Your SlideShare is downloading. ×
0
Anuário Sindicom Postos_Gasolina
Anuário Sindicom Postos_Gasolina
Anuário Sindicom Postos_Gasolina
Anuário Sindicom Postos_Gasolina
Anuário Sindicom Postos_Gasolina
Anuário Sindicom Postos_Gasolina
Anuário Sindicom Postos_Gasolina
Anuário Sindicom Postos_Gasolina
Anuário Sindicom Postos_Gasolina
Anuário Sindicom Postos_Gasolina
Anuário Sindicom Postos_Gasolina
Anuário Sindicom Postos_Gasolina
Anuário Sindicom Postos_Gasolina
Anuário Sindicom Postos_Gasolina
Anuário Sindicom Postos_Gasolina
Anuário Sindicom Postos_Gasolina
Anuário Sindicom Postos_Gasolina
Anuário Sindicom Postos_Gasolina
Anuário Sindicom Postos_Gasolina
Anuário Sindicom Postos_Gasolina
Anuário Sindicom Postos_Gasolina
Anuário Sindicom Postos_Gasolina
Anuário Sindicom Postos_Gasolina
Anuário Sindicom Postos_Gasolina
Anuário Sindicom Postos_Gasolina
Anuário Sindicom Postos_Gasolina
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Anuário Sindicom Postos_Gasolina

2,116

Published on

Publicado pelo Sindicom, vem cumprir seu objetivo de reunir e difundir as informações relevantes do mercado de combustíveis e lojas de conveniência, mostrando seu desempenho no ano de 2011.

Publicado pelo Sindicom, vem cumprir seu objetivo de reunir e difundir as informações relevantes do mercado de combustíveis e lojas de conveniência, mostrando seu desempenho no ano de 2011.

1 Comment
0 Likes
Statistics
Notes
  • Considero relevante aos leitores desse anuário visitarem o site www.postoavenda.com. Recebi deles consultoria excepcional para construir meu posto de combustível.

