Your SlideShare is downloading. ×
CNI junho 2009
CNI junho 2009
CNI junho 2009
CNI junho 2009
CNI junho 2009
CNI junho 2009
CNI junho 2009
CNI junho 2009
CNI junho 2009
CNI junho 2009
CNI junho 2009
CNI junho 2009
CNI junho 2009
CNI junho 2009
CNI junho 2009
CNI junho 2009
CNI junho 2009
CNI junho 2009
CNI junho 2009
CNI junho 2009
CNI junho 2009
CNI junho 2009
CNI junho 2009
CNI junho 2009
CNI junho 2009
CNI junho 2009
CNI junho 2009
CNI junho 2009
CNI junho 2009
CNI junho 2009
CNI junho 2009
CNI junho 2009
CNI junho 2009
CNI junho 2009
CNI junho 2009
CNI junho 2009
CNI junho 2009
CNI junho 2009
CNI junho 2009
CNI junho 2009
CNI junho 2009
CNI junho 2009
CNI junho 2009
CNI junho 2009
CNI junho 2009
CNI junho 2009
CNI junho 2009
CNI junho 2009
CNI junho 2009
CNI junho 2009
CNI junho 2009
CNI junho 2009
CNI junho 2009
CNI junho 2009
CNI junho 2009
CNI junho 2009
CNI junho 2009
CNI junho 2009
CNI junho 2009
CNI junho 2009
CNI junho 2009
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

CNI junho 2009

390

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
390
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
6
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Pesquisa CNI – Ibope Junho - 2009
  • 2.
    • A MCI - Estratégia, consultoria da CNI, apresenta a análise dos dados de pesquisa quantitativa nacional realizada pelo Ibope.
    Especificações Técnicas da Pesquisa CNI - Ibope Pesquisa CNI-Ibope Período 29 de maio a 1º de junho Abrangência Nacional Universo Eleitores com 16 anos e mais Amostra 2.002 entrevistas em 143 municípios Margem de erro 2 pontos percentuais e grau de confiança de 95%
  • 3. Pesquisa CNI-Ibope
    • Na 26ª rodada da série iniciada com a posse do presidente Lula, a pesquisa CNI/Ibope revela melhora nas expectativas relativas ao cenário econômico, com impacto positivo no conjunto das avaliações do governo e do presidente. Essa opinião mais favorável sobre a economia contribuiu para interromper a curva descendente das avaliações de governo que havia sido observada há três meses. No intervalo entre março e junho, a avaliação positiva do governo Lula cresceu quatro pontos percentuais, enquanto a avaliação negativa recuou dois pontos. Hoje, 68% consideram o governo do presidente Lula “ótimo” ou “bom”, contra 64% que pensavam assim em março. A aprovação à maneira como o presidente governa oscilou positivamente dentro da margem de erro (passou de 78% para 80% em três meses), mesmo movimento detectado na confiança em Lula, que também cresceu dois pontos percentuais.
    • Na rodada de junho, a população se mostra menos preocupada com a crise econômica e mais confiante nos resultados da economia nos próximos seis meses. Houve uma queda sensível na expectativa de aumento do desemprego: 53% acham que o desemprego vai aumentar nos próximos seis meses. Esse percentual era de 68% em março.  
    CONSIDERAÇÕES GERAIS  
  • 4. Pesquisa CNI-Ibope
    • Em relação à crise econômica, aumenta a aprovação às ações adotadas pelo governo para enfrentar o problema: 69% afirmam que o governo brasileiro está tomando as medidas corretas para enfrentar a crise, contra 59% que pensavam dessa maneira em março.
    • Em um movimento contrário ao registrado há três meses, agora em junho a opinião sobre a administração federal pode estar se beneficiando da expectativa mais positiva do quadro econômico. Dos nove itens específicos da gestão Lula analisados pelo estudo, seis registram crescimento da avaliação positiva.
    • A melhora do conjunto das avaliações tem como explicação, entre outros fatores, a percepção de que o noticiário sobre o governo foi considerado mais favorável pela população. A percepção de que as notícias sobre o governo são mais favoráveis saltou de 24%, em março, para 33%, enquanto a percepção de que o noticiário é mais desfavorável recuou de 24% para 16%.
    CONSIDERAÇÕES GERAIS  
  • 5. Pesquisa CNI-Ibope
    • Nesta rodada, pela primeira vez a série de pesquisas CNI/Ibope incluiu um capítulo sobre as eleições de 2010. Foram simulados dois cenários para medir a intenção de votos e foram avaliados o conhecimento dos pré-candidatos e a probabilidade de voto nos nomes listados. Na primeira simulação, o governador de São Paulo, José Serra, aparece em primeiro lugar, com 38% da preferência do eleitorado, seguido da ministra da Casa Civil, Dilma Roussef, isolada em segundo lugar, com 18%. Quando o nome do candidato do PSDB é o governador de Minas Gerais, Aécio Neves, o deputado Ciro Gomes chega a 22% e a ministra Dilma Roussef tem a preferência de 21% dos eleitores, um empate técnico na primeira posição. A seguir, aparecem empatados tecnicamente Aécio Neves, com 12%, e Heloísa Helena, com 11% das intenções de voto.
