Fonte: SEAB/DERAL   DIAGNÓSTICO DA CAFEICULTURA Área Total  (ha) ----------------------------------------  94.000  Nº Prod...
 
Década 90  –  Novo modelo tecnológico -  café adensado - Elevar produtividade - Reduzir custo médio de produção - Gerar es...
Área, produção e produtividade 2006 a 2010 Fonte: SEAB / DERAL  Ano 2000   Área: 165 mil ha  Produção:  2,23 milhões sc = ...
Participação % do café adensado na produção total 70,4% Fonte: SEAB / DERAL
Custo de Produção Café Tradicional : 15-18 sc/ha  (R$ / sc60kg) Fonte: SEAB / DERAL  - 39% - 18% 230,84 375,70 280,19 Fev/...
Custo de Produção Café Adensado : 35-40 sc/ha  (R$ / sc60kg) Fonte: SEAB / DERAL  - 13% 9% 230,84 278,88 223,25 Fev/09 - 1...
Custo de Produção
Custo de Produção
PLANO DE APOIO PARA SUSTENTABILIDADE DA CAFEICULTURA NAS PROPRIEDADES FAMILIARES   <ul><ul><ul><li>Proporcionar a sustenta...
DESAFIOS - Conter avanço da erradicação - Aumentar produtividade – sc/ha  - Diminuir dependência de mão-de-obra AÇÕES - Pr...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

A Cafeicultura no Paraná por Francisco Carlos Simioni - Agrocafé 2010

1,279 views
1,178 views

Published on

A Cafeicultura no Paraná por Francisco Carlos Simioni - Agrocafé 2010

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
1,279
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
71
Actions
Shares
0
Downloads
36
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

A Cafeicultura no Paraná por Francisco Carlos Simioni - Agrocafé 2010

  1. 2. Fonte: SEAB/DERAL DIAGNÓSTICO DA CAFEICULTURA Área Total (ha) ---------------------------------------- 94.000 Nº Produtores ------------------------------------------ 12.000 Propriedades Familiares ----------------------------- 83 % Mão de Obra Familiar -------------------------------- 64% Produção Média (milhões sacas)------------------ 2,0 a 2,5 Postos de Trabalho Permanentes ---------------- 70 mil Postos de Trabalho Temporário ------------------- 200 mil Necessidade Abast. e Consumo ---------- 3,6 milhões/sc
  2. 4. Década 90 – Novo modelo tecnológico - café adensado - Elevar produtividade - Reduzir custo médio de produção - Gerar estabilidade econômica <ul><li>Década 2000 – Café Qualidade Paraná </li></ul><ul><li>- Obter maior volume café de boa qualidade </li></ul><ul><li>Conquistar imagem compatível com a qualidade obtida </li></ul><ul><li>Governo do Estado / Câmara Setorial do Café </li></ul>AÇÕES E PROGRAMAS
  3. 5. Área, produção e produtividade 2006 a 2010 Fonte: SEAB / DERAL Ano 2000 Área: 165 mil ha Produção: 2,23 milhões sc = 16 sc/ha = 10 anos: 71 mil ha erradicados – 43% da área 23 2,31 106.970 2006 25 18 27 17 sc / ha 2,0 – 2,2 1,47 2,61 1,62 Produção (milhões sc60kg) 93.500 97.400 105.500 105.170 Área Total (ha) * 2010 2009 2008 2007 Ano
  4. 6. Participação % do café adensado na produção total 70,4% Fonte: SEAB / DERAL
  5. 7. Custo de Produção Café Tradicional : 15-18 sc/ha (R$ / sc60kg) Fonte: SEAB / DERAL - 39% - 18% 230,84 375,70 280,19 Fev/09 - 34% - 10% 225,89 343,87 250,06 Fev/10 - 41% - 21% 244,35 377,41 283,33 Ago/08 - 28% - 3% 214,05 298,29 220,05 Nov/07 - 15% 17% 217,59 255,01 186,09 Fev/06 -22% 2% 165,53 211,83 161,99 Ago/04 - 28% - 1% 145,46 201,93 147,36 Nov/03 - 39% -14% 79,63 131,49 92,82 Fev/02 -42% -24% 89,67 155,88 117,84 Ago/01 -16% 11% 116,64 138,81 104,85 Nov/00 Rentab. CT Rentab. CV Preço Recebido Custo Total Custo Variável Período
  6. 8. Custo de Produção Café Adensado : 35-40 sc/ha (R$ / sc60kg) Fonte: SEAB / DERAL - 13% 9% 230,84 278,88 223,25 Fev/09 - 10% 15% 225,89 250,92 197,19 Fev/10 - 20% - 1% 244,35 281,16 226,80 Ago/08 - 1% 24% 214,05 215,29 172,09 Nov/07 20% 51% 217,59 180,82 143,98 Fev/06 4% 27% 165,53 158,86 130,17 Ago/04 22% 58% 145,46 119,07 91,89 Nov/03 - 6% 19% 89,67 95,17 75,57 Ago/01 37% 73% 116,64 84,84 67,26 Nov/00 Rentab. CT Rentab. CV Preço Recebido Custo Total Custo Variável Período
  7. 9. Custo de Produção
  8. 10. Custo de Produção
  9. 11. PLANO DE APOIO PARA SUSTENTABILIDADE DA CAFEICULTURA NAS PROPRIEDADES FAMILIARES <ul><ul><ul><li>Proporcionar a sustentabilidade econômica, social e ambiental das propriedades familiares, através da substituição de lavouras tradicional e da implantação de novas áreas no sistema adensado. </li></ul></ul></ul>R$ 344 milhões 182 milhões – novos plantios 114 milhões – custeio 48 milhões – investimento (máquinas, equipamentos, infraestrutura)
  10. 12. DESAFIOS - Conter avanço da erradicação - Aumentar produtividade – sc/ha - Diminuir dependência de mão-de-obra AÇÕES - Programa sustentabilidade – R$ plantio e infraestrutura - Apoio produção de mudas - convênios - Adequação/renovação de lavouras – haste única - Mecanização - Irrigação - Certificação

×