• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Transmissão de dados
 

Transmissão de dados

on

  • 2,289 views

 

Statistics

Views

Total Views
2,289
Views on SlideShare
1,940
Embed Views
349

Actions

Likes
1
Downloads
53
Comments
0

6 Embeds 349

http://imei12ebrunaazambuja.blogspot.pt 190
http://imei12ebrunaazambuja.blogspot.com.br 95
http://imei12ebrunaazambuja.blogspot.com 58
http://imei12ebrunaazambuja.blogspot.fr 2
http://imei12ebrunaazambuja.blogspot.jp 2
http://imei12ebrunaazambuja.blogspot.co.uk 2

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Transmissão de dados Transmissão de dados Presentation Transcript

    • Bruna Lehmann Oliveira
    • Cabos Coaxial
      • O cabo coaxial é um tipo de cabo condutor usado para transmitir sinais. Este tipo de cabo é constituído por diversas camadas concêntricas de condutores e isolantes, daí o nome coaxial.
      • O cabo coaxial é constituído por um fio de cobre condutor revestido por um material isolante e rodeado duma blindagem. Este meio permite transmissões até frequências muito elevadas e isto para longas distâncias.
      • A:Revestimento de plástico;
      • B:Tela de cobre;
      • C:Isolador dieléctrico interno;
      • D: Núcleo de cobre;
      • O cabo coaxial possui vantagens em relação aos outros condutores utilizados tradicionalmente em linhas de transmissão por causa de sua blindagem adicional, que o protege contra o fenómeno da indução, causado por interferências eléctricas ou magnéticas externas.
      • Essa blindagem constitui-se de uma malha metálica (condutor externo) que envolve um condutor interno isolado.
      Vantagens
      • A principal razão da sua utilização deve-se ao facto de poder reduzir os efeitos e sinais externos sobre os sinais a transmitir , por fenómenos de IEM ( Interferência Electro Magnética).
      • Geralmente são usados em múltiplas aplicações desde áudio até as linhas de transmissão de frequências da ordem dos giga hertz . A velocidade de transmissão é bastante elevada devido a tolerância aos ruídos graças à malha de protecção desses cabos. Os cabos coaxiais são utilizados nas topologias físicas em barramento.
      • Os cabos coaxiais são usados em diferentes aplicações:
      •  Ligações de áudio;
      •  Ligações de rede de computadores;
      •  Ligações de sinais rádio frequência de rádio e TV -
      • (Transmissores/receptores)
      Onde é Utilizado ?
      • A malha é circular é metálica. Isolando deste modo o condutor interior de interferências, e vice-versa, frequências e dados que circulam pelo condutor não conseguem atingir o exterior pelo isolamento da malha e deste modo não interferindo em outros equipamentos.
      • A blindagem electromagnética é feita pela malha exterior. Quando as frequências em jogo são elevadas, a condução passa a ser superficial. Para aumentar a superfície de condução, a malha condutora é constituída por múltiplos condutores de secção reduzida e a área da superfície de condução é o somatório da superfície de cada um desses pequenos condutores.
      Características e Funcionamento
      • O cabo coaxial é dividido em dois tipos: cabo coaxial fino (thinnet) ou cabo coaxial 10Base2, e cabo coaxial grosso (thicknet) ou cabo coaxial 10Base5.
      • 10BASE2 - (conhecido como thinnet ou cheapnet ) é um padrão de rede Ethernet que utiliza cabo coaxial fino, daí de ser denominado thinnet . O cabo transmite sinais a 10 Mbps e a uma distância máxima de 185 metros, por segmento;
      Características e Funcionamento
      • 10Base5 é também conhecido como cabo coaxial grosso, e é utilizado em redes de telecomunicações;
      • Características:
      •  Suporta uma velocidade de 10Mbps para transmissão de dados;