    CONSIDERAÇÕES GERAIS  
  • 6. Pesquisa CNI-Ibope EXPECTATIVAS: VIDA PESSOAL, INFLAÇÃO, DESEMPREGO E RENDA
  • 7. Pesquisa CNI-Ibope Pergunta: “Pensando em 2009, de uma maneira geral, para o (a) sr(a) pessoalmente, o ano de 2009 está sendo:” A AVALIAÇÃO DO ANO EM CURSO
    • Percorrido quase todo o primeiro semestre de 2009, a pesquisa mostra que os brasileiros mantêm a opinião bastante favorável sobre o ano em curso. Para 77%, o ano de 2009 está sendo “muito bom” ou “bom” (eram 74% em março) enquanto 22% acham que o ano está sendo “ruim” ou “muito ruim” (eram 25% há três meses).
  • 8. Pesquisa CNI-Ibope Pergunta : “ E como o(a) sr(a) diria que será o ano de 2009? De maneira geral, o(a) sr(a) diria que pessoalmente o ano de 2009 será:” COMO SERÁ 2009 A EXPECTATIVA PARA 2009
    • Em relação à rodada anterior, não houve alteração significativa quanto à expectativa da população para o ano de 2009. Permanece bastante elevada a expectativa de que o restante do ano será positivo: 84% afirmam que 2009 será um ano “muito bom” ou “bom”, variação positiva de um ponto percentual, dentro da margem de erro da pesquisa, enquanto 12% acham que o ano será “ruim” ou “muito ruim”, mesmo percentual registrado em março.
    SET/ 06 DEZ/ 06 ABR/ 07 JUN/ 07 SET/ 07 DEZ / 07 (EXP. 08) MAR/ 08 JUN/ 08 SET/ 08 DEZ/ 08 (EXP. 09) MAR/ 09 JUN/ 09 MUITO BOM 33 43 21 19 18 36 26 26 19 41 20 21 BOM 52 46 60 61 63 52 59 58 66 46 63 63 RUIM 5 3 7 9 10 4 6 8 6 5 9 9 MUITO RUIM 2 2 4 5 3 3 2 3 2 2 3 3 NS / NR 8 6 8 6 5 6 7 5 6 6 4 3
  • 9. Pesquisa CNI-Ibope EXPECTATIVA PARA OS PRÓXIMOS SEIS MESES
    • Embora o emprego continue a ser o aspecto que mais preocupa a população, o capítulo sobre as expectativas econômicas para os próximos seis meses mostra uma redução sensível na projeção para o crescimento do desemprego. Para 53% da população, o desemprego “aumentará muito” ou “aumentará”, enquanto 21% acreditam no aumento da oferta de trabalho. Esse resultado revela que os brasileiros traçam um cenário menos preocupante do que projetavam há três meses. Em março, 68% acreditavam no aumento e 13% projetavam redução no desemprego.
    • No caso da inflação, pela segunda rodada seguida, e agora de maneira ainda mais expressiva, a pesquisa registra queda na expectativa de elevação dos preços, com aumento dos que acreditam na estabilidade. Nesta rodada, 51% afirmam que a inflação vai aumentar (aumentar muito + aumentar), contra 32% que afirmam que ela se manterá no mesmo patamar e 11% que apostam na redução dos preços. Há três meses, 63% afirmavam que os preços iriam aumentar muito ou iriam aumentar nos próximos seis meses, enquanto 22% acreditavam que não haveria alteração e 9% afirmavam que os preços cairiam.
    • Em relação à renda pessoal, com oscilações dentro da margem de erro, 35% dizem que sua renda vai aumentar nos próximos seis meses (eram 37% há três meses), 46% afirmam que seus ganhos permanecerão os mesmos (44% em março) e 13% acreditam que vão ganhar menos do que recebem hoje (mesmo percentual da rodada anterior).
  • 10. Pesquisa CNI-Ibope Pergunta: “ Levando em conta a situação do país nos últimos seis meses, na sua opinião, A INFLAÇÃO vai aumentar muito, vai aumentar, vai diminuir, vai diminuir muito, ou não vai mudar nos próximos seis meses? ” INFLAÇÃO INFLAÇÃO EXPECTATIVA PARA OS PRÓXIMOS SEIS MESES JUN/ 08 SET/ 08 DEZ/ 08 MAR/ 09 JUN/ 09 Vai aumentar muito 19 15 19 16 10 Vai aumentar 46 40 48 47 41 Não vai mudar 18 27 19 22 32 Vai diminuir 11 11 9 9 11 Vai diminuir muito 1 1 0 0 0 NS/ NR 6 7 5 5 5
  • 11. Pesquisa CNI-Ibope Pergunta: “ Levando em conta a situação do país nos últimos seis meses, na sua opinião, O DESEMPREGO vai aumentar muito, vai aumentar, vai diminuir, vai diminuir muito, ou não vai mudar nos próximos seis meses? ” DESEMPREGO EXPECTATIVA PARA OS PRÓXIMOS SEIS MESES JUN/ 08 SET/ 08 DEZ/ 08 MAR/ 09 JUN/ 09 Vai aumentar muito 14 10 17 18 12 Vai aumentar 38 30 46 50 41 Não vai mudar 21 31 20 16 24 Vai diminuir 21 23 14 12 20 Vai diminuir muito 3 1 1 1 1 NS/ NR 4 5 2 2 3
  • 12. Pesquisa CNI-Ibope Pergunta: “ Levando em conta a situação do país nos últimos seis meses, na sua opinião, A SUA PRÓPRIA RENDA vai aumentar muito, vai aumentar, vai diminuir, vai diminuir muito, ou não vai mudar nos próximos seis meses? ” PRÓPRIA RENDA EXPECTATIVA PARA OS PRÓXIMOS SEIS MESES JUN/ 08 SET/ 08 DEZ/ 08 MAR/ 09 JUN/ 09 Vai aumentar muito 6 8 7 7 4 Vai aumentar 31 32 31 30 31 Não vai mudar 40 42 41 44 46 Vai diminuir 14 9 12 12 12 Vai diminuir muito 2 0 1 1 1 NS/ NR 6 8 8 6 6
  • 13. Pesquisa CNI-Ibope INDICADORES DE AVALIAÇÃO DO GOVERNO
  • 14. Pesquisa CNI-Ibope Pesquisa CNI-Ibope AVALIAÇÃO POSITIVA VOLTA A CRESCER
    • Após a inflexão registrada em março, a avaliação do Governo Federal volta a crescer e registra o terceiro melhor resultado da série CNI/Ibope. Nesta rodada, 68% avaliam o governo Lula como “ótimo” ou “bom” e 8% o avaliam como “ruim” ou “péssimo”, um crescimento no saldo positivo de seis pontos percentuais. Em março, esses índices correspondiam, respectivamente, a 64% e 10%. O saldo atual de 60 pontos é o terceiro mais alto desde o início da série.
