Palestra Consequências das Mudanças Climáticas para a Cafeicultura

1,329 views
1,079 views

Published on

Palestra Consequências das Mudanças Climáticas para a Cafeicultura

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
1,329
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
42
Actions
Shares
0
Downloads
62
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Palestra Consequências das Mudanças Climáticas para a Cafeicultura

  1. 1. Consequências das mudanças climáticas para a cafeicultura Prof. Dr. Paulo Cesar Sentelhas Setor de Agrometeorologia Departamento de Engenharia de Biossistemas ESALQ – Universidade de São Paulo
  2. 2. Sumário da Apresentação Clima x Produção de Café Variabilidade x Mudanças climáticas Cenários de mudanças climáticas – certezas e incertezas Consequências das mudanças climáticas para a cafeicultura brasileira e mundial Ações para adaptação da cafeicultura às mudanças climáticas Conclusões e Recomendações
  3. 3. Clima x Produção de CaféO clima afeta a cafeicultura de diversas formas, devido àação dos elementos meteorológicos na:a) Fenologiab) Produtividadec) Qualidaded) Longevidade Pezzopane et al. (2003)
  4. 4. Clima x Produção de CaféFenologia – afetada principalmente pelos regimes térmicos ehídricos
  5. 5. Clima x Produção de Café Fenologia – afetada principalmente pelos regimes térmicos e hídricos Camargo, M.B.P. et al., 2002 Florescimento do Cafeeiro influenciado pela soma térmica (ETPac) e Chuva Início do pleno florescimento ETp 350 mm ou1590 GD a partir de abril & Prec > 10 mm
  6. 6. Clima x Produção de CaféFenologia – afetada principalmente pelos regimes térmicos ehídricos
  7. 7. Clima x Produção de CaféFenologia – afetada principalmente pelos regimes térmicos ehídricos Ortolani et al., 2001
  8. 8. Clima x Produção de CaféProdutividade – afetada principalmente por período de estressehídrico e temperaturas adversas (ondas de calor e geadas) Evangelista et al. (2002)
  9. 9. Clima x Produção de Café Produtividade – afetada principalmente por período de estresse hídrico e temperaturas adversas (ondas de calor e geadas) Principais causas de quebra de produtividade na agricultura - Def. Hídrica: 56 % - Excesso Hídrico: 17 % - Temp. Adversas: 14 % - Granizo: 8% - Vento: 3%JAN FEV MAR ABR MAI JUN JUL AGO SET OUT NOV DEZ - Outros: 2% MES ES Schwanz (1996)
  10. 10. Clima x Produção de CaféProdutividade – afetada principalmente por período de estressehídrico e temperaturas adversas (ondas de calor e geadas) Evangelista et al. (2002)
  11. 11. Clima x Produção de CaféQualidade – afetada pelos processos fermentativos, os quais estãoassociados às condições térmicas e hídricas da região produtora - Mole: Região de Franca (19,6°C, 64 mm) (altitudes > 900 m : clima seco e frio na colheita) - Dura Adstringente: Região de Marília (21,2°C, 41 mm) - Dura pouco adstringente: Região Votuporanga (22,5°C, 122mm) - Riada: Região de Avaré (19,1°C, 1 mm) - Rio: Vale do Paranapanema (20,6°C, 6 mm) (altitudes < 600 m e clima úmido na colheita, favorecem processos fermentativos deletérios) Cortez (1997) e Ortolani et al.(2000)
  12. 12. Clima x Produção de CaféQualidade – afetada pelos processos fermentativos, os quais estãoassociados às condições térmicas e hídricas da região produtora 51º 49º 47º Ortolani et al., 2000 Qualidade natural de Bebida do Café 20º Arábica no Estado de São Paulo (M apa Pre liminar) Ce ntro de Solos e Re cursos Agroambie ntais Instituto Agronômico de Campinas -SP PNB&D - Café Projeto 07.1.98.004-2 22º 45º Mole 24º Dura adst. Dura pouco adst. Riada Rio escala – 1:1000000
