Família: Missão Divina

3,914 views
3,727 views

Published on

0 Comments
3 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
3,914
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
56
Actions
Shares
0
Downloads
278
Comments
0
Likes
3
Embeds 0
No embeds

No notes for slide
  • PREOCUPAÇÃO: Conceito de família para as pessoas presentes, problemas familiares e exemplos adequados às realidades... Tendência a se comemorar o dia da família (já que pai e mãe não são mais exatamente o melhor exemplo da família frequente) / Agradecimentos pela oportunidade de compartilhar um tema de estudos, perguntas que possamos nos fazer estarão presentes durante todo o estudo deste dia e do Espiritismo como um todo (assim, após a palestra, poderemos conversar melhor), facilitador, etc...........! Falar das abordagens sobre o tema família e como isso às vezes nos deixa desconfortáveis.
  • John Gottman é professor de Psicologia na Universidade de Seattle, em Washington, e já recebeu vários prêmios nacionais e internacionais por sua inovadora pesquisa sobre relacionamentos. O autor é co-diretor do Marital and Family Institute de Seattle, juntamente com sua esposa, Dra. Julie Schwartz Gottman. Entre seus livros, destacam-se  Sete princípios para o seu casamento dar certo  e  Inteligência emocional e a arte de educar seus filhos , ambos lançados pela Objetiva.
  • Malogro = frustração Periclita = Estar em perigo / Decair
  • Conceituando atualmente a necessidade de se discutir sobre a importância da família. Alguns devem pensar: talvez.
  • Conceituando atualmente a necessidade de se discutir sobre a importância da família. Falar que é possível “viajar” durante a palestra e levar dela, pelo menos alguma coisa boa. Mesmo que seja uma dúvida.
  • Conceituando atualmente a necessidade de se discutir sobre o conceito.
  • Conceituando atualmente a necessidade de se discutir sobre a importância da família. Falaremos hoje do papel de nós mesmos nas vida, em momentos como filhos e em outros como pais, ou no papel de pais. Em algumas passagens dos livros que trouxe... Falarei de conceitos próprios e interpretações pertinentes, porém pessoais.
  • Hoje, pra começarmos, teremos que desconstruir o que entendemos sobre família... O que achamos que é a família convencional, etc. Perguntas serão feitas, algumas respondidas e, assim espero, outras surgirão.
  • PREOCUPAÇÃO: Conceito de família para as pessoas presentes. Falar que hoje, pode-se dizer que a família é isso, 1 + 1, pelo menos. Pergunta interessante, qual o pé do homem e qual o pé da mulher? Acho que o respeito e o amor ao próximo, como primeiro mandamento é maior do que qualquer preconceito bobo que tenhamos.
  • Para nos melhorarmos, etc...! Pensando melhor: será que não nos melhoraríamos sem algumas pessoas de nossa família.
  • Nós temos a família que pedimos, ou a que merecemos!
  • Amar o próximo... Mais próximo! Amar o amigo... Da casa ao lado, às vezes parece mais tentador.
  • 15:55
  • Explicar melhor o que Jesus quis nos dizer?
  • Para nos melhorarmos, etc...! Pensando melhor: será que não nos melhoraríamos sem algumas pessoas de nossa família.
  • A doutrina espírita, por meio dos espíritos, tem algumas, digamos, conhecidas leis. (Mas é uma doutrina sem dogmas, aparentes)... E tem uma que fala sobre os laços de família...Outra, bem importante e que resume as outras é a lei de justiça, amor e caridade.
  • Laboratório familiar.
  • Deus labora criando as Leis da natureza e nós somos convidados a co-laborar cumprindo as Leis.
  • Ênfase nas palavras em vermelho.
  • Deixe o Cristo entrar em sua casa...
  • Mas o outro ela tinha vontade de enforcar enquanto amamentava, e de jogá-lo pela janela... Ela morava no décimo segundo andar...
  • Pais sem recurssos = trazer exemplos próprios.
  • Se os pais não fizeram o seu papel... Da forma mais completa, os filhos tem que agir melhores do que o esperado... Pais ruins, ou ausentes, não justificam o papel de ser um filho alheio... A sua vida ainda pode dar certo!
  • A realidade é que em muitas famílias uma mãe pode amar um filho intensamente, apenas tolerar ou ter, até mesmo, ímpetos de ódio, como o caso de Marly.
  • A terapia regressiva é a mais indicada para esses casos de dramas familiares como esse. Entretanto, se o perdão não é um objetivo da pessoa, o processo regressivo não é aconselhável. O sedutor de ontem, tornou-se o filho de hoje. No universo não existe a lei do ódio, mas existe a lei do amor...
  • Marly e o amante voltaram como mãe e filho para aprenderem a amar-se em humanidade.