    • A análise por estratos sócioeconômicos mostra que o crescimento da avaliação ocorre em quase todos os segmentos. As exceções são a faixa entre 40 e 49 anos e nos municípios com até 20 mil habitantes. Cabe ressaltar, no entanto, que em todos os segmentos o governo tem elevado saldo positivo de avaliação.
    • Conforme tem sido observado ao longo da série histórica, a avaliação do governo Lula na faixa de menor escolaridade (os que cursaram até a 4ª série do ensino fundamental) e na região Nordeste é ainda mais expressiva, com o saldo superando a casa de 70 pontos percentuais.
  • 15. Pesquisa CNI-Ibope Pesquisa CNI-Ibope Pergunta: “Na sua avaliação, o Governo do Presidente Lula está sendo:” SALDO: +44 +32 +29 +27 +11 +3 +19 +25 +22 +13 -3 -3 +16 +25 SALDO: +21 +33 +44 +33 +34 +30 +34 +47 +46 +61 +67 +54 +60 AVALIAÇÃO DO GOVERNO LULA
  • 16. Pesquisa CNI-Ibope AVALIAÇÃO DO GOVERNO LULA Pergunta: “Na sua avaliação, o Governo do Presidente Lula está sendo:” Saldo Variação JUN 09 MAR 09 +60 +54 +6 +63 +60 +3 +57 +51 +6 +54 +53 +1 +64 +56 +8 +61 +54 +7 +53 +62 -9 +69 +52 +17 +71 +61 +10 +56 +53 +3 +55 +55 0 +54 +47 +7   +64 +58 +6 +74 +73 +1 +54 +48 +6 +48 +42 +6
  • 17. Pesquisa CNI-Ibope AVALIAÇÃO DO GOVERNO LULA Pergunta: “Na sua avaliação, o Governo do Presidente Lula está sendo:” Saldo Variação JUN 09 MAR 09 +51 +51 0 +58 +50 +8 +64 +59 +5 +63 +59 +4 +62 +57 +5 +61 +56 +5 +59 +49 +10 +41 +33 +8 +63 +65 -2 +65 +61 +4 +57 +50 +7
  • 18. Pesquisa CNI-Ibope Pesquisa CNI-Ibope APROVAÇÃO OSCILA DENTRO DA MARGEM DE ERRO
    • A aprovação à maneira como o presidente Lula administra o País oscilou positivamente dois pontos percentuais, dentro da margem de erro. A desaprovação, no entanto, recuou três pontos, fazendo com que o saldo positivo subisse cinco pontos. Atualmente, 80% aprovam a forma como país está sendo administrado por Lula, enquanto 16% desaprovam. Há três meses, a aprovação era de 78% e a desaprovação, 19%.
    • O movimento no sentido da aprovação ocorreu na maioria dos segmentos investigados, As exceções são na faixa entre 40 e 49 anos, nos pequenos municípios e na região Sul. Apesar da redução do saldo, nos três segmentos a aprovação permanece positiva.
    • No Nordeste, a aprovação à maneira do presidente governar chega a 92% (saldo positivo de 86 pontos), na faixa até um salário mínimo é de 86% (saldo de 74 pontos) e entre os que cursaram até a 4ª série do ensino fundamental é de 85% (saldo de 73 pontos).
    • A menor aprovação, na marca de 66%, é registrada na região Sul e na faixa de renda acima de 10 salários mínimos.
