Campo magnetico_rbd

6,559 views

Published on

Resumo de eletromagnetismo em Powerpoint

Published in: Education
0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
6,559
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
147
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Campo magnetico_rbd

  1. 1. Motores, geradores elétricos e o campo magnético<br />terrestre.<br />
  2. 2. Magnetismo<br /> Em busca da origem do campo magnético. <br />Os pólos magnéticos de uma bússola<br />N<br />S<br />
  3. 3. Curiosidades<br />Aurora Boreal:<br />Hemisfério norte<br />Aurora Austral: <br />Hemisfério Sul<br />Aurora boreal<br />Aurora austral<br />
  4. 4. Origem do campo magnético<br />Linhas de <br />Indução do<br />Campo Magnético<br />O campo<br />Magnético é<br />Gerado por<br />Correntes<br />Elétricas.<br />
  5. 5. Os pólos magnéticos de um ímã<br />Dois polos trocam forças na razão <br />inversa do quadrado da distância que<br />os separa.<br /> N S<br /> N S<br /> N S<br /> N S<br />
  6. 6. Vetor indução magnética ( B )<br />Direção: da reta com a qual a agulha se alinha.<br /> Sentido: para onde aponta o polo norte magnético da agulha.<br /> Nota: O vetor indução magnética tangencia as linhas de indução. <br />
  7. 7. Aplicações práticas<br />Eletroímãs<br />Motores elétricos<br />
  8. 8. Geradores elétricos<br />
  9. 9. Força magnética em cargas elétricas<br />Fe =|q|.E (N)<br />E<br />Fe<br />Fm = |q|.v.B.sena (N)<br />
  10. 10. Regra da mão direita aberta<br />Fmag = |q|.v.B.sena (N)<br />q < 0<br />a<br />q > 0<br />a<br />Nota: Carga em repouso ou lançada<br />na direção do campo (B) (a = 0° ou a = 180°)<br />não interage com o campo (B) (Fmag = 0).<br />
  11. 11. Partícula carregada de massa m, com carga q e velocidade v perpendicular ao campo magnético<br />Frcp = m.v² / R<br />Fmag = |q|.v.B.sena<br />
  12. 12. Frcp = m.v² / R<br />Fmag = |q|.v.B<br />Raiodatrajetória:<br />Frcp = Fmag<br />m.v² / R = |q|.v.B.1<br />m.v / R = |q|.B<br />R = m.v / |q|.B<br />Período:<br />v = 2pR/T<br />T = 2pR/v<br />T = 2pmv/|q|Bv<br />T = 2pm/|q|B<br />
  13. 13. Partícula lançada obliquamente ao campo (B) (0° < a < 90°)<br />
  14. 14.
  15. 15. Lei de Lenz : Princípio da conservação da energia.<br />A corrente induzida tem um sentido tal que o fluxo <br />Induzido gerado por ela contraria a variação do fluxo<br />Indutor.<br />
  16. 16. Exemplos teóricos<br />1) UFR-RJ Abaixo, mostramos a figura da Terra onde N’ e S’ são os pólos norte e sul geográficos e N e S são os pólos norte e sul magnéticos.Sobre as linhas do campo magnético é correto afirmar que:<br />a) elas são paralelas ao equador.<br />b) elas são radiais ao centro da terra.<br />c) elas saem do pólo norte magnético e entram no pólo sul<br />magnético.<br />d) o campo magnético é mais intenso no equador.<br />e) o pólo sul magnético está próximo ao sul geográfico.<br />
  17. 17. 2.UFMG Na figura, estão reprsentados uma bobina (fio enrolado em torno de um tubo de plástico) ligada em série com um resistor de resistência R e uma bateria. Próximo à bobina, está colocado um ímã, com os pólos norte (N) e sul (S) na posição indicada. O ímã e a bobina estão fixos nas posições mostradas na figura. Com base nessas informações, é CORRETO afirmar que<br />a) a bobina não exerce força sobre o ímã.<br />b) a força exercida pela bobina sobre o ímã diminui quando se aumenta a resistência R.<br />c) a força exercida pela bobina sobre o ímã é diferente da força exercida pelo ímã sobre a bobina.<br />d) o ímã é repelido pela bobina.<br />N S<br />
  18. 18. 3.Quatro ímãs iguais em forma de barra, com as polaridades<br /> indicadas, estão apoiados sobre uma mesa horizontal, como na <br />figura, vistos de cima. Uma pequena bússola é também colocada na<br />Mesa, no ponto central P, equidistantes dos ímãs, indicando a <br />Direção e o sentido do campo magnético resultante em P.<br />Não levando em conta o campo magnético terrestre,<br />a figura que melhor representa a orientação da agulha <br />da bússola é:<br />a) b) c) d) f)<br />N<br />S<br />
  19. 19. 4.Se tomarmos um imã em forma de barra e parti-lo ao meio, veremos que não será obtido um pólo norte e um sul isoladamente, esse fenômeno ficou conhecido como inseparabilidade dos pólos e, uma explicação clara e consistente para o fenômeno foi elaborada por André Marie Ampère. Ampère imaginou que cada imã fosse constituído de pequenos imãs elementares, cujo efeito superposto seria o imã completo. <br />Um imã foi quebrado em três partes, como está ilustrado na figura:<br />Considere as seguintes afirmações:<br />I As extremidades A e B se atraem.<br />II As extremidades A e B se repelem .<br />III As extremidades A e D se repelem.<br />A alternativa correta é:<br />a) todas as afirmações são corretas.<br />b) todas as afirmações são falsas.<br />c) apenas a afirmação I é verdadeira.<br />d) apenas a afirmação II é correta.<br />e) as afirmações I e III são corretas.<br />A=C=S<br />B=D=N<br />I – V<br />II – F<br />III – F<br />
  20. 20. 5) Fuvest-SP Três fios verticais e muito longos atravessam uma superfície plana e horizontal, nos vértices de um triângulo isósceles, como na figura abaixo desenhada no plano. Por dois deles (•), passa uma mesma corrente que sai do plano do papel e pelo terceiro (X), uma corrente que entra nesse plano. Desprezando-se os efeitos do campo magnético terrestre, a direção da agulha de uma bússola, colocada eqüidistante deles, seria melhor representada pela reta:<br />

×