DEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA - DI                       Java Server Faces 2.0                          Rich Faces 4.0      ...
Tópicos JSF 2.0: Considerações Iniciais JSF 2.0: Bibliotecas e Configurações Rich Faces 4.0: Bibliotecas e Configurações J...
JSF 2.0: Considerações Iniciais  Anotações para substituir muitas configurações no faces-config.xml.  Suporte nativo a Aja...
JSF 2.0: Bibliotecas      Versão - 1.2     Versão - 2.1.7
JSF 2.0: Configurações   Versão - 1.2                         Versão - 2.1.7
Rich Faces 4.0: Bibliotecas
Rich Faces 4.0: Bibliotecas    Versão - 3.3.X            Versão - 4.2.0
Rich Faces 4.0: Configurações    Versão - 3.3.X       Versão - 4.2.0
Rich Faces 4.0: Configurações
JSF 2.0: Managed Beans              Versão - 1.2              Versão - 2.1.7
JSF 2.0: Managed Beans >> Escopos
JSF 2.0: ConvertersVersão 1.2         Classe que implementa a interface javax.faces.convert.Converter. Nela, devemos adici...
JSF 2.0: ValidatorsVersão 1.2         Classe que implemente a interface javax.faces.validator.Validator. Essa interface de...
JSF 2.0: ValidatorsPara facilitar o desenvolvimento de uma aplicação, o JSF define um conjunto de validadores padrão.
JSF 2.0: Validação de BeansUma nova abordagem para definir validações foi adicionada no JSF 2. A ideia é declarar as regra...
JSF 2.0: Validação de Beans
JSF 2.0: Mensagens de ErroPodemos personalizar as mensagens de erro através do atributo message das anotações do bean vali...
JSF 2.0: Regras de Navegação             Navegação explicita declarada em                    faces.-config.xml            ...
JSF 2.0: Regras de Navegação
JSF 2.0: Regras de Navegação
JSF 2.0: Injeção de Dependência   Com a injeção de dependência, o clienteBean não precisa se preocupar em criar uma nova i...
JSF 2.0: Componente Select ItemOutra novidade do JSF 2 é que agora podemos utilizar o componente f:selectItems, sem a nece...
Rich Faces 4.0: Componentes
Rich Faces 4.0: Componentes
Rich Faces 4.0: Componentes
Rich Faces 4.0: Componentes
Rich Faces 4.0: Componentes
Rich Faces 4.0: Componentes
Rich Faces x Prime Faces x Ice FacesCom apenas 3 anos de vida o framework para JSF PrimeFaces já tem mais popularidade do ...
Referências e Links  http://javaserverfaces.java.net  http://www.coreservlets.com/JSF-Tutorial/jsf2  http://www.jboss.org/...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Java Server Faces 2 & Rich Faces 4

4,008

Published on

Java Server Faces 2.0 e Rich Faces 4.0. Quais as novidades e alterações nas novas versões das tecnologias?

Transcript of "Java Server Faces 2 & Rich Faces 4"

