Clientes Pit Stop Experience <ul><li>Accenture • Aché • AGF Seguros/ALLIANZ • AGV Logística • Alpargatas – Rainha/Topper/M...
Não é marketing, é experiência É a forma de atrair atenção, interesse,  envolvimento e participação de pessoas. Seus clien...
O conceito é baseado na idéia de que toda  a interação com o cliente tem um componente racional e um componente emocional....
Experiências são eventos particulares que acontecem como resposta de alguns estímulos. São o resultado de observação e par...
Experiência é construída <ul><li>Pessoas </li></ul><ul><li>Ambiente </li></ul><ul><li>Comunicação </li></ul><ul><li>Identi...
Experiência é construída <ul><li>Para construção e consolidação de marcas </li></ul><ul><li>Diferenciar produtos e serviço...
O equipamento O equipamento, único no mundo, foi desenvolvido por Mario Pati Jr., um dos maiores conhecedores de automobil...
 
<ul><li>O “Pit Stop Challenge”, uma competição em que se ressalta o espírito de colaboração, é um jogo modular que pode se...
 
 
 
<ul><li>O principal benefício alcançado nas atividades com o Pit Stop Challenge é a consolidação de conceitos relacionados...
Ações Sugeridas <ul><li>Pit Stop Experience com palestra ou como ação promocional </li></ul><ul><li>Palestras e workshops ...
 
 
<ul><li>O Pit Stop Challenge tem sido utilizado em eventos, festas e feiras, para entreter convidados e expor a marca do p...
<ul><li>Cadu Lemos </li></ul><ul><ul><li>Atuou em agências de propaganda e marketing direto e de relacionamento nos grupos...
<ul><li>Mario Pati Jr. </li></ul><ul><li>Campeão brasileiro de kart em 1970  </li></ul><ul><li>Carreira em monopostos no B...
Fale conosco e agende uma apresentação para seu próximo evento! <ul><li>Cadu Lemos  11 3842.3820 ou 8605.8650  [email_addr...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Pit Stop Experience Full

2,659 views

Published on

Ferramenta promocional e de treinamento para eventos e trabalho em equipe baseada no momento mágico da Formula Um e da Stock Car: O Pit Stop. Momento de tensão, uma verdadeira 'crise' gerenciada......
Ferramenta promocional e de treinamento para eventos e trabalho em equipe baseada no momento mágico da Formula Um e da Stock Car: O Pit Stop. Momento de tensão, uma verdadeira 'crise' gerenciada... Pit stop simulation for team training and coaching. ...
Categoria: Entretenimento
Palavras-chave:
simulador simulator pit stop experience challenge formula treinamento trabalho em equipe teambuilding eventos promoção marketing promocional convenções lançamentos

Published in: Business
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
2,659
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1,031
Actions
Shares
0
Downloads
40
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Pit Stop Experience Full

