Roberto Rodrigues - UMA AGENDA PARA O AGRONEGÓCIO NO SÉCULO XXI.
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Roberto Rodrigues - UMA AGENDA PARA O AGRONEGÓCIO NO SÉCULO XXI.

on

  • 3,615 views

UMA AGENDA PARA O AGRONEGÓCIO NO SÉCULO XXI....

UMA AGENDA PARA O AGRONEGÓCIO NO SÉCULO XXI.
- Coordenador – Cesário Ramalho - SRB
- Palestrante – Roberto Rodrigues - FGV

Statistics

Views

Total Views
3,615
Views on SlideShare
3,479
Embed Views
136

Actions

Likes
1
Downloads
162
Comments
0

4 Embeds 136

http://www.peabirus.com.br 94
http://www.redepeabirus.com.br 30
http://www.slideshare.net 11
http://webcache.googleusercontent.com 1

Accessibility

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Roberto Rodrigues - UMA AGENDA PARA O AGRONEGÓCIO NO SÉCULO XXI. Roberto Rodrigues - UMA AGENDA PARA O AGRONEGÓCIO NO SÉCULO XXI. Presentation Transcript

  • Foto: Tribuna MT
    Uma Agenda para o Agronegócio no Século XXI
    Foto: Divulgação
    Foto: Unica
    Foto: Divulgação
    Roberto Rodrigues
    Foto: Unica
    11º AgrocaféSalvador/BA, 08 de março de 2010
  • Uma Agenda para o Século XXI
    O agronegócio precisar ser competitivo com sustentabilidade.
    2
  • O Pós-Crise?
    1. Finalmente uma nova ordem econômica?
    • Regulação do Sistema Financeiro?
    • O neoprotecionismo: novas barreiras
    • O poder relativo das instituições multilaterais: ONU, FAO, OMC, OMS, OIT, OEA, G20
    • A economia verde: * Sustentabilidade * Aquecimento Global
    • Copenhague: COP 15  México: COP 16
    O velho morreu; o novo ainda não nasceu.
    3
  • O Pós-Crise?
    2. O papel do Brasil no novo cenário:
    • Agroenergia
    • Tecnologia Sustentável
    • Amazônia: Código Florestal
    • O Agronegócio
    4
  • Elaboração: GV Agro
    Mercado
    Consumidor
    Produtor Rural
    5
  • Ambiental
    Sustentabilidade
    Elaboração: GV Agro
    Mercado
    Consumidor
    Produtor Rural
    Social
    Econômico
    6
  • Ambiental
    Sustentabilidade
    Elaboração: GV Agro
    Mercado
    Consumidor
    Produtor Rural
    Social
    Econômico
    Renda
    Renda
    7
  • Ambiental
    Sustentabilidade
    Elaboração: GV Agro
    Mercado
    Consumidor
    Produtor Rural
    Social
    Econômico
    Renda
    Renda
    Tecnologia
    8
  • Produção Brasileira de Grãos
    Área Plantada
    Produção
    90/91 - 09/10
    26,4%
    90/91 - 09/10
    147,1%
    08/09 - 09/10
    0,5%
    08/09 - 09/10
    5,9%
    45,8 milhões de ha foram preservados
    Fontes: Conab e USDANota: a área poupada foi calculada com base na produtividade média obtida da safra 1990/91 Elaboração: GV Agro 5º Levantamento de Safra: Fevereiro/10
  • Safra Brasileira de Grãos – 2009/10
    Fontes: ConabElaboração: GV Agro 5º Levantamento de Safra: Fevereiro/10
  • Cana-de-Açúcar: Evolução da Produtividade
    Foram preservados 7,5 milhões de hectares
    Produção (milhões de t)
    Área Preservada**
    Área Plantada(milhões de ha)
    Elaboração: GV Agro Nota: * Estimativa **Area calculada a partir da produtividade de 1970Fontes: IBGE (Censo Agropecuário: 1970-1975-1980-1985; PAM (1990 até 2007); e Conab (2008 e 2009)
    11
  • Produção Brasileira de Açúcar
    + 577%
    Índia 2007/08 2008/09 2009/10
    Produção (MMT): 28,6 16,1 17,3
    Export (MMT): 5,8 0,2 0,01
    Import (MMT): 0 2,8 6,0
