Palestra - Seja Diferente - George Bueno

867 views
670 views

Published on

Palestra com temáticas atuais relacionadas ao posicionamento da Doutrina Espírita!

Published in: Spiritual
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
867
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
25
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Palestra - Seja Diferente - George Bueno

  1. 1. George Bueno Seja Diferente
  2. 2. Em que mundo vivemos?
  3. 3. Porque os vícios existem? Sendo que nosso objetivo é evoluir, porque esses obstáculos existem? Com que finalidade? Sair com os amigos e me divertir traz alguma consequência, mesmo eu não bebendo e nem usando drogas? Beber socialmente, pode? Quais as razões emocionais e espirituais que levam uma pessoa a abusar de álcool e drogas? Seria algum tipo de fuga da realidade ou de questões anteriores a esta vida? Beber socialmente na adolescência, certo ou errado? Todos sofrem consequências com o uso do álcool?
  4. 4. Após os 18 anos de idade, alcançamos uma idade em que começamos a ter mais contato com o álcool e a consumí-lo com certa frequência, mas sem exagero, é errado? Aos jovens espíritas que praticam coisas mundanas (promiscuidade, drogas, etc.) mais lhes será cobrado? Porque drogas ilícitas são tão descriminadas, sendo que fazem mal igual ao álcool e cigarro? Qual a visão sobre a maconha, que é uma droga ilícita, mas não prejudica muito o usuário? Porque a maioria dos jovens nos dias de hoje estão tão viciados em drogas e qual é o motivo para continuarem com esta dependência?
  5. 5. 2º Levantamento Nacional de Álcool e Drogas (Dados atuais) • Um terço dos jovens bebe e dirige • 2 em cada 10 fumam • 34% não usam camisinha • 12% das meninas já fizeram aborto (1 em cada 10) • O consumo de drogas e álcool foi associado à violência urbana • 26% dos jovens tem sintomas de depressão (Universidade Federal de SP – Revista Exame)
  6. 6. “As drogas constituem, na atualidade, um dos mais graves problemas de saúde mental e orgânica...” (Joanna de Ângelis – Divaldo P. Franco – Conflitos existenciais)
  7. 7. “Atuam diminuindo as inibições e produzindo manifestações das emoções, antes freadas, e que se apresentam excitadas e dominantes...” (Joanna de Ângelis – Divaldo P. Franco – Conflitos existenciais)
  8. 8. “Na psicogênese das drogas encontra-se o Espírito aturdido, às vezes revoltado, que trás do passado uma alta carga de frustrações e rebeldia...” (Joanna de Ângelis – Divaldo P. Franco – Conflitos existenciais)
  9. 9. “Sem dúvidas, os conflitos do lar contribuem e estes indivíduos encontram nas drogas um estimulante para alcançar níveis superiores de comunicação e realização...” (Joanna de Ângelis – Divaldo P. Franco – Conflitos existenciais)
  10. 10. “De início, uma pequena dose é suficiente para gerar estímulos agradáveis... A dependência grave, ao ser percebida já exige terapia cuidadosa e prolongada...” (Joanna de Ângelis – Divaldo P. Franco – Conflitos existenciais)
  11. 11. “O alcoolismo instala-se em razão da substância fazer parte do jogo social, dos relacionamentos que primam pela futilidade, pelas aparências...” (Joanna de Ângelis – Divaldo P. Franco – Conflitos existenciais)
  12. 12. “A educação sem dúvidas, desde a infância, é o recurso terapêutico mais valioso...” (Joanna de Ângelis – Divaldo P. Franco – Conflitos existenciais)
  13. 13. “Estabelecida a dependência, tendo-se em vista sua gravidade, o internamento hospitalar para desintoxicação torna-se indispensável... Como fator primordial, o interesse do paciente na própria recuperação...” (Joanna de Ângelis – Divaldo P. Franco – Conflitos existenciais)
  14. 14. 459. Os Espíritos influem sobre nossos sentimentos e nossas ações? “A este respeito sua influência é maior do que credes porque, frequentemente, são eles que vos dirigem.” (Allan Kardec – Livro dos Espíritos)
  15. 15. “O dependente químico é, como todos nós, um ser possuidor de livre-arbítrio, que não reúne ainda reservas morais suficientes para não se deixar escravizar pelo uso de substâncias tóxicas...” (Juventude Interrompida)
