Profª Bruna Azevedo
São de dois tipos <ul><li>Renovável </li></ul><ul><li>Não renovável </li></ul><ul><li>é a energia que é extraída de fontes...
Tipos de energia <ul><li>Hídrica </li></ul><ul><li>Térmica </li></ul><ul><li>Nuclear </li></ul><ul><li>Geotérmica </li></u...
Hidroelétricas <ul><li>Nas usinas hidrelétricas, a energia elétrica tem como fonte principal a energia proveniente da qued...
<ul><li>Normalmente as usinas hidrelétricas são construídas em locais distantes dos centros consumidores, esse fato eleva ...
<ul><li>Os principais impactos ambientais ocasionados pelo represamento da água para a formação de imensos lagos artificia...
Petróleo <ul><li>O petróleo se formou a milhões de anos, a partir de matéria orgânica (restos de animais, vegetais e micro...
<ul><li>Esse importante recurso mineral é extraído todos os dias em várias partes do mundo, a unidade de medida usada é o ...
Opep <ul><li>Organização dos Países Exportadores de Petróleo é uma organização composta por países que retêm algumas das m...
Petróleo no Brasil <ul><li>No Brasil, a existência do petróleo já era computada durante os tempos do regime imperial </li>...
<ul><li>Apesar das descobertas em pequena escala, o surgimento dessa nova riqueza incentivou, em 1953, a oficialização do ...
<ul><li>Com o passar do tempo, o Brasil se tornou uma das únicas nações a dominar a tecnologia de exploração petrolífera e...
<ul><li>Em 2006, esse volume de produção atingiu patamares ainda mais elevados e conseguiu superar, pela primeira vez, o v...
Pré-sal <ul><li>No ano de 2007, o governo brasileiro anunciou a descoberta de um novo campo de exploração petrolífera na c...
<ul><li>A descoberta do pré-sal ainda instiga várias indagações que somente serão respondidas na medida em que esse novo c...
Royalties do Pré Sal <ul><li>A Câmara dos Deputados aprovou no dia 2/12/21010 a reinclusão da partilha de royalties entre ...
Mas o Lula vetou... <ul><li>O presidente Luiz Inácio Lula da Silva vetou, nesta quarta-feira (22/12), o modelo de divisão ...
Gás natural <ul><li>Gás Natural, encontrado no subsolo terrestre ou marítimo, é constituído por uma mistura de hidrocarbon...
<ul><li>O gás natural é formado a partir da decomposição de materiais orgânicos que são acumulados em rochas durante milha...
GNV <ul><li>O GNV (Gás Natural Veicular) tem sido muito utilizado como combustível para veículos. </li></ul><ul><li>Além d...
<ul><li>Embora a Petrobrás produza grande quantidade de gás natural, o consumo deste combustível tem aumentado tanto nos ú...
<ul><li>O Pró-Álcool ou Programa Nacional do Álcool foi um programa de substituição em larga escala dos combustíveis veicu...
<ul><li>Apesar do pioneirismo brasileiro no ramo do álcool combustível, a &quot;volta&quot; do carro a álcool foi possível...
<ul><li>Migração do cultivo e crescimento do número de usinas, especialmente em Goiás considerado o coração do cerrado, co...
Carvão mineral <ul><li>O Carvão mineral é um minério não metálico, considerado um combustível fóssil.  </li></ul><ul><li>S...
<ul><li>Hoje, cerca de 85% do consumo de carvão é para abastecer  usinas termoelétricas, além de 6% na indústria de ciment...
 
Carvão vegetal <ul><li>O carvão vegetal é obtido a partir da queima ou carbonização de madeira, após esse processo resulta...
<ul><li>cerca de 85% do carvão produzido é utilizado nas indústrias, as residências respondem por 9% do consumo e o setor ...
<ul><li>é importante analisar o fator social, quando pessoas adultas e até crianças trabalham nas carvoarias na maioria da...
<ul><li>Outro fator não menos importante que o primeiro é o ambiental, pois pesquisas revelam que aproximadamente 78% do c...
Programa Nuclear Brasileiro <ul><li>Em 1965, o Brasil assinou um acordo com os EUA para obtenção do seu primeiro reator, o...
