Plano de aula

3,457 views

Published on

1 Comment
1 Like
Statistics
Notes
  • adorei essa apresentação.
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
No Downloads
Views
Total views
3,457
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
4
Actions
Shares
0
Downloads
44
Comments
1
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Plano de aula

  1. 1. Plano de Aula: Alimentação saudável
  2. 2. Alexandra Salviano Brena Meira Acioly Quelvin Max Negreiros Raquel carvalho ESTÁGIO SUPERVISIONADO I
  3. 3. Competências • Conhecer sobre hábitos de alimentação saudável, • Entender benefícios para o corpo através da alimentação, • Compreender os malefícios de uma alimentação desregrada, • Identificar uma alimentação saudável (Alternativa); • Exercitar atividades que envolvam o tema abordado.
  4. 4. Desenvolvimento • Conversa informal sobre o tema abordado. • Iniciar a aula com alguma história ou notícia sobre alimentação saudável, discutir com os alunos sobre os hábitos errados de alimentação, se eles conhecem esses erros. • Levar para a sala recortes de jornais e revistas de alimentos industrializados como salgadinhos e refrigerantes e de alimentos saudáveis como frutas e legumes. • As crianças irão montar cardápios mostrando que alimentos eles julgam serem saudáveis, e ideais para o consumo diário. • Dispor revistas e tesouras para que as crianças busquem tais alimentos.
  5. 5. Justificativa A escola é um espaço privilegiado para a promoção da saúde e desempenha papel fundamental na formação de valores, hábitos e estilos de vida, entre eles o da alimentação. O mercado da alimentação tem sido um dos mais prósperos da última década, a produção de alimentos se adéqua ao estilo de vida capitalista, onde o tempo para o trabalho é privilegiado, logo não preparamos mais os nossos alimentos, consumimos cada vez mais comida semi- pronta, não existe mais o sentar à mesa para alimentar-se. O ritual de cocção dos alimentos, descascando-se vegetais e frutas, cozendo as leguminosas, tem sido substituído pelo abrir latas, aos poucos a refeição é substituída pelo lanche, ganha-se tempo, mas se perde saúde, qualidade de vida, por isso é mister que se promova a discussão do papel do alimento na construção de uma vida longeva.
  6. 6. Objetivos gerais Promover o consumo de alimentos saudáveis e a consciência de sua contribuição para a promoção da saúde de uma forma atraente, lúdica e educativa.
  7. 7. Objetivos específicos • Conscientizar os alunos sobre a importância e os motivos pelos quais nos alimentamos. • Reconhecer os alimentos que fazem bem à nossa saúde. • Valorizar o momento reservado à alimentação. • Levar os alunos a conhecer seus próprios hábitos alimentares; • Desenvolver consciência crítica a respeito de hábitos alimentares.
  8. 8. Procedimentos metodológicos • Conversa e registro (desenhos e histórias) sobre a alimentação preferida das crianças; • Registro dos alimentos por eles; • Identificação de semelhanças e diferenças entre hábitos alimentares dos alunos; • Construção de charadas que misturem informações sobre formas, cores e tamanhos das frutas, verduras e legumes; • Trabalhar com recorte de frutas, verduras e legumes e pedir que os alunos construam uma pirâmide que represente uma alimentação saudável.
  9. 9. Bibliografia • MARTINS, R. Vida e Alimento. São Paulo: Moderna, 1993. • BELINK, T. A cesta da dona Maricota. São Paulo: Paulinas, 2005. • BRASIL. Ministério da Saúde. Política nacional de alimentação e nutrição. Brasilia, 1999. • BRASIL. Ministério da Saúde. Plano Nacional de Saúde. Brasília. 2004. • PINHEIRO, A.; RECINE, E. CARVALHO, M. O que é uma alimentação saudável: considerações sobre o conceito, princípios e características. Ministério da Saúde,Brasília,2005.http://dtr2004.saude.gov.br/nutricao/documentos.ph p (acessado em 26 de junho de 2013).
  10. 10. Obrigada

×