  16. 16. “O Espírito sobrevive ao corpo, e a alma atormentada pelo vício leva consigo todos os sentimentos e desejos...” (Juventude Interrompida)
  17. 17. 910. O homem pode encontrar nos Espíritos uma assistência eficaz para superar suas paixões? “Se ele ora a Deus e a seu bom gênio com sinceridade, os bons espíritos virão certamente em sua ajuda, porque é a sua missão...” (Allan Kardec – Livro dos Espíritos)
  18. 18. “O conhecimento do Espiritismo e do amor do Cristo são oportunidades de aprimoramento moral. Nos ensinam de onde viemos, por que sofremos e para onde vamos... Gerando reflexões sobre as causas e consequências do uso de substâncias tóxicas...” (Juventude Interrompida)
  19. 19. “Inicia-se… pelo aperitivo inocente... Repete-se… pelo hábito social... Impõe-se… aos poucos como necessidade… Converte-se… em dominação absoluta pela dependência.” (Joanna de Angelis – Após a Tempestade – Divaldo Franco)
  20. 20. SEJA DIFERENTE (Grupo Arte Nascente) Tem muita gente por aí Brincando com as drogas Se arriscando pelo mundo Deixando de viver Dizem que ser igual É fazer o que todo mundo faz Se viver é assim, Prefiro ser diferente Ser diferente é curtir a vida Com muita alegria, mas sendo diferente Ser diferente é viver para o amor Seja onde for seguindo sempre em frente Eu vou, vou andar na longa estrada Eu sei que vai, vai ser dura a caminhada Mas não me entrego às fraquezas desse mundo Carrego em mim algo forte lá no fundo Seja diferente, seja diferente, seja diferente Drogas não Seja diferente, seja diferente, seja diferente Drogas não! Eu vou, vou andar na longa estrada Eu sei que vai, vai ser dura caminhada Vou transformar toda essa crença Mudando o meu mundo fazendo a diferença Seja diferente, seja diferente, seja diferente Drogas não Seja diferente, seja diferente, seja diferente Drogas não!
  21. 21. A traição traz que tipo de consequência? Mesmo que ela tenha sentimentos. Sei que uma amiga tem namorado, mas ela quer ter relações comigo. E aí? Porque hoje em dia a promiscuidade é mais comum, mais normal? Sexo com duas companheiras é errado? Tenho um amigo que o pai dele largou a mãe para morar com outro homem e até hoje este amigo é revoltado com isso. Sexo sem camisinha e tomar pílula depois do sexo é errado? Porque existe tanta recriminação aos atos afetuosos entre homossexuais?
  22. 22. O que a homossexualidade faz com o espírito? Prejudica? Um homossexual que sente atração por uma pessoa do mesmo sexo, será mais certo, digamos, viver com uma pessoa do sexo oposto, mesmo infeliz? Isso prejudica? Como utilizar a energia sexual de uma forma saudável, quando ela aparecer? Pornografia, pode? É errado aos olhos do Espiritismo termos relações com seres do mesmo sexo? Acontece de pessoas nascerem homossexuais, mas e quanto aos bissexuais? É realmente uma condição ou uma confusão da cabeça da pessoa?
  23. 23. Quais as consequências espirituais das relações casuais (ficar por ficar) em relação à vida psicológica do jovem frente à consciência e ao espiritismo? Como o jovem deve lidar e levar a sexualidade na encarnação? Como relação à lésbica, ela não é punida pela escolha sexual caso não exista promiscuidade. Mas se houver, como é essa cobrança por tal fato? A pessoa sentir atração por ambos os sexos e se relacionar com os dois (bissexualidade) é certo ou errado? Porque certas pessoas tem dificuldades de ter um relacionamento amoroso estável? Como jovens espíritas, que postura deveríamos adotar sobre temas como o aborto em seus diversos casos?
  24. 24. “Diante de toda e qualquer desarmonia do mundo afetivo, seja com quem for e como for, colocai-vos, em pensamento, no lugar dos acusados, analisando as vossas tendências mais íntimas e, após verificardes se estais em condições de censurar alguém escutai o apelo do Cristo... Amai- vos uns aos outros, como eu vos amei.” (André Luiz – Sexo e Destino)
