Bebida alcoolica
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Like this? Share it with your network

Share
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
2,657
On Slideshare
2,657
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
17
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Publicidade de bebidas alcoólicas
    os limites da ética
  • 2. Alguns Preceitos do Conar
    "Os preceitos básicos que definem a ética publicitária são: - todo anúncio deve ser honesto e verdadeiro e respeitar as leis do país, - deve ser preparado com o devido senso de responsabilidade social, evitando acentuar diferenciações sociais, - “...Princípio do consumo com responsabilidade social: a publicidade não deverá induzir, de qualquer forma, ao consumo exagerado ou irresponsável.” (...)
  • 3. Conselho de Comunicação Social
    Em março de 2006 foi analisado pelo Conselho de Comunicação Social o tema “ÁLCOOL NOS MEIOS DE COMUNICAÇÃO”, onde o professor doutor Ronaldo Laranjeira expos os danos que a bebida pode causar, apontou o crescimento do consumoe propôs algumas medidas, entre elas a restrição do álcool e o aumento do preço do produto visando diminuição da compra por parte de menores de idade e também diminuição do consumo por outros usuários, diminuindo os acidentes de trânsito, entre outros.
  • 4. De acordo com GILBERTO C. LEIFERT, presidente do Conar, o Brasil ainda pouco conhece a respeito da realidade estatística sobre os danos causados pelo consumo excessivo ou impróprio das bebidas alcoólicas e considera que a proibição da publicidade como primeira medida a ser adotada não é a melhor solução para o problema.
  • 5. A culpa é da propaganda?
    “A propaganda não é a culpada pelo uso abusivo de álcool. A cerveja não é a culpada pelas baladas, noitadas, bailes funks, comemorações de aniversários ou por conquistas amorosas, esportivas, profissionais e afins. E o Conar definitivamente não é culpado pela inoperância do Estado no cumprimento de suas obrigações. PROPAGANDA É SÓ PROPAGANDA, cerveja é só cerveja e o Conar é um exemplo de cidadania.”
    Loy Barjas - sócio e diretor da F/Nazca Saatchi & Saatchi
  • 6. “Que tal introduzir no currículo escolar a disciplina "liberdade de escolha", para transmitir às crianças noções acerca de hábitos saudáveis, riscos do sedentarismo, álcool, tabaco e drogas, bem como noções sobre a importância da informação (opinião, notícia e anúncio) para a cidadania? Anúncios ajudam as pessoas a decidir. Informam sobre novos produtos, promovem comparações de atributos e preços e estimulam a competição entre concorrentes. Podem, ainda, ser pedagógicos, como nas advertências "Se for dirigir, não beba" ou "Este produto é destinado a adultos", adotadas pelo Conarpara os anúncios de bebidas alcoólicas.”
    Gilberto C. Leifert- Presidente do CONAR
  • 7. A propaganda, de uma maneira ou de outra, SEMPRE VAI EXISTIR. O investimento no mercado é grande demais para que as empresas simplesmente deixem de veicular anúncios sobre seusprodutos. O governo também não quer deixar de lucrar com os impostos. Por outro lado, a bebida, junto com a depressão, são os dois fatores que mais tiram vida dos brasileiros, de acordo com o periódico médico Lancelot.
  • 8. Para algumas pessoas a publicidade é enganosa. Álcool, beleza e sucesso não são sinônimos. Entretanto a psicologia das três coisas têm alguma relação e acaba influenciando jovens que ainda não têm discernimento para consumir taisbebidas.
  • 9. O alcoolismo é um problema de saúde pública, que afeta a vida de milhares de brasileiros e requer investimento de recursos do Estado que poderiam ser destinados a outras áreas da saúde, que está diretamente relacionado a acidentes, ferimentos e mortes no trânsito.
  • 10. Em Nova Iorque, andar pelas ruas bebendo ou incitando o consumo de bebida alcoólica pode gerar multa. O consumo é permitido apenas dentro de bares e restaurantes licenciados, além da maioridade para consumir bebidas alcoólicas ser 21 anos.
  • 11. Propagandas no tempo
    As propagandas da nossa geração foram marcadas pela sensualidade, sempre envolvendo mulheres seminuas e com alto cunho sexual em sua linguagem. Elas funcionaram assim por muito tempo e hoje as coisas estão mudando. E antigamente?
    Comercial SKOL (1993): http://goo.gl/kK8gO
    Comercial Antarctica (1996): http://goo.gl/mYDSb
    Comercial Kaiser (1984): http://goo.gl/MI8cz
  • 12. Propagandas corretas?
    Polar: http://goo.gl/dCgnh
    Guinness: http://goo.gl/4XIbh
    Devassa Proibida: http://goo.gl/bZo4C
    Brahma (2000/01): http://goo.gl/PS1oj
    Kaiser (1997): http://goo.gl/oWvDp
  • 13. Grupo
    Camila Santana
    Mariana Senedez
    Mychelle Vera
    Raquel Carvalho
    Talita Bueno
  • 14. Referências
    http://www.consumidor-rs.com.br/rs2/inicial.php?case=2&idnot=15936
    http://www.conar.org.br/html/artigos/080306.htm
    http://comunicacao.pol.org.br/alcool
    http://noticiacirculando.wordpress.com/2011/05/10/depresso-e-lcool-tiram-mais-anos-de-vida-do-brasileiro-transtornos-psiquitricos-lideram-lista-de-males-crnicos-que-provocam-incapacitao-fsica-p/