  • 19. Pesquisa CNI-Ibope Pergunta: “O(a) sr.(a) aprova ou desaprova a maneira como o Presidente Lula está governando o Brasil?” SALDO +26 +19 +30 +48 +36 +36 +30 +35 +51 +48 +63 +70 +59 +64 SALDO +62 +52 +45 +41 +15 +9 +19 +32 +25 +17 -4 -10 +16 APROVAÇÃO AO GOVERNO LULA
  • 20. Pesquisa CNI-Ibope APROVAÇÃO AO GOVERNO LULA Pergunta: “O(a) sr.(a) aprova ou desaprova a maneira como o Presidente Lula está governando o Brasil?” Saldo Variação JUN 09 MAR 09 +64 +59 5 +68 +63 5 +60 +54 6 +61 +63 -2 +66 +59 7 +66 +56 10 +52 +65 -13 +71 +52 19 +73 +65 8 +60 +56 4 +63 +59 4 +49 +47 2     +67 +62 5 +86 +84 2 +58 +48 10 +37 +42 -5
  • 21. Pesquisa CNI-Ibope APROVAÇÃO AO GOVERNO LULA Pergunta: “O(a) sr.(a) aprova ou desaprova a maneira como o Presidente Lula está governando o Brasil?” Saldo Variação JUN 09 MAR 09 +54 +54 0 +60 +58 2 +68 +61 7 +74 +67 7 +64 +62 2 +62 +59 3 +60 +51 9 +35 +32 3 +64 +69 -5 +68 +62 6 +60 +54 6
  • 22. Pesquisa CNI-Ibope Pergunta: “Gostaria de saber que nota, de 0 a 10 o(a) sr.(a) daria ao Governo do Presidente Lula? ” NOTA MÉDIA FICA EM 7,5
    • A nota média atribuída pela população ao governo do presidente Lula avançou 1 décimo em relação ao estudo de março. Na escala de zero a 10, o governo recebeu nota 7,5, contra 7,4 registrados anteriormente.
    Jun/ 09
  • 23. Pesquisa CNI-Ibope Pergunta: “O(a) sr.(a) confia ou não confia no Presidente Lula?” CONFIANÇA NO PRESIDENTE LULA SALDO +64 +57 +44 +43 +24 +11 +21 +30 +26 +18 -7 -10 +10 SALDO +10 +17 +9 +20 +40 +28 +26 +23 +25 +40 +39 +50 +62 +51 +55
    • A confiança no presidente Lula oscilou positivamente dentro da margem de erro. Com isso, o saldo cresceu quatro pontos percentuais. Hoje, 76% afirmam confiar no presidente, contra 21% que dizem que não confiam. Há três meses, 74% confiavam contra 23% que diziam não confiar.
  • 24. Pesquisa CNI-Ibope Pergunta: ”Na sua opinião, em relação ao primeiro mandato, o segundo mandato do governo do Presidente Lula está sendo:” COMPARAÇÃO ENTRE O PRIMEIRO E O SEGUNDO MANDATO COMPARAÇÃO ENTRE O PRIMEIRO E O SEGUNDO MANDATO
    • Na opinião de 45% da população, o atual mandato do presidente Lula está sendo melhor do que o anterior. Esse resultado está quatro pontos acima do registrado na pesquisa passada. Para 40%, o atual mandato é igual ao primeiro, mesmo percentual de março, e para 14% o mandato anterior era melhor (18% há três meses).
  • 25. Pesquisa CNI-Ibope AVALIAÇÃO POR ÁREAS ESPECÍFICAS DE ATUAÇÃO
  • 26. Pesquisa CNI-Ibope AVALIAÇÃO POR ÁREAS ESPECÍFICAS
    • Dos nove itens investigados no capítulo de avaliação por áreas específicas seis apresentam movimento no sentido da aprovação. O destaque principal fica para os itens da área econômica, pois em todos eles houve sensível melhora na avaliação.
    • No caso do combate ao desemprego, a curva descendente que se observava há duas rodadas foi interrompida, a aprovação voltou a crescer e o saldo passou a ser positivo. Atualmente, 50% aprovam e 46% desaprovam a atuação do governo no combate ao desemprego, percentuais inversos aos registrados em março. Com o início da crise econômica internacional, não se pode deixar de observar o peso dos indicadores de emprego na avaliação geral do governo Lula. Na rodada passada, a piora nesses indicadores coincidiu com um recuo na avaliação positiva do governo. Agora, a recuperação da avaliação é acompanhada pelo aumento da percepção positiva em relação ao emprego.
    • Ainda no campo econômico, houve um aumento expressivo da aprovação à atuação do governo em relação aos juros. Hoje, 43% aprovam e 47% desaprovam a atuação nesse quesito, no melhor resultado alcançado pelo governo desde que essa questão passou a ser formulada, há cinco anos.
  • 27. Pesquisa CNI-Ibope AVALIAÇÃO POR ÁREAS ESPECÍFICAS
    • No combate à inflação, a pesquisa também registra uma inversão das opiniões em comparação à rodada passada: 52% aprovam a atuação do governo nesse campo (eram 43% em março) e 41% desaprovam (eram 52%).
    • A reprovação à política de impostos do governo Lula permanece elevada, mas houve uma redução nesse percentual. Há três meses, 61% desaprovavam e 32% aprovavam a atuação do governo nessa área. Hoje, esses percentuais são 54% e 38%, respectivamente.
    • Com a redução da desaprovação relativa aos impostos (item que sempre liderava o ranking negativo), as áreas da saúde e da segurança pública passaram a ser as mais reprovadas pela população: 59% desaprovam o trabalho do governo na segurança pública e 57% desaprovam o trabalho na área da saúde.
    • A pesquisa mostra ainda estabilidade na aprovação ao trabalho na educação e melhora da avaliação das atuações no combate à fome e à pobreza e no meio ambiente.