    Consumo: 24 milhões de toneladas/ano
    Projeções do MAPA para 2019/20: 46,7 milhões de toneladas
    Fontes: AGE/MAPA , CONAB e USDAElaboração: GV Agro
  • Produção Brasileira de Carne de Frango
    Aves - 1,4 bilhão de cabeças
    Produção de Carne
    376%
    (milhões de t)
    Brasil é o 3º produtor mundial: 15% de share.
    Fontes: ABEF, USDA, IBGE e MAPA (projeções 2018) Elaboração: GV Agro
  • Produção Brasileira de Carne Bovina
    Bovinos - 172 milhões de cabeças
    Produção de Carne
    83%
    (milhões de t.eq.c)
    Brasil é o 2º produtor mundial: 16% de share.
    Fontes: CNPC, ABIEC, USDA, IBGE e MAPA (projeções 2018) Elaboração: GV Agro
  • Produção Brasileira de Carne Suína
    Suínos – 31,2 milhões de cabeças
    Produção de Carne
    195%
    (milhões de t.eq.c)
    Brasil é o 4º produtor mundial: 3% de share.
    Fontes: ABIPECS, USDA, IBGE e MAPA (projeções 2018) Elaboração: GV Agro
  • Produção Brasileira de Leite
    Produtividade (litros / vaca ordenhada)Aumento de + 86%
    676,0
    1.260,6
    Elaboração: GV AgroFontes: IBGE e Leite Brasil
  • Produção Brasileira de Café (arábica e robusta)
    Produtividade Média (sacas / ha)
    14,5
    15,7
    14,4
    21,0
    13,1
    17,8
    14,9
    19,8
    16,6
    21,2
    18,9
    Elaboração: GV AgroFonte: MAPA Nota: produção em milhões de sacas beneficiadas
  • Produção Brasileira de Café (arábica e robusta)
    Principais Estados Produtores - safra 2009
    Produção (milhões de sacas)
    Arábica: 28,9 Robusta: 10,6 Total: 39,5
    Elaboração: GV AgroFonte: MAPA Nota: produção em milhões de sacas beneficiadas
  • Produção e Exportação Mundial de Café
    Produção (mil sacas)
    Exportação (mil sacas)
    Elaboração: GV AgroFontes: MAPA e OIC
  • Ambiental
    Sustentabilidade
    Elaboração: GV Agro
    Mercado
    Consumidor
    Produtor Rural
    Social
    Econômico
    Renda
    Renda
    Tecnologia
    Seguro
    Crédito
    Defesa Sanitária
    20
  • Febre Aftosa: Sanidade do Rebanho Bovino
    Casos de Febre Aftosa
    Regionalização - Febre Aftosa (OIE)
    Zona Tampão
    ZonaInfectada
    Criação do SISBOV (janeiro de 2002)
    Zona Livre com vacinação
    Zona Livre sem vacinação
    0
    0
    2009
    2008
    Elaboração: GV Agro Fonte: MAPA
    21
  • Ambiental
    Sustentabilidade
    Elaboração: GV Agro
    Mercado
    Consumidor
    Produtor Rural
    Social
    Econômico
    Renda
    Renda
    Tecnologia
    Seguro
    Crédito
    Defesa Sanitária
    Acesso a Insumos
    22
  • Fertilizantes: necessidade dos solos brasileiros
    Muito baixa
    Baixa
    Média
    Média a alta
    Alta
    Mapa da fertilidade dos solos brasileiros
    Os solos são pobres
    Há necessidade de construir a fertilidade dos solos
    É preciso investir em fertilizantes
    Elaboração: MB Agro Fonte: IBGE (2002)
    23
  • Mercado Brasileiro de Fertilizantes (2008)
    Dependência Externa do Brasil
    (em nutrientes)
    Consumo Mundial de NPK China (31%); Índia (16%); EUA (10%); e Brasil (6%)
    Fonte: ANDA
  • Ambiental
    Sustentabilidade
    Elaboração: GV Agro
    Mercado
    Consumidor
    Produtor Rural
    Social
    Econômico
    Renda
    Renda
    Tecnologia
    Seguro
    Crédito
    Defesa Sanitária
    Acesso a Insumos
    Agregação de Valor
    Inovação &
    Sustentabilidade