  13. 13. Clima x Produção de CaféLongevidade dos cafezais – afetada pela interação entre sistema deprodução (uso de QV, espaçamento e arborização) e competiçãopor recursos naturaisCafezais menosestressados tem maior longevidade
  14. 14. Clima x Produção de CaféConsiderando-se que a fenologia, a produtividade, a qualidade e alongevidade dos cafezais estão estreitamente ligadas às condiçõesmeteorológicas vigentes ao longo do ciclo da cultura, qualqueralteração no clima, seja na escala inter-anual ou em escalas maislongas, irá provocar alterações nesses aspectos da cultura, tendoimpactos em todos os segmentos da cadeia produtiva da cafeicultura. Variabilidade Climática Mudanças Climáticas
  15. 15. Variabilidade x Mudanças Climáticas Variabilidade climática: refere-se às flutuações das condições meteorológicas em torno da média de longo período, podendo apresentar algumas tendências + ou -Variabilidade Média Camargo (2010)
  16. 16. Variabilidade x Mudanças Climáticas Mudanças climáticas: alterações das condições climáticas ao longo de períodos sucessivos de 30 anos, mostrando uma tendência clara de aumento ou diminuição de uma variável. Condição Global - IPCC Condição Local – Campinas, SP Camargo (2010)
  17. 17. Variabilidade x Mudanças Climáticas Tmin Blain (2010)
  18. 18. Variabilidade x Mudanças Climáticas Tmin Blain (2010)
  19. 19. Variabilidade x Mudanças Climáticas Os fatores que podem provocar mudanças climáticas na escala de eras geológicas são: - Terrestres: modificações na composição da atmosfera, distribuição dos oceanos e continentes, vulcanismo, tamanho das calotas polares - Astronômicos: variação na excentricidade da órbita e da inclinação do eixo terrestre - Extraterrestre: variação da emissão de energia pelo Sol
  20. 20. Variabilidade x Mudanças ClimáticasDentre os fatores que vem promovendo alterações no padrãodo clima da Terra, a modificação da composição química daatmosfera é o mais provável, pois altera o balanço de radiaçãoda Terra, intensificando o EFEITO ESTUFA, promovendo assim oque se chama de AQUECIMENTO GLOBAL.
  21. 21. Variabilidade x Mudanças Climáticas Considerando-se as forçantes naturais e a emissão crescente de GEF Considerando-se apenas as forçantes naturais Temperatura média observada em cada continente
  22. 22. Cenários de mudanças climáticascertezas e incertezas Incertezas associadas aos modelos MCG empregados para o prognóstico do clima futuro Qual o melhor a ser considerado ???
  23. 23. Cenários de mudanças climáticas certezas e incertezasConsenso sobreo aumento dastemperaturas,mas comincertezas sobrequanto será oaumento. Porém,a atividade solaré um fator quetambém geraincertezas paraos cenários de T
  24. 24. Cenários de mudanças climáticas certezas e incertezasChuvas alto grau de incerteza, especialmente mas áreas pontilhadas
  25. 25. Cenários de mudanças climáticas certezas e incertezas Elevação da Temperatura Incertezas nos cenários com diferentes cenários de chuva (+ ou - ?) Em termos globais o mais comum, em estudos dos impactos das mudanças climáticas na agricultura, é se adotar combinações entre os diferentes cenários de T e PREC.Esses estudos são exploratórios, que tem por objetivo demonstrar qualseriam as consequências para a agricultura caso um determinadocenário se estabelecesse direcionamento de PESQUISAS.
