Conceitos demográficos
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Like this? Share it with your network

Share
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
No Downloads

Views

Total Views
12,014
On Slideshare
12,014
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
263
Comments
0
Likes
4

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Conceitos Demográficos e Formação da População Brasileira e Mundial
  • 2. Conceitos:
    População Absoluta:
    População Relativa
    dd= nº total de hab.
    área total
    número de habitantes total de um determinado país, sendo classificado como país populosoaquele que apresentar grande população absoluta.
    é a relação existente entre o número de habitantes com sua área. Diz-se que um país é povoado quando este apresenta elevada densidade demográfica.
    o Brasil apresenta baixa densidade demográfica estimando-se 22,1 hab./km².
  • 3. Conceitos:
    Superpopulação: quando um país não tem condições econômicas para garantir boas condições de vida para sua população.
    Superpovoamento: Conceito empregado a um país cujo território tem características físicas que impendem sua ocupação total.
  • 4. Teorias Demográficas
    • Teoria de Malthus : Preconizava que a população mundial cresceria segundo Progressão Geométrica e que os meios de subsistência respeitariam Progressão Aritmética.
    • 5. Teorias Neomalthusianas: Como conseqüência da explosão demográfica ocorrida em função da súbita queda na mortalidade, que não fora acompanhada pela natalidade nos países de Terceiro Mundo.
    Causa Conseqüência
    Grande natalidade subdesenvolvimento
    • Teoria Reformistas: o que gera a fome e miséria, portanto seria a desigual distribuição de riqueza.
  • 6. Crescimento Vegetativo : CV =TN – TM
    No caso do Brasil:
    • 1º Período (de 1872 até 1940) época de tradição de grandes famílias e o volume de doenças que assolavam a população era grande. Dessa forma as TN e TM eram elevadas CV baixo. CV= TN- TM
    • 7. 2º Período (de 1941 até 1970) nesta época há intenso avanço no campo da medicina preventiva e curativa, diminuindo a TM. Porém a condição de país com mentalidade rural persiste e junto com este atraso, uma imensa TN.
    CV = TN - TM
  • 8. Crescimento Vegetativo
    3º Período (de 1971 até os dias atuais) com a urbanização da população, junto ao aumento do processo industrial no país, além dos fatores de ordem econômica como, por exemplo, as dificuldades para se manter uma família em cidade, o desemprego,os avanços científicos que passaram a facilitar o controle da natalidade, métodos contra conceptivos.
    A tendência atual dessas taxas indica uma redução no Crescimento Vegetativo e uma ampliação da longevidade dos brasileiros.
    CV = TN - TM
  • 9.
  • 10. Essa queda pode ser atribuída:
    • Elevado o custo de vida para uma família numerosa.
    • 11. Redefinição do modo de vida, com casamentos mais tardios.
    • 12. Crescente participação da mulher no mercado de trabalho.
    • 13. Desejos de consumo, lazer e ascensão social.
    • 14. Disseminação dos métodos anticoncepcionais.
    • 15. Maior difusão dos meios de comunicação, que ampliaram o acesso a informação, permitiram que os casais passassem a fazer planejamento familiar, reduzindo o número de filhos.
  • 16.
  • 17.
  • 18. Taxa de fecundidade é uma estimativa do número médio de filhos que uma mulher teria até o fim de seu período reprodutivo. Dos 15 aos 45 anos
  • 19. Dados da População brasileira - Taxa de natalidade (por 100 habitantes): 0,09
    • Taxa de mortalidade (por mil habitantes): 6,31 - Taxa de fecundidade total: 1,89
    - Estados mais populosos: São Paulo (39,8 milhões), Minas Gerais (19,2 milhões), Rio de Janeiro (15,4 milhões), Bahia (14 milhões) e Rio Grande do Sul (10,5 milhões).
    - Estados menos populosos: Roraima (396, 7 mil), Amapá (587,3 mil) e Acre (655,3 mil).
    - Capital menos populosa do Brasil: Palmas-TO (178,3 mil).- Cidade mais populosa: São Paulo-SP (10,9 milhões). - Proporção dos sexos: 99,6 homens em cada 100 mulheres.
  • 20. Exercícios:
    (UFOP 2007) Sobre o processo demográfico brasileiro dos últimos 50 anos, assinale a opção que apresenta a característica incorreta.
    Aumentou a expectativa de vida
    Diminuiu o nível de escolaridade da população
    Diminuiu a mortalidade infantil
    Caiu o número de filhos por mulher em idade fértil.
  • 21. Estruturas Populacionais - Etária
    Gráfico considera a estrutura sexual da população ( homens e mulheres ) e as faixas etárias - 0 à 19 anos jovens, 20 à 59 adultos, e 60 ou + anos idosos.
    A estrutura da pirâmide é a seguinte:
     Base: corresponde aos jovens.
     Meio: corresponde aos adultos.
    Topo ou ápice: corresponde aos idosos. 
  • 22. País Desenvolvido
    Baixa natalidade, baixa mortalidade infantil, elevado padrão de vida e alta expectativa de vida
    País Subdesenvolvido Elevada natalidade, alta mortalidade infantil, baixo padrão de vida e baixa expectativa de vida
  • 23. Pirâmide Etária – Brasil
  • 24. Estrutura por setor da economia
  • 25. Estrutura analisada por sexo, tom de pele e salário
    Hb Hp Hn
    Mb Mp Mn
  • 26. Mobilidade da população
    Internacional
    Imigrante Chegada de estrangeiro, surto 1888-1934
    destino: SE do país
    origem: Itália, Espanha, Alemanha, Japão...
    Emigrante Saída de nativos para o estrangeiro, surto déc. De 80
    origem: diversos estados (destaque para MG região de GV).
    destino:EUA, Paraguai, Japão, EU e outros.
  • 27. Mobilidade da população – Intranacional
    • Urbano urbano: migração pendular/cidades dormitórios (centro/periferia, BH/Nova Lima)
    • 28. Urbano rural: retorno é raro no Brasil e mundo.(entre movimentos de ocupação rural em busca de reforma agrária).
    • 29. Rural rural: Sazonalidade: temporário(colheita e plantio.
    Transumância: o clima obriga a mudança (seca no nordeste, alagamento no Pantanal.
  • 30.
    • Rural urbana: é a que mais modificou a urbanização brasileira.
    - Aconteceu nos anos 50/80 (Êxodo Rural 60/70).
    - Grande movimento da pop. Rural para as cidades.
    - Atualmente existe o movimento rural-urbano mas não é êxodo rural.
    - A partir dos 50/80 o Brasil se torna urbano