Your SlideShare is downloading. ×
Storytelling - Transformando Histórias em Valor para o Negócio - Beto do Valle
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Storytelling - Transformando Histórias em Valor para o Negócio - Beto do Valle

1,013
views

Published on

Como utilizar histórias e narrativas para atrair, inspirar, compartilhar conhecimento, engajar, inovar, transformar e gerar valor para seu negócio ou sua organização? …

Como utilizar histórias e narrativas para atrair, inspirar, compartilhar conhecimento, engajar, inovar, transformar e gerar valor para seu negócio ou sua organização?
Neste Encontro sobre Storytelling compartilhamos conceitos, métodos... e histórias!

Published in: Business

0 Comments
6 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
1,013
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
90
Comments
0
Likes
6
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Storytelling: Transformando Histórias em Valor para o Negócio Beto do Valle 28 de Agosto de 2013
  • 2. vamos começar com a nossa história:
  • 3. NOSSA HISTÓRIA CONTADA POR MEIO DE NOSSAS PUBLICAÇÕES
  • 4. a história da humanidade também é feita de histórias...
  • 5. o uso de histórias pelo homem vem desde o início dos tempos
  • 6. usamos histórias para transmitir valores e crenças, para educar e tocar em temas universais
  • 7. as histórias são a essência de expressões artísticas como o teatro e a literatura... e as histórias em quadrinhos, com temáticas que apaixonam em todas as idades
  • 8. contar histórias é uma tradição para todos os povos do planeta
  • 9. a cultura popular é riquíssima no uso de histórias para transmitir tradições
  • 10. Eduardo e Mônica... Não tinha medo o tal João de Santo Cristo... históricas marcam presença em manifestações artísticas como a música...
  • 11. ... e mesmo as artes plásticas são capazes de contar histórias
  • 12. o cinema é uma das expressões modernas mais sofisticadas do storytelling
  • 13. os videogames hoje permitem participar da história
  • 14. há games em que decisões influenciam os rumos da história
  • 15. em plataformas e redes sociais, como Facebook e Twitter, pessoas e marcas contam histórias por meio de ‘timelines’ e narrativas
  • 16. e os negócios, têm histórias pra contar?
  • 17. POR QUE HISTÓRIAS? informar atrair envolver contextualizar inspirar emocionar provocar mobilizar orientar legitimar aproximar engajar conectar identificar
  • 18. HISTÓRIAS + NEGÓCIOS Conhecimento, Cultura, Reputação, Imagem: ativos intangíveis altamente valiosos Ruído, Dispersão, Sobrecarga de Informação: obstáculos para a geração de valor Histórias: destacar-se em meio ao ruído, aprender, comunicar, compartilhar ideias e valores, engajar Geração de valor nos negócios
  • 19. STORYTELLING Storytelling é a utilização de histórias como meio de compartilhar informações, experiências e conhecimentos visando mobilizar pessoas para uma atitude ou ação.
  • 20. APLICAÇÕES: TRANSFORMANDO HISTÓRIAS EM VALOR PARA O NEGÓCIO • Transmitir conceitos e ideias • Compartilhar experiências e valores • Reforçar aspectos culturais e de identidade organizacional • Despertar emoções e atitudes • Gerar aspirações • Construir uma visão compartilhada • Promover a inovação • Conclamar à ação
  • 21. UMA BOA HISTÓRIA Conteúdo Contexto Situação-problema Personagens Ponto de vista Decisões e ações Desenrolar dos fatos Reviravoltas Emoções Clímax Desfecho Resultados Lições e mensagens Forma Gênero Estilo narrativo Mídia Formato Ritmo Tempo Produção O ‘contador da história’
  • 22. fazendo o storytelling acontecer. e gerar valor!
  • 23. STORY… DOING! Toda iniciativa de storytelling deve ser capaz de responder às seguintes questões: 1 Quem eu quero mobilizar? 2 Que reação quero gerar? 3 Que história preciso contar? 4 Sob que ângulo? Em que formato? 5 Como começar? Como concluir? 6 Como medir o sucesso?
  • 24. Mapear e Selecionar NOSSA METODOLOGIA* PARA INICIATIVAS DE STORYTELLING Medir Definir o propósito Sistematizar AÇÃO ou REAÇÃO DESEJADA Contar Capturar © Beto do Valle
  • 25. DEFINIR O PROPÓSITO Qual o objetivo da organização com a iniciativa? Qual o público-alvo da história? Tenho uma ideia geral de como a história será disseminada e “consumida”? 1 Quem eu quero mobilizar? 2 Que reação quero gerar? Que tipo de reação pretendo despertar nesse público? Que tipo de atitude, ação ou resultado pretendo gerar?
  • 26. Se o seu objetivo é... Você vai precisar de uma história que... 3 Que história preciso contar? Sua história deve inspirar frases como... Estimular ação / mudança Descreva como uma mudança foi implementada no passado e estimule a imaginação sobre como pode acontecer aqui e agora Imagine se..., E se... Comunicar quem você é / conquistar confiança Conte uma experiência pessoal, seja emocionante e mostre alguma fraqueza ou superação Eu não sabia disso sobre ele!, Agora, eu sei onde ele quer chegar. Transmitir valores Seja familiar à audiência e promova a discussão dos valores levantados Isso é muito verdade!, Por que não fazemos isso sempre!? Comunicar quem é a empresa / marca Conta-se pelo próprio produto ou serviço. Ou então pelos clientes no estilo boca-a-boca, ou por um terceiro com credibilidade no assunto Nossa, vou contar para meus amigos. Estimular colaboração Tenha uma situação similar a uma já experienciada pela audiência, que faça com que queiram dividir suas experiências com o grupo Isso me lembra do tempo em que..., Eu tenho uma história como essa! Acabar com fofocas / rumores Tenha algum humor e revele a não veracidade da fofoca ou uma perspectiva alternativa dos mesmos fatos Verdade!, Eu nunca teria pensado dessa maneira! Disseminação de conhecimento Seja focada no problema, mostrando qual conhecimento foi usado na solução e por que ele funcionou É melhor pensarmos nisso para o futuro. Liderar pessoas para o futuro Evoque o futuro do qual está sendo falado, sem oferecer muitos detalhes, o suficiente para que a audiência possa sonhar Quando começamos?!, Vamos fazer isso! MAPEAR E SELECIONAR HISTÓRIAS Fonte: The Leader`s Guide to Storytelling - Stephen Denning