    25
  • Área sob “Plantio Direto” no Brasil
    safra verão / safrinha / inverno
    mil ha
    O Plantio Direto teve início no Brasil em 1972/73, quando foram plantados 180 ha.
    Percentual da safra de grãos plantada sob prática plantio direto
    Benefícios da Prática
    * Diminui o número de operações com máquinas
    * Reduz o consumo de óleo diesel
    * Melhora o planejamento da lavoura
    * Viabilizou a 2ª safra de verão (safrinha)
    Sequestro de C
    0,5 t / ha / ano
    Anual:
    ~ 13 milhões de t de C
    Fonte: FEBRAPDP – Federação Brasileira de Plantio Direto na Palha Elaboração: GV Agro
    27
  • É uma alternativa à recuperação de pastagens degradadas. No Cerrado, 60% a 70% das pastagens encontram-se em algum grau de degradação .
    Melhora as características físico-químicas do solo.
    Elimina a necessidade de abertura de novas áreas.
  • Benefícios Ambientais da Biotecnologia no Brasil
    Benefícios Resultantes no Período 2008/09 a 2017/18
    Equivalência dos Benefícios em Vantagens Sociais
    Fonte: Céleres (fev/09) Nota: considerando-se algodão e milho resistentes a insetos e soja tolerante a herbicidaElaboração: GV Agro
  • Setor Sucroenergético
    * Utilização da vinhaça em substituição ao potássio nas lavouras de cana.
    * A torta de filtro também é utilizada na adubação dos canaviais.
    * O controle biológico das principais praga da cana (brocas e cigarrinhas) já é uma realidade.
    * Eliminação da colheita de cana crua. Aproximadamente 50% da colheita atual.
    * Produção de óleo diesel renovável e zero ppm de enxofre, a partir da cana-de-açúcar.
  • O
    R
    G
    A
    N
    I
    Z
    A
    Ç
    Ã
    O
    Ambiental
    Sustentabilidade
    Elaboração: GV Agro
    Mercado
    Consumidor
    Produtor Rural
    Social
    Econômico
    Renda
    Renda
    Tecnologia
    Seguro
    Crédito
    Defesa Sanitária
    Acesso a Insumos
    Agregação de Valor
    Inovação &
    Sustentabilidade
    31
  • Ambiental
    Sustentabilidade
    Elaboração: GV Agro
    Mercado
    Consumidor
    Produtor Rural
    Social
    Econômico
    Renda
    Renda
    Investimento
    32
  • Brasil: Investimentos Estrangeiros Diretos
     PROJEÇÕES DO BACEN APONTAM PARA US$ 25 bi em 2009 
    Fonte: Bacen Elaboração: GV Agro
  • Ambiental
    Sustentabilidade
    Elaboração: GV Agro
    Mercado
    Consumidor
    Produtor Rural
    Social
    Econômico
    Renda
    Renda
    Investimento
    Emprego e Salário
    34
  • PIB Mundial (2003 – 2011)
    Mundo – média 2000-2011: + 3,6%
    Países desenvolvidos: + 1,8%
    Países em desenvolvimento: + 6,0%
    Crescimento em 2009 e 2010 (%)China: + 8,7% e 10,0% Índia: + 5,6% e 7,7% Brasil: -0,4%e 4,7%
    Elaboração: GV Agro Fonte: FMI Nota: projeções de Janeiro/10 PIB a preços constantes
  • População Mundial e Demanda por Alimentos
    1,8% aa
    2,0% aa
    1,8% aa
    1,3% aa
    1,1% aa
    0,7% aa
    0,4% aa
    bilhões de pessoas
    Fontes: ONU e FAO Elaboração: GV Agro
    Projeções da FAO para 2050 indicam uma população de cerca de 9,1 bilhões de pessoas; a produção de alimentos crescerá 70%; a produção de cereais será 3,2 bilhões de tone a de carnes 470 milhões de ton. China e Índia serão responsáveis por 33% da população mundial e a população urbana será 70%.
  • População Urbana e Rural no Mundo