<ul><li>Entretanto, o primeiro reator só passou a funcionar em 1986, na usina de Angra I </li></ul><ul><li>Somente em 2002...
<ul><li>Depois do apagão de 2001,  ficou decidido que as obras de contrução da usina de Angra 3 seriam retomadas </li></ul...
<ul><li>A energia elétrica por fonte nuclear é obtida a partir do calor da reação do combustível (urânio), que ferve a águ...
<ul><li>A geração de energia nuclear é criticada não apenas pelos por motivos econômicos, ambientais ou possibilidade de u...
Biomassa <ul><li>Mas hoje, quando se fala em energia biomassa, quer dizer que estão falando de etanol, biogás, e biodiesel...
Geotérmica <ul><li>Energia geotérmica é a energia produzida de rochas derretidas no subsolo (magma) que aquecem a água no ...
  EÓLICA <ul><li>A energia eólica é produzida pela transformação da energia cinética dos ventos em energia elétrica. A con...
<ul><li>O Brasil produz e exporta equipamentos para usinas eólicas, mas elas ainda são pouco usadas. Aqui se destacam as U...
Marémotriz <ul><li>Constrói-se uma barragem, formando-se um reservatório junto ao mar. Quando a maré é alta, a água enche ...
Fotovolaica <ul><li>A energia fotovoltaica é fornecida de painéis contendo células fotovoltaicas ou solares que sob a inci...
 
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Fontes de energia

3,836

Published on

Published in: Education
0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
3,836
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
226
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Transcript of "Fontes de energia"

  1. 1. Profª Bruna Azevedo
  2. 2. São de dois tipos <ul><li>Renovável </li></ul><ul><li>Não renovável </li></ul><ul><li>é a energia que é extraída de fontes naturais capaz de se regenerar, consequentemente inesgotável. Ex: energia solar, energia eólica, etc </li></ul><ul><li>é a energia que se encontra na natureza em quantidades limitadas, que com sua utilização se extingue. Ex: petróleo, carvão mineral, etc. </li></ul>
  3. 3. Tipos de energia <ul><li>Hídrica </li></ul><ul><li>Térmica </li></ul><ul><li>Nuclear </li></ul><ul><li>Geotérmica </li></ul><ul><li>Eólica </li></ul><ul><li>Fotovoláica </li></ul><ul><li>Marémotriz </li></ul><ul><li>Fóssil </li></ul><ul><li>Biomassa </li></ul>
  4. 4. Hidroelétricas <ul><li>Nas usinas hidrelétricas, a energia elétrica tem como fonte principal a energia proveniente da queda de água represada a uma certa altura. A energia potencial que a água tem na parte alta da represa é transformada em energia cinética, que faz com que as pás da turbina girem, acionando o eixo do gerador, produzindo energia elétrica. </li></ul>
  5. 5. <ul><li>Normalmente as usinas hidrelétricas são construídas em locais distantes dos centros consumidores, esse fato eleva os valores do transporte de energia, que é transmitida por fios até as cidades.  </li></ul><ul><li>A eficiência energética das hidrelétricas é muito eficaz, em torno de 95%. </li></ul><ul><li>O investimento inicial e os custos de manutenção são elevados, porém, o custo do combustível (água) é nulo. </li></ul>
  6. 6. <ul><li>Os principais impactos ambientais ocasionados pelo represamento da água para a formação de imensos lagos artificiais são: destruição de extensas áreas de vegetação natural, matas ciliares, o desmoronamento das margens, o assoreamento do leito dos rios, prejuízos à fauna e à flora locais, alterações no regime hidráulico dos rios, possibilidades da transmissão de doenças, como esquistossomose e malária, extinção de algumas espécies de peixes. </li></ul><ul><li>Apesar de ser uma fonte de energia renovável e não emitir poluentes, a energia hidrelétrica não está isenta de impactos ambientais e sociais. </li></ul><ul><li>A inundação de áreas para a construção de barragens gera problemas de realocação das populações ribeirinhas, comunidades indígenas e pequenos agricultores. </li></ul>