  • Quando entramos num movimento de nos obrigar a amar, desenvolveremos na verdade o pseudo-amor. E na família isso acontece o tempo inteiro.
  • O caminho pode demorar mais do que apenas uma encarnação.
  • Ênfase nas palavras em vermelho... Eu sou bom, porque o meu filho também não é?
  • Ênfase nas palavras em vermelho... O espírito pediu por você! O que você vai dizer? Vai negá-lo?
  • Ênfase nas palavras em vermelho... É ao contrário das frutas... Aqui a “fruta podre” é que fica boa no meio das outras boas... “Diga-me com quem andas...”
  • Considerando a família como sendo formada por Espíritos imortais, é preciso entender que as existências que se baseiam apenas em interesses terrenos e materiais não duram no mundo Espiritual, após o término da tão passageira vida física.
  • O Espírito Blaize Pascal escreveu na revista espírita de maio de 1865 um texto perguntando se Deus pune ou não suas criaturas... E ele vai dizer...
  • O Espírito Blaize Pascal escreveu na revista espírita de maio de 1865 um texto perguntando se Deus pune ou não suas criaturas... E ele vai dizer...
  • Deixe o Cristo entrar em sua casa... Será que você não tirou a campainha da tomada sem querer? Abra seu coração para Deus.
  • Os pais confiaram que conseguiriam ser melhores... Os filhos confiaram que teriam pais que os tratariam com bondade caso eles, por acaso, fossem desrespeitosos ou algo assim... Assim como os pais confiaram em si próprios para guiar tais filhos...
  • O que os pais não derem aos filhos... Estes lhe cobrarão depois! De que adianta reclamares que não tiveste um filho de acordo com o que forneceu de ensinamentos? Quando, na verdade, faltou-lhe no papel de pai. Poderia ter sido muito melhor.
  • Não sou eu George que estou falando, são os Espíritos que nos dizem! Cabe a nós perceber se isso pode ser feito nessa ou em outras vidas... Eu preferiria que fosse nessa!
  • “ Quando passamos do instruir para o educar, nós não estamos a dar tudo o que é necessário para ele construir o edifício à sua maneira, segundo o seu gosto... As suas escolhas...”. Falar do caso do Adeilson Salles, onde uma mãe educa os filhos da mesma forma. E aí estava o erro...
  • Conceituando atualmente a necessidade de se discutir sobre a importância da família.
  • Quando você escolhe ser desajustado, automaticamente, você escolheu também deixar de ser ajustado.
  • A resposta é não.
  • É um preço a se pagar, para não viver de mentiras...
  • Precisamos mudar de sintonia, para que a “mágica” aconteça. Precisamos nos movimentar.
  • A convivência somente será saudável se a levarmos com suavidade e leveza. E o ambiente familiar é o nosso melhor laboratório.
  • Família: Missão Divina

    1. 1. George Bueno
    2. 2. Fala-se muito em crise. A crise principal que dáorigem a todas as outras, é a crise moral,consequência em grande parte no desmantelamentodos laços de família, como vem ocorrendo.“...Nas últimas décadas, o número de homicídiosentre adolescentes quadruplicou, o número desuicídios triplicou, e de estupros dobrou.Com mais da metade dos casamentos atualmenteterminando em divórcio, milhões de crianças estãosujeitas a problemas que muitos cientistas sociaisassociam à dissolução da família...”John Gottman
    3. 3. “Quando a família periclita, por esta ouaquela razão, sem dúvida a sociedadeestá a um passo do malogro...".(Joanna de Ângelis – Divaldo P. Franco)
    4. 4. Será que a instituiçãofamiliar ruiu / faliu?
    5. 5. A família é importante pravocê?
    6. 6. O que é família pra você?
    7. 7. O que a palavra famíliasignifica para você?Para que serve a família?Porque conversarmos sobrefamília?
    8. 8. ??
    9. 9. Joana de Ângelis nos diz no livro S.O.S. Família:“É um grupo de Espíritosnormalmente necessitados,desajustados, em compromissoinadiável para a reparação, graças àcontingência reencarnatória...”
    10. 10. Emmanuel no Livro Pensamento e Vida:“A família constitui o centro de nossosreflexos, agradáveis ou desagradáveis.Cada criatura está ajustada ao raio deação que é capaz de desenvolver...”
    11. 11. Emmanuel: nos convida a aplicar oexemplo do samaritano generoso emnossa própria família “que constituio nosso próximo mais próximo...”