    Saudações,
    Ines Saboya
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
2,116
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
4
Actions
Shares
0
Downloads
27
Comments
1
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Anuário Combustíveis, Lubrificantes & Lojas de Conveniência 2011 Alisio J. M. Vaz Presidente Executivo Rio de Janeiro 08 de junho de 2011
  • 2. 9º ano Anuário Sindicom 2
  • 3. 70 anos Sindicom 3 Filme Sindicom - História da Distribuição em www.sindicom.com.br
  • 4. Lojas de Conveniência 4
  • 5. Mercado de Combustíveis 2010 e 1º Trim. 2011 5 +8,7% +3,7% OBS: No acumulado de 2010, combustíveis Renováveis equivalem a 22,9% do total do mercado de distribuição de combustíveis. Fonte: ANP – Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis
  • 6. Mercado de Combustíveis 2010 e 1º Trim. 2011 6 Sindicom Variou +8,7% Share = 77,8% Sindicom Variou +5,5% Share = 79,0% Fonte: ANP – Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis
  • 7. Mercado de Combustíveis 2010 e 1º Trim. 2011 7 Mercado de QAV A tarifa média do transporte aéreo regular doméstico de passageiros caiu 28% em relação a 2009. Com isso, a diferença relativa frente à tarifa média rodoviária interestadual diminuiu impactantes 60%. Fonte: ANTT e ANAC
  • 8. Mercado de Combustíveis 2010 e 1º Trim. 2011 8 r=96,8% Fonte: ANP e IBGE
  • 9. Mercado de Combustíveis 2010 e 1º Trim. 2011 9 Vendas Veículos a Óleo Diesel Fonte: Anfavea
  • 10. Mercado de Combustíveis 2010 e 1º Trim. 2011 10 r=98,8% Fonte: ANP e IBGE
  • 11. Mercado de Combustíveis 2010 e 1º Trim. 2011 11 Vendas Motos A estimativa do Sindicom é de que o consumo demandado pelas motocicletas seja responsável por 6% da demanda total de gasolina C – principal combustível utilizado pela frota existente, visto que apenas 3% desta é flex fuel e em pouquíssimos casos são a motor elétrico. Fonte: Abraciclo
  • 12. Paridade de Preços Etanol Hidratado X Gasolina C 12
  • 13. Mercado Clandestino: Etanol Hidratado 13 Clandestino = 2,1 bi de litros (estimado) 18,5 MAPA > ANP (distrib. não informam) = 1,3 17,2 “Outros fins”(desviado para combs.) = 0,8 2,0 Oficial ANP = 15,1 2,1 Distribuidoras inadimplentes (estimado) (aprox. 50%) = 3,1 bilhões litros Perda na Tributação = R$ 1 bilhão / ano 6,6 6,2 ICMS = R$ 600 milhões / ano PIS/Cofins = R$ 400 milhões / ano 9,9 8,8 Bilhões de litros Clandestino Outras Sindicom Fontes: Sindicom, ANP e MAPA
  • 14. Participação Sindicom 14 Fonte: Sindicom e ANP
  • 15. Lojas de Conveniência 15
  • 16. Lubrificantes 16 +9,9% +17,1% +11,2% -18,2% +11,7% +7,3% +10,6% +10,2% +17,7%
  • 17. Lubrificantes 17 Além da análise numérica, o capítulo de Lubrificantes traz, como novidade, curiosidades e ensinamentos sobre o mercado.
  • 18. Lojas de Conveniência 18
  • 19. Lojas de Conveniência 19 Comparando-se a média do comércio varejista inteiro com o canal lojas de conveniência, esta última obteve um desempenho mais forte, mostrando que o canal continua a crescer e ganhar participação. A receita do canal cresceu 5,5 pontos percentuais e o quantitativo de postos aumentou12,2%. O aumento crescente da atratividade pelo empreendimento pode ser visto nos indicadores de desempenho: Ticket Médio, Faturamento/Área Média e Faturamento Mensal Ponderado. Estes cresceram 20,1%, 54,7% e 58,4% respectivamente. +12,2% Análise Setorial RECEITA NOMINAL VARIAÇÃO (%) 2010 x 2009 +5 p.p. Fonte: IBGE e Instituto Wise
  • 20. Lojas de Conveniência 20 Número de Lojas por postos Comparativamente a outros países, o Brasil apresenta, após 23 anos desde o início do canal, um grande campo para o crescimento das lojas de conveniência. Possuímos apenas, 16% de lojas em nossos postos e por número de habitantes por lojas perdemos de nossos vizinhos como Chile e Argentina. Número de Habitantes por Lojas
  • 21. Lojas de Conveniência 21 Com o desempenho apresentado até o momento, com o número de clientes crescendo a cada ano e comparado ao histórico de outros países, espera-se um crescimento, em média, de 10% ao ano, para o período 2011–2015.
  • 22. Lojas de Conveniência 22 Food Service: A categoria que mais cresceu e cada vez mais diferencia a loja de conveniência de outros canais do varejo.
  • 23. Lojas de Conveniência 23 Em pesquisa da Nielsen, o formato de autosserviço de vizinhança é o que mais cresceu no Brasil. O participação de lojas alcançou 15,7%, com crescimento de 12,5 % em faturamento. Dentro deste segmento, a conveniência foi a que obteve maior variação em faturamento: +15,5%.
  • 24. 24
  • 25. Expopostos & Conveniência 2011 25 Maior e mais importante evento do setor na América Latina. Novidade: Exclusiva área de Conveniência. Mais de 130 expositores na Feira. 20 mil visitantes (proprietários e franqueados de postos de serviços e lojas de conveniência; executivos das empresas de distribuição de combustíveis; fabricantes de equipamentos; e profissionais especializados). 300 participantes (decisores) no Fórum. Fórum Internacional: Paralelamente à feira, será realizado o Fórum Internacional de Postos de Serviços, Equipamentos, Lojas de Conveniência e Food Service. Em 2011, a abertura do Fórum será conduzida por Hank Armour, CEO e Presidente da Associação Nacional das Lojas de Conveniência dos EUA (NACS), mercado que movimentou, em 2010, mais de 200 bilhões de dólares.
  • 26. junho 2011alisio@sindicom.com.br

×