Introdução a geopolitica
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Introdução a geopolitica

on

  • 6,233 views

 

Statistics

Views

Total Views
6,233
Views on SlideShare
6,233
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
235
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Introdução a geopolitica Introdução a geopolitica Presentation Transcript

    • Geopolítica
    • Pra entender o hoje é preciso conhecer o ontem
      • Nada que existe nos dias atuais, no tempo presente, é fruto do acaso.
      • Assim como nada surgiu de repente. Tudo que foi criado pelo ser humano é fruto de um processo histórico. Foi construído por pessoas.
      • Então para entender conceitos como globalização, neoliberalismo, blocos econômicos, organismos mundiais e até mesmo fenômenos como violência, crime organizado, corrupção na política.
      • Temos que voltar no tempo e procurar onde foi que começou e quem eram os envolvidos
    • Neoliberalismo?
      • Liberalismo é uma prática antiga.
      • Liberalismo pode ser definido como um conjunto de princípios e teorias políticas, que apresenta como ponto principal a defesa da liberdade política e econômica. Neste sentido, os liberais são contrários ao forte controle do Estado na economia e na vida das pessoas.
      • O pensamento liberal teve sua origem no século XVII, através dos trabalhos sobre política publicados pelo filósofo inglês John Locke. Já no século XVIII, o liberalismo econômico ganhou força com as idéias defendidas pelo filósofo e economista escocês Adam Smith
    • Podemos citar como princípios básicos do liberalismo:
      • Defesa da propriedade privada;
      • Liberdade econômica (livre mercado);
      • Mínima participação do Estado nos assuntos econômicos da nação (governo limitado);
      • Igualdade perante a lei (estado de direito);
      • Na década de 1970 surgiu o neoliberalismo, que é a aplicação dos princípios liberais numa realidade econômica pautada pela globalização e por novos paradigmas do capitalismo.
    • Globalização?
      • Podemos dizer que é um processo econômico e social que estabelece uma integração entre os países e as pessoas do mundo todo.
      • Através deste processo, as pessoas, os governos e as empresas trocam idéias, realizam transações financeiras e comerciais e espalham aspectos culturais pelos quatro cantos do planeta
      • O conceito de Aldeia Global se encaixa neste contexto, pois está relacionado com a criação de uma rede de conexões, que deixam as distâncias cada vez mais curtas, facilitando as relações culturais e econômicas de forma rápida e eficiente.
    • Origens da Globalização e suas Características
      • Muitos historiadores afirmam que este processo teve início nos séculos XV e XVI com as Grandes Navegações e Descobertas Marítimas.
      • Neste contexto histórico, o homem europeu entrou em contato com povos de outros continentes, estabelecendo relações comerciais e culturais.
      • Porém, a globalização efetivou-se no final do século XX, logo após a queda do socialismo no leste europeu e na União Soviética. O neoliberalismo, que ganhou força na década de 1970, impulsionou o processo de globalização econômica.
    • Vender é preciso
      • Com os mercados internos saturados, muitas empresas multinacionais buscaram conquistar novos mercados consumidores.
      • A concorrência fez com que as empresas utilizassem cada vez mais recursos tecnológicos para baratear os preços e também para estabelecerem contatos comerciais e financeiros de forma rápida e eficiente.
      • O objetivo é sempre o lucro
      • Neste contexto, entra a utilização da Internet, das redes de computadores, dos meios de comunicação via satélite etc.
      • Uma outra característica importante da globalização é a busca pelo barateamento do processo produtivo pelas indústrias.
      • Muitas delas, produzem suas mercadorias em vários países com o objetivo de reduzir os custos.
      • Optam por países onde a mão-de-obra, a matéria-prima e a energia são mais baratas.
      • Um tênis, por exemplo, pode ser projetado nos Estados Unidos, produzido na China, com matéria-prima do Brasil, e comercializado em diversos países do mundo.
      • Uma das conseqüências desse processo é a concentração da riqueza.
      • A maior parte do dinheiro circula nos países industrializados, enquanto o número de pessoas que vivem com menos de 1 dólar por dia subiu de 1,2 bilhão, em 1987, para 1,5 bilhão, em 1999.
      • A integração de mercados levou, também, à interdependência econômica entre os países.