    12. 12. “E, tendo vindo para casa, reuniu-se aí tãogrande multidão de gente que eles nemsequer podiam fazer sua refeição – Sabendodisso, vieram seus parentes para seapoderarem dele, pois diziam que perdera oespírito...”(S. Marcos: 3:20-21, 30 a 35, S. Mateus, 12: 46 a 50)
    13. 13. “- Tua mãe e teus irmãos estão lá fora e techamam. – Ele lhes respondeu: quem é minhamãe e quem são meus irmãos? E, olhando osque estavam assentados ao seu derredor,disse: Eis aqui minha mãe e meus irmãos: poistodo aquele que faz a vontade de Deus, esse émeu irmão, minha irmã e minha mãe...”.(S. Marcos: 3:20-21, 30 a 35, S. Mateus, 12: 46 a 50)
    14. 14. Será que Jesus foi mesmoindiferente e renegouseus parentes e suaprópria mãe?
    15. 15. “Ou foram mal reproduzidas oumal interpretadas...”(Evangelho Segundo o Espiritismo – Cap XIV)
    16. 16. As Leis Morais• Lei de Adoração• Lei do Trabalho• Lei de Reprodução• Lei de Conservação• Lei de Destruição• Lei de Sociedade• Lei do Progresso• Lei de Igualdade• Lei de Liberdade• Lei de Justiça, de Amor e CaridadeLaços de Família
    17. 17. AMORALEGRIALUZNOVACHANCE
    18. 18. “A função primordial da família é acolaboração com Deus paraaprendermos a nos amar comoirmãos”.(LE – Questão 774)
    19. 19. (SOS Família – Joanna de Ângelis e outros Espíritos – Divaldo P. Franco)“O Espiritismo apresenta a famíliacomo o instituto abençoado emque as criaturas humanas sereencontram com um programa deprovas e expiações, com vistas aofuturo...”
    20. 20. “Sabeis os mandamentos: não cometereiadultério; não matareis; não roubareis;não prestareis falso testemunho; nãofareis agravo a ninguém; honrai a vossopai e a vossa mãe...”(Marcos, 10:19; Lucas 18:20; Mateus, 19:18 e 19)
    21. 21. “Honrai a vosso pai e a vossa mãe, afim de viverdes longo tempo na terraque o senhor vosso Deus vos dará.”(Decálogo: Êxodo, 20:12)
    22. 22. “(...) O TERMO HONRAI ENCERRA UM DEVER AMAIS PARA COM ELES: O DA PIEDADE FILIAL” (...)Honrar é mais do que amar, é amarverdadeiramente...!(Evangelho Segundo o Espiritismo – Cap XIV)
    23. 23. Casos de paisresponsáveis, ricos oupobres...
    24. 24. “Ter-lhes-á a mãe vendido o leite quandoos amamentava? Contou porventura suasvigílias, quando eles estavam doentes, ospassos que deram para obter o de quenecessitavam?”(Evangelho Segundo o Espiritismo – Cap XIV)
    25. 25. “Não. Os filhos não devem a seus paispobres só o estritamente necessário,devem-lhes também (...) as solicitudes,os cuidados amáveis, que são apenas ojuro do que receberam, o pagamento deuma dívida sagrada...”(Evangelho Segundo o Espiritismo – Cap XIV)
    26. 26. “Dar-lhes mais que o necessário, não sobrecarregá-los com afazeres domésticos, brindá-los com osmelhores lugares e tratá-los amavelmente.”(Evangelho Segundo o Espiritismo – Cap XIV)
    27. 27. E quando os pais foramirresponsáveis com osfilhos?
    28. 28. “A irresponsabilidade dosgenitores de forma alguma justificaa falência dos deveres morais porparte da prole..."(SOS Família – Joanna de Ângelis e outros Espíritos – Divaldo P. Franco)
    29. 29. Problemas acontecem...
    30. 30. “Marly se denominava um monstro. Elatinha um filho de 3 anos pelo qualsentia uma aversão imensa”.(Alírio de Cerqueira Filho – Saúde nas Relações Familiares)
    31. 31. “Após um trabalho prévio terapêuticopara desenvolver o auto-amor, auto-perdão e perdão ao inimigo dopassado e hoje seu filho, Marly foisubmetida à terapia regressiva”.(Alírio de Cerqueira Filho – Saúde nas Relações Familiares)
    32. 32. “Somente a lei de causa e efeito e areencarnação explicam fenômenoscomo esses”.(Alírio de Cerqueira Filho – Saúde nas Relações Familiares)
    33. 33. “Aprendemos primeiro a teoria quenos recomenda o amor, depois somosconvidados a realizar exercícios parasentir e vivenciar o amor”.(Alírio de Cerqueira Filho – Saúde nas Relações Familiares)
    34. 34. Ao final da existência ela poderá dizer:“Eu já não o odeio mais, mas não oamo. Desejo sinceramente que eleesteja bem”.(Alírio de Cerqueira Filho – Saúde nas Relações Familiares)
    35. 35. (Livro dos Espíritos – Allan Kardec)P.209 – Por que de pais bons e virtuososnascem filhos de natureza perversa?Porque as boas qualidades dos pais nãoatraem sempre, por simpatia, um bomEspírito para animar o filho?