    Urbana – 60%
    bilhões de pessoas
    Rural
    Rural – 40%
    Urbana
    Segundo a FAO, a populaçãourbanaserá 70% do total em 2050.
    Fonte: ONUElaboração: GV Agro
  • Brasil: Geração Líquida de Empregos Formais
    Em mil postos de trabalho
    Fonte: Ministério do Trabalho e Emprego Elaboração: GV Agro
  • Ambiental
    Sustentabilidade
    Elaboração: GV Agro
    Mercado
    Consumidor
    Produtor Rural
    Social
    Econômico
    Renda
    Renda
    Investimento
    Emprego e Salário
    Educação
    Saúde
    Crédito
    39
  • Brasil: Taxa Básica de Juros
    Fonte: Bacen Elaboração: GV Agro
  • Ambiental
    Sustentabilidade
    Elaboração: GV Agro
    Mercado
    Consumidor
    Produtor Rural
    Social
    Econômico
    Renda
    Renda
    Investimento
    Emprego e Salário
    Educação
    Saúde
    Crédito
    Estoques Mundiais
    41
  • Estoques Mundiais
    milhões de toneladas
    Em dias de consumo (safras 1999/00 e 2009/10)
    346 104
    206 168
    69 93
    132 111
    65 81
    118 61
    132 78
    Fonte: USDA (Fev/2010) Nota: café em milhões de sacas de 60kgElaboração: GV Agro
  • Ambiental
    Sustentabilidade
    Elaboração: GV Agro
    Mercado
    Consumidor
    Produtor Rural
    Social
    Econômico
    Renda
    Renda
    Investimento
    Emprego e Salário
    Educação
    Saúde
    Crédito
    Estoques Mundiais
    Programas Sociais
    43
  • ProgramasGoverno Federal: Fome Zero e BolsaFamília
    Orçamento Anual por Programa
    Fome Zero
    Bolsa Família
    Elaboração: GV Agro Nota: Fome Zero – Acesso à Alimentação e Gestão de Combate à FomeFonte: Governo Federal
  • O
    R
    G
    A
    N
    I
    Z
    A
    Ç
    Ã
    O
    Ambiental
    Sustentabilidade
    Elaboração: GV Agro
    Mercado
    Consumidor
    Produtor Rural
    Social
    Econômico
    Renda
    Renda
    Investimento
    Emprego e Salário
    Educação
    Saúde
    Crédito
    Estoques Mundiais
    Programas Sociais
    45
  • Infraestrutura / Logística
    Ambiental
    Sustentabilidade
    Elaboração: GV Agro
    Mercado
    Consumidor
    Produtor Rural
    Social
    Econômico
    Renda
    Renda
    46
  • Transporte de cargas – participaçãopor modal
    tonelada x quilômetro
    Elaboração: GV Agro * 63% do modal ferroviário no Brasil refere-se ao transporte de Minério de FerroFonte: CNA
  • Condição das RodoviasBrasileiras - 2009
    Condição Geral das Rodovias
    Fonte: CNT Elaboração: GV Agro
  • ExportaçõesBrasileiras 2009: PrincipaisPortos
    Os 6 portos listados representaram 84% das exportações totais do Agronegócio
    Vitória US$ 4,7 bi  7,3% (+ 189%)
    Santos US$ 24,7 bi 38,2% (+ 273%)
    Paranaguá: US$ 10,5 bi  16,2% (+ 238%)
    São Francisco do Sul: US$ 2,3 bi  3,6% (+ 101%)
    Itajaí: US$ 3,8 bi  5,9% (+ 336%)
    Rio Grande US$ 7,8 bi  12,1% (+ 188%)
    Fontes: MAPA, MDIC Elaboração: GV Agro Nota: A variação percentual entre parênteses representa o crescimento entre 1999 e 2009.
  • Infraestrutura / Logística
    Ambiental
    Instrumentos Mercado
    Legislação (Segurança)
    Negociação Internacional
    Sustentabilidade
    Elaboração: GV Agro
    Mercado
    Consumidor
    Produtor Rural
    Social
    Econômico
    Renda
    Renda
    50
  • Evolução das Exportações Agrícolas Mundiais
    Todos os Setores: US$ 16,0 tri