  25. 25. 200. Têm sexos os Espíritos? “Não como o entendeis, pois que o sexo depende da organização. Há entre eles amor e simpatia, mas baseados na concordância dos sentimentos.” (Allan Kardec – Livro dos Espíritos)
  26. 26. 201. Em nossa existência, pode o Espírito que animou o corpo de um homem animar o de uma mulher e vice-versa? “Decerto; são os mesmos os Espíritos que animam os homens e as mulheres.” (Allan Kardec – Livro dos Espíritos)
  27. 27. 202. Quando errante, que prefere o Espírito; encarnar no corpo de um homem, ou no de uma mulher? “Isso pouco lhe importa. O que o guia na escolha são as provas por que haja de passar.” (Allan Kardec – Livro dos Espíritos)
  28. 28. “O Espírito passa por fieira imensa de reencarnações, ora em posição de feminilidade, ora em condições de masculinidade, o que sedimenta o fenômeno da bissexualidade, mais ou menos pronunciado, em quase todas as criaturas...” (Emmanuel – Vida e Sexo)
  29. 29. “A homossexualidade, no conjunto de suas características, por tendência da criatura para a comunhão afetiva com uma outra criatura do mesmo sexo, é perfeitamente compreensível, à luz da reencarnação...” (Emmanuel – Vida e Sexo)
  30. 30. “A coletividade humana aprenderá, gradativamente, a compreender que os conceitos de normalidade e de anormalidade deixam a desejar quando se trata simplesmente de sinais morfológicos...” (Emmanuel – Vida e Sexo)
  31. 31. “Os problemas sexuais devem ser enfrentados sem hipocrisia e sem cinismo, fora de padrões estereotipados por falsa moralidade, tampouco levados a conta de pequeno significado. São dificuldades e como tais merecem consideração, tempo e atenção especializada...” (Joanna de Angelis – O Homem Integral)
  32. 32. “A vida saudável na área do sexo decorre da educação mental, da canalização correta das energias, da ação física pelo trabalho, pelas conversações edificantes, auxiliando o indivíduo em atitudes que proporcionam o bem estar...” (Joanna de Angelis – O Homem Integral)
  33. 33. “É preciso entender que o desenvolvimento do amor faz-se lentamente, conquista a conquista de experiência, de vivência, de entrega...” (Joanna de Ângelis – Conflitos Existenciais – Divaldo Franco)
  34. 34. FORÇAS DO SER (André Pirola) Forças... forças do ser Forças... forças do Ser Maior Que pulsam em todos nós. Forças, forças pra crer. Forças pra entender O amor em chamas, o amor que seduz, O amor que ama... Do amor que é luz. E o que voce fará, amor, do amor que Deus deu pra você? Pra quem você abrirá, amor, a porta do seu Ser? E o que você fará, amor, do amor que Deus deu pra você? Pra quem você abrirá, amor, a porta do seu Ser? O amar atento é energia do bem Pra tocar alguém tem que ter cuidado. Pois o mar do tempo, Em seu vai-e-vem traz de volta, ao presente, O passado. O mar... amar... O mar... amar... Forças que inspiram, que pintam e dançam. Forças que escrevem, encenam e cantam. Forças que brilham no centro do Ser. São forças do Ser Maior... Forças que guiam os seres e os mundos. Forças que criam laços profundos. Forças que fazem a vida nascer, renascer... E o que você fará, amor, do amor que Deus deu pra você? Pra quem você abrirá, amor, a porta do seu Ser? E o que você fará, amor, do amor que Deus deu pra você? Pra quem você abrirá, amor, a porta do seu Ser?
  35. 35. (Item 16, Cap X, do ESE)
  36. 36. “Reconhece-se o verdadeiro espírita pela sua transformação moral e pelos esforços que emprega para domar suas inclinações más...” (Evangelho Segundo o Espiritismo)
  37. 37. “Tudo me é lícito, mas nem tudo me convém...” (Evangelho Segundo o Espiritismo)
  38. 38. 909. O homem poderia vencer suas más tendências pelos seus esforços? “Sim, e, algumas vezes por fracos esforços. É a vontade que lhe falta. Ah! Quão poucos dentre vós fazem esforços...” (Allan Kardec – Livro dos Espíritos)
  39. 39. “Tudo é possível àquele que crê...” (Jesus – Marcos 9-23)
  40. 40. Obrigado pelo convite! Sejam diferentes! george@buenoodontologia.com.br

×