Pós-modernidade

  • 5,946 views
Uploaded on

 

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
No Downloads

Views

Total Views
5,946
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
112
Comments
0
Likes
1

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. A HISTÓRIA E O DISCURSO DA PÓS-MODERNIDADEUma luz que para uns brilha e para outros ofusca no fim do túnel. Componentes: Juliana Beatriz Rafaella Gomes Pablo Gabriel
  • 2. Objetivo Em uma objetivo mais amplo, este trabalho tempor finalidade analisar o advento da Pós-Modernidade. E tem como objetivo mais especifico, expor osdiferentes discursos dos teóricos que abordam estatemática que está em desenvolvimento por se tratar deum tema de ampla abordagem na contemporaneidade.
  • 3. Justificativa A razão da escolha da temática abordadanesse trabalho, é despertar interesse sobre as váriasinterpretações acerca do que seria a Pós-Modernidade com base na ótica dos teóricosexpostos que tendem a legitimar ou destituir ocomportamento social do homem nacontemporaneidade e o pensamento do mesmosobre o contexto no qual nos encontramos.
  • 4. FREDRIC JAMENSON• É um crítico literário e político marxista, conhecido por sua análise da cultura contemporânea e da pós- modernidade.• Destaca na cultura Pós- Moderna a perda do sentido histórico, a rejeição de todo tipo de transcendência, fortalece a percepção de um mundo em homogeneização.
  • 5. JEAN-FRANÇOIS LYOTARDAutor dos livros A fenomenologia, ACondição Pós-Moderna e OInumano•Averdade é resultado da vitóriado discurso mais sedutor oudaquele mais forte para impor oseu discurso.•Acredita que a experiência dapós modernidade decorreria daperda de nossas crenças nasvisões totalizantes da história.
  • 6. GillesLipovetsky É um filósofo francês, professor de filosofia da Universidade de Grenoble, teórico da Hipermodernidade, autor dos livros A Era do Vazio, O Luxo Eterno, O Império do Efêmero. Para o filósofo, o homem hipermoderno está fragilizado pelo medo em uma era de exageros, individualidade, cons umismo.
  • 7. RESUMO Pós-modernismo é o nome aplicado as mudanças ocorridas nas ciências, nas artes, e nas sociedades avançadas desde 1950. Nasce com a arquitetura e a computação nos anos 50. Toma corpo com a arte Pop nos anos 60. Cresce ao entrar para Filosofia nos anos 70, como crítica da cultura ocidental.
  • 8. COMPARAÇÕESModernidade Pós Modernidade Cultura elevada  Cotidiano banalizado Arte  Antiarte Estetização  Desestetização Conhecimento superior  Jogo com a arte Oposição ao público  Participação do público Crítica cultural  Comentário Afirmação da arte cômico, social  Desvalorização do autor
  • 9. Instrumento da análise dodiscurso•Desconstrução do discurso filosófico ocidental, damaneira como o Ocidente pensa (e age).•.Mostrar o não dito por trás do que foi dito, buscar osilenciado sobre o que foi falado.•O Pós Modernismo está associado a decadência dasgrandes ideais, instituições, valores.•Niilismo, quer dizer desejo de nada, morte emvida, falta de valores para agir, descrença em umsentido para a existência.
  • 10. Desenvolvimento Vive-se numa época de grande barbárie ede pouca solidariedade. São tempos de altacompetitividade guiados pela lógica daacumulação de bens e das aparências. Em nomedessa nova ideologia, os indivíduos se permitemagir passando por cima de valores que sequerchegaram a formar.
  • 11. •A Pós-Modernidade como divisor deáguas.•O efeito cascata das grandes mudanças.•A deserção de valores e de instituições.•A decadência das grandes idéias e omundo Pós-Moderno.
  • 12. A sociedade moderna acreditava que ahistória e seus países marchavam pela revolução oupara situações mais democráticas e felizes. Asociedade pós-moderna perdeu a crença nacontinuidade histórica e vive sem as tradições dopassado e sem projeto de futuro. Enquanto asociedade moderna queria a história quente ecombativa, a pós-moderna esfria a história e acongela numa sucessão de instantes isolados e semrumo.
  • 13.  Música Arquitetura Artes Plásticas Ciências Tecnologia Religião
  • 14. Conclusão Ao termino deste trabalho podemosconcluir que a discussão em torno desteperíodo é de suma importância para que estepossa se legitimar ou se desestabelecer, eque ainda há muitas divergências no quetange o conceito de Pós Modernidade.
  • 15. ReferênciasFREIRE, Jair. O que é pós-moderno, Ed. Brasiliense, 1987.JAMESON, Frederic. Pos Modernismo. A lógica docapitalismo tardio. São Paulo, 1996LIPOVETSKY, Gilles. A era do vazio. Lisboa: Antropos, 1989.LYOTARD, Jean-François. A condição pós-moderna. 5. Ed.Rio de Janeiro: José Olympio, 1998.