  26. 26. Cenários de mudanças climáticascertezas e incertezas Downscaling Climate Data Uma forma de se detalhar os dados climáticos associados aos cenários de mudanças climáticas é por meio da associação dos prognósticos oriundos dos Modelos Globais à dinâmica da atmosfera na escala regional, gerando previsões climáticas mais específicas Ainda com ALTO grau de incertezas
  27. 27. Cenários de mudanças climáticascertezas e incertezas Downscaling Climate Data
  28. 28. Consequências das mudanças climáticas Cafeicultura brasileira e mundialAs consequências das mudanças climáticas na cafeiculturadecorrem do expressivo efeito que o clima tem sobre a fenologia, aprodutividade, a qualidade e a longevidade dos cafezais. Assim,teremos as seguintes consequências em função do que vem sendoprevisto para o clima futuro:
  29. 29. Consequências das mudanças climáticas Cafeicultura brasileira e mundialAlteração da distribuição Aumento das geográfica da cultura necessidades hídricas das (Zoneamento) plantas - Irrigação Alteração dos níveis de produtividade e qualidade da cultura Alteração da fenologia Aumento de problemasdo cafeeiro – maturação e fitossanitários colheita (pragas e doenças)
  30. 30. Consequências das mudanças climáticasCafeicultura brasileira e mundial adaptation.nrcan.gc.ca
  31. 31. Consequências das mudanças climáticas Cafeicultura brasileira e mundial Em função do possível aumento das temperaturas poderá haver alterações das áreas aptas e marginais para a produção de café Alteração da arábica, já que essa espécie suportadistribuição geográfica limites mais brandos de temperatura da cultura (Zoneamento) Evangelista et al. (2002)
  32. 32. Consequências das mudanças climáticas Cafeicultura brasileira e mundial Países produtores de café no mundo www.coffeebeans.ieRegião Tropical onde a elevação das temperaturas irão resultar em condições desfavoráveis para o café arábica
  33. 33. Consequências das mudanças climáticasCafeicultura brasileira e mundial Estados produtores de café no Brasil
  34. 34. Consequências das mudanças climáticasCafeicultura brasileira e mundial
  35. 35. Consequências das mudanças climáticasCafeicultura brasileira e mundial
  36. 36. Consequências das mudanças climáticasCafeicultura brasileira e mundial
  37. 37. Consequências das mudanças climáticasCafeicultura brasileira e mundial
  38. 38. Consequências das mudanças climáticasCafeicultura brasileira e mundial
  39. 39. Consequências das mudanças climáticasCafeicultura brasileira e mundial
  40. 40. Consequências das mudanças climáticasCafeicultura brasileira e mundial Ethiopia
  41. 41. Consequências das mudanças climáticas Cafeicultura brasileira e mundial Alteração da fenologiado cafeeiro – maturação e colheita Bardin-Camparotto et al. (2012)
  42. 42. Consequências das mudanças climáticas Cafeicultura brasileira e mundial Aumento da temperatura Aumento das poderá resultar em aumentosnecessidades hídricas das da ETo de 15 a 25%, plantas - Irrigação aumentando as chances de Deficiência hídrica Impacto na ETo diária Variação percentual (Abreu & Pereira, 2010)
  43. 43. Consequências das mudanças climáticas Cafeicultura brasileira e mundial Cenário Atual (1961-1990) ETo = 4,6 mm dia-1 Temp (+4oC) UR (-5%)Prec - DJF (+5%) ETo = 5,2 mm dia-1Prec - JJA (-10%)
  44. 44. Consequências das mudanças climáticas Cafeicultura brasileira e mundial Ghini et al. (2011) Aumento de problemas fitossanitários (pragas e doenças)Aumento da temperaturapoderá resultar emdiminuição do período deincubação de doençascomo a ferrugem,aumentando a severidadeda doença
  45. 45. Consequências das mudanças climáticas Cafeicultura brasileira e mundial Ghini et al. (2008) Aumento de problemas fitossanitários (pragas e doenças)Aumento da temperatura poderáresultar em diminuição do ciclode pragas e nematoides,resultando em maior número degerações e, portanto, maiorintensidade de danos
  46. 46. Ações para adaptação da cafeicultura às mudanças climáticasAs ações de adaptação visam minimizar os efeitos das mudançasclimáticas na cultura do cafeeiro, tornando-o mais RESILIENTE, ouseja, capacitado a enfrentar certos níveis de estresses ambientais Melhoramento Genético Desenvolvimento TecnológicoDesenvolvimento de variedades Uso de técnicas/práticas agrícolas de cafeeiro mais tolerantes a que atenuem o efeito da elevação altas temperaturas nas temperaturas nos cafezais