  7. 7. Petróleo <ul><li>O petróleo se formou a milhões de anos, a partir de matéria orgânica (restos de animais, vegetais e microrganismos) que se armazenou no fundo dos oceanos. </li></ul><ul><li>Em razão da temperatura e da pressão sofrida, a matéria orgânica se transformou em um líquido viscoso, de coloração escura. </li></ul>
  8. 8. <ul><li>Esse importante recurso mineral é extraído todos os dias em várias partes do mundo, a unidade de medida usada é o barril, que equivale a 159 litros de petróleo. </li></ul><ul><li>Após a extração do petróleo do subsolo ou do fundo do mar, ele é transportado para as refinarias, onde o minério bruto é beneficiado e transformado em produtos como: gasolina, óleo diesel e querosene. </li></ul><ul><li>A partir do petróleo são fabricados ainda: plásticos, borrachas sintéticas, asfalto, fertilizantes, fibras e muitos outros. </li></ul>
  9. 9. Opep <ul><li>Organização dos Países Exportadores de Petróleo é uma organização composta por países que retêm algumas das maiores reservas de petróleo do mundo, como é o caso da Arábia Saudita. </li></ul><ul><li>A OPEP é o exemplo mais conhecido de cartel: seu objetivo é unificar a política petrolífera dos países membros, centralizando a administração da atividade, o que inclui um controle de preços e do volume de produção, estabelecendo pressões no mercado. </li></ul><ul><li>Angola (Janeiro 2007) </li></ul><ul><li>Argélia (Julho 1969) </li></ul><ul><li>Líbia (Dezembro 1962) </li></ul><ul><li>Nigéria (Julho 1971) </li></ul><ul><li>Venezuela (Setembro 1960) </li></ul><ul><li>Equador (de 1973 até 1992, retornou como membro em dezembro de 2007) </li></ul><ul><li>Arábia Saudita (Setembro 1960) </li></ul><ul><li>Emirados Árabes Unidos (Novembro 1967) </li></ul><ul><li>Irã (Setembro 1960) </li></ul><ul><li>Iraque (Setembro 1960) </li></ul><ul><li>Kuwait (Setembro 1960) </li></ul><ul><li>Qatar (Dezembro 1961) </li></ul><ul><li>Ex-Membros </li></ul><ul><li>Gabão (de 1975 a 1994) </li></ul><ul><li>Indonésia (de 1962 a 2009) </li></ul>
  10. 10. Petróleo no Brasil <ul><li>No Brasil, a existência do petróleo já era computada durante os tempos do regime imperial </li></ul><ul><li>Contudo, foi apenas em 1930 se deu a descoberta oficial e no ano de 1941, o governo brasileiro anunciou o estabelecimento do campo de exploração petrolífera de Candeias, Bahia. </li></ul>
  11. 11. <ul><li>Apesar das descobertas em pequena escala, o surgimento dessa nova riqueza incentivou, em 1953, a oficialização do monopólio estatal sobre a atividade petrolífera e a criação da empresa estatal “Petróleo Brasileiro S.A.”, mais conhecida como Petrobrás </li></ul>
  12. 12. <ul><li>Com o passar do tempo, o Brasil se tornou uma das únicas nações a dominar a tecnologia de exploração petrolífera em águas profundas e ultraprofundas. </li></ul><ul><li>Em 1997, durante o governo do presidente Fernando Henrique Cardoso, uma lei aprovou a extinção do monopólio estatal sobre a exploração petrolífera e permitiu que empresas do setor privado também pudessem competir na atividade. </li></ul>
  13. 13. <ul><li>Em 2006, esse volume de produção atingiu patamares ainda mais elevados e conseguiu superar, pela primeira vez, o valor da demanda total da nossa economia, a famosa conquista da “autosuficiência” </li></ul>
  14. 14. Pré-sal <ul><li>No ano de 2007, o governo brasileiro anunciou a descoberta de um novo campo de exploração petrolífera na chamada camada pré-sal. </li></ul><ul><li>Essas reservas de petróleo são encontradas a sete mil metros de profundidade e apresentam imensos poços de petróleo em excelente estado de conservação. </li></ul><ul><li>Se as estimativas estiverem corretas, essa nova frente de exploração será capaz de dobrar o volume de produção de óleo e gás combustível do Brasil. </li></ul>