  • 28. Pesquisa CNI-Ibope APROVAÇÃO AO GOVERNO NAS PRINCIPAIS ÁREAS NO COMBATE À FOME E À POBREZA SALDO +6 +17 +24 +37 +11 +19 +11 +16 +27 +20 +37 +37 +15 + 24 Pergunta: “Para cada um dos assuntos que eu citar, gostaria que o(a) sr.(a) dissesse se aprova ou desaprova a atuação do Governo do Presidente Lula até o momento”:
  • 29. Pesquisa CNI-Ibope NA ÁREA DE SEGURANÇA PÚBLICA NO COMBATE À INFLAÇÃO SALDO -28 -47 -41 -31 -26 -25 -34 -16 -15 -15 -4 -7 -20 -21 SALDO -9 +5 -6 +9 -1 +8 -5 -5 +8 -12 +11 +5 -11 +11 APROVAÇÃO AO GOVERNO NAS PRINCIPAIS ÁREAS Pergunta: “Para cada um dos assuntos que eu citar, gostaria que o(a) sr.(a) dissesse se aprova ou desaprova a atuação do Governo do Presidente Lula até o momento”:
  • 30. Pesquisa CNI-Ibope QUANTO À TAXA DE JUROS NO COMBATE AO DESEMPREGO SALDO -36 -25 -26 -26 -26 -14 -26 -27 -14 -30 -19 -10 -18 -4 SALDO -19 -10 -23 -17 -15 -6 -10 -4 +14 +7 +25 +17 -4 +4 APROVAÇÃO AO GOVERNO NAS PRINCIPAIS ÁREAS Pergunta: “Para cada um dos assuntos que eu citar, gostaria que o(a) sr.(a) dissesse se aprova ou desaprova a atuação do Governo do Presidente Lula até o momento”:
  • 31. Pesquisa CNI-Ibope Pergunta: “Para cada um dos assuntos que eu citar, gostaria que o(a) sr.(a) dissesse se aprova ou desaprova a atuação do Governo do Presidente Lula até o momento”: EM RELAÇÃO AOS IMPOSTOS SALDO -45 -39 -47 -45 -39 -38 -40 -43 -25 -32 -18 -15 -29 -16 EM RELAÇÃO AO MEIO AMBIENTE SALDO: -8 +8 0 +6 +26 +13 +25 +25 +12 +19 APROVAÇÃO AO GOVERNO NAS PRINCIPAIS ÁREAS
  • 32. Pesquisa CNI-Ibope Pergunta: “Para cada um dos assuntos que eu citar, gostaria que o(a) sr.(a) dissesse se aprova ou desaprova a atuação do Governo do Presidente Lula até o momento”: SALDO -7 +10 0 -16 -16 SALDO +20 +28 +13 +10 +10 APROVAÇÃO AO GOVERNO NAS PRINCIPAIS ÁREAS
  • 33. Pesquisa CNI-Ibope PERCEPÇÃO DO NOTICIÁRIO
  • 34. Pesquisa CNI-Ibope PERCEPÇÃO DO NOTICIÁRIO
    • A percepção de que as notícias sobre o governo do presidente Lula são mais favoráveis do que desfavoráveis aumentou 9 pontos percentuais em relação à rodada anterior. Já a percepção de que o noticiário é mais desfavorável recuou 8 pontos. Essa diferença de percepção é um dos fatores com reflexo na avaliação geral do governo. Na comparação com a rodada de março, houve uma mudança expressiva na percepção do noticiário, pois há três meses havia um rigoroso equilíbrio entre as opiniões. Na ocasião, 24% diziam que as notícias eram mais favoráveis, mesmo percentual dos que diziam que eram mais desfavoráveis.
    • Nesta rodada, houve uma variedade de temas envolvendo o governo que foram espontaneamente lembrados. Os três temas mais citados, com menções na casa dos dois dígitos, foram a crise financeira internacional (15%), o lançamento do Plano Nacional de Habitação Popular (11%) e o anúncio da doença da ministra da Casa Civil, Dilma Roussef (10%).
  • 35. Pesquisa CNI-Ibope Pergunta: “Na sua opinião, as notícias que saíram recentemente na televisão, nas rádios ou nos jornais sobre o Governo do Presidente Lula, nessas últimas semanas, foram mais favoráveis, foram nem favoráveis nem desfavoráveis ou foram mais desfavoráveis?” PERCEPÇÃO DO NOTICIÁRIO SOBRE O GOVERNO DO PRESIDENTE LULA
  • 36. Pesquisa CNI-Ibope NOTÍCIAS MAIS LEMBRADAS SOBRE O GOVERNO LULA (Espontânea – duas opções) Pergunta: “ Pelo que o(a) sr(a) se lembra, quais foram as duas principais notícias sobre o governo do Presidente Lula que saíram na imprensa nas últimas semanas? ” (Continua) Jun/09 Crise financeira internacional e os efeitos no Brasil/ Ameaça de recessão no Brasil em razão da crise financeira internacional 15 Lançamento do Plano Nacional de Habitação Popular/ Construção de 1 milhão de casas populares até 2010 11 Anúncio da doença da Ministra Dilma Rousseff 10 Viagens do Presidente Lula/ Viagem do Presidente Lula a China/ Turquia 7 Alerta do governo sobre a gripe suína/ Casos de gripe suína no Brasil 7 Criação da CPI da Petrobrás 6 Governo Federal reduz o IPI de produtos como geladeira, fogão e máquina de lavar roupas 6 Doença do vice-presidente José de Alencar 5 Pré-candidatura da Ministra Dilma à presidência da República 4 PAC/ Obras do PAC 4
