Your SlideShare is downloading. ×
0
12   formação do império romano
12   formação do império romano
12   formação do império romano
12   formação do império romano
12   formação do império romano
12   formação do império romano
12   formação do império romano
12   formação do império romano
12   formação do império romano
12   formação do império romano
12   formação do império romano
12   formação do império romano
12   formação do império romano
12   formação do império romano
12   formação do império romano
12   formação do império romano
12   formação do império romano
12   formação do império romano
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

12 formação do império romano

3,102

Published on

Apresentação sobre: …

Apresentação sobre:
Fundação de Roma,
Expansão
Factores de unificação/integração
Romanização da Península Ibérica

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
3,102
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
95
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Lenda da Fundação de Roma • 753ª.C. - Rómulo torna-se primeiro rei de Roma História • 1º milénio - criação de aldeias no Lácio por povos indo europeus (latinos e sabinos) • Século VIII – Reino de Roma • Século VI a.C. – Monarquia etrusca • 509 a.C. – República • Do séc. V a.C. ao séc. III a.C. –
  • 2. Séc. III a.C. e II a.C - Conflitos entre Roma e Cartago →1ª Guerra Púnica – 264 a 241 a.C. • Sicilia, Sardenha e Marselha →2ª Guerra Púnica – 218 a 201 a.C. • Hispânia →3ª Guerra Púnica – 149 a 146 a.C. • Norte de África (região de influência cartaginesa)
  • 3. Período Republicano é a fase de maior expansão • Séc. III a.C. e II a.C – Vitória sobre Cartago • Séc. II a.C. controlo do Mediterrâneo • Séc. I a.C. Egito e Gália Período imperial • Norte da Península Ibérica • Sul da Germânia • Britânia • Dácia Mare Nostrum O Mediterrâneo, rodeado
  • 4.  Motivos da expansão • Segurança • Prestigio político e militar • Vantagens económicas
  • 5.  Romanização (introdução e imposição da cultura romana) dos povos conquistados fica a dever-se a vários fatores: →Exército eficaz e disciplinado • Conquista dos territórios • Defesa e ocupação dos mesmos • Contactos comerciais e culturais Legião romana - 6 mil legionários 10 coortes –600 homens; 30 manípulos –200 homens; 60 centúrias –100 homens;
  • 6. →Rede de estradas • Facilitava a deslocação de pessoas, ideias e mercadorias →Organização do território • Divisão do território em províncias, munícipios, conventus e criação de cidades • Idêntica em todo o império facilitava a
  • 7. →Língua (Latim) • Facilitava a comunicação →Direito • Garantia de obediência e igualdade →Cidadania • Édito de Caracala, 212 d. C. , garante cidadania (direitos iguais a todos os habitantes livres do império) Lei das Doze Tábuas Imperador CaracalaEpígrafe em Latim
  • 8. Sestércio de Adriano →Poder forte e central • Imperador como garantia de união (imagem difundida por todo o império em estátuas e na moeda) • Culto imperial obrigatório →Cultura • Arte • Religião Lucernas romanas Templo romano de ÉvoraPonte romana de Negrelos
  • 9.  Ocupada por povos diversificados • Habitavam em castros e citânias • Existência de conflitos entre os diferentes povos  Sul da península sob a influência cartaginesa • Ocupação durante a 2ª Guerra Púnica, para diminuir apoio a Cartago
  • 10. Conquista longa e demorada • Do século III a.C. ao final do século I a.C. Oposição dos Lusitanos • Liderança de Viriato • Guerrilha • Vitória romana - traição de companheiros de Viriato, comprados por Roma
  • 11. Divisão em três províncias • Lusitânia, Bética e Tarraconense Construção de vias que ligavam as principais cidades • Estradas e pontes Criação de inúmeras cidades Mérida – Vista Gera Braga - Termas Arredores de Chaves - Termas Gaia – Restos de porto fluvial na praia de Favaios Coimbra – Criptopórtico Conímbriga – Vista geral Santarém – Vista geral das escavações na Alcáçova Lisboa – Galerias Romanas Évora - Termas Beja – Arco Romano Miróbriga – Santiago doArredores de Faro – Vila de Milreu Alcácer do Sal (Salacia) – Fórum Romano
  • 12. Minas de Aljustrel Garum ou liquamen Condimento feito de sangue, vísceras e de outras partes seleccionadas do atum ou da cavala misturadas com peixes pequenos, crustáceos e moluscos esmagados; depois era deixado em salmoura e ao sol durante cerca de dois meses. Tanques de Salga Desenvolvimento económico • Agricultura (cereias vinho e azeite) • Pecuária • Exploração mineira e de pedra (cobre, ouro e mármore) • Artesanato (cerâmica) • Pesca e fabrico do Garum • Comércio e circulação Monetária
  • 13. Vestígios romanos em Portugal • Latim (deu origem ao galaico- português e mais tarde ao português) • Aquedutos • Pontes • Termas • Templos • Objetos de uso comum • Estátuas • Mosaicos • Etc. Alandroal Carenque Negrelos Miróbriga Évora Rio MaiorConímbriga C astro Verde
  • 14. Romanização profunda • Dois imperadores provenientes da Península Ibérica Trajano Adriano
  • 15.  República – Economia em que se utiliza a moeda.  Império – Conjunto de territórios abrangendo regões e povos diferentes subordinados a uma autoridade única.  Romanização – Influência exercida pela civilização romana sobre as populações do Império, levando-os, progressivamente, a absorver a língua, religiãos, cultura e costumes romanos.  Pax Romana – Expressão romana a paz armada que os romanos impunham aos povos conquistados. Revoltas ou desobediências eram duramente punidas.  Província – Nome aplicado aos territórios conquistados situados fora da Península Itálica. Tinham um governador escolhido por Roma, pagavam impostos e contribuiam com soldados para o exército.  Município – Cidade do Inpério que tinha o privilégio de se administrar a si própria, dispondo de magistrados locais.  Culto Imperial – Adoração do imperador que era considerado um deus.  Hispânia – Antiga designação da Península Ibérica, palavra de origem fenícia que se pensa significar “terra de coelhos”.
  • 16. 1. Localizar o aparecimento de Roma no espaço e no tempo. 2. Descrever a lenda da fundação de Roma. 3. Descrever a evolução de Roma, de cidade a Império. 4. Enumerar os fatores que permitiram a romanização dos povos conquistados. 5. Justificar a união do Império. 6. Justificar a conquista da Península Ibérica palos romanos. 7. Caracterizar a conquista da Península Ibérica pelos romanos.

×