    Variação 1980-2008 Total: + 7,7% a.aAgrícolas: + 5,5% a.a
    Fonte: OMC (set/09)Elaboração: GV Agro
  • Comércio Agrícola Mundial - 2007
    Principais Exportadores Principais Importadores
    Brasil: 4ª posição Brasil: 21ª posição
    Comércio Mundial de Produtos Agrícolas: US$ 1,1 trilhão
    Fonte: OMCElaboração: Deagro/Fiesp Considerando o comércio intra-U.E
  • Balança Comercial Brasileira - 2009
    ExportaçõesUS$ 152,3 bilhões
    ImportaçõesUS$ 127,6 bilhões
    Agro 42,5%US$ 64,8 bi
    Demais 92,3%US$ 117,8 bi
    Demais 57,5%US$ 87,5 bi
    Agro 7,7%US$ 9,8 bi
    Saldo Total Brasil (US$ 24,6 bilhões)
    Agronegócio (US$ 54,9 bi) Demais Setores (- US$ 30,3 bi)
    Fontes: MAPA e MDICElaboração: GV Agro
  • A Importância do Mercado Externo para o Brasil
    Fontes: MAPA, Conab e UNICA
  • Infraestrutura / Logística
    Ambiental
    Instrumentos Mercado
    Legislação (Segurança)
    Negociação Internacional
    Promoção Comercial
    Sustentabilidade
    Elaboração: GV Agro
    Mercado
    Consumidor
    Produtor Rural
    Social
    Econômico
    Renda
    Renda
    55
  • Ranking Mundial 2009 – Produtos Agrícolas
    Fonte: USDA (jan/2010) Nota: Carnes – ano base 2009 e Demais Produtos, safra 2008/09.
  • Brasil – Exportações do Agronegócio: Produtos
    1999
    2009
    US$ 20,5 bi
    US$ 64,7 bi
    Fonte: AgroStat Brasil / MAPAElaboração: GV Agro
  • Brasil – Exportações do Agronegócio: Produtos
    Crescimento médio anual observado entre 1999 e 2009 (% a.a)
    Fonte: AgroStat Brasil / MAPAElaboração: GV Agro
  • Exportações Brasileiras de Café Verde
    87,6%
    87,9%
    Participação nas exportações totais de café
    11,8%
    5,8%
    Participação nas exportações totais do Agronegócio
    Elaboração: GV AgroFonte: AgroStat
  • Exportações Brasileiras de Café Verde - Destinos
    1999
    2009
    US$ 2,23 bi
    US$ 3,76 bi
    Elaboração: GV AgroFonte: AgroStat
  • Exportações Brasileiras de Café Solúvel
    11,1%
    10,8%
    Participação nas exportações totais de café
    1,5%
    0,7%
    Participação nas exportações totais do Agronegócio
    Elaboração: GV AgroFonte: AgroStat
  • Exportações Brasileiras de Café Solúvel - Destinos
    1999
    2009
    US$ 460,6 milhões
    US$ 211,1 milhões
    Elaboração: GV AgroFonte: AgroStat
  • Brasil – Exportações do Agronegócio: Destinos
    1999
    2009
    189 destinos
    U.E + EUA = 58%
    215 destinos
    U.E + EUA = 36%
    Fonte: AgroStat Brasil / MAPAElaboração: GV Agro
  • Brasil – Exportações do Agronegócio: Destinos
    Crescimento médio anual observado entre 1999 e 2009 (% a.a)
    Fonte: AgroStat Brasil / MAPAElaboração: GV Agro
  • Exportações Brasileiras do Agronegócio
    US$ 20,5 bi
    US$ 64,7 bi
    Países em Desenvolvimento
    US$ 6,6 bi para US$ 34,9 bi
    Variação (1999-2009): +18,1% a.a.
    Países Desenvolvidos
    US$ 13,9 bi para US$ 29,8 bi
    Variação (1999-2009): + 7,9% a.a.
    Em 2009, os países desenvolvidos representaram 46%
    Fonte: AgroStat Brasil / MAPAElaboração: GV Agro
  • Infraestrutura / Logística
    Ambiental
    Instrumentos Mercado
    Legislação (Segurança)
    Negociação Internacional
    Promoção Comercial
    Sustentabilidade
    Finalizar Doha
    Elaboração: GV Agro
    Mercado
    Consumidor
    Produtor Rural
    Social
    Econômico
