que não foi tentado antes Auto-motivação Uma percepção aguda do que é justo Planos definidos Perseverança nas decisões O hábito de fazer mais do que aquilo pelo qual se é pago Uma personalidade positiva Empatia Domínio dos detalhes Disposição para assumir plena responsabilidade Duplicação Uma profunda crença em seus princípios
  • APRENDA COM O LÍDEREle morreu aos 33 anos, mas entrou para a história por seus feitos,um dos primeiros homens da história a utilizar bem as estratégiasda Logística:Alexandre o Grande, que com um exercito de 35.000 homens,chegava á abater os exércitos inimigos de até 160.000 homens,perdendo apenas 110 homens, usando as estratégias Logísticas. Essetrouxe inspirações para outros heróis da historia como Napoleão,Luiz XIV, entre outros, que fez da Logística uma estratégia deguerra. A primeira grande lição que Alexandre ensina é exatamenteessa: assuma suas responsabilidades, não importa o qualpesadas sejam para você. Ser líder é buscar ultrapassar seuspróprios limites!
  • “A genialidade dos líderes não está em obter conquistas pessoais, mas em libertar o talento de outras pessoas.”
  • CONCLUSÃOO grande desafio de todo profissional diante do mercado de trabalho émanter sua empregabilidade. A evolução tecnológica tem provocadomudanças no comportamento do consumidor, o que tem exigido adaptaçãodo ambiente empresarial. E as novas posturas da relação capital/trabalho,advindas dessa adaptação, requer dos Recursos Humanos um esforço deauto-preservação que deve ser sistematizado pelo equilíbrio entre o ser e oquerer.A logística estará cada vez mais revestida de um caráter pessoal, onde o fatorhumano terá papel preponderante!
  • OBRIGADO