Metro recife

  • 4,971 views
Uploaded on

 

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
4,971
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
7

Actions

Shares
Downloads
1
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Dispõe sobre a destinação de espaços exclusivos para mulheres nos sistemas ferroviário e metroviário do Estado de Pernambuco. Art. 1ª As empresas que administram o sistema ferroviário e metroviário no Estado de Pernambuco Ficam obrigadas a destinarem vagões exclusivamente para mulheres nos horários de pico matutino e vespertino. § 1ª Para efeito da presente Lei, entende-se como horário de pico matutino o intervalo entre 6h e 9h e vespertino o intervalo entre 17h e 20h. § 2ª Os vagões a serem destinados para transporte exclusivo de mulheres poderão ser destacados entre os que integram a composição dimensionada para o fluxo de passageiros nos referidos horários de pico, ou adicionados à composição, a critério da concessionária. § 3ª Nos vagões que não são de uso exclusivo das mulheres poderá haver misto. § 4ª Excetuam-se os sábados, domingos e feriados do previsto no artigo 1ª da presente lei. Art. 2ª As empresas terão 30 dias para se adequar a presente Lei. Art. 3ª O não cumprimento do disposto no caput do art. 1ª, implicará no pagamento de multa de 150 (cento e cinquenta) UFIR/PE Art. 4ª Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação Parágrafo único – Se a irregularidade não for sanada no prazo de 30 (trinte) dias após a notificação pelo órgão responsável pela fiscalização, será aplicada multa diária de 50 (cinquenta) UFIR/PE justificativa Este projeto de lei tem como objetivo coibir a ação de alguns homens que se aproveitam da superlotação dos vagões para bolinar as mulheres, e dar opção às mulheres de viajar nos vagões exclusivos. Não são raras as histórias sobre esses abusos sofridos por mulheres durante as viagens nas composições lotadas. “Esta é mais uma sinalização de que esta Casa está preocupada com a criação de uma sociedade mais justa e generosa, e que fará o possível para combater qualquer tipo de violência. E não há maior
  • 2. violência do que aquela que constrange e, consequentemente, impede as mulheres, a partir da separação de um vagão por composição, possa contribuir para resolver o problema sem causar transtorno operacional. Vale salientar que nos Estados do Rio de Janeiro e São Paulo uma Lei semelhante está em vigor.