• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Framework
 

Framework

on

  • 1,765 views

 

Statistics

Views

Total Views
1,765
Views on SlideShare
1,756
Embed Views
9

Actions

Likes
1
Downloads
24
Comments
0

1 Embed 9

http://www.slideshare.net 9

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Framework Framework Presentation Transcript

    • Um Framework para a Avaliação
      • Realizar o design de produtos atrativos e úteis exige habilidade e criatividade.
      • Identificar objetivos de usabilidade e de experiência do usuário é essencial para fazer com que cada produto seja bem-sucedido e isso exige entender as necessidades dos usuários.
    • Paradigma de Avaliação
      • Qualquer tipo de avaliação, seja um estudo de usuário ou não, é guiada tanto explícita como implicitamente por um conjunto de crenças, que também podem ser respaldadas pela teoria. Essas crenças e as práticas a elas associadas são conhecidas como paradigma de avaliação.
    • Avaliação rápida e suja
      • É uma prática comum entre os designers. É obtido um feedback informal do usuário ou consultores para confirmar que suas idéias estão de acordo com as necessidades do usuário e se estão agradando.
    • Testes de usabilidade
      • Os testes de usabilidade envolvem avaliar o desempenho dos usuários típicos na realização de tarefas cuidadosamente preparadas, por sua vez, típicas daqueles para o qual o sistema foi preparado. Caracteriza-se por ser firmemente controlada pelo pesquisador .
    • Estudos de campo
        • São realizados em ambientes reais com o objetivo de aumentar o entendimento do que os usuários fazem naturalmente e de como a tecnologia causa impacto nessas atividades.
    • Avaliação Preditiva
      • O especialista aplica seus conhecimentos a respeito de usuário típico, geralmente guiados por heurística visando prever problemas de usabilidade. A característica chave da avaliação preditiva é a de os usuários não precisarem estar presentes, o que torna o processo rápido, relativamente barato e, portanto, atrativo para as empresas.
    • Técnicas
      • Antes de falarmos das técnicas, vale ressaltar que o texto não faz distinção entre os termos técnicas e métodos.
      • Cada paradigma tem métodos e técnicas particulares a ele associados.
      • Existem muitas técnicas de avaliação e elas podem ser categorizadas de várias maneiras.
      • Algumas técnicas:
      • Observar o usuário
      • Ajuda a identificar necessidades levando novos tipos de produtos e avaliar protótipos.
      • Solicitar as opiniões dos usuários
      • Perguntar ao usuário o que ele pensa a respeito de um produto.
      • Solicitar as opiniões de especialistas
      • Os especialistas avaliam o sistema/ produto como se fossem usuários típicos e assim identificando problemas.
      • Testes com usuários
      • Os dados são coletados enquanto o usuário usa o sistema / produto, de modo que o desempenho do sistema / produto possa ser avaliado.
      • Modelar o desempenho dos usuários na realização de tarefas
      • Houve muitas tentativas de se modelar a interação homem-computador de maneira que fosse possível prever a eficiência e os problemas associados aos diferentes designers, em um estágio ainda preliminar sem construir protótipos elaborados. Tal técnica só e bem sucedida em sistemas com funcionalidades limitada , como os sistema telefônicos.
    • D E C I D E: um Framework para orientar a Avaliação
      • Para guiar as avaliações, o texto refere-se ao framework D E C I D E, para auxiliar avaliadores com menos experiência, que oferece a seguinte lista de checagem,
      • Determinar as metas
      • As metas devem guiar a avaliação, portanto determinar quais são elas é o primeiro passo no planejamento de uma avaliação.
      • Explorar as questões
      • Para que as metas sejam operacionais deve-se identificar as questões cujas repostas satisfação a elas.
      • Escolher o paradigma de avaliação e as técnicas
      • Após ter identificado as metas e questões principais, o próximo passo é escolher o paradigma de avaliação e as técnicas para avaliação, o paradigma determina o tipo de técnica que será usada.
      • Identificar as questões de ordem prática
      • Existem muitas questões práticas a serem consideradas quando se realiza qualquer tipo de avaliação. Algumas que devem ser consideradas incluem usuário, equipamentos, cronograma, orçamento além do conhecimento especializado do avaliador.
      • D ecidir como lidar com as questões éticas
      • Trata-se de um acordo entre o avaliador e os participantes da avaliação que ajuda a confirmar o sigilo das informações pessoais dos usuários que irão testar o sistema ou serem entrevistados.
      • Avaliar, interpretar e apresentar os dados
      • Escolher o paradigma de avaliação e as técnicas para responder às questões é um passo importante. No entanto também é necessário definir que dados coletar, como analisá-los e como apresenta-los à equipe de desenvolvimento. Em grande parte, a técnica utilizada determina os tipos de dados que são coletados, mas ainda há algumas escolhas a serem feitas.
      • Confiabilidade ou consistência de uma técnica diz respeito a quão bem ela produz os mesmos resultados em ocasiões diferentes, sob as mesmas circunstâncias. Processos de avaliações diferentes possuem graus diferentes de confiabilidade.
      • Validade diz respeito a se a técnica de avaliação mede ou não o que se quer, o que abrange tanto a própria técnica como a maneira como ela é realizada.
      • Desvios ocorrem quando os resultados são distorcidos.
      • Escopo refere-se a quanto as descobertas feitas podem ser generalizadas.
      • Validade ecológica diz respeito a como o ambiente em que uma avaliação é conduzida influencia ou até distorce os resultados.
    • Estudo piloto
      • É a execução de um experimento do estudo principal, ele consiste em certificar-se de que o plano é viável, antes de se embarcar num estudo real. É também uma oportunidade de se praticar a habilidade ou de verificar que as questões em um questionário são claras ou que um procedimento experimental funcione de maneira adequada. Ele identificará problemas potenciais com antecedência, de maneira que eles possam ser corrigidos.