Kotler  5 passos para o suc..
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Like this? Share it with your network

Share

Kotler 5 passos para o suc..

on

  • 1,001 views

 

Statistics

Views

Total Views
1,001
Views on SlideShare
1,001
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
3
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Kotler 5 passos para o suc.. Document Transcript

  • 1. Kotler: 5 passos para o sucesso em marketing http://br.hsmglobal.com/notas/53056-kotler-5-passos-o-sucesso-em-ma... Home Eventos Revista ManagemenTV Solutions Blog Multimídia HSM no Mundo ESSE SITE É PATROCINADO POR: Marketing Kotler: 5 passos para o sucesso em marketing Confira as dicas do professor Philip Kotler, da Harvard University. Ele também estará no Fórum Mundial de Marketing e Vendas. Imprimir Enviar por e-mail Philip Kotler é professor de Marketing Internacional da Kellogg School of Management, da Harvard University, há mais de 20 anos. Ele será um dos palestrantes do Fórum Mundial de Marketing e Vendas 2009, que acontece nos dias 19 e 20 agosto, organizado pela HSM. Confira ,a seguir, o que esse especialista entende como os cinco passos para o sucesso em marketing: 1. Chegue sem ser pego pelo radar. A chave para a construção da marca é ter algo bom, que você revela de maneira muito inteligente. Algo que seja até mesmo invisível por um tempo, porque você quer estar fora da tela do radar dos concorrentes. 2. Conheça seu cliente. Você tem que entender e escolher os clientes que você quer atender. Não vá, simplesmente, atrás de todo mundo. Defina o mercado-alvo cuidadosamente por meio da segmentação de mercado e, então, posicione-se como diferente e como superior para aquele alvo EVENTOS - HSM BRASIL específico de mercado. 23 e 24 de junho de 2009 3. Tenha sua estratégia de branding. Nós não estamos mais em um estado de concorrência; Special Management Programs - Jeffrey estamos em uma condição de hiperconcorrência. Então, as pessoas estão desesperadamente em Thull busca de algo a que se agarrar, como itens funcionais dos produtos e apelos emocionais a eles. Brasil São Paulo Deveríamos pensar em ter uma palavra, ou uma frase, que ajudasse a construir retenção e lealdade por parte dos clientes. 4. Permaneça à frente da concorrência. O ruim é que, se algo funcionar, seus concorrentes vão copiar e, antes que você perceba, qualquer coisa que você tenha como diferencial será imitada pelos outros. Portanto, você está no ramo da inovação constante. Pergunte-se o tempo todo: “Daqui a três anos, qual será nosso diferencial?” 5. Crie uma experiência. De vez em quando, vemos que alguém desenvolveu uma abordagem totalmente nova para um mercado maduro. Há um grande movimento no sentido de dizer “nós não estamos apenas acrescentando serviços ao nosso negócio e ao nosso produto; estamos, na verdade, tentando criar uma experiência”. Estamos no negócio do desenvolvimento de experiências. HSM Online 19/06/2009 Espaço do leitor: 19 Comentários Comentários: Martins disse: Junho 23 de 2009 às 19:38 hs. EXCELENTE MATÉRIA. Andre Miguel disse: Junho 23 de 2009 às 10:04 hs. Não importa se é novo. Importa é que é pontual, exato para o momento.e como assim "quem é esse cara" ?? REF: Junho 22 de 2009 às 18:41 hs. alexandre disse: Junho 23 de 2009 às 07:03 hs. Caro DAvi REnó é branding gestão de marca pela experiencia junto ao cliente david renó disse: Junho 22 de 2009 às 18:41 hs. desculpe, mas o terceiro item ele está falando do que? slogan?hiperconcorrência, criar experiência? tem certeza que esse cara tem algo novo para falar? Evaldo Silva disse: Junho 22 de 2009 às 12:04 hs. ! - Como ser eficiente e eficaz em Marqueting sem alertar a concorrencia, que são os experts no mercado???.2 - É obvio...sem conhecer cliente ta fora do mercado!3- Rtenção e lealdade de cliente não existe , existe Custo?beneficio (Qualisdae/Preço)4- Dois tres anos estara falido , mercado é dinamico 5 - conheço como inovação , inovar é aplicar recursos inventivos em desenvolvimento de produto e de mercado, uma tarefa ardua mas cheia de recompensas para quem tem dom. Ari Jarbas disse: Junho 22 de 2009 às 11:39 hs. Kotler X Empresas e Mercados Evoluídos. O que Kotler faz é simplesmente não deixar de ser citado, por isso sempre será lembrado. Isso é possível graças à simplicidade e antenagem, arte esta a de ouvir mais e falar menos. Quanto as teorias abordadas por cada pensador da teoria econômica, seja ele, Smith, Shumpeter, Marx, Keynes entre muitos, são meras visões de cenários, que estes pensadores em suas épocas, conseguiram ver e prever. Como tudo é ciclico e obedece a lei da evolução, seria ridículo em não concordar com as abordagens do Kotler para os dias de hoje. Mas lembramo-nos sempre que as teorias sempre serão as mesmas, o que gera mudança e aplicação prática é o grau de ação que investimos nelas.1 de 2 24/6/2009 01:07