  1. 2. Clientes Pit Stop Experience <ul><li>Accenture • Aché • AGF Seguros/ALLIANZ • AGV Logística • Alpargatas – Rainha/Topper/Mizuno/Havaianas • Amadeus • Associação Comercial de São Paulo • A Telecom • Auto Moto Shopping Vimave • Avon • BankBoston • Booz Allen • Bradesco • Bradesco Vida e Previdência • Bridgestone • BS Colway • Camil • Citibank • Colgate • Corn Products • Credicard • Daslu • Disal – Consórcio VW • DM9DDB • Duke Energy • Editora Abril • Essencis • Esso • Extra • Fiat • Goodyear • Heidelberg • HP • Infoglobo • Itaú • Johnson Controls • Johnny Walker • Lemon Bank • Losango • Mabel • Mastersaf • Maximídia • McDonald’s • MetLife • Mann Filtros Microsoft • Monsanto • Nestlé • Nokia • Novo Nordisk • Nycomed • Odebrecht • Ogilvy • Owens-Illinois • Pão de Açúcar • Peugeot Citroen • Pfizer • Puma • Reckitt Beckinser • Roche • SBT • Scorro • Shell • SKY• Speedy • SSA • Support • Telefônica • Toyota • Unibanco • Unidas • Unilever • Volkswagen • Votorantim • Xic Balloon • Yahoo! • Zambon </li></ul>
  2. 3. Não é marketing, é experiência É a forma de atrair atenção, interesse, envolvimento e participação de pessoas. Seus clientes, prospects, colaboradores, fornecedores.
  3. 4. O conceito é baseado na idéia de que toda a interação com o cliente tem um componente racional e um componente emocional. TODO o empresário deveria perguntar “ Como você se sentiu ao fazer negócios com minha empresa?” TODA a empresa entrega uma experiência.
  4. 5. Experiências são eventos particulares que acontecem como resposta de alguns estímulos. São o resultado de observação e participação em eventos reais ou virtuais.
  5. 6. Experiência é construída <ul><li>Pessoas </li></ul><ul><li>Ambiente </li></ul><ul><li>Comunicação </li></ul><ul><li>Identidade visual e verbal </li></ul><ul><li>Presença de produto e marca </li></ul><ul><li>Características e Benefícios versus </li></ul><ul><li>Conexão com vida real de consumidores reais </li></ul>
  6. 7. Experiência é construída <ul><li>Para construção e consolidação de marcas </li></ul><ul><li>Diferenciar produtos e serviços </li></ul><ul><li>Criar imagem e identidade </li></ul><ul><li>Promover inovação </li></ul><ul><li>Induzir experimentação e retorno </li></ul><ul><li>LEALDADE (do cliente e do colaborador…) </li></ul>
  7. 8. O equipamento O equipamento, único no mundo, foi desenvolvido por Mario Pati Jr., um dos maiores conhecedores de automobilismo de competição do Brasil, para ser manipulado por pessoas de todos os portes físicos. , na réplica os pneus pesam apenas dois quilos, e a pistola, 800 gramas Comparados com 16 e 5 quilos respectivamente no original. A nova ferramenta, que já foi empregada em eventos do Citibank, AGF Brasil Seguros, Associação Comercial de São Paulo e Infoglobo (O Globo, Diário de S. Paulo, Agência Globo, Extra e Globo Online), tem como foco eventos corporativos, como feiras, convenções, vendas, capacitação de liderança e de espírito de equipe.
  8. 10. <ul><li>O “Pit Stop Challenge”, uma competição em que se ressalta o espírito de colaboração, é um jogo modular que pode ser disputado por equipes de dois, quatro, oito ou 12 competidores. A réplica é fácil de transportar e de montar, e ocupa um espaço de apenas 4x8 metros. A atividade, que pode durar uma manhã ou um dia inteiro, é monitorada eletronicamente e pode ser gravada em vídeo. Após o término, as equipes são reunidas para analisar o desempenho, comparando a competição com o dia-a-dia na empresa, apontando pontos positivos e os que devem ser aperfeiçoados. </li></ul><ul><li>A atividade se inicia com uma palestra de Cadu Lemos abordando temas como trabalho e espírito de equipe, mudança, atitude, tomada de decisão, entre outros temas e se encerra com um resgate do aprendizado vivencial e suas aplicações e paralelos com o dia a dia da empresa. </li></ul>A Dinâmica
  9. 14. <ul><li>O principal benefício alcançado nas atividades com o Pit Stop Challenge é a consolidação de conceitos relacionados à construção do espírito de equipe que vai além do trabalho “em equipe”, porque é um processo mais profundo, que diz respeito às relações interpessoais, solidificação dos vínculos, aperfeiçoamento da comunicação, transparência, ética , entre outros valores. </li></ul><ul><li>“ É preciso vivenciar esses valores para que o funcionário tome consciência de que a motivação depende dele, está dentro dele e que somente ele poderá transformar-se num profissional melhor.” </li></ul>Resultados