  • 27. MAPEAR E SELECIONAR HISTÓRIAS 3 Que história preciso contar? Identificação de momentos-chave e marcos relevantes Elaboração da linha do tempo Sondagem com pessoas que vivenciaram os momentos-chave Levantamento de documentos e referências Identificação de potenciais histórias a explorar Definição de critérios de seleção específicos
  • 28. CAPTURAR HISTÓRIAS 3 Que história Formas de explicitação e captura: Redação de “próprio punho” Blog Gravação de áudio Depoimento em vídeo Entrevista ou talk-show Simulação Quadrinhos ou storyboards Fluxogramas preciso contar? Dicas para entrevistas Tenha um roteiro, não um questionário Crie um ambiente acolhedor Faça perguntas que explorem a vivência pessoal de quem conta Valorize os aspectos subjetivos Permita desvios mas retome o objetivo central e o fio condutor da história Discuta os aprendizados
  • 29. CONTAR HISTÓRIAS 4 Sob que ângulo? Defina o caráter da história: aventura, suspense, comédia, ação... Em que formato? 5 Como começar? Como concluir? Apresente o contexto e a situação-problema Defina um ponto de vista, conte do coração, seja autêntico Apresente o desenrolar dos fatos e mantenha o fio condutor Foque no essencial e no significativo Provoque a imaginação Estabeleça o ritmo Dê lugar às emoções Conte detalhes que confiram credibilidade à história Conduza a história para o desfecho da situação-problema Traga à tona as questões centrais Conclua de forma a dar unidade à história
  • 30. CONTAR HISTÓRIAS prover informação X contar uma história Uma boa história sobre como a aplicação de um aprendizado gerou resultados positivos pode ser muito mais efetiva que um passo a passo para a aplicação do mesmo aprendizado. intenção X ângulo Uma história contada pelo ângulo de um cliente satisfeito (ou insatisfeito) pode ser muito mais poderosa que uma campanha publicitária enaltecendo os atributos da marca.
  • 31. CONTAR HISTÓRIAS
  • 32. CONTAR HISTÓRIAS criatividade “Era uma vez”, “viveram felizes para sempre”... Existem muitas formas “manjadas” de contar uma história. Conte a partir de um fato marcante, com imagens, com sons, conte de formas diferentes! autenticidade “Ainda me lembro do gosto do café que eles serviam”. Detalhes e toques pessoais ajudam a conferir autenticidade e deixar a história mais viva e interessante.
  • 33. CONTAR HISTÓRIAS Canais de disseminação: Encontros face a face Cursos e workshops Intranet Website Mídias sociais Estudos de caso Publicações impressas Eventos (...)
  • 34. DA HISTÓRIA À AÇÃO Pense no contato do público com a história, não somente na história Crie contextos adequados para contar ou disseminar histórias Busque oportunidades de semear histórias no contexto organizacional Crie mecanismos para identificar as boas histórias quando elas acontecem Busque medir a reação e avaliar se a história gerou a reação esperada, e em que nível de intesidade
  • 35. fazendo história: o storytelling para geração de valor
  • 36. Mapear e Selecionar NOSSA METODOLOGIA* PARA INICIATIVAS DE STORYTELLING Medir Definir o propósito • Objetivos • Público-alvo Sistematizar AÇÃO ou REAÇÃO DESEJADA Contar Capturar • Levantamento • Critérios • Priorização • Formato • Roteiro • Registro • Pesquisa • Indicadores • Edição • Ângulo e Estilo • Contexto • Disseminação • Plataforma • Processos • Governança © Beto do Valle
  • 37. STORYTELLING: NOSSA METODOLOGIA* PARA SISTEMATIZAÇÃO (EXEMPLO) Portal, Intranet, Encontros, Outros Canais 1 1. Mapeamento de Marcos Significativos (projetos, casos e ocorrências) 2. Captura de histórias / depoimentos 3. Seleção, edição e publicação ou apresentação 4. Consulta direta a casos e histórias 5. Avaliação e interação 6. Aplicação, reporte e resultados Participantes de projetos, experiências e ocorrências 2 4 5 Fluxos 3 6 © Beto do Valle
  • 38. quer conhecer outras histórias?
  • 39. REFERÊNCIAS “Squirrel Inc. – A Fable of Leadership Through Storytelling” Steve Denning “Storytelling in Organizations” Steve Denning, John Seely Brown, Larry Prusak, Katalina Groh “Storytelling Como Ferramenta de Gestão” José Claudio Terra (artigo) – http://biblioteca.terraforum.com.br/ Center for Digital Storytelling www.storycenter.org “Storytelling: O Poder das Histórias na Gestão do Conhecimento” (vídeo) https://www.youtube.com/watch?v=bzS8b1_YSPk
  • 40. Quer fazer da sua história uma história de sucesso? Fale com a gente! Beto do Valle beto.valle@impaktconsult.com [11] 9.8181.3113 Twitter: @beto_do_valle Obrigado pela colaboração de: João Valsecchi Fabio Ueno Vítor Reis

×