A arte romana

19,064 views
18,646 views

Published on

Published in: Education
0 Comments
5 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
19,064
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
9
Actions
Shares
0
Downloads
432
Comments
0
Likes
5
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

A arte romana

  1. 1. Agrupamento Vertical de Escolas de Almodôvar Escola E.B. 2,3 / S. Dr. João de Brito Camacho Ano lectivo 2011/2012 ARTE ROMANA Tiago FernandesDisciplina: História da Cultura e das ArtesData de entrega: 10.05.2012 10ºB Nº21
  2. 2. ARTE ROMANA Introdução  Urbanismo A Arte Romana  Pintura A Arte Romana:  Pintura: Continuação Continuação  Moisaico Arquitetura  Escultura Arquitetura: Continuação 1  Conclusão Arquitetura: Continuação 2  Bibliografia Arquitetura: Continuação 3 Arquitetura: Continuação 4 Arquitetura: Continuação 5 Arquitetura: Continuação 6 Arquitetura: Continuação 7
  3. 3. INTRODUÇÃO Com forte influência dos etruscos, a arte romana antiga seguiu os modelos e elementos artísticos e culturais da Grécia Antiga e chegou a “copiar” estátuas clássicas. Imperadores, deuses e figuras mitológicas foram retratados nas esculturas romanas.. Voltar
  4. 4. A ARTE ROMANA A arte romana desenvolveu-se entre a terceira Guerra Púnica (146 a.C.) e o séc. IV d.C. . Os Romanos apesar se terem sido influenciados pelos povos com que contactaram (Gregos), não deixaram de ser originais. Enquanto para os Gregos «as coisas úteis deviam ser belas», para os Romanos «as coisas belas deviam ser úteis». Voltar
  5. 5. CONTINUAÇÃO… Este sentido utilitário das coisas, a grandiosidade dos seus monumentos e o seu realismo são aspetos originais da arte romana. Sofreu duas fortes influências: a da arte etrusca popular e voltada para a expressão da realidade vivida, e a da greco-helenística, orientada para a expressão de um ideal de beleza. Um dos legados culturais mais importantes que os etruscos deixaram aos romanos foi o uso do arco e da abóbada nas construções. Voltar
  6. 6. ARQUITECTURA Para os Romanos, a arquitetura tinha uma função muito mais prática do que para os Gregos. Se os Romanos conquistaram a Grécia e admiraram tudo o que era grego, ao nível da construção apresentaram inovações. Os Romanos ligaram as suas regiões através de uma rede de estradas e pontes, construíram cidades com esgotos e banhos e abasteceram-nas com água corrente.  Características gerais:  Busca do útil imediato, senso de realismo;  Grandeza material, realçando a ideia de força;  Energia e sentimento;  Predomínio do caracter sobre a beleza;  Originais: urbanismo, vias de comunicação, anfiteatro, termas. Voltar
  7. 7. CONTINUAÇÃO As construções eram de seis tipos, de acordo com as funções: 1 - RELIGIÃO – Templos Os mais conhecidos são o templo de Júpiter Stater, o de Saturno, o da Concórdia e o de César. O Panteão foi construído em Roma durante o reinado do Imperador Adriano para reunir uma grande variedade de deuses existentes no Império. A planta circular era fechada por uma cúpula, de maneira a criar um local isolado do exterior onde o povo se reunia para o culto. Voltar
  8. 8. CONTINUAÇÃO 2 – Comércio e civismo: Basílica A basílica servia para reuniões da bolsa, para tribunal e leitura de editos. Mais tarde com o Cristianismo passou a designar uma igreja com certos privilégios. Apresenta uma característica inconfundível: a planta retangular (de 4 a 5 mil metros) dividida em várias colunatas. Por exemplo: a Basílica de Julia, iniciada no governo de Júlio César e terminada no Império de Otávio Augusto. Voltar
  9. 9. CONTINUAÇÃO 3 – Higiene: Termas Constituídas de ginásio, piscina, pórticos e jardins. Eram o centro social de Roma. As mais famosas são as termas de Caracala que, além de casas de banho, eram o centro de reuniões sociais e de desporto. Voltar