    Renda
    Renda
    Sanidade
    Rastreabilidade
    Qualidade
    Serviços Ambientais
    EnergiaBiocombustíveis
    66
  • Uma Nova Geopolítica Mundial
    Mundo: Consumo per capita de Energia (2006)
    Trópico de Câncer
    Região Tropical: favorável à produção de cana-de-açúcar
    Equador
    Trópico de Capricórnio
    100 paísespodemfornecerbiocombustíveisparamais de 200 nações, enquanto 20 produtores de petróleofornecemcombustíveisfósseispara o Mundo
    tons petróleo equivalente
    Elaboração: GV AgroFonte: BPStatistical Review of World Energy
  • MatrizEnergética – Brasil e Mundo
    Mundo (2006): 11,7 109 tep
    Brasil (2008): 251,5 106tep
    Renovável
    Renovável:
    12,9%
    Brasil representa apenas 2,1% da matriz energética mundial
    Petróleo:37,3%
    Não-Renovável: 54,6%
    Renovável:
    45,4%
    Não-Renovável: 87,1%
    Cana-de-açúcar:
    16,6%(etanol e bioeletricidade)
    Não-Renevável
    Fonte: MME/BEMElaboração: GV Agro
  • Potencial: Número de Veículos por 100 hab.
    veículos / 100 habitantes
    Fontes: ANFAVEA, ANU, JAMA, ACEA.Nota: dados de 2005 e Índia (2004)
  • Mais Países Estão Aderindo à Mistura Compulsória
    CanadáE-5 (2010)
    Diretiva Européia5,75% em 2010
    10% em 2020
    ChinaE-10 (10 Províncias)
    EUA - RFS (2012)136,3 Bi litros
    Japão3% não obrigatório
    ColômbiaE-10 (2012)
    Alguns PaísesAfricanosE-5
    Índia E-5
    BrasilE-20 – E-25
    ArgentinaE-5 (2015)
    Austrália - QueenslandE-5 (2010)
    UruguaiE-5 (2015)
    70
    Fontes: UNICA, Petrobras, F.O Licht
  • Produção Brasileira de Etanol
    Jul/03: “Flex-Fuel”
    LiberalizaçãodoSetor
    1973:
    Crise do petróleo
    1975: “Proálcool”
    Fonte: MAPA e CONABElaboração: GV Agro
  • Brasil: Venda de Veículos Leves
    Jul/03: “Flex-Fuel”
    Atualmente, osveículos flex-fuels representammais de 90% das vendastotais.
    Desdejul/2003, 9,9 milhões de veículos flex foramvendidos no Brasil. Estes representammais de 30% dafrota total de veículosleves.
    Fonte: ANFAVEAElaboração: GV Agro
  • Brasil: Evolução do Consumo de Combustíveis
    Realidade: o etanolcomoalternativa à gasolina
    Abr/08: Consumo de etanol supera o consumo de gasolina
    Em 2009, foram consumidos 23 bilhões de litros de etanol no Brasil e 3 bilhões foram exportados (15% da produção).
    Fonte: ANPElaboração: GV Agro Note: considerou-se a adição de 25% de etanol à gasolinaemtodo o período
  • Bioeletricidade: Potencial no Brasil
    Premissas: 1 tonelada de cana produz 250kg de bagaço e 204kg de palha, 1 tonelada de cana (apenas bagaço) gera 85,6 KWh para exportação, 1 tonelada de cana (bagaço + palha) gera 199,9 KWh para exportação. Fontes: UNICA e COGEN
  • Infraestrutura / Logística
    Ambiental
    Instrumentos Mercado
    Legislação (Segurança)
    Negociação Internacional
    Promoção Comercial
    Sustentabilidade
    Finalizar Doha
    Elaboração: GV Agro
    Mercado
    Consumidor
    Produtor Rural
    Social
    Econômico
    Renda
    Renda
    Sanidade
    Rastreabilidade
    Qualidade
    Serviços Ambientais
    EnergiaBiocombustíveis
    Direito de Propriedade
    75
  • Infraestrutura / Logística
    O
    R
    G
    A
    N
    I
    Z
    A
    Ç
    Ã
    O
    Ambiental
    Instrumentos Mercado
    Legislação (Segurança)
    Negociação Internacional