  • 2. Kotler: 5 passos para o sucesso em marketing http://br.hsmglobal.com/notas/53056-kotler-5-passos-o-sucesso-em-ma... Dal Molin, Darlei disse: Alameda Mamoré 989 13 Tel. (55 1... Junho 22 de 2009 às 08:59 hs. andar, Alphaville, 06454-040, info.br@hsmglobal.com Barueri Sao Paulo Tem alguns porém quanto a teoria de Adam Smith. A exemplo da inovação. Diz sua teoria que a inovação, numa economia de mercado, é de cunho exógeno. Leva sempre o mercado a um equilíbrio estático (total/parcial). A mão invisível corrige esses desiquilíbrios. Só que as informações e inovações não totalmente simétricas. Causando ai desiquíliros que uma economia de mercado jamais consegue corrigir. A exemplo economias mais desenvolvidas que outras. A teoria Shupeteriana trata bem essa questão, crítica a teoria classica. Tratam a inovação como endógena. Os neo-shupeterianos "evolucionistas" demostram com categoria como se comporta as organizações com o mercado. Vale apena ler eles !! Jirrés disse: Junho 21 de 2009 às 21:51 hs. 5 dicas, 5 extraordinários esforços! Agora sei o porquê da definição de Adam Smith sobre o mercado - quando ele diz para a humanidade não se preocupar que a evolução viria organicamente, como uma "mão invisível". Puts.... entendi... a "mão invisívél" é a necessidade do individuo de se manter, de ser o melhor .... Para isso precisamos entrar nessa engrenagem que é maior do que eu, maior que você e maior até do Kotler.É isso, até para nos mantermos, temos que melhorarmos todos os dias... será isso ainda processo da evolução humana preconizada por Darwin?Jirréswww.comosereleito.com.br marcio disse: Junho 21 de 2009 às 14:37 hs. muito boa essa matéria, realmente concorrência é o grande desafio atual.Ubis Internet José Marinho disse: Junho 20 de 2009 às 20:24 hs. Como já dizia o Velho Guerreiro, (" tudo se copia e nada se cria"), estes temas são abordados todo os dias, de maneiras diferentes e talvez limitando a criatividade. James Cisnandes disse: Junho 20 de 2009 às 11:20 hs. Kotler está sempre inovando em seus artigos, procurando incansavelmente o novo. É preciso agora, nosoutros, levantar da cadeira e colocar a mão na massa. Ouvimos, assistimos e lemos diversos artigos interessantes. Acontece que eles ficam guardados no computador e se quer aplicamos 10% do que é aprendido. Diga não a complacência e o conformismo. Mais uma vez, parabéns a mestre Kotler. Geraldo disse: Junho 20 de 2009 às 10:31 hs. Não tem como Kotler, realmente, mas são leis que servem ao nosso velho mundo convencional, tão necessitado de mudanças estruturais fundamentais e precisando caminhar para algo diferente do que é, tendo a sustentabilidade como meta principal. Não precisamos de 95% dos produtos nem serviços que estão aí, vivemos num mundo de falsa necessidades que trazem empregos, sim, mas muitos problemas de ordem ecológica e social. Aliás, o marketing tem seus pecados, sim, nessa problemática toda. Manuela Lins disse: Junho 20 de 2009 às 08:29 hs. Obrigada pelo artigo. Os ensinamentos desse Mestre nos mostram que é muito simples para que sejamos bem sucedidos em marketing. Basta praticar. E abro um parêntese para lembrar que inovar significa fazer diferente o que todo mundo faz e não, criar novas invenções. Michele Moraes disse: Junho 20 de 2009 às 08:05 hs. Philip Kotler é um exemplo que deve ser seguido suas palavras são sábias, excelente artigo. Emílio Neto disse: Junho 20 de 2009 às 03:17 hs. Nós seres extra terrestres não entendemos porque gente ser humano perde a identidade na visão de Mercado pois os chamamos de CLIENTES.Quando iniciarmos chamar as pessoas pelo nome e começarmos a entender de gente poderemos estar muito a frente do mercado comum.PESSOAS COM NOME E IDENTIDADE ESSE É O SEGREDO.E já ESCREVEU O SAUDOSO GURU DA ADM MODERNA PETER... "somos campeões em desmotivar ", pois ainda no século XXI não entendemos os segredos de um fiel relacionamento."CHAMO-LHE DE CLIENTE E VOCÊ ME DENOMINA COMO VENDEDOR"_ mas tudo que você disse é relevante... Kotler sou seu fan... Ricardo Ribeiro disse: Junho 19 de 2009 às 20:33 hs. São passos importantíssimos para quem quer trilhar o caminho do sucesso em marketing nos dias de hoje,obrigado por nos oferecer linhas tão poderosas e mais ainda,traçadas pelo mestre. Fabiana Borges disse: Junho 19 de 2009 às 16:06 hs. Muito interessante, já tive oportunidade de estudar uma de suas obras e realmente no assunto ele é um verdadeiro MESTRE. Obrigado por compartilhar conosco de uma forma bem clara esse texto. Abçs....... Alcino Carlos Ribeiro disse: Junho 19 de 2009 às 15:29 hs. Philip Kotler é sintético e objetivo, ele fala de uma forma que todo mundo entende. Por isso que ele é a maior referência em Marketing. lorenzo busato disse: Junho 19 de 2009 às 15:25 hs. Excelente artigo, mais uma vez podemos aprender conceitos com muito conteúdo a se desenvolver com este mestre. << 1 de 4 >> Envie seu comentário Nome Código 3VD1 Comentários >>ENVIAR HSM não tem responsabilidade alguma sobre comentários de terceiros, os mesmos são de responsabilidade exclusiva de quem os escreveu. HSM reserva o direito de eliminar os comentários ofensivos, discriminantes ou contrários às leis vigentes.2 de 2 24/6/2009 01:07