      • A crise em um país pode abalar toda a cadeia de países interligados.
      • Como são as transnacionais que controlam a produção, o comércio e a tecnologia, elas podem submeter o Estado aos seus interesses.
    • Blocos Econômicos
      • A reorganização política mundial, acelerada após o final da Guerra Fria, faz blocos econômicos emergirem em diferentes regiões do planeta.
      • Os blocos econômicos são associações que procuram estabelecer relações econômicas entre os países-membros, no sentido de tornar a economia dos mesmos mais competitiva para poderem participar de forma efetiva no mundo globalizado.
    • União Européia
      • A UE (União Européia) é um bloco econômico, político e social de 27 países europeus que participam de um projeto de integração política e econômica.
      • Os países integrantes são: Alemanha, Áustria, Bélgica, Bulgária. Chipre, Dinamarca, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Estônia, Finlândia, França, Grécia, Hungria, Irlanda, Itália, Letônia, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Países Baixos (Holanda), Polônia, Portugal, Reino Unido, República, Romênia e Suécia. Macedônia,
      • Para o funcionamento de suas funções, a União Européia conta com instituições básicas como o Parlamento, a Comissão, o Conselho e o Tribunal de Justiça. Todos estes órgãos possuem representantes de todos os países membros.
      • Os países membros da União Européia e os 19 países de maiores economias do mundo fazem parte do G20.
    • Alca
      • O ALCA ( Área de livre comércio das Américas) que seria implantada em 34 países da América (exceto Cuba) no ano de 1994.
      • Ela tinha por objetivo suprimir as barreiras alfandegárias entre os países.
      • Na verdade o ALCA é apenas um projeto que está parado desde novembro de 2005, quando foi realizada a última Cúpula das Américas.
      • Para os países da América que estão em desenvolvimento, é necessário que eles façam um grande investimento em infra-estrutura, para sua economia aguentar a entrada de um mercado do nível da ALCA.
      • Este acordo foi delineado na Cúpula das Américas realizada em Miami, EUA, em 9 de Dezembro de 1994 e "engavetada" na Quarta Reunião de Cúpula das Américas, que ocorreu em novembro de 2005 na Cidade de Mar del Plata, Argentina.
    • Nafta
      • O Nafta ( North América Free Trade Agreement) ou Acordo de Livre Comércio Norte-Americano é uma área de livre comércio entre os Estados Unidos, o Canadá e o México.
      • O acordo para a sua criação foi assinado em 1992 e o mesmo entra em vigor em 1994.
      • O objetivo se restringe a reduzir tarifas entre esses países. Não há proposta de integração política e econômica.
      • O acordo prevê a instalação de uma zona de livre comércio entre esses três países.
    • Mercosul
      • O Mercosul (Mercado Comum do Cone Sul) propõem-se a ser um mercado comum entre o Brasil, a Argentina, o Uruguai, Venezuela e o Paraguai.
      • Significa que as tarifas de comércio entre os países ficam acertadas e pessoas, bens e serviços cruzarão as fronteiras sem qualquer impedimento.
      • Atualmente, o bloco é uma união aduaneira incompleta.
    • G-20
      • O Grupo dos 20 (ou G20) é um grupo formado pelos ministros de finanças e chefes dos bancos centrais das 19 maiores economias do mundo mais a União Europeia.
      • Foi criado em 1999, após as sucessivas crises financeiras da década de 1990.
      • Visa a favorecer a negociação internacional, integrando o princípio de um diálogo ampliado, levando em conta o peso econômico crescente de alguns países, que juntos compreendem 85% do produto nacional bruto mundial, 80% do comércio mundial (incluindo o comércio intra-UE) e dois terços da população mundial.
      • O G-20 é um fórum de cooperação e de consulta sobre assuntos do sistema financeiro internacional.
      • Trata sobre estudos, opiniões, e promove a discussão entre os principais países emergentes no mercado industrial e de questões de política relacionadas com a promoção da estabilidade financeira internacional
    • G8
      • A sigla G-8 corresponde ao grupo dos 8 países mais ricos e influentes do mundo.
      • Antes chamada de G-7, a sigla alterou-se com a inserção da Rússia, que ingressou no grupo em 1998.
      • Fazem parte os Estados Unidos, Japão, Alemanha, Canadá, França, Itália, Reino Unido e Rússia.
      • Explicitamente, a função do G-8 é a de decidir qual ou quais caminhos o mundo deve seguir, pois esses países possuem economias consolidadas e suas forças políticas exercem grande influência nas instituições e organizações mundiais, como ONU, FMI, OMC.