  • 37. Pesquisa CNI-Ibope NOTÍCIAS MAIS LEMBRADAS SOBRE O GOVERNO LULA (Espontânea – duas opções) Pergunta: “ Pelo que o(a) sr(a) se lembra, quais foram as duas principais notícias sobre o governo do Presidente Lula que saíram na imprensa nas últimas semanas? ” (Continua) Jun/09 Afirmação do Presidente Lula de que a crise econômica internacional será imperceptível para o Brasil 3 Problemas na área de segurança/ Crise na segurança 3 Notícias sobre a possibilidade do terceiro mandato para o Presidente Lula 3 Governo Federal decide prorrogar redução de IPI para carros 2 Hugo Chávez pede empréstimo ao BNDES para construção do metrô de Caracas 2 Mudanças no ENEM/ Proposta do governo para o ENEM substituir o vestibular 2 Bolsa Família/ Fome Zero 2 Aumento da carga tributária/ Elevação dos impostos 1 Acusação da oposição de que o governo Federal/ Lula faz campanha antecipada para Dilma Rousseff 1 Criação de 100 mil empregos em abril 1 Denúncias de que parlamentares distribuíram passagens aéreas para parentes e amigos 1
  • 38. Pesquisa CNI-Ibope NOTÍCIAS MAIS LEMBRADAS SOBRE O GOVERNO LULA (Espontânea – duas opções) Pergunta: “ Pelo que o(a) sr(a) se lembra, quais foram as duas principais notícias sobre o governo do Presidente Lula que saíram na imprensa nas últimas semanas? ” Jun/09 Denúncias de corrupção / Desvio de verbas 1 Redução de juros/ Impostos 1 Melhorias na área de educação 1 Apoio/ recursos para os desabrigados das enchentes no nordeste 1 Aumento de salários/ benefícios 1 Apoio do governo ao esporte 1 Investimento em usinas/ refinarias 1 Outras com menos de 1% 3 Nenhuma 11 Não sabe 2 Não respondeu 1
  • 39. Pesquisa CNI-Ibope CRISE ECONÔMICA
  • 40.
    • A pesquisa CNI/Ibope revela que o brasileiro está mais otimista em relação à crise econômica e aos seus eventuais efeitos. A população está com menos medo de ser afetada pela crise, espera que o Brasil seja pouco atingido e pensa cada vez menos em mudar seus hábitos de consumo. Além disso, cresce a aprovação à forma como o governo brasileiro vem enfrentando o problema.
    • Isso não significa, no entanto, que a crise não seja vista como grave. A pesquisa mostra que ocorreu uma migração das opiniões dos que consideravam a crise muito grave para a opção de que ela é grave. Em março, 37% afirmavam que a crise era muito grave e 46% a consideravam grave. Hoje, 26% consideram a crise muito grave e 52% passaram a considerá-la grave. Também é expressivo o crescimento do contingente que afirma que o Brasil está mais preparado para a crise: 48% contra 39% há três meses.
    • Nesta rodada, ocorre ainda uma mudança em relação à projeção de consumo. Mais da metade da população (53%) afirma que não alterou e nem pretende alterar seus hábitos de consumo. Há três meses, 45% pensavam dessa maneira.
    • Ao contrário do que se observou há três meses, quando existia uma preocupação mais evidente, nesta rodada cresceu expressivamente o percentual que aposta em poucos prejuízos ao País em razão da crise: 53% afirmam que a economia brasileira será pouco prejudicada (44% em março) e 30% acreditam que a economia será muito prejudicada (40% em março).
    • O estudo mostra ainda uma melhoria sensível na avaliação das ações do governo no enfrentamento da crise. Para 69%, o governo brasileiro está tomando as medidas corretas, enquanto 16% acham que elas são incorretas. Em março, esses percentuais eram 59% e 22%, respectivamente. Hoje, 61% avaliam como “ótima” ou “boa” a atuação do governo no combate aos efeitos da crise (47% em março).