    36. 36. (Livro dos Espíritos – Allan Kardec)R: Um mau Espírito pode pedir pais bons,na esperança de que seus conselhos olevem para um caminho melhor e,frequentemente, lhe concede.
    37. 37. “Deus permite que nas famílias ocorramencarnações de Espíritos antipáticos ouestranhos, com o duplo objetivo de servirde prova para uns e, para outros, de meiopara progresso… Os maus se melhoram,pouco a pouco, ao contato dos bons e porefeito dos cuidados que se lhesdispensam.”(ESE – Cap. IV – Item 18)
    38. 38. Deduzir...Deduzir...Deduzir...Deduzir...
    39. 39. “A reencarnação fortalece oslaços de família, ao passo que aunicidade da existência osrompe…”(ESE – Cap. IV – Item 18)
    40. 40. “NÃO ESPEREM QUE OS “MAUS” LANCEMRAÍZES PROFUNDAS... SERÃO ORIGEM DEPOSSÍVEL INGRATIDÃO FUTURA...”Santo Agostinho
    41. 41. Santo Agostinho
    42. 42. “O jardineiro sabe aquilo que a plantanecessita. A planta sabe aquilo que é suavontade imperfeita e caminha para onde oseu peso a levar. E ele a puxa para o soloenquanto a sua destinação é crescer emdireção ao alto. Então, o jardineiro, paralhe reorientar e direcioná-la para ondedeve ir, coloca-lhe uma estaca, que a guia.Assim faz Deus conosco.”(Dias da Cruz / Andrei Moreira – Autoamor)
    43. 43. “Se a planta começa a crescer e desvia-sedo rumo traçado pelo jardineiro, que faz ojardineiro prudente? Coloca-lhe umaestaca para que ela siga o curso original.”(Dias da Cruz / Andrei Moreira – Autoamor)
    44. 44. “Viver o Cristo é também conviver com opróximo, aceitando-o conforme suasimperfeições, sem constituir-lhe fiscal oupretender corrigí-lo, antes acompanhando-ocom bondade, inspirando-o aodespertamento e à mudança de condutaespontânea."(Leis Morais da Vida – Joanna de Ângelis – Divaldo P. Franco)
    45. 45. “Fala-lhe de Deus sem cessar... Ensina-lhe ahumildade ante a grandeza da vida e orespeito a todos, como valorização preciosadas concessões divinas... Pois, o que não lheconcedas por negligência, ele te cobrarádepois..."(SOS Família – Joanna de Ângelis e outros Espíritos – Divaldo P. Franco)
    46. 46. (Livro dos Espíritos – Allan Kardec)“Que o bem que houverdes feito seja avossa recompensa...”“A ingratidão é uma prova para a vossapersistência...”
    47. 47. Emmanuel Consolador: ”osestabelecimentos de ensino,propriamente no mundo, podeminstruir, mas só o instituto da famíliapode educar. É por essa razão que auniversidade poderá fazer o cidadão,mas somente o lar pode edificar ohomem...”
    48. 48. A importância damudança!
    49. 49. (Item 16, Cap X, do ESE)
    50. 50. Quando você ama umcachorro, você espera que eleseja mais do que umcachorro?(Joanna de Ângelis – Conflitos Existenciais – Divaldo Franco)
    51. 51. “Todavia, quando se ama aoutrem, no nível de humanidade,sempre se exige que o outrosubmeta-se, adquira valores queainda não possui, cresça aoelevado patamar da expectativa dequem se lhe afeiçoa..”E isto é errado!(Joanna de Ângelis – Conflitos Existenciais – Divaldo Franco)
    52. 52. “É preciso entender que odesenvolvimento do amor faz-se lentamente, conquista aconquista de experiência, devivência, de entrega...”(Joanna de Ângelis – Conflitos Existenciais – Divaldo Franco)
    53. 53. Vamos exercitar a Lei do Amor...?
    54. 54. A Família é o lugar (Grupo BEM)C G Am Em F C D7 GTalvez eu viva bem sozinhoE assim possa continuarMas sei que eu tenho um compromissoE eu não posso me enganarErrar faz parte do caminhoMas juntos vamos encontrarO amor de mãe, de pai e filhosA família é o lugarF C E7 Am Dm C D7 GSão muitas casas pelo mundoMas muito poucas têm um larE eu vou tentar fazer de tudoPra esse laço apertarErrar faz parte do caminhoMas juntos vamos encontrarO amor de mãe, de pai e filhosG7 C (G)A família é o lugarG7 CA família é o lugarG7 Fm G# CA família é o lugar...

    ×