Catálogo

1,140 views
1,076 views

Published on

Exposição Alma Feminina"

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
1,140
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
9
Actions
Shares
0
Downloads
6
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Catálogo

  1. 1. Alma Feminina Ana RitaVideira
  2. 2. Mesa da Câmara dos Deputados Suplentes de Secretário54ª Legislatura - 2011 1° Suplente Geraldo Resende (PMDB-MS)Presidente Marco Maia (PT-RS) 2° Suplente Manato (PDT-ES)Primeiro-Vice-Presidente Rose de Freitas (PMDB-ES) 3° SuplenteSegundo-Vice-Presidente Eduardo da Fonte (PP-PE) Carlos Eduardo Cadoca (PSC-PE) 4° SuplentePrimeiro-Secretário Eduardo Gomes (PSDB-TO) Sérgio Moraes (PTB-RS)Segundo-Secretário Jorge Tadeu Mudalen (DEM-SP) Diretor-Geral Rogério Ventura TeixeiraTerceiro-Secretário Inocêncio Oliveira (PR-PE) Secretário-Geral da MesaQuarto-Secretário Júlio Delgado (PSB-MG) Sérgio Sampaio Contreiras de Almeida
  3. 3. Apresentação Ana Rita“A capacidade de simplificar os meios para eliminar o desnecessário,a fim de que o necessário possa falar”. Hans Hofmann – 1880-1966Parafraseando as palavras do pintor “Hans Hofmann” eobservando a pintura da Artista “Ana Rita Videira”, começamosa decifrar o significado de sua obra.Trata-se de obra emocional, espontânea, que, de forma orgânicae biomórfica, com elaboração consciente e notável conteúdoestético – desprezando todos os rótulos. Por todas essascaracterísticas, percebe-se, em suas delicadas pinceladas,nitidamente, o pensamento feminino, onírico, sensual, eabstrato.Como expectadores, sempre que nos permitimos mergulharnesse universo de formas e cores, entenderemos, um poucomais, a alma feminina em sua melhor expressão.E assim, diante desse complexo processo criativo, proponho umquestionamento: Será papel da arte criar a conexão entre arealidade intencional e o mundo emocional onde ossentimentos poderiam, no momento da fruição, abstrair aprópria forma? Creio que sim.É, pois, com esse intuito que a Câmara dos Deputados ,por intermédio do Espaço Cultural Zumbi dos Palmares,vem apresentar a Exposição “ Alma Feminina “ da artistaplástica “ Ana Rita Videira”. Lothar Fidelis Marchand
  4. 4. Ana Rita Ana Rita Pintora, nascida em Santos (SP) em 1960. Graduada pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo de Santos em 1983. Atualmente reside e atua em Joinville (SC). Seu trabalho está intimamente ligado ao informalismo (ou arte abstrata) e em suas obras a artista transcende a dimensão da representação figurativa. Possui obras em coleções particulares no Brasil, no exterior e em acervos oficiais da Prodesan, em Santos, nos acervos do museu de arte do Parlamento do governo do estado de São Paulo, e do Banco do Brasil. Sua obra consta do "Le Sermandiras, Guide de LArt Internacional", 15ª e 16ª edições e do Anuário Brasileiro de Artes Plásticas. Consulte Volumes IV e V. Artista do Petit Format, SP; Espaço Richelieu, Paris, França; Salão Internacional de São Paulo, SP (1999); Associação Abril 25 Anos, Lisboa, Portugal (2001). Pertence à "Association Internationale des Arts Plastiques", Paris, França.
  5. 5. Realizou diversas exposições no Banco deTalentos, Febraban (1996 e 1998 ) ; EspaçoCultural Banco do Brasil, Joinville, SC (1996);Fundação Mokiti Okada, SP (1997); GaleriaMonserrat , Joinville, SC; I V Salão de Arte LivreSaint Ger main , SP ; Bienal de Artes de São Joãoda Boa Vista, SP; "Primavera com Arte III",Espaço Reciclar, SP; Espaço Cultural doShopping Curitiba, PR; I encontro de ArtesTerramar, Joinville, SC ; Teatro Paulo Autran, SP ;Center Shopping Caraguá, Caraguatatuba, SP(1998); Espaço de Arte do Centro Rebouças, SP;II Salão Nacional da Pintura ContemporâneaBrasileira, SP; "Projeto Brasil Contemporâneo",SP; Espaço Cultural "Fogo de Chão", SP; GaleriaCentro Cultural