Gabriel bartholo potencialização da qualidade do café na agricultura familiar

314
-1

Published on

Gabriel Bartholo Potencialização da qualidade do Café na Agricultura Familiar

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
314
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
8
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Gabriel bartholo potencialização da qualidade do café na agricultura familiar

  1. 1. POTENCIALIZAÇÃO DA QUALIDADE DO CAFÉ NA AGRICULTURA FAMILIAR 15º Agrocafé 24 a 26 de março de 2014 Salvador - BA Gabriel Ferreira Bartholo Gerente-Geral Embrapa Café
  2. 2. Congregação de instituições de pesquisa, ensino e extensão visando a geração de conhecimento e transferência de tecnologias para a sustentabilidade do agronegócio café. Consórcio Pesquisa Café
  3. 3. Produção / produtividade da cafeicultura no Brasil 1997 - 2013 Em 1997, quando da criação do Consórcio Pesquisa Café, a área de cultivada com café era de 2,4 milhões de hectares, com produção de 18,9 milhões de sacas de 60kg e produtividade de 8,0 sacas/ha. Em 2013, passados 16 anos, com praticamente a mesma área cultivada – 2,3 milhões de hectares, com produção de 49,15 milhões de sacas e produtividade de 24,4 sacas/ha. Ano Área (milhões de ha) Produção (milhões de sacas) Produtividade (sacas/ha) 1997 2,4 18,9 8,0 2013 2,3 49,15 24,4 Fonte: Conab, 2013
  4. 4. Evolução da cafeicultura brasileira no período de existência do Consórcio Pesquisa Café – 1997/2013 Fonte: Informe Estatístico do Café (MAPA/SPAE/DCAF, setembro 2013) Área: milhões de ha Produtividade: sacas por ha Produção: milhões de sacas Fonte: Conab, 2013
  5. 5. CAFEICULTURA FAMILIAR NO BRASIL IBGE - Censo Agropecuário 2006 (Café corresponde ao mínimo de 30% da renda da família) Cafeicultura familiar •196.859 estabelecimentos agropecuários. •654.941 pessoas trabalhando. Não familiar •47.000 estabelecimentos. •476.000 pessoas trabalhando.
  6. 6. CAFEICULTURA FAMILIAR NA BAHIA IBGE - Censo Agropecuário 2006 (Café corresponde ao mínimo de 30% da renda da família) Cafeicultura familiar 118 municípios 17.982 estabelecimentos Não familiar 86 municípios 3.303 estabelecimentos BABA
  7. 7. Tecnologias desenvolvidas pelo Consórcio Pesquisa Café, com potencial para a qualidade da cafeicultura familiar
  8. 8. Clonagem – produção de mudas em larga escala Produção de mudas clonadas de cafeeiros resistentes à ferrugem para a cafeicultura familiar
  9. 9. Manejo integrado de pragas e doenças Monitoramento Controle químico Controle biológico (pragas)
  10. 10. Tecnologias desenvolvidas pelo Consórcio Pesquisa Café com potencial para a cafeicultura familiar BRS Ouro Preto Embrapa Rondônia •Vigor: alto •Qualidade de bebida: neutra •Produtiviade: alta Tupi RN IAC 1669-22 •Vigor: alto •Qualidade de bebida: boa •Produtiviade: alta •Resistência a ferrugem: alta •Resistencia ao nemetóide Meloidogyne exigua IPR 100 – IAPAR •Maturação os frutos tardia •Qualidade de bebida: boa •Tolerante à ferrugem •Resistente ao nematóide Meloydogine paranaensis Cultivares
  11. 11. IPR 103 - IAPAR Araponga MG 1 Epamig / UFV Vigor: alto Qualidade de bebida: boa Produtiviade: alta Resistência a ferrugem: alta Catiguá MG 1, MG 2 Epamig / UFV Vigor: alto Qualidade de bebida: boa Produtiviade: alta Resistência a ferrugem: alta Tecnologias desenvolvidas pelo Consórcio Pesquisa Café com potencial para a cafeicultura familiar Cultivares • Vigor: alto • Qualidade de bebida: boa • Produtiviade: alta • Resistência a ferrugem: moderada
  12. 12. Paraíso MG H 419-1 Epamig / UFV •Vigor: alto •Qualidade de bebida: boa •Produtiviade: alta •Resistência a ferrugem: alta Topázio MG 1190 Epamig / UFLA •Vigor: alto •Qualidade de bebida: boa •Produtiviade: alta Oeiras Epamig / UFV •Porte: baixo •Produtiviade: boa •Resistência a ferrugem: alta Tecnologias desenvolvidas pelo Consórcio Pesquisa Café com potencial para a cafeicultura familiar Cultivares
  13. 13. Diamante Incaper 8112 Diamante Incaper 8112 Centenária Incaper 8132 Precoce – colheita em maio Intermediária - colheita em junho Tardia – colheita em julho Tecnologias desenvolvidas pelo Consórcio Pesquisa Café com potencial para a cafeicultura familiar Conilon - Variedades clonais de desenvolvidas pelo Incaper Jequitibá Incaper 8122
  14. 14. Abanadora manual para café - 60 litros em 3,7 minutos (UFV/Epamig) Lavador portátil para a cafeicultura familiar (UFV/Epamig) Tecnologias de colheita e pós-colheita para a cafeicultura familiar
  15. 15. Tecnologias de pós-colheita para a cafeicultura familiar Rodo enleirador para café e manejo do terreiro.
  16. 16. Sistema de reuso da água residuária do café – SLAR Embrapa Café – Epamig – Incaper Resíduos sólidos na produção de composto orgânico. Como fonte de nutrientes para irrigação. Possibilidades
  17. 17. Tecnologias de secagem para a cafeicultura familiar Secador Solar para a Agricultura Familiar (UFV/EMBRAPA-Café) Na ausência da radiação solar, funciona com lenha ou com carvão. Terreiro Secador híbrido (capacidade de secagem 7000 litros em 50 horas de funcionamento) e não depende da energia solar para a secagem (UFV/EMBRAPA-Café).
  18. 18. Tecnologias de secagem para a cafeicultura familiar Silo-secador. De construção fácil e de baixo custo, é usado para ser combinado com qualquer tipo de secador. A secagem é completada durante o armazenamento.
  19. 19. Fornalha a carvão vegetal (UFV/Embrapa Café). Com capacidade de carga de 12 horas pode ser adaptada em qualquer tipo de secador. Gera ar quente mantendo temperatura constante. Tecnologias de secagem para a cafeicultura familiar
  20. 20. Sistemas de cultivo para a cafeicultura familiar Sistemas agroflorestal Cafeicultura orgânica
  21. 21. •Estimular a organização dos produtores familiares por meio do associativismo (sindicato, associação, cooperativa etc.); •Assistência técnica e extensão rural continuada; •Acesso às linhas de crédito agrícola e do Pronaf; •Produção de cafés finos e especiais como Fair Trade para agregação de valor ao produto e aumento da renda; •Apoio financeiro à pesquisa da cafeicultura de forma continuada. Medidas complementares para a cafeicultura familiar
  22. 22. Muito obrigado Gabriel Ferreira Bartholo Gerente-Geral Embrapa Café chgeral.cafe@embrapa.br 15º Agrocafé 24 a 26 de março de 2014 Salvador - BA
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×