  10. 10. CONTINUAÇÃO 4 – Divertimentos: circos, teatros, anfiteatros Circo – local onde se praticavam :  Jogos circenses – corridas de carros;  Ginásios – incluindo o pugilato;  Jogos de Tróia – aquele em que havia torneios a cavalo;  Jogos de escravos – executados por cavaleiros conduzidos por escravos.  O circo mais famoso é o “Circus Maximus”.o Teatro – o principal é o Marcelus, tinha vários cenários versáteis, giratórios e retiráveis. Voltar
  11. 11. CONTINUAÇÃO Anfiteatro – edifício de forma circular ou elíptica, composto por uma arena central, rodeada de arquibancadas, onde ocorriam as lutas de gladiadores. Conseguia acomodar 40 000 pessoas sentadas e mais de 5 000 em pé. 5 - Monumentos decorativos Arco de Triunfo: pórtico monumental feito em homenagem aos imperadores e generais vitoriosos. O mais famoso deles é o arco de Tito, todo em mármore, construído no Fórum Romano para comemorar a tomada de Jerusalém. Voltar
  12. 12. CONTINUAÇÃOo Coluna Triunfal: a mais famosa é a coluna de Trajano, com seu característico friso em espiral que possui a narrativa histórica dos feitos do Imperador em baixos-relevos no fuste. Foi erguida por ordem do Senado para comemorar a vitória de Trajano sobre os dácios e os partos. 6 - Moradia: Casa o Era construída ao redor de um pátio chamada Atrio. o Existiam 3 tipos: • Domus – casa de família; • Villae – moradias luxuosas construídas fora das cidades; • Insulae – prédios urbanos para rendimentos , destinados a alojar as famílias mais pobres. Voltar
  13. 13. URBANISMO Durante o Império, as cidades constituíram o principal centro económico. Roma tornou-se a cidade – a urbe – modelo. As outras cidades apresentavam a mesma organização do espaço, isto é, a mesma concepção de urbanismo, de acordo com os pontos cardeais:  traçavam-se duas ruas perpendiculares;  no cruzamento, situava-se o fórum, praça onde se construíam os monumentos mais importantes;  a partir dele, surgiam novas ruas e novas construções. VoltarURBE – cidade ou área urbana, isto é, cidade propriamente dita, excluindo áreas rurais circunvizinhas.
  14. 14. PINTURA O Mosaico foi muito utilizado na decoração dos muros e pisos da arquitetura em geral.A maior parte das pinturas romanas que conhecemos hoje provêm das cidades de Pompéia e Herculano. Os estudiosos da pintura classificam a decoração das paredes internas dos edifícios em 4 estilos:  Primeiro estilo  Recobrir as paredes de uma sala com uma camada de gesso pintado; que dava impressão de placas de mármore. Voltar
  15. 15. CONTINUAÇÃO… Segundo estilo  Os artistas começaram a pintar painéis que criavam ilusão de janelas abertas por onde eram vistas paisagens com animais, aves e pessoas, formando um grande mural. Terceiro estilo  Representações fiéis da realidade e valorizou a delicadeza dos pequenos detalhes. Quarto estilo  Um painel de fundo vermelho, tendo no centro uma pintra, geralmente uma cópia de obra grega, imitando um cenário teatral. Voltar
  16. 16. MOSAICO As cores vivas e a possibilidade de colocação sobre qualquer superfície e a duração dos materiais levaram a que os mosaicos viessem a prevalecer sobre a pintura. Nos séculos seguintes, tornaram-se essenciais para medir a ampliação das primeiras igrejas cristãs. Voltar
  17. 17. ESCULTURA As esculturas são uma representação fiel das pessoas e não a de um ideal de beleza humana, como fizeram os gregos. Retratavam os imperadores e os homens da sociedade. Mais realista que idealista, a estatuária romana teve o seu maior êxito nos retratos. Voltar
  18. 18. CONCLUSÃO Após a realização deste trabalho posso concluir que os Romanos copiaram e adaptaram muitos estilos arquitetónicos gregos, adicionando as suas próprias ornamentações e melhorando o traçado. E construíram monumentos e decoraram o seu interior com mármore polido, elegantes mosaicos e pinturas. Voltar
  19. 19. BIBLIOGRAFIA http://www.lyspedia.com/index.php?view=article&ca tid=41%3Aarte-romana&id=46%3Aarte- romana&option=com_content&Itemid=684 http://www.suapesquisa.com/imperioromano/arte_r omana.htm http://pt.wikipedia.org/wiki/Arte_da_Roma_Antiga http://pt.shvoong.com/humanities/arts/983917-arte- romana/ Entre outros…. Voltar Fim

×