Brasil-Estados Unidos, Joinville,SC (1999 ); Salão Oficial de Arte Livre deCaraguatatuba, SP (1999/2000), entre outras.Participou de várias exposições internacionaissendo as principais: Centro Cultural Quinta dasCruzadas – Sintra – Portugal, Mostra PanoramaBrasil – Barcelona - Espanha, Salão Internacionalde São Paulo – São Paulo, Net Art Internacional –Lisboa – Portugal, Associação Abril 25 anos –Lisboa–Portugal, Salão Grande DArt Contemporainem Berlim, Forum das Artes, Berlim, Alemanha,Salão "Grande Marché DArt Contemporain",Place de La Bastille, Paris, França.Fez a capa do livro “Hora Dividida” do poetaMarcelo Cardoso.Possui obras em exposição permanente nasgalerias: Spazio Uno – Itaipava,RJ, Kunst-Petrópolis,RJ, Arte Aplicada e Mônica Filgueirasem São Paulo e Bahiarte, em Londrina. Ana Rita Videira 5
  6. 6. Alma Feminina6
  7. 7. Marrom | Acrílica sobre tela | 100 x 100 cm 7
  8. 8. Vermelho vertical | Acrílica sobre tela | 150 x 120 cm8
  9. 9. Amarelo | Acrílica sobre tela | 100 x 120 cm 9
  10. 10. "Ana Rita Videira concebe em sua arte um universo paralelo onde, por meio das suas formas abstrato-fluídicas, constrói uma realidade cheia de beleza onírica. Formas e figuras quase geométricas que se diluem, carregadas de matéria pictórica tendendo ao monocromatismo. Ana Rita Videira, pinta com lirismo, talvez por sua influência musical. Por isso, faz vibrar suas notas cromáticas, fugindo da dissonância e encontrando a harmonia neste seu universo particular, onde a razão e a consciência interagem com subjetividade e passionalismo; características arquetípicas da alma feminina." Byron Mendes Produtor Cultural10
  11. 11. Azul com fenda | Acrílica sobre tela | 100 x 100 cm 11
  12. 12. Ferrugem | Acrílica sobre tela | 100 x 100 cm12
  13. 13. Azul horizontal | Acrílica sobre tela | 190 x 110 cm 13
  14. 14. Fenda azul | Acrílica sobre tela | 90 x 120 cm14
  15. 15. Azul com fenda preta | Acrílica sobre tela | 120 x 120 cm 15
  16. 16. Cinza, preto e vermelho | Acrílica sobre tela | 200 x 120 cm16
  17. 17. Díptico vermelho | Acrílica sobre tela | 200 x 120 cm 17
  18. 18. Azul vertical | Acrílica sobre tela | 150 x 110 cm18
  19. 19. Laranja | Acrílica sobre tela | 100 x 100 cm 19
  20. 20. Ana Rita Videira transforma em obra de arte a concepção sensível da sua experiência. Sua pintura se apresenta como uma visualização imediata de sua interioridade. O resultado final não é uma representação, mas um conjunto de gestos que a artista imprime na tela para exprimir suas tensões emotivas. A cor espalha-se de acordo com o impulso do momento. Movimentos enérgicos carregados de valores emotivos secretos ou movimentos suaves, quase românticos, mas de bastante força expressiva, que nos remetem a uma liberdade livre de formalidades. Thania Rezende Consultor Cultural20
  21. 21. Verde | Acrílica sobre tela | 110 x 110 cm 21
  22. 22. Vermelho | Acrílica sobre tela | 120 x 120 cm22
  23. 23. Díptico vermelho vertical | Acrílica sobre tela | 200 x 90 cm 23
  24. 24. Azul | Acrílica sobre tela | 80 x 90 cm24
  25. 25. Vermelho com fenda marrom | Acrílica sobre tela | 90 x 100 cm 25
  26. 26. Alma Feminina
  27. 27. Realização Câmara dos Deputados Curadoria Lothar Fidelis Coordenação do Projeto DG/Espaço Cultural Zumbi dos Palmares Produção Casimiro Neto Goya Oliveira Byron Mendes Projeto Gráfico e Diagramação André Lins Fotografia Reproduções - Sasse Foto Projeto Expográfico André Ventorim Byron Mendes Montagem André Ventorim Edson Pires Ronaldo Silva Wendel Fontenele Apoio Byron Mendes ProduçõesVideira Galeria Spazio Uno Etna e-Gallery Agradecimentos Malu Perlingeiro e Flavita Boeckel da ACAV Sheila Ataíde Karine Torres Impressão Departamento de Apoio Parlamentar - DEAPA Coordenação de Serviços - CEGRAF Abril de 2011
  28. 28. Eo r s Cl pu ala çtuAna RitaVideira

×