  10. 15. Ações Sugeridas <ul><li>Pit Stop Experience com palestra ou como ação promocional </li></ul><ul><li>Palestras e workshops com temas ligados à Desenvolvimento Humano e Organizacional </li></ul><ul><ul><li>Estes serviços poderão ser customizados conforme a necessidade apontada pelo cliente </li></ul></ul><ul><ul><li>Encontros de integração de equipes </li></ul></ul><ul><li>Encontros de ‘networking’ com fornecedores e clientes dos clientes. </li></ul>
  11. 18. <ul><li>O Pit Stop Challenge tem sido utilizado em eventos, festas e feiras, para entreter convidados e expor a marca do patrocinador, aplicada na carenagem do Fórmula 1, nos uniformes das equipes, das promotoras e ainda nos materiais adicionais como flyers, cartazes, jornais e boletins para fins diversos e endomarketing. </li></ul>Informações Adicionais
  12. 19. <ul><li>Cadu Lemos </li></ul><ul><ul><li>Atuou em agências de propaganda e marketing direto e de relacionamento nos grupos Ogilvy & Mather e Young & Rubicam. Como cliente, dirigiu o marketing de varejo do Banco Nacional e foi Diretor de Serviços a Clientes do Grupo Vale Refeição, onde implementou o Call Center. </li></ul></ul><ul><ul><li>Criou e dirigiu a Indicator Performance, divisão da Indicator Pesquisa de Mercado dedicada ao diagnóstico de qualidade no atendimento a clientes, utilizando técnicas de satisfação de clientes, brand equity e &quot;mystery shop&quot;, o cliente misterioso. </li></ul></ul><ul><ul><li>Foi Diretor de Atendimento da Wunderman, braço de marketing de relacionamento do grupo Young & Rubicam, atendendo clientes como IBM, BCP, C&A e SKY. </li></ul></ul><ul><ul><li>Membro do Conselho Consultivo do IDBM - Instituto Brasileiro de Database Marketing e da SECANP -, entidade que envolve os profissionais de atendimento a clientes. Foi Vice-Presidente da Associação Brasileira de Telemarketing. </li></ul></ul><ul><ul><li>Na área acadêmica, ministrou aulas para o MBA de Marketing </li></ul></ul><ul><li>da Fundação Dom Cabral, IBMEC e Marketing Direto na ESPM </li></ul><ul><ul><li>Palestrante internacional é co-autor dos livros &quot;Laboratório de </li></ul></ul><ul><li>Marketing&quot; da Editora Nobel e “Dominando Estratégias de Negócios” </li></ul><ul><li>da Prentice Hall/Pearson Publishing. </li></ul><ul><li>Articulista de alguns dos principais veículos da área de marketing e </li></ul><ul><li>comunicação e gestão de pessoas. </li></ul><ul><ul><li>Membro da Corporação Tribal. </li></ul></ul><ul><ul><li>Certificado em Customer Experience Management (CEM+™) pela ShaunSmith+Co.(Inglaterra) </li></ul></ul><ul><ul><li>Certificado em Coaching com Eneagrama por David Daniels </li></ul></ul><ul><li>(Stanford) e Ginger Lapid Bogda PhD. </li></ul>
  13. 20. <ul><li>Mario Pati Jr. </li></ul><ul><li>Campeão brasileiro de kart em 1970 </li></ul><ul><li>Carreira em monopostos no Brasil e na Europa. Disputou diversas provas de F3 e F2 com Alan Prost e Nigel Mansell entre outros, em Mônaco, Silverstone, Nurbrugring (circuito antigo de 24 km, onde NIki Lauda sofreu seu pior acidente), Estoril, Paul Ricard, Zolder e em Monza onde encerrou sua carreira de piloto devido a um grave acidente na chicane Ascari. </li></ul><ul><li>De volta ao Brasil, trabalhou por 10 anos no mundo da propaganda. Como a paixão por automobilismo nunca deixou de persegui-lo e com formação em engenharia mecânica, voltou ao cenário de competirão como construtor e dono de equipes de F-Ford, F-Chevrolet, F3, Stock Car, projetando e construindo um protótipo chamado AS Vectra (em homenagem ao Ayrton Senna), que venceu as Mil Milhas de Interlagos de 1997. Até hoje, no mundo de competição o AS Vectra é o benchmark, por ser um projeto nacional que encarava sem medo Porsches, Ferraris e Corvettes. </li></ul><ul><li>Foi mentor e coach de pilotos como Luciano Burti (gerenciando sua carreira nos aspectos técnicos e de marketing das F.Opel jr, F-Opel Formula 3, até sua chegada na equipe Jaguar de F1), Max Wilson, Djalma Fogaça, Renato Russo, Ricardo Mauricio (atual campeão da Stock Car) e ninguém menos do que Felipe Massa seu aluno de kart, assim como Chico Serra, toda uma geração de </li></ul><ul><li>meninos/pilotos, sendo lembrado até hoje como </li></ul><ul><li>um grande mestre. </li></ul><ul><li>Criador e construtor do Pit Stop Experience. </li></ul>
  14. 21. Fale conosco e agende uma apresentação para seu próximo evento! <ul><li>Cadu Lemos 11 3842.3820 ou 8605.8650 [email_address] </li></ul><ul><li>Mario Pati Jr. 11 4702.9989 ou 9636.9382 [email_address] </li></ul><ul><li>Visite nosso blog: </li></ul><ul><li>http://pitstopexperience.blogspot.com </li></ul>

×