  15. 15. <ul><li>A descoberta do pré-sal ainda instiga várias indagações que somente serão respondidas na medida em que esse novo campo de exploração for devidamente conhecido. </li></ul><ul><li>Até lá, espera-se que o governo brasileiro tenha condições de traçar as políticas que definam a exploração dessa nova fonte de energia. Enquanto isso, são várias as especulações sobre como a exploração da camada pré-sal poderá modificar a economia e a sociedade brasileira. </li></ul>
  16. 16. Royalties do Pré Sal <ul><li>A Câmara dos Deputados aprovou no dia 2/12/21010 a reinclusão da partilha de royalties entre todos os Estados e municípios no projeto do pré-sal. Mais cedo, os deputados aprovaram o projeto do marco regulatório que cria o Fundo Social e institui o modelo de partilha de todo o petróleo produzido no país. </li></ul><ul><li>O projeto prevê que os royalties e participações especiais da exploração de petróleo destinadas aos Estados e municípios produtores sejam agora distribuídos entre todos os Estados e municípios, segundo as regras do fundo de participação. </li></ul><ul><li>O projeto estabelece que a União compense as perdas de milhões de reais de arrecadação que teriam os Estados e municípios produtores, como Rio de Janeiro e Espírito Santo. </li></ul>
  17. 17. Mas o Lula vetou... <ul><li>O presidente Luiz Inácio Lula da Silva vetou, nesta quarta-feira (22/12), o modelo de divisão dos royalties do pré-sal, aprovado pelo Congresso Nacional. Ele ainda enviará ao Congresso um projeto que preserva as receitas dos estados produtores, como Rio de Janeiro e Espírito Santo. </li></ul><ul><li>Na cerimônia, o presidente sancionou o projeto de lei que regula a exploração da camada pré-sal e cria o Fundo Social. Com o Fundo, parte dos recursos adquiridos pelo petróleo será destinada para setores sociais </li></ul>
  18. 18. Gás natural <ul><li>Gás Natural, encontrado no subsolo terrestre ou marítimo, é constituído por uma mistura de hidrocarbonetos (composto químico formado por átomos de carbono e hidrogênio). </li></ul><ul><li>Grande parte do gás natural (cerca de 70%) é formada pelo gás metano. Fazem também parte da composição do gás natural o propano, nitrogênio, oxigênio, etano e enxofre. </li></ul>
  19. 19. <ul><li>O gás natural é formado a partir da decomposição de materiais orgânicos que são acumulados em rochas durante milhares de anos </li></ul><ul><li>O gás natural é muito usado como fonte de energia (combustível) nas indústrias, residências e veículos. </li></ul>
  20. 20. GNV <ul><li>O GNV (Gás Natural Veicular) tem sido muito utilizado como combustível para veículos. </li></ul><ul><li>Além de ser mais barato do que o álcool e a gasolina, o GNV gera um baixo índice de poluentes atmosféricos em comparação aos combustíveis fósseis. </li></ul>
  21. 21. <ul><li>Embora a Petrobrás produza grande quantidade de gás natural, o consumo deste combustível tem aumentado tanto nos últimos anos que o Brasil necessita importar da Bolívia. </li></ul><ul><li>O transporte é feito através do gasoduto Brasil-Bolívia. </li></ul>
  22. 22. <ul><li>O Pró-Álcool ou Programa Nacional do Álcool foi um programa de substituição em larga escala dos combustíveis veiculares derivados de petróleo por álcool, financiado pelo governo do Brasil a partir de 1975 </li></ul><ul><li>A decisão de produzir etanol a partir da cana-de-açúcar por via fermentativa foi por causa da baixa nos preços do açúcar na época. Foram testadas outras alternativas de fonte de matéria-prima, como por exemplo a mandioca. </li></ul>Etanol
  23. 23. <ul><li>Apesar do pioneirismo brasileiro no ramo do álcool combustível, a &quot;volta&quot; do carro a álcool foi possível por causa de uma tecnologia desenvolvida nos Estados Unidos, tecnologia essa que conhecemos hoje por bi-combustíveis, ou somente &quot;flex&quot;. </li></ul>