  47. 47. Ações para adaptação da cafeicultura àsmudanças climáticas
  48. 48. Ações para adaptação da cafeicultura àsmudanças climáticas Cafezais Aptos a enfrentar o Aquecimento Global Uso de Irrigação Plantios Adensados e Sombreados Desenvolvimento de novas variedades tolerantes ao calor
  49. 49. Ações para adaptação da cafeicultura às mudanças climáticas Desenvolvimento de novas variedades tolerantes ao calorO Brasil conta com amplos programas de melhoramento do cafeeiroem instituições como: IAC - IAPAR - UFLA - UFV - INCAPER EMBRAPA - EPAMIG - MAPA/ProCafé
  50. 50. Ações para adaptação da cafeicultura às mudanças climáticas Sombreamento de CafezaisTem por objetivo alterar o microclimado cafezal, diminuindo a incidência deradiação solar sobre as plantas,reduzindo assim a temperatura dasfolhas e do dossel. Miguel & Toledo (1999)
  51. 51. Ações para adaptação da cafeicultura às mudanças climáticas Sombreamento de CafezaisAlém dos efeitos na radiação solar e natemperatura, o sombreamento aindapromove:a) Redução da velocidade do ventob) Redução da ET do cafezalc) Redução do déficit hídrico do cafezald) Redução da amplitude térmica das plantas (temp. extremas)e) Aumento da duração das fases fenológicas do cafeeiro
  52. 52. Ações para adaptação da cafeicultura às mudanças climáticasSombreamento de Cafezais Leal et al. (2005) Moraes et al. (2003)
  53. 53. Ações para adaptação da cafeicultura àsmudanças climáticas Sombreamento de Cafezais Lunz (2006)
  54. 54. Ações para adaptação da cafeicultura às mudanças climáticas AdensamentoPlantios com menores espaçamentos entrelinhas e entre plantas promovem:a) Menor produtividade por plantab) Maior produtividade por áreac) Menor estresse da plantad) Maior enfolhamentoe) Microclima mais ameno (menores temperaturas diurnas)f) Menor temperatura do solog) Menor velocidade do ventoh) Menor evapotranspiração da cultura Fonte: Fazuoli et al. (2007)
  55. 55. Ações para adaptação da cafeicultura àsmudanças climáticasAdensamento Carvalho et al. (2006)
  56. 56. Ações para adaptação da cafeicultura às mudanças climáticas IrrigaçãoCafeeiros irrigados apresentam condiçõesmicroclimáticas diferenciadas dos cultivosde sequeiro, especialmente promovendo:a) Redução da temperatura foliar e dos frutosb) Redução da temperatura do soloc) Plantas mais vigorosas e enfolhadasd) Menor estresse da planta A irrigação por aspersão já vem viabilizando o cultivo do café arábica em regiões de temperatura acima do tolerado pela cultura, em razão das consequências listadas acima
  57. 57. Ações para adaptação da cafeicultura às mudanças climáticas Irrigação Thomaziello (2009) com base em dados de Matielo (2009)Região de Pirapora, MG Tmed anual: 24,5oC Altitude: 510 m Esp: 3,6 x 0,70 m Irrigação: Pivô-central
  58. 58. Conclusões e RecomendaçõesApesar de haver um certo consenso a respeito do aquecimentoglobal e dos cenários futuros de temperatura, esses aindaapresentam alto grau de incerteza e, portanto, requerem cautelana avaliação dessas informações;Os estudos relativos às consequências das mudanças climáticasna agricultura indicam que caso os cenários previstos seestabeleçam no futuro, a cafeicultura sofrerá com: a redução dasáreas aptas no estado de SP e MG; o aumento da necessidadede irrigação; maiores problemas fitossanitários; e redução daqualidade da produção, o que se deve ao alto grau dedependência da cultura do cafeeiro em relação ao clima;
  59. 59. Conclusões e RecomendaçõesOs estudos relativos às consequências das mudanças climáticasna agricultura, mais especificamente na cafeicultura, devem serempregados com muita cautela, devendo ser destinados aorientar programas de pesquisa para o desenvolvimento devariedades mais tolerantes ao calor e para o desenvolvimentode estratégias para a minimização de tais efeitos, como a do usoda arborização, adensamento, irrigação, entre outras práticas;Sendo assim, ações conjuntas entre as instituições de pesquisa,os produtores/cooperativas e empresas do setor, devemestimular o desenvolvimento de projetos que auxiliem nomelhor entendimento do desempenho do cafeeiros no climafuturo, ou seja, sob temperaturas mais elevadas e maior [CO2].
  60. 60. Obrigado pela Atenção Contatos Tel. (19)34294283 – Ramal 226 E-mail: pcsentel.esalq@usp.br Skype: paulo_sentelhas

×