    • ONU
      • O encontro intitulado de Conferência de São Francisco, realizado entre os dias 25 e 26 de abril de 1945, tinha como finalidade debater acerca da substituição da Liga das Nações por um organismo mais completo e contar com a participação de todos Estados independentes.
      • Os principais objetivos da ONU são:
      • • Manter a paz internacional.
      • • Garantir os Direitos Humanos.
      • • Promover o desenvolvimento socioeconômico das nações.
      • • Incentivar a autonomia das etnias dependentes.
      • • Tornar mais fortes os laços entre os países soberanos.
      • Com a fundação da ONU, foram criados, conjuntamente, organismos internacionais especializados, dentre os principais estão:
      • FMI (Fundo Monetário Internacional)
      • BIRD (Banco Internacional de Reconstrução e Desenvolvimento)
      • GATT (Acordo Geral de Tarifas e Comércio)
      • OIT (Organização Internacional do Trabalho)
      • FAO (Organização de Alimentação e Agricultura)
      • UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura).
      • No dia 10 de dezembro de 1948, uma Assembléia das Nações Unidas realizou a Declaração Universal de Direitos Humanos.
    • FMI
      • O FMI (Fundo Monetário Internacional) é um organismo com sede na cidade norte-americana de Washington; criado em 1945, seu objetivo é estabelecer a cooperação econômica em escala global.
      • Sua atuação visa garantir estabilidade financeira, favorecer as relações comerciais internacionais, implantar medidas para geração de emprego e desenvolvimento sustentável e buscar formas de reduzir a pobreza.
      • Cada país possui uma cota de participação no fundo, estabelecida preliminarmente, o destaque é para os países desenvolvidos, que são os maiores cotistas; por essa razão, são eles que gerenciam o organismo.
      • Os empréstimos do FMI são concedidos aos países com problemas financeiros, para isso é preciso cumprir as metas estipuladas pelo organismo, nelas estão previstas a implantação, por parte do devedor, de: ajuste orçamentário, cortes nos gastos públicos, monitoramento da taxa cambial, barrar o consumo excessivo com a diminuição salarial, dentre outro s.
    • Banco Mundial
      • Banco Mundial é um termo usado para descrever uma instituição financeira internacional que fornece empréstimos alavancados para os países em desenvolvimento para os programas de capital.
      • O Banco Mundial (World Bank) ou BIRD (Banco Internacional de Reconstrução e Desenvolvimento) é uma agência das Nações Unidas criada em 1° de julho de 1944, a sede está localizada na capital dos Estados Unidos, Washington. Originalmente, foi criado com a finalidade de ajudar os países que foram destruídos na Segunda Guerra Mundial
      • Hoje, aproximadamente 150 países membros participam na composição do capital do banco.
      • O valor de cota e o direito de voto são determinados a partir do nível de participação no mercado mundial. O principal acionista é os Estados Unidos, fato que lhe concede o poder de veto em todas as decisões.
      • O Banco Mundial fornece financiamentos para governos, que devem ser destinados, essencialmente, para infraestrura de transporte, geração de energia, saneamento, além de contribuir em medidas de desenvolvimento econômico e social.
    • OMC
      • A partir do crescimento de transações comercias em nível mundial e do intenso processo de globalização de capitais, mercadorias e da própria produção, que são itens ligados diretamente à dependência dos países, sobretudo, dos pobres em relação aos ricos, surge a necessidade da criação de organismos internacionais e órgãos financeiros que possam regular as disparidades econômicas e comerciais existentes no mundo.
      • Na verdade, a intenção dos países desenvolvidos é que as barreiras alfandegárias sejam retiradas, no entanto, somente para entrada de seus produtos em outros territórios, já no processo contrário querem estabelecer medidas protecionistas.
      • Uma das funções da organização é atuar como um intermediador, no momento em que dois países geram conflitos por motivos comerciais, derivados por medidas protecionistas de um dos lados.
      • Um exemplo claro desse processo aconteceu em 2001, quando a empresa canadense Bombardier acionou a OMC por se sentir prejudicada, pois segundo ela, a empresa brasileira Embraer estaria sendo custeada ou subsidiada pelo governo brasileiro, de forma que esse procedimento vai contra as regras implantadas na organização. Nesse caso, as duas empresas lutam por um mercado extremamente lucrativo.