    Pesquisa CNI-Ibope A CRISE ECONÔMICA
  • 41. COMO OS BRASILEIROS PERCEBEM A CRISE FINANCEIRA SABEM SOBRE A CRISE CONSIDERAM A CRISE MUITO GRAVE OU GRAVE ACHAM QUE O BRASIL SERÁ POUCO PREJUDICADO BRASIL ESTÁ MAIS PREPARADO PARA A CRISE MUITO OU POUCO MEDO DE SER AFETADO JÁ SENTEM OS EFEITOS NO DIA-A-DIA AUMENTO DOS PREÇOS É O MAIOR EFEITO NÃO ALTERARAM SEUS HÁBITOS DE CONSUMO CRISE MAIS GRAVE OU TÃO GRAVE DO QUE OUTRAS ATUAÇÃO POSITIVA DO GOVERNO FEDERAL GOVERNO TOMOU AS MEDIDAS CORRETAS EXPECTATIVA DE QUE A CRISE TERMINE EM 2009 MAR / 09 JUN/ 09
  • 42. Pesquisa CNI-Ibope Pergunta : “ Hoje vários países estão sendo afetados por uma crise financeira iniciada nos Estados Unidos. O(a) sr(a) já tinha conhecimento sobre isto ou é a primeira vez que ouve falar?:” CONHECIMENTO PERCEPÇÃO DA CRISE
  • 43. Pesquisa CNI-Ibope Pergunta : “ Pelo que sabe ou ouve falar, esta crise financeira internacional é:” GRAVIDADE PERCEPÇÃO DA CRISE
  • 44. Pesquisa CNI-Ibope Pergunta : “ Ainda pelo que sabe ou ouviu falar, em razão da crise financeira internacional, o(a) sr(a) acha que a economia brasileira será:” IMPACTO NA ECONOMIA BRASILEIRA PERCEPÇÃO DA CRISE
  • 45. Pesquisa CNI-Ibope Pergunta : “ E na sua opinião, comparando com o passado, o Brasil hoje está mais preparado, igualmente preparado, ou está menos preparado para enfrentar uma crise econômica internacional?” O BRASIL NO ENFRENTAMENTO DA CRISE PERCEPÇÃO DA CRISE
  • 46. Pesquisa CNI-Ibope Pergunta : “ Pensando na crise financeira internacional, o(a) sr(a) diria que, pessoalmente, está com muito medo de ser afetado pela crise, com um pouco de medo de ser afetado pela crise ou sem qualquer medo de ser afetado pela crise?” MEDO DE SER AFETADO PERCEPÇÃO DA CRISE
  • 47. Pesquisa CNI-Ibope Pergunta : “ E o(a) sr(a) diria que:” EFEITOS PERCEPÇÃO DA CRISE
  • 48. Pesquisa CNI-Ibope Pergunta : “ Qual destes o(a) sr(a) diria que é o principal efeito da crise financeira internacional no seu dia-a-dia? (1º + 2º lugares)” (%) PRINCIPAIS EFEITOS DA CRISE DEZ/08 MAR/09 JUN/09 Aumento do preço dos produtos 48 47 46 Dificuldade para pagar dívidas já contraídas 26 32 34 Perda do emprego 16 27 27 Aumento na taxa de juros para comprar eletrodomésticos e/ou carro/moto 21 14 9 Ameaça ou risco de perder o emprego 12 13 15 Dificuldade para pagar aluguel/prestação da casa própria 11 11 10 Dificuldade para pagar prestações de bens como eletrodomésticos e/ou carro/moto 9 11 10 Dificuldade para conseguir financiamento para compra de imóveis/ da casa própria 14 9 9 Dificuldade para conseguir financiamento para compra de bens como eletrodomésticos 9 7 8 Dificuldade para conseguir financiamento para compra de carro 7 6 4 Perda de dinheiro em aplicações/investimentos financeiros 7 5 6 Redução nos prazos para pagamentos de compras de carros, eletrodomésticos e outros bens 5 4 4 Teve que demitir alguém 2 1 2 Desaquecimento do mercado 1 - - Nenhuma destas/Não sabe/Não respondeu 1 1 2
  • 49. IMPACTO DA CRISE NOS HÁBITOS DE CONSUMO Pergunta : “ Ainda pensando na crise financeira internacional, o(a) sr(a) diria que:” Pesquisa CNI-Ibope
  • 50. Pesquisa CNI-Ibope Pergunta : “ Pelo que sabe ou ouviu falar, e comparando com outras crises financeiras internacionais que o Brasil já atravessou, o(a) sr(a) diria que a atual é: GRAVIDADE DA CRISE
  • 51. Pesquisa CNI-Ibope Pergunta: “ E na sua opinião, a crise financeira internacional estará superada:” (%) EXPECTATIVA PARA O FIM DA CRISE DEZ/08 MAR/09 JUN / 09 No primeiro semestre de 2009 23 4 2 No segundo semestre de 2009 28 28 21 Em 2010 13 25 33 Após 2010 8 15 20 Ainda em 2008 5 - - Não há previsão de quando será superada (Esp.) 11 17 12 Não sabe/Não respondeu 12 11 11
  • 52. Pesquisa CNI-Ibope Pergunta: (1)“ Pelo que o(a) sr(a) tem conhecimento, o governo brasileiro está ou não está tomando as medidas corretas para enfrentar os problemas econômicos internacionais que estão ocorrendo atualmente?” (2) “Como o(a) Sr.(a) avalia a atuação do Governo Federal no combate aos efeitos da crise econômica internacional? (%) ENFRENTAMENTO DA CRISE PELO GOVERNO OPINIÃO SOBRE AS MEDIDAS ADOTADAS PELO GOVERNO FEDERAL(1) AVALIAÇÃO DA ATUAÇÃO DO GOVERNO NO COMBATE À CRISE (2) DEZ/08 MAR/09 JUN/09 Está tomando as medidas corretas 62 59 69 Não está tomando as medidas corretas 15 22 16 Não conhece o suficiente para opinar (Esp.) 13 11 8 Não sabe 9 8 7 Não respondeu 0 0 0 DEZ/08 MAR/09 JUN/09 Ótima + Boa 62 47 61 Regular 25 34 25 Ruim + Péssima 5 11 6 Não sabe 8 8 8 Não respondeu 0 0 0
  • 53. Pesquisa CNI-Ibope Pergunta : “ Pensando na crise financeira internacional e nos problemas que começam a atingir a economia brasileira, para cada item citado, diga se, na sua opinião,o governo brasileiro está ou não está tomando as medidas corretas. Em relação ao DESEMPREGO, SALÁRIOS, FINANCIAMENTO PARA COMPRA DE BENS COMO FOGÃO, GELADEIRA E MÓVEIS , FINANCIAMENTO PARA A COMPRA DE CARROS, FINANCIAMENTO PARA A COMPRA DA CASA PRÓPRIA, o governo brasileiro está ou não tomando as medidas corretas?” OPINIÃO SOBRE AS MEDIDAS ESPECIFICAS QUE O GOVERNO ESTÁ TOMANDO Está tomando as medidas corretas Não está tomando as medidas corretas Não conhece o suficiente para opinar (Esp.) Não sabe/Não Opinou Desemprego 50 42 3 5 Salários 48 45 2 5 Financiamento para compra de bens como fogão, geladeira e móveis 72 19 3 6 Financiamento para a compra de carros 62 23 4 10 Financiamento para a compra da casa própria 69 20 3 8
  • 54. Pesquisa CNI-Ibope ELEIÇÕES 2010
  • 55.
