Logística Empresarial Estoques

  • 37,337 views
Uploaded on

Slides da Aula de Logística Empresarial …

Slides da Aula de Logística Empresarial
FGV-EBAPE
Estoques
6º Período - Graduação Administração
Prof.Bruno Gomes

More in: Education
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
No Downloads

Views

Total Views
37,337
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
1,507
Comments
6
Likes
14

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Logística Empresarial Administração de Empresas 6º Período Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 2. Resumo Introdução ao Conceito de Logística Logística Empresarial (ótica acadêmica e empresarial) Globalização e Comércio Internacional Infra-Estrutura (portos, terminais e tecnologias subjacentes) Gerenciamento da Cadeia de Suprimentos Previsão de Demanda (técnicas e sistemas) Processamento de Pedidos Sistemas de Informação (identificação, rastreamento, sistemas integrados) Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 3. Resumo Estoques Transporte Armazenagem e Manuseio Embalagens (sistemas inteligentes) Projeto de Sistema Logístico (fatores quantitativos e qualitativos) Localização e Planejamento de Rede Pesquisa de campo sobre problemas logísticos Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 4. Cronograma de Aulas Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 5. Bibliografia Sugerida Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 6. Bibliografia Sugerida BOWERSOX, Donald – Gestão da Cadeia de Suprimentos e Logística. Rio de Janeiro: ELSEVIER, 2007 BALLOW, Ronald – Gerenciamento da Cadeia de Suprimentos / Logística Empresarial. Porto Alegre: BOOKMAN, 2006 TAYLOR, David – Logística na Cadeia de Suprimentos, uma perspectiva gerencial. São Paulo: PEARSON, 2006 NOVAES, Antonio – Logística e Gerenciamento da Cadeia de Distribuição. Rio de Janeiro: ELSEVIER, 2007 FLEURY, Paulo – Logística Empresarial, A Perspectiva Brasileira. São Paulo: ATLAS, 2000 SOUZA, Gueibi – Métodos Simplificados de Previsão Empresarial – Rio de Janeiro: CIÊNCIA MODERNA, 2008 MARTINS, Petrônio – Administração da Produção – São Paulo: SARAIVA, 2005 Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 7. Bibliografia Complementar CHOPRA, Sunil; MEINDL, Peter. Gerenciamento da cadeia de suprimentos. São Paulo: Prentice Hall, 2003. CHRISTOPHER, M. Logística e gerenciamento da cadeia de suprimentos – criando redes que agregam valor. 2ª ed.. São Paulo: Thomson (Cengage), 2007. PIRES, Silvio R. I.. Gestão da cadeia de suprimentos: conceitos, estratégias, práticas e casos. São Paulo: Atlas, 2004. SIMCHI-LEVI, David et al.. Cadeia de suprimentos: projeto e gestão – conceitos, estratégias e estudos de casos. Porto Alegre: Bookman, 2003. Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 8. Introdução ESTOQUES Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 9. Log. Empresarial - Bruno Gomes Bruno Gomes / Renaud Barbosa FGV-RJ - Logística Empresarial
  • 10. Introdução “Todo erro de gerenciamento se reflete no estoque” Michael Bergerac Ex-Diretor Presidente Revlon, Inc Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 11. Introdução Cadeia de Suprimentos Ideal Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 12. Introdução Estoque de Serviços ?????? Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 13. Introdução Custo de Oportunidade ( Custo de Capital) Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 14. Introdução Globalização Concorrência Aumento no Sistemas Custo de Integrados Capital Infra-Estrutura Mudanças nas últimas 2 décadas Ciclo de Vida Nível de Integração na dos Produtos Entrega Cadeia Log. Empresarial - Bruno Gomes Política Econômica
  • 15. Redução dos Níveis de Estoque Por que as empresas cada vez mais tentam reduzir seus níveis de estoque? Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 16. Redução dos Níveis de Estoque 1 – Diversidade de Produtos Fabricados; 2 – Custo de Oportunidade; 3 – Redução do Capital Circulante (indicadores de desempenho). Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 17. Redução dos Níveis de Estoque Como as empresas tentam reduzir seus níveis de estoque? Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 18. Redução dos Níveis de Estoque 1 – Formação de Parcerias entre empresas de Suprimentos; 2 – Surgimento de Operadores Logísticos; 3 – Adoção de novas técnicas e tecnologias de Sistemas de Informação; 4 – Melhorando análise da Previsibilidade de Demanda e Fornecimento. Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 19. Estoque Para que servem os estoques? Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 20. Recapitulando PARA QUE SERVEM OS ESTOQUES: • Separar fases do processo com estabilidade operacional; • Permitem ainda proteger a empresa em relação a erros de precisão do consumo; • Protegem as empresas contra interrupções no fornecimento, greves, • problemas climáticos ou desastres naturais; • Defesa de subidas súbitas de preços. Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 21. Faltas de Estoque Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 22. Introdução Política de Estoques Ex. 300 ou 6x50 Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 23. Introdução Custo da Operação Política de Menor Custo Logístico Total Oportunidade + Transporte + Estoques Tamanho do lote Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 24. Política de Estoques Incerteza de Demanda & Incerteza do Ciclo de Atividades Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 25. Política de Estoques Incerteza de Demanda Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 26. Política de Estoques Incerteza de Demanda Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 27. Política de Estoques Incerteza de Demanda Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 28. Política de Estoques Incerteza de Demanda Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 29. Política de Estoques Incerteza do Ciclo de Atividades Log. Empresarial - Bruno Gomes FGV-RJ - Logística Empresarial
  • 30. Recapitulando ESTOQUES Quantidade pedida + Periodicidade do Pedido Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 31. Recapitulando Quando? & Quanto? Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 32. Recapitulando Indicadores de desempenho Nível de Serviço & Estoque Médio Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 33. Recapitulando Referência – Estoque Médio Avaliação contábil é pelo custo de compra ou custo de fabricação Normalmente não utilizamos o custo de venda Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 34. Estoque Médio Estoque Médio É função direta do tempo de reposição Uma das informações básicas para administração de estoques é o tempo de reposição, isto é, o tempo gasto desde a verificação de que o estoque precisa ser reposto até a chegada efetiva do material no almoxarifado da empresa. Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 35. Estoque Médio Estoque Médio • A fórmula básica do estoque médio é: Ê = (Q/2) + Es Onde: Ê = Quantidade média em Estoque; Q = Quantidade do pedido; Es = Estoque segurança Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 36. Definições Determine o Estoque Médio $ 70 30 Número de pedidos Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 37. Definições Determine o Estoque Médio $ 70 30 Número de pedidos Tamanho do pedido ($) = 70 - 30 = 40 40/2 + SS = Estoque Médio = 20 + 30 = 50 Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 38. Exercício Determine o Estoque Médio $ 200 0 20 40 60 dias Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 39. Exercício Determine o Estoque Médio $ 200 0 20 40 60 dias Tamanho do pedido ($) = 200 - 0 = 200 200/2 + SS = Estoque Médio = 100 + 0 = 100 Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 40. Definições Giro de Estoque Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 41. Definições Giro de Estoque = Vendas Totais Estoque Médio Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 42. Exercício Determine o giro de estoque (360 dias) $ 200 0 20 40 60 dias Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 43. Exercício Determine o giro de estoque (360 dias) $ 200 Estoque Médio 100 0 20 40 60 dias 360 dias / 20 dias = 18 --- 18 pedidos x 200 = 3600 unidades por ano 3600 / 100 = 36 giros de estoque Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 44. Definições Estoque Médio Lote de Compra Estoque de Segurança Estoque Cíclico Nível Mínimo Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 45. Definições “Estoque Médio é uma função do lote de compras de reabastecimento” Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 46. Reposição PONTO DE REPOSIÇÃO R = D x T + SS Onde: D = Média Diária em unidades; T = Duração média do ciclo de atividades em dias; e SS = Estoque de Segurança Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 47. Outras versão PONTO DE REPOSIÇÃO A fórmula básica do ponto de reposição é: PR = Dm x TR + Es Onde: PR = ponto de ressuprimento em unidades Dm = demanda média diária TR = tempo de ressuprimento Es = Estoque segurança em unidades Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 48. Bom saber Ciclo de Atividade = Tempo de Ressuprimento Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 49. Estoque de Segurança • A fórmula básica do estoque segurança é: Es = Dm x K Onde: Es = Estoque segurança em unidades Dm = demanda média diária K= fator de segurança O fator K é arbitrado, ele é proporcional ao grau de atendimento desejado para o item. Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 50. Recapitulando Custo do Pedido x Custo de Manutenção do Estoque Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 51. a igualdade dos custos se verifica no ponto de encontro ou de interseção das duas curvas. Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 52. Definições Lote Econômico de Compra Conseguimos determinar com melhor precisão a freqüência e tamanho dos pedidos de reabastecimento Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 53. Planejamento custo do Pedido $ custo de manutenção do Estoque pedidos Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 54. Custos de Estoque Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 55. Quais os custos relacionados ao Estoque? Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 56. Custos Capital + Impostos + Seguros + Obsolescência + Armazenamento + Outros Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 57. Custos de Pedidos Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 58. Custos de Pedidos É o valor gasto pela empresa par que determinado lote de compra possa ser solicitado ao fornecedor e entregue na empresa compradora. Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 59. Custos de Pedidos Equipe + Elaboração + Emissão + Licitação + Compras + Inspeção + Recebimento + Transporte + etc Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 60. Planejamento de Estoque Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 61. Planejamento Quando Pedir? Estoque Médio Variação da Demanda Reabastecimento Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 62. Planejamento Quando existe incerteza de mercado? Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 63. Planejamento Quanto Pedir? Lote de Compra Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 64. Planejamento PROBLEMAS RELACIONADOS AO LOTE ECONÔMICO DE COMPRA Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 65. Problemas do LEC (1) Toda demanda é atendida (2) taxa de demanda contínua (3) duração do ciclo de reabastecimento é constante preço constante do produto (4) horizonte de planejamento infinito (5) não existe interação entre os vários itens de estoque (6) não há estoque em trânsito (7) Não existe limite de disponibilidade de capital Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 66. Problemas do LEC Ajustes necessários no LEC Tarifa de Transporte variável Descontos por Quantidades Compradas Disponibilidade de Capital Diversificação de Estoque Volatilidade de utilização de itens de Estoque Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 67. Planejamento de Estoques • Objetivo de custo: tem como objetivo determinar o ponto ótimo dos custos de armazenagem, de pedidos e de falta, para melhor atender à demanda de mercado e aos acionistas. • Objetivo de Nível de Serviço: Visa atender as necessidades do cliente em relação a datas de entrega dos pedidos. Esse modelo procura considerar os estoques para atender a qualquer solicitação do mercado, através da definição de percentual de grau de atendimento. Quanto maior for o grau de atendimento, maior será o custo de manutenção de estoque. • Objetivo de Retorno de Capital: Este objetivo procura reduzir os volume financeiro empenhado em estoque e ao mesmo tempo maximizar a relação lucro/estoque médio. Aliás, a relação entre o lucro das vendas anuais e o capital investido em estoques é utilizada como um dos indicadores do processo de gerenciamento de estoques Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 68. Métodos de Planejamento Rateio dos Estoques & Planejamento de Necessidades Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 69. Métodos de Planejamento • Reposição Periódica (Periodic Inventory System) – É feito o pedido de uma quantidade determinada em períodos regulares. • Reposição por ponto de pedido (Order Point Policies) – Define-se um nível de estoque que, se atingido, define o momento de ser fazer um novo pedido. Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 70. Introdução TIPOS DE ESTOQUE • Estoque de Matéria Prima; • Estoque de Produtos em Processo; • Estoque de Produtos Acabados; • Estoque em Trânsito; • Estoque em Consignação. Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 71. Introdução Custo de Falta Exemplo: O atraso de fornecimento de um item que causou a parada de cinco horas no setor de produção e desta forma não poderá entregar o pedido ao cliente conforme havia sido acordado. Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 72. Níveis de Estoque Níveis de Estoque A representação da movimentação (entrada e saída) de um produto dentro de um sistema de estoque pode ser feita por um gráfico. Este gráfico é chamado dente de serra Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 73. Níveis de Estoque Decisão do Nível de Estoque 1- É econômico estocar o item? Não é econômico estocar um item se isso excede o custo de comprá-lo ou produzi-lo. 2- É interessante estocar um item indicado como anti-econômico a fim de satisfazer um cliente importante? Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 74. Custo de Estoque custo do investimento capital em estoques seguros custos de serviços impostos armazém da fábrica custos de manutenção de armazéns terceirizados estoques custos do espaço Modelo Normativo de armazenagem armazens próprios para Cálculo do Custo de armazéns de aluguel Manutenção de Estoques danos custos de perdas e roubos risco custos de relocação obsolescência Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 75. Política de Estoques Sistema de Revisão Contínua & Sistema de Revisão Periódica Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 76. Métodos de Planejamento Rateio dos Estoques Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 77. Métodos de Planejamento Planejamento de Necessidades Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 78. Métodos de Planejamento Reabastecimento de Estoque Colaborativo Servem para dinamizar os fluxos ao longo da Cadeia de Suprimentos Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 79. Reabastecimento de Estoque Colaborativo Técnicas • Sistema de Resposta Rápida • Estoque Gerenciado pelo Revendedor – VMI • Reabastecimento por Perfil de Categoria Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 80. Reabastecimento de Estoque Colaborativo Técnicas • Sistema de Resposta Rápida – troca de informações constantemente para girar o estoque rapidamente e manter nível de serviço e taxa de atendimento altos. Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 81. Reabastecimento de Estoque Colaborativo Técnicas • Estoque Gerenciado pelo Revendedor – VMI (diferente do anterior pois elimina a necessidade de pedidos) Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 82. Reabastecimento de Estoque Colaborativo Técnicas • Reabastecimento por Perfil de Categoria – fornecedor se antecipa a demanda e refina previsão em determinados produtos Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 83. Outros Métodos de Planejamento • Reposição Periódica (Periodic Inventory System) – É feito o pedido de uma quantidade determinada em períodos regulares. • Reposição por ponto de pedido (Order Point Policies) – Define-se um nível de estoque que, se atingido, define o momento de ser fazer um novo pedido. Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 84. Lote Econômico de Compra Custo do Pedido = Custo de Manutenção do Estoque Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 85. Lote Econômico de Compra Cp x D (quantidade anual demandada) / Q = Q/2 x Ce Ce = Pu (preço Unitário) x Ca(Custo Armazenagem) Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 86. Lote Econômico de Compra Cp x D / LC = LC/2 xCe Fazendo Lote de Compra = Lote Econômico de Compra 2 LEC = 2 x Cp x D / Ce LEC = 2 x Cp x D / Ce Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 87. Lote Econômico de Compra EOQ = LEC = √2CpD/Ce Onde: Cp = Custo por Pedido Ce= Custo Anual de Manutenção dos Estoques D = Volume de Vendas Anuais (Demanda) Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 88. Com o LEC Calcula-se: Tempo entre pedidos: Tep = LEC / D; Freqüência de pedidos: Fep = D / LEC; Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 89. Planejamento Custo do Pedido ( Demanda Anual / Lote de