  24. 24. <ul><li>Migração do cultivo e crescimento do número de usinas, especialmente em Goiás considerado o coração do cerrado, coloca em risco preservação da metade que resta do Bioma </li></ul><ul><li>Segundo estudos da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), 64% das áreas próprias para a expansão da cana estão no Cerrado, o que equivale a cerca de 18 milhões de hectares, mais da metade de toda a área do Estado de Goiás. </li></ul><ul><li>A tendência para 2018 é de que a agricultura avance sobre as pastagens e outras culturas de passando de 12 para 38% de ocupação. </li></ul><ul><li>A comparação das áreas com potencial para produção de cana-de-açúcar (em rosa) com as áreas prioritárias de conservação com importância extremamente alta (em verde) evidencia o risco que a expansão do agronegócio representa para o cerrado. </li></ul>
  25. 25. Carvão mineral <ul><li>O Carvão mineral é um minério não metálico, considerado um combustível fóssil. </li></ul><ul><li>Sua formação aconteceu por meio de antigas florestas que foram soterradas por sedimentos há milhões de anos. </li></ul><ul><li>No território brasileiro esse minério é encontrado em áreas restritas e limitadas, além disso, o carvão extraído não possui boa qualidade, </li></ul>
  26. 26. <ul><li>Hoje, cerca de 85% do consumo de carvão é para abastecer usinas termoelétricas, além de 6% na indústria de cimento, 4% na indústria de papel celulose e 5% nas indústrias de cerâmica, alimentos e secagem de grãos. </li></ul><ul><li>No Estado de Santa Catarina é realizada a maior produção de carvão, com destaque para o vale do rio Tubarão, nessa jazida o minério é totalmente aproveitado pelas indústrias siderúrgicas, geralmente localizadas na região Sudeste. </li></ul>
  27. 28. Carvão vegetal <ul><li>O carvão vegetal é obtido a partir da queima ou carbonização de madeira, após esse processo resulta em uma substância negra. </li></ul><ul><li>No cotidiano o carvão vegetal é utilizado como combustível de aquecedores, lareira, churrasqueiras e fogões a lenha, além de abastecer alguns setores industriais como as siderúrgicas. </li></ul>
  28. 29. <ul><li>cerca de 85% do carvão produzido é utilizado nas indústrias, as residências respondem por 9% do consumo e o setor comercial como pizzarias, padarias e churrascarias 1,5%. </li></ul>
  29. 30. <ul><li>é importante analisar o fator social, quando pessoas adultas e até crianças trabalham nas carvoarias na maioria das vezes em condições precárias de trabalho e baixíssimos salários. </li></ul>
  30. 31. <ul><li>Outro fator não menos importante que o primeiro é o ambiental, pois pesquisas revelam que aproximadamente 78% do carvão produzido no Brasil é de origem de vegetação nativa causando um enorme prejuízo ambiental. </li></ul>
  31. 32. Programa Nuclear Brasileiro <ul><li>Em 1965, o Brasil assinou um acordo com os EUA para obtenção do seu primeiro reator, o que aconteceu em 1971. </li></ul><ul><li>Em 1976, durante o governo Geisel, foi assinado um acordo com a Alemanha para um total de 10 reatores. </li></ul>
  32. 33. <ul><li>Entretanto, o primeiro reator só passou a funcionar em 1986, na usina de Angra I </li></ul><ul><li>Somente em 2002 a segunda usina nuclear - Angra II - construída com tecnologia alemã, entra em operação </li></ul>
  33. 34. <ul><li>Depois do apagão de 2001, ficou decidido que as obras de contrução da usina de Angra 3 seriam retomadas </li></ul><ul><li>Paralisada em 1986, as obras de conclusão de Angra 3 foram incluídas no PAC. </li></ul><ul><li>A obra já recebeu a Licença de Instalação do IBAMA  </li></ul><ul><li>O início oficial das obras foi em 1 de junho de 2010. </li></ul><ul><li>Deverá entrar em operação em 2015 </li></ul>