      •  Possui um alcance de 500 metros por segmento (isto é, sem a adoção de repetidores);
      •  Tem capacidade para conectar 100 estações por segmento;
      •  Pode utilizar até no máximo 4 repetidores;
      •  Para conectar cabos coaxiais grossos o conector usado é o "Conector Tipo N“;
      Características e Funcionamento
      • O cabo de par Entrelaçado é o tipo de cabo mais usados para ligar computadores em rede. Pode ser do tipo UTP (não blindado) ou STP (blindado). Neste género de cabo, os fios estão revestidos por uma malha para evitar a interferências electromagnéticas externas.
      • Existem várias categorias de cabo. Veja algumas que são definidas de acordo com sua
      • capacidade de transmissão:
      •  cat1 - 1Mbps;
      •  cat2 - 4Mbps;
      •  cat3 - 10Mbps;
      •  cat4 - 16Mbps;
      •  cat5 - 100Mbps;
      •  cat5e - 100Mbps ou 1000Mbps;
      •  cat6 - 10.000Mbps;
      Par Entrançado
    • Par Entrançado - Imagens UTP Não blindado STP Blindado
      • Esses cabos contêm 4 pares de fios, que são crimpados (ligados ao conector) com uma determinada combinação de cores onde existem dois padrões, T568A e T568B.
      • As cores dos fios são:
      • - Azul/Branco
      • - Azul
      • - Laranja/Branco
      • - Laranja
      • - Castanho/Branco
      • - Castanho
      • - Verde/Branco
      • - Verde
      • Obs.: Existem cabos com diferentes representações destes códigos de cores.
      Par Entrançado
      • As cores dos fios por ordem:
      • Para ligar um switch:
        • - Laranja/branco
        • - Laranja
        • - Verde/branco
        • - Azul
        • - Azul/branco
        • - Verde
        • - Castanho/branco
        • - Castanho
      Par Entrançado
      • Para ligar PC/PC (crossover)
      • 1ª ponta do cabo: 2ª ponta do cabo:
      • - Laranja/branco - Verde/branco
        • - Laranja - Verde
        • - Verde/branco - Laranja/branco
        • - Azul - Azul
        • - Azul/branco - Azul/branco
        • - Verde/branco - Laranja
        • - Castanho/branco - Castanho/branco
        • - Castanho - Castanho
      Par Entrançado
      • Fibra óptica é um filamento de vidro ou de materiais poliméricos com capacidade de transmitir luz. Tal filamento pode apresentar diâmetros variáveis, dependendo da aplicação, indo desde diâmetros ínfimos, da ordem de micrómetros (mais finos que um fio de cabelo) até vários milímetros.
      • A fibra óptica foi inventada pelo físico indiano Narinder Singh Kapany. Há vários métodos de fabricação de fibra óptica, sendo os métodos MCVD, VAD e OVD os mais conhecidos.
      Fibra Óptica
      • A transmissão da luz pela fibra segue um princípio único, independentemente do material usado ou da aplicação: é lançado um feixe de luz numa extremidade da fibra e, pelas características ópticas do meio (fibra), esse feixe percorre a fibra por meio de reflexões sucessivas. A fibra possui no mínimo duas camadas: o núcleo e o revestimento.
      • No núcleo, ocorre a transmissão da luz propriamente dita. A transmissão da luz dentro da fibra é possível graças a uma diferença de índice de refracção entre o revestimento e o núcleo, sendo que o núcleo possui sempre um índice de refracção mais elevado, característica que aliada ao ângulo de incidência do feixe de luz, possibilita o fenómeno da reflexão total.
      Como Funciona ?
      • Em Virtude das suas características, as fibras ópticas apresentam
      • bastantes vantagens sobre os sistemas eléctricos:
      •  Dimensões Reduzidas;
      •  Capacidade para transportar grandes quantidades de informação;
      •  Atenuação muito baixa, que permite grandes espaçamentos entre repetidores, com distância entre repetidores superiores a algumas centenas de quilómetros;
