SEXUALIDADE E ESPIRITISMO
<ul><li>SEXO:   </li></ul><ul><ul><li>conjunto de características morfológicas e  de energias genésicas, que determinam a ...
<ul><ul><li>b) Sexualidade  x  Erotismo, Amor Romântico </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>é segurança no relacionamento, na c...
<ul><li>A aplicação do sexo à luz do amor e da vida é pertinente a consciência de cada um, pois cada um traz em si a sua p...
<ul><li>A energia sexual é a mesma força que nos impele para a subida ou para a descida, é só questão de direção. </li></u...
<ul><li>A  sexualidade não é obstáculo para a evolução </li></ul><ul><li>é oportunidade de crescimento </li></ul><ul><li>é...
<ul><li>SEXO É POTENCIAL DIVINO </li></ul><ul><ul><li>é força procriadora, porta de entrada p/ a reencarnação </li></ul></...
<ul><li>A MONOGAMIA É CONQUISTA DO SER HUMANO </li></ul><ul><ul><li>o relacionamento estável, baseado no amor entre  homem...
Apresentado no Seminário de Juventudes Espíritas da Sociedade Espírita Fraternidade - Curitiba, Pr. Roteiro elaborado por ...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Palestra Sexo E Espiritismo

6,888

Published on

0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
6,888
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
271
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Palestra Sexo E Espiritismo

  1. 1. SEXUALIDADE E ESPIRITISMO
  2. 2. <ul><li>SEXO: </li></ul><ul><ul><li>conjunto de características morfológicas e de energias genésicas, que determinam a atração sexual entre os seres </li></ul></ul><ul><li>SEXUALIDADE: </li></ul><ul><ul><li>é afetividade, ligada as Leis Divinas do Amor e da Reprodução, manifestação da atração sexual. </li></ul></ul><ul><li>SEXO E RELACIONAMENTO: </li></ul><ul><ul><li>a) Sexo e “Tesão”: </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>é a falsa “liberdade”, traz o sexo egoístico, sem responsabilidade </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>é baseado na pura atração física, no interesse da satisfação instintiva </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>normalmente leva ao abandono e desinteresse </li></ul></ul></ul>
  3. 3. <ul><ul><li>b) Sexualidade x Erotismo, Amor Romântico </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>é segurança no relacionamento, na constituição da família e na proteção da prole </li></ul></ul></ul><ul><li>COMO O ESPIRITISMO VÊ ESSA QUESTÃO? </li></ul><ul><ul><li>“ Não proibição, mas educação. </li></ul></ul><ul><ul><li>Não abstinência imposta, mas emprego digno, com o devido respeito aos outros e a si mesmo. </li></ul></ul><ul><ul><li>Não indisciplina, mas controle. </li></ul></ul><ul><ul><li>Não impulso livre, mas responsabilidade”. </li></ul></ul><ul><ul><li> Emmanuel - Vida e Sexo </li></ul></ul>
  4. 4. <ul><li>A aplicação do sexo à luz do amor e da vida é pertinente a consciência de cada um, pois cada um traz em si a sua problemática espiritual </li></ul><ul><li>A aplicação de nossa sexualidade exige de cada um a Educação e o Controle </li></ul><ul><li>A sexualidade não é boa e nem má É NEUTRA </li></ul><ul><li>A direção do sexo e da sexualidade é estabelecida pelo espírito, pelo ser humano </li></ul><ul><li>As energias sexuais são poderosas e estabelecem registros em nosso perispírito, podendo gerar, se desequilibradas, conseqüências cármicas das mais diversas, pois ninguém fere a Lei sem ferir a si mesmo </li></ul>
  5. 5. <ul><li>A energia sexual é a mesma força que nos impele para a subida ou para a descida, é só questão de direção. </li></ul><ul><li>Na sexualidade, não há imoralidade alguma no uso dos órgão sexuais. O problema está em: </li></ul><ul><ul><ul><li>como se usa </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>com quem se usa </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>para que se usa </li></ul></ul></ul><ul><li>No caso de má orientação, temos que buscar o equilíbrio, pois os milênios aí estão </li></ul><ul><li>para a felicidade </li></ul><ul><li> para a infelicidade </li></ul>
  6. 6. <ul><li>A sexualidade não é obstáculo para a evolução </li></ul><ul><li>é oportunidade de crescimento </li></ul><ul><li>é oportunidade de entendimento </li></ul><ul><li>é oportunidade de amor </li></ul><ul><li>é oportunidade de afetividade </li></ul><ul><li>A sexualidade está diretamente ligada a Lei de Causa e Efeito. Sendo suas respostas ou reações proporcionais, temos como efeitos a alegria ou a dor. Depende da aplicação que lhe dermos </li></ul>
  7. 7. <ul><li>SEXO É POTENCIAL DIVINO </li></ul><ul><ul><li>é força procriadora, porta de entrada p/ a reencarnação </li></ul></ul><ul><ul><li>é Lei da Vida </li></ul></ul><ul><ul><li>é Energia </li></ul></ul><ul><ul><li>é força de criação </li></ul></ul><ul><ul><li>é prazer físico, mental e espiritual </li></ul></ul><ul><li>CADA UM ASSUME A RESPONSABILIDADE DOS SEUS ATOS </li></ul><ul><ul><li>sexo é como mediunidade, é força a disposição do ser humano </li></ul></ul><ul><ul><li>devemos obedecer regras e disciplina </li></ul></ul><ul><ul><li>portanto, cautela não faz mal a ninguém </li></ul></ul>
  8. 8. <ul><li>A MONOGAMIA É CONQUISTA DO SER HUMANO </li></ul><ul><ul><li>o relacionamento estável, baseado no amor entre homem e mulher, traz serenidade, paz e segurança </li></ul></ul><ul><ul><li>a monogamia mostra elevação, conquista, entendimento e esclarecimento no campo espiritual </li></ul></ul><ul><ul><li>a monogamia mostra o compromisso e entrega mútua, a responsabilidade recíproca, a troca mais equilibrada das energias sexuais </li></ul></ul><ul><ul><li>proporciona o prazer mais completo, físico, mental e espiritual </li></ul></ul><ul><li>A POLIGAMIA A NADA LEVA </li></ul><ul><ul><li>a poligamia leva a viciação das paixões, ao abandono, a solidão, ao sofrimento, a perda do próprio prazer, a banalização da sexualidade, perdendo-se os potenciais Divinos aí inseridos </li></ul></ul>
  9. 9. Apresentado no Seminário de Juventudes Espíritas da Sociedade Espírita Fraternidade - Curitiba, Pr. Roteiro elaborado por Carlos A. Parchen e Luiz Carlos Hallvass www.parchen.hpg.com.br www.parchen.cjb.net
  1. Gostou de algum slide específico?

    Recortar slides é uma maneira fácil de colecionar informações para acessar mais tarde.

×