  34. 35. <ul><li>A energia elétrica por fonte nuclear é obtida a partir do calor da reação do combustível (urânio), que ferve a água de uma caldeira, transformando-a em vapor. O vapor movimenta uma turbina que dá partida a um gerador produtor de eletricidade. </li></ul><ul><li>O Brasil, dono da sexta maior reserva de urânio do planeta, está entre os nove países detentores da tecnologia e da produção em escala industrial do urânio enriquecido. </li></ul>
  35. 36. <ul><li>A geração de energia nuclear é criticada não apenas pelos por motivos econômicos, ambientais ou possibilidade de usos militares. </li></ul><ul><li>A fábrica de enriquecimento de urânio, já existente em Resende (RJ), e que gera combustível para as usinas, também é alvo de críticas. </li></ul><ul><li>Em contrapartida, alguns especialistas defendem os projetos nucleares como importantes alternativas energéticas para o país.  </li></ul>
  36. 37. Biomassa <ul><li>Mas hoje, quando se fala em energia biomassa, quer dizer que estão falando de etanol, biogás, e biodiesel, esses combustíveis, que tem uma queima tão fácil, como a gasolina e outros derivados do petróleo, mas a energia da biomassa, é derivada de plantas cultivadas, portanto, são mais ecológicas. </li></ul><ul><li>O único problema da biomassa que para ter uma boa quantidade de captação de energia por meio de plantas, é preciso uma quantidade de terra bem mais extensa. </li></ul>
  37. 38. Geotérmica <ul><li>Energia geotérmica é a energia produzida de rochas derretidas no subsolo (magma) que aquecem a água no subsolo. </li></ul><ul><li>As usinas elétricas aproveitam esta energia para produzir água quente e vapor. O vapor aciona as turbinas que geram quase 3 000 000 joules de energia elétrica por segundo e a água quente percorre tubulações até chegar às casas. </li></ul>
  38. 39.   EÓLICA <ul><li>A energia eólica é produzida pela transformação da energia cinética dos ventos em energia elétrica. A conversão de energia é realizada através de um aerogerador que consiste num gerador elétrico acoplado a um eixo que gira através da incidência do vento nas pás da turbina. </li></ul><ul><li>A instalação de turbinas eólicas tem interesse em locais em que a velocidade média anual dos ventos seja superior a 3,6 m/s. </li></ul>
  39. 40. <ul><li>O Brasil produz e exporta equipamentos para usinas eólicas, mas elas ainda são pouco usadas. Aqui se destacam as Usinas do Camelinho, em MG, de Mucuripe e da Prainha no Ceará, e a de Fernando de Noronha em Pernambuco. </li></ul><ul><li>Existem atualmente, mais de 20 000 turbinas eólicas de grande porte em operação no mundo (principalmente no Estados Unidos). Na Europa, espera-se gerar 10 % da energia elétrica a partir da eólica, até o ano de 2030. </li></ul>
  40. 41. Marémotriz <ul><li>Constrói-se uma barragem, formando-se um reservatório junto ao mar. Quando a maré é alta, a água enche o reservatório, passando através da turbina e produzindo energia elétrica, e na maré baixa o reservatório é esvaziado e água que sai do reservatório, passa novamente através da turbina, em sentido contrário, produzindo energia elétrica. </li></ul><ul><li>Este tipo de fonte é também usado no Japão e Inglaterra. </li></ul><ul><li>No Brasil temos grande amplitude de marés, por exemplo, em São Luís, na Baia de São Marcos (6,8m), mas a topografia do litoral inviabiliza economicamente a construção de reservatórios. </li></ul>
  41. 42. Fotovolaica <ul><li>A energia fotovoltaica é fornecida de painéis contendo células fotovoltaicas ou solares que sob a incidência do sol geram energia elétrica. A energia gerada pelos painéis é armazenada em bancos de bateria, para que seja usada em período de baixa radiação e durante a noite </li></ul><ul><li>O uso de painéis fotovoltaicos para conversão de energia solar em elétrica é viável para pequenas instalações, em regiões remotas ou de difícil acesso. É muito utilizada para a alimentação de dispositivos eletrônicos existentes em foguetes, satélites e astronaves. </li></ul>
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×