  1. 1. DEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA - DI Java Server Faces 2.0 Rich Faces 4.0 Quais as novidades e alterações nas novas versões das tecnologias?Pablo Bruno de Moura Nóbrega Bruno Garcia VasconcelosAnalista de Sistemas Desenvolvedor de Sistemaspablo.nobrega@uece.br bruno.garcia@uece.brhttp://pablonobrega.wordpress.com http://brunovasconcelos.wordpress.com
  2. 2. Tópicos JSF 2.0: Considerações Iniciais JSF 2.0: Bibliotecas e Configurações Rich Faces 4.0: Bibliotecas e Configurações JSF 2.0: Managed Beans, Converters e Validators JSF 2.0: Regras de Navegação JSF 2.0: Validação de Beans e Mensagens de Erro JSF 2.0: Injeção de Dependência Rich Faces 4.0: Componentes (Alteração e Atualização) Referências de estudo e Links úteis
  3. 3. JSF 2.0: Considerações Iniciais Anotações para substituir muitas configurações no faces-config.xml. Suporte nativo a Ajax e Groovy. Suporte integrado para facelets facilitando criação de componentes. Mais componentes personalizados e validadores. Possibilidade de utilizar bookmarking. Debug mais detalhado: setando o valor Development na configuração PROJECT_STAGE do web.xml, aparecerão mensagens de erro mais explícitas. JSF 2 despreza o JSP como linguagem da camada de visão. RichFaces abandonou o suporte ao JSP a partir da versão 4.0.0.Final. No RichFaces 4, todos os componentes novos e a maioria dos recursos não funcionam para camada de visão em JSP juntamento com JSF 2. Rich Faces usa o Facelets (*.xhtml) como camada de visão para JSF 2.
  4. 4. JSF 2.0: Bibliotecas Versão - 1.2 Versão - 2.1.7
  5. 5. JSF 2.0: Configurações Versão - 1.2 Versão - 2.1.7
  6. 6. Rich Faces 4.0: Bibliotecas
  7. 7. Rich Faces 4.0: Bibliotecas Versão - 3.3.X Versão - 4.2.0
  8. 8. Rich Faces 4.0: Configurações Versão - 3.3.X Versão - 4.2.0
  9. 9. Rich Faces 4.0: Configurações
  10. 10. JSF 2.0: Managed Beans Versão - 1.2 Versão - 2.1.7
  11. 11. JSF 2.0: Managed Beans >> Escopos
  12. 12. JSF 2.0: ConvertersVersão 1.2 Classe que implementa a interface javax.faces.convert.Converter. Nela, devemos adicionar a anotação @FacesConverter para indicar a classe associada a esse conversor, ou o identificador entre aspas dupla.Versão 2.1.7
  13. 13. JSF 2.0: ValidatorsVersão 1.2 Classe que implemente a interface javax.faces.validator.Validator. Essa interface define um único método, o validate(). Além disso, a classe também precisa ser anotada com @FacesValidator.Versão Passando Parâmetros para o Validador 2.1.7
  14. 14. JSF 2.0: ValidatorsPara facilitar o desenvolvimento de uma aplicação, o JSF define um conjunto de validadores padrão.
  15. 15. JSF 2.0: Validação de BeansUma nova abordagem para definir validações foi adicionada no JSF 2. A ideia é declarar as regras devalidação nas classes do modelo ao invés de inseri-las nos arquivos XHTML que definem as telas.Para definir as validações com bean validation, basta adicionar anotações nas classes do modelo.
  16. 16. JSF 2.0: Validação de Beans
  17. 17. JSF 2.0: Mensagens de ErroPodemos personalizar as mensagens de erro através do atributo message das anotações do bean validation.Ou pode ser mais apropriado defini-la em um arquivo de mensagens. Nesse caso, devemos criar um arquivochamado “ValidationMessages.properties” no classpath da aplicação.Agora, suponha que desejamos criar uma mensagem comum associada ao validador @NotNull.
  18. 18. JSF 2.0: Regras de Navegação Navegação explicita declarada em faces.-config.xml Outcome pode ser propriedade action deVersão componente ou String retornada por 1.2 metodo de managed bean. Quando uma action retorna uma outcome, caso nenhuma regra de navegação compatível seja encontrada, funciona a navegação implícita.Versão 2.1.7 Navigation case com <if> EL no <to-view-id>
  19. 19. JSF 2.0: Regras de Navegação
  20. 20. JSF 2.0: Regras de Navegação
  21. 21. JSF 2.0: Injeção de Dependência Com a injeção de dependência, o clienteBean não precisa se preocupar em criar uma nova instância deLocalidadeCliente e gerenciá-la; basta utilizá-la quando necessário. A injeção de dependência no bean gerenciável é feita através de EL no valor da anotação @ManagedProperty.
  22. 22. JSF 2.0: Componente Select ItemOutra novidade do JSF 2 é que agora podemos utilizar o componente f:selectItems, sem a necessidade de criaruma lista ou um array de SelectItem no bean gerenciável, implementação obrigatória nas versões anteriores.
  23. 23. Rich Faces 4.0: Componentes
  24. 24. Rich Faces 4.0: Componentes
  25. 25. Rich Faces 4.0: Componentes
  26. 26. Rich Faces 4.0: Componentes
  27. 27. Rich Faces 4.0: Componentes
  28. 28. Rich Faces 4.0: Componentes
  29. 29. Rich Faces x Prime Faces x Ice FacesCom apenas 3 anos de vida o framework para JSF PrimeFaces já tem mais popularidade do que os concorrentesfamosos RichFaces e Icefaces.Criados em 2007, tanto o IceFaces quanto o RichFaces foram superados pelo framework turco e com grandeparticipação Brasileira.A popularidade foi medida por meio do Google Trends que exibe as características das buscas realizadas através dasferramentas do Google.Algo muito interessante é que as pesquisas em lingua portuguesa sobre o PrimeFaces superam inglês e alemão. http://www.patternizando.com.br/2011/05/primefaces-supera-richfaces-e-icefaces-segundo-google-trendsComparação de Desempenho Icefaces, Primefaces e RichFacesArtigo foi escrito utilizando um componente dataTable, presente nos três frameworks. Os parâmetros analisados foramfocados em desempenho e eficiência, ou seja: tamanho final da página, tamanho das requisições/respostas AJAX esobrecarga do servidor. Não foram consideradas configurações adicionais de tunning.O Prime Faces apresentou a melhor implementação para Data Table. Ice Faces demonstrou ter a pior performance coma Data Table de todos os componentes testados. Rich Faces ficou entre os dois, porém próximo ao Prime Faces. http://www.patternizando.com.br/2011/04/jsf-2-0-comparacao-de-desempenho-icefaces-primefaces-e-richfaces
  30. 30. Referências e Links http://javaserverfaces.java.net http://www.coreservlets.com/JSF-Tutorial/jsf2 http://www.jboss.org/richfaces/download/stable https://community.jboss.org/wiki/RichFacesMigrationGuide33x-4xMigration http://blog.gilliard.eti.br/2009/05/implicit-navigation-jsf-2 http://www.k19.com.br/downloads/apostilas-java/k19-k12-desenvolvimento-web-com-jsf2-e-jpa2 http://www.caelum.com.br/download/caelum-java-web-fj21.pdf http://www.venturus.org.br/wp-content/themes/newera/artigo/anotacoes-navegacao-JSF.pdf http://mkblog.exadel.com/2009/08/learning-jsf2-managed-beans http://andyschwartz.wordpress.com/2009/07/31/whats-new-in-jsf-2
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×