Compra ) x Custo de 1 Pedido = (D/Q) x P Exemplo Demanda 10.000 unidades por ano Q = Lote de Compra = 500 por ano Custo de cada Pedido = R$ 100,00 Custo do Pedido por ano = 10.000 / 500 x 100 Custo total de Pedidos = R$ 2.000 Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 90. Planejamento Custo de manutenção do Estoque (Lote de Compra / 2) x Custo de Estoque LC/2 x M Onde Custo de Estoque = Ce = Pu (preço Unitário) x Ip(Custo Armazenagem) Exemplo Lote de Compra = 500 Custo de Estoque unitário = R$ 5,00 Custo total de manutenção do Estoque = 500 / 2 x 5 Custo total de manutenção do Estoque = R$ 1250 Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 91. Exercício Calcule o lote econômico para a seguinte situação. Custo de manutenção de estoque(Ce) é de $ 68,00 anual por item e o custo de obtenção(Cp) é de $ 348,00 por pedido. Sabendo que a demanda (D) anual desse item é de 800 pç/ano, assim teremos: Quantidade Custo de manutenção Custo de Pedido Custo Total (Q) frequência (0,5 x Q x Ce) ((D/Q) x Cp) (soma) Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 92. Exercício Calcule o lote econômico para a seguinte situação. Custo de manutenção de estoque(Ce) é de $ 68,00 anual por item e o custo de obtenção(Cp) é de $ 348,00 por pedido. Sabendo que a demanda (D) anual desse item é de 800 pç/ano, assim teremos: Quantidade Custo de manutenção Custo de Pedido Custo Total (Q) frequência (0,5 x Q x Ce) ((D/Q) x Cp) (soma) 80,00 10,00 100,00 8,00 200,00 4,00 400,00 2,00 800,00 1,00 Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 93. Exercício Calcule o lote econômico para a seguinte situação. Custo de manutenção de estoque(Ce) é de $ 68,00 anual por item e o custo de obtenção(Cp) é de $ 348,00 por pedido. Sabendo que a demanda (D) anual desse item é de 800 pç/ano, assim teremos: Quantidade Custo de manutenção Custo de Pedido Custo Total (Q) frequência (0,5 x Q x Ce) ((D/Q) x Cp) (soma) 80,00 10,00 2720,00 3480,00 6200,00 100,00 8,00 3400,00 2784,00 6184,00 200,00 4,00 6800,00 1392,00 8192,00 400,00 2,00 13600,00 696,00 14296,00 800,00 1,00 27200,00 348,00 27548,00 Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 94. Exercício Calcule o lote econômico para a seguinte situação. Custo de manutenção de estoque(Ce) é de $ 15,00 anual por item e o custo de obtenção(Cp) é de $ 260,00 por pedido. Sabendo que a demanda (D) anual desse item é de 1650 pç/ano Obtenha graficamente as curvas Custo de Manutenção, Pedido e LEC Quantidade de pedidos Custo de manutenção Custo de Pedido Custo Total (Q) (0,5 x Q x Ce) ((D/Q) x Cp) (soma) 50,00 Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 95. Exercício Calcule o lote econômico para a seguinte situação. Custo de manutenção de estoque(Ce) é de $ 15,00 anual por item e o custo de obtenção(Cp) é de $ 260,00 por pedido. Sabendo que a demanda (D) anual desse item é de 1650 pç/ano Obtenha graficamente as curvas Custo de Manutenção, Pedido e LEC Quantidade de pedidos Custo de manutenção Custo de Pedido Custo Total (Q) (0,5 x Q x Ce) ((D/Q) x Cp) (soma) 50,00 375,00 8580,00 8955,00 100,00 750,00 4290,00 5040,00 150,00 1125,00 2860,00 3985,00 200,00 1500,00 2145,00 3645,00 250,00 1875,00 1716,00 3591,00 300,00 2250,00 1430,00 3680,00 350,00 2625,00 1225,71 3850,71 400,00 3000,00 1072,50 4072,50 Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 96. Lote Econômico de Compra Custo do Pedido = Custo de Manutenção do Estoque Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 97. Lote Econômico de Compra Cp x D (quantidade anual demandada) / LC = LC/2 x Ce Ce = Pu (preço Unitário) x Ca(Custo Armazenagem) Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 98. Lote Econômico de Compra Cp x D / LC = LC/2 xCe Fazendo Lote de Compra = Lote Econômico de Compra 2 LEC = 2 x Cp x D / Ce LEC = 2 x Cp x D / Ce Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 99. Lote Econômico de Compra EOQ = LEC = √2CpD/Ce Onde: Cp = Custo por Pedido Ce= Custo Anual de Manutenção dos Estoques D = Volume de Vendas Anuais (Demanda) Log. Empresarial - Bruno Gomes
  • 100. Lote Economico de Compra 10000,00 LEC Cust o de manut enção 8000,00 (0,5 x Q x Ce) Cust o de Pedido Custos 6000,00 ((D/Q) x Cp) Cust o Tot al (soma) 4000,00 2000,00 0,00 0,00 100,00 200,00 300,00 400,00 500,00 Quantidade de Pedidos Aplicando a fórmula, de LEC, obtém-se com maior precisão a quantidade de compra: LEC = 2Cp x D = 239,165 Lec = 240 itens Ce Log. Empresarial - Bruno Gomes