      •  Imunidade às interferências electromagnéticas;
      •  Matéria-prima muito abundante;
      •  Custo Cada vez mais baixo;
      Vantagens
      • As fibras ópticas podem ser basicamente de dois modos:
      •  Monomodo :
        • - Permite o uso de apenas um sinal de luz pela fibra;
        • - Dimensões menores que as fibras ID;
        • - Maior banda passante por ter menor dispersão;
        • - Geralmente é usado laser como fonte de geração de sinal;
      •  Multimodo :
        • - Permite o uso de fontes luminosas de baixa ocorrência tais como LEDs (mais baratas);
        • - Diâmetros grandes facilitam o acoplamento de fontes luminosas e requerem pouca precisão nos conectores;
        • - Muito usado para curtas distâncias pelo preço e facilidade de implementação.
      Tipos de Fibras
      • Um cabo crossover, também conhecido como cabo cruzado, é um cabo de rede par trançado que permite a ligação de 2 (dois) computadores pelas respectivas placas de rede sem a necessidade de um concentrador (Hub ou Switch) ou a ligação de modems.
      • A alteração dos padrões das pinagens dos conectores RJ45 dos cabos torna possível a configuração de cabo crossover.
      • A ligação é feita com um cabo de par trançado onde tem-se: em uma ponta o padrão T568A, e, em outra, o padrão T568B (utilizado também com modems ADSL).
      Crossover
    • Ligação dos Fios Note-se que a única diferença entre as normas TIA-568A e TIA-568B é a da troca dos pares 2 e 3 (laranja e verde).
      • EIA/TIA-568-B é o conjunto de três padrões de telecomunicações da Associação das Indústrias de Telecomunicações. Os padrões são relacionados ao cabeamento de edifícios comerciais para produtos e serviços de telecomunicações. Os três padrões são ANSI/EIA/TIA-568-B.1-2001 formalmente chamado de, -B.2-2001, e -B.3-2001.
      • Os padrões EIA/TIA-568-B foram publicados em 2001. Eles substituem o padrão EIA/TIA-568-A um conjunto de padrões que actualmente está obsoleto.
      • A norma é muito conhecida pela característica do cabeamento EIA/TIA-568-B.1-2001 que são 8 condutores de fios 100-ohm balanceados e trançados. Estes condutores são nomeados T568A e T568B, e frequentemente se refere (erroneamente) como EIA/TIA-568A e EIA/TIA-568B.
      Straight Cable
    • Ligação dos Fios
      • Transmissão Rádio - As ondas de rádios são fáceis de gerir, percorrem longas distâncias e penetram os prédios facilmente e por tanto são largamente utilizadas para comunicação;
      • Tranmissão Microondas - Acima de 100MHz, as ondas trafegam em linha reta e por essa razão podem ser captadas com mais facilidade.
      • Ao contrario das ondas de rádio nas freqüência mais baixas, as microondas não atravessam os prédios;
      • Transmissão Infravermelhos - Essas ondas são relativamente barata e fáceis de construir, mas têm um grande inconveniente: não atravessam objetos sólidos. É não são capazes de penetrar a neblina ou a chuva;
      Meios de Transmissão sem Fios
      • Transmissão por Satélite - Os satélites revolucionaram o mundo das comunicações ao proporcionar conexões telefônicas por todo o mundo e retransmissões directas. O satélite recebe um sinal de microondas procedente de uma estação na Terra (a conexão ascendente), amplifica-o e retransmite-o a uma estação receptora na Terra com uma freqüência diferente (a conexão descendente).
          • Um satélite de comunicações encontra-se em órbita geoestacionária, o que significa que se desloca com a mesma velocidade de rotação que a Terra. O satélite permanece em uma mesma posição relativa à superfície terrestre, de forma que a estação emissora nunca perde o contato com o receptor.
      Meios de Transmissão sem Fios
    • Meios de Transmissão sem Fios