    Promoção Comercial
    Sustentabilidade
    Finalizar Doha
    Elaboração: GV Agro
    Mercado
    Consumidor
    Produtor Rural
    Social
    Econômico
    Renda
    Renda
    Sanidade
    Renda
    Renda
    Rastreabilidade
    O
    Qualidade
    R
    Investimento
    Tecnologia
    G
    Serviços Ambientais
    Seguro
    A
    Emprego e Salário
    Crédito
    N
    Educação
    EnergiaBiocombustíveis
    I
    Defesa Sanitária
    Saúde
    Z
    Acesso a Insumos
    A
    Crédito
    Direito de Propriedade
    Agregação de Valor
    Ç
    Estoques Mundiais
    Inovação &
    Ã
    Programas Sociais
    Sustentabilidade
    O
    76
  • O Futuro do Agronegócio Brasileiro
    _________
    Projeções para 2019/2020
    77
  • Brasil: Projeções para 2019/2020
    Produção (milhões t)
    Consumo (milhões t)
    + 33%
    + 24%
    + 30%
    + 22%
    + 146%
    + 137%
    + 42%
    + 20%
    + 21%
    + 22%
    + 17%
    + 28%
    + 38%
    + 28%
    + 43%
    + 37%
    + 24%
    + 21%
    Elaboração: GV Agro Nota: Leite e Etanol em bilhões de litrosFonte: AGE / MAPA (fevereiro / 2010)
  • Brasil: Projeções para 2019/2020
    Exportação (milhões t)
    + 33%
    + 45%
    + 10%
    + 65%
    + 182%
    + 50%
    + 5%
    + 52%
    + 46%
    Elaboração: GV Agro Nota: Trigo – os dados referem-se ao volume importadoFonte: AGE / MAPA (fevereiro / 2010) Etanol – dados em bilhões de litros
  • VantagensComparativas
    - Terra Disponível
    80
  • % área
    Distribuição Territorial – milhões de ha
    % área total
    agricultável
    Brasil
    851
    100%
    ---
    Área agricultável
    340
    40%
    100%
    Área plantada(anual/perene)
    72,0
    8,5%
    21,2%
    Soja
    21,3
    2,5%
    6,3%
    Milho
    14,6
    1,7%
    4,3%
    Cana-de-açúcar
    7,8
    0,9%
    2,3%
    Cana para Etanol
    4,7
    0,5%
    1,4%
    Café
    2,1
    0,2%
    0,6%
    Laranja
    0,9
    0,1%
    0,3%
    Pastagem
    172
    20,2%
    50,6%
    Área Disponível
    96
    11,3%
    28,2%
    Área Agricultável Total – (Agrícola + pastagens)
    Brasil: Uso da Terra para Alimentos e Energia
    Fontes: IBGE, CONAB e MAPA Elaboração: GV Agro
  • A Pecuária Pode Ceder Área à Agricultura
    Lotação: 0,5 0,6 0,7 0,7 0,9 1,0
    Área pastagem (ha)
    em milhões de unidades
    Rebanho (cabeças)
    Elaboração: GV Agro Fontes: IBGE (Censo Agropecuário) e IEA/SP
    Fonte: Elaboração: GV Agro
    82
    82
  • VantagensComparativas
    - Terra Disponível- Recursos humanos
    • Tecnologia
    83
  • Constrangimentos
    Os problemas estão fora do Ministério da Agricultura
    • Crédito Rural: Custeio, Investimento, Comercialização
    • Recursos materiais e financeiros
    • Infra-estrutura e logística
    • Macroeconomia: Juros e Câmbio
    • Negociações Internacionais
    • Legislação Ambiental Brasileira
    • Organização
    Associativismo, Sindicalismo, Cooperativismo
    84
    Elaboração: GV Agro
  • Conclusão
    Temos um potencial formidável no agronegócio: competitivo, levará o Brasil ao primeiro mundo;
    2. Mas há uma longa tarefa de casa para realizar;
    3. Depois disso, é preciso informar, comunicar, convencer, dentro e fora do Brasil;
    4. A oportunidade de 2010.
    85
  • Foto: Unica
    Obrigado!
    gvagro@fgv.br
     +55 (11) 3799-3645
    Foto: Unica