    • Na primeira vez em que a pesquisa CNI/Ibope investiga cenários para as eleições presidenciais de 2010, foram feitas duas simulações de listas de candidatos. A primeira lista trouxe o governador de São Paulo, José Serra, como o pré-candidato do PSDB. Na segunda lista, Serra foi substituído pelo governador de Minas Gerais, Aécio Neves. Ambas as listas foram complementadas pelos pré-candidatos Dilma Roussef, do PT, Ciro Gomes, do PSB, e Heloisa Helena, do PSTU. A pesquisa avaliou ainda conhecimento, probabilidade de voto e rejeição dos pré-candidatos.
    • Na primeira lista, Serra aparece em primeiro lugar com 38% das intenções de voto, seguido pela ministra da Casa Civil, Dilma Roussef, com 18%, do deputado Ciro Gomes, com 12%, e da vereadora Heloísa Helena, com 11%.
    • Na lista em que o candidato do PSDB é o governador Aécio Neves, Ciro Gomes e Dilma Roussef aparecem empatados tecnicamente em primeiro lugar, com 22% e 21%, respectivamente. Aécio e Heloísa Helena também aparecem em empate técnico, com 12% e 11%.
    Pesquisa CNI-Ibope CENÁRIOS PARA 2010
  • 56. Pesquisa CNI-Ibope Pergunta : “ Se a eleição fosse hoje e os candidatos fossem estes, em quem o(a) sr(a) votaria para Presidente?” VOTO PARA PRESIDENTE – ELEIÇÃO 2010 LISTA 1
  • 57. Pesquisa CNI-Ibope Pergunta : “ E se a eleição fosse hoje e os candidatos fossem os deste outro cartão, em quem o(a) sr(a) votaria para Presidente da República?” VOTO PARA PRESIDENTE – ELEIÇÃO 2010 LISTA 2
  • 58.
    • A pesquisa também investigou o conhecimento dos pré-candidatos e a probabilidade de votos. Neste capítulo, para a interpretação precisa dos resultados, é extremamente importante observar o peso do nível de conhecimento de cada nome relacionado. Candidatos menos conhecidos podem apresentar índice de rejeição elevado. Tal rejeição deve ser creditada, em parte, justamente ao baixo conhecimento. Os pré-candidatos relacionados neste estudo apresentam diferença expressiva nos níveis de conhecimento, o que pode explicar, portanto, os diferentes patamares de probabilidade de voto e de rejeição.
    • Mais conhecido entre os nomes relacionados (76% dizem que o conhecem bem ou o conhecem mais ou menos), o governador de São Paulo, José Serra, do PSDB, aparece com a maior probabilidade de votos. Somados os que dizem que votariam nele com certeza e os que admitem votar, a probabilidade de voto em Serra chega a 65%. Por outro lado, 25% dos eleitores dizem que não votariam nele de jeito nenhum.
    • Segundo mais conhecido (52% afirmam que o conhecem bem ou o conhecem mais ou menos), o deputado Ciro Gomes tem probabilidade de voto (votariam com certeza + poderiam votar) de 48%, enquanto 32% dos eleitores afirmam que não votariam nele de jeito nenhum.
    Pesquisa CNI-Ibope CENÁRIOS PARA 2010
  • 59.
    • Os outros três pré-candidatos relacionados, Aécio Neves, Dilma Roussef e Heloísa Helena, apresentam nível de conhecimento bem inferior, o que pode provocar impacto nos seus resultados de probabilidade de voto e rejeição.
    • O governador de Minas Gerais, Aécio Neves, do PSDB, é pouco conhecido (conhece pouco + conhece só de ouvir falar) por 49% dos eleitores, sendo que outros 21% afirmam ter ouvido falar dele pela primeira vez ao serem entrevistados. Também 49% dos eleitores afirmam conhecer pouco (conhece pouco + conhece só de ouvir falar) a ministra da Casa Civil, Dilma Roussef, do PT, e outros 15% afirmam que ouviram falar dela pela primeira vez nesta pesquisa. A vereadora Heloísa Helena, do PSTU, é pouco conhecida por 53% dos eleitores e 11% admitem que ouviram falar dela pela primeira vez ao responderam a entrevista.
    • Dilma Roussef tem probabilidade de voto de 39% e 34% afirmam que não votariam nela de jeito nenhum; a probabilidade de voto em Aécio Neves é de 29% e 35% afirmam que não votariam nele de jeito nenhum. Em Heloísa Helena, a probabilidade de voto é de 33%, enquanto 40% dizem que não votariam nela de jeito nenhum.
    Pesquisa CNI-Ibope CENÁRIOS PARA 2010
  • 60. Pesquisa CNI-Ibope Pergunta : “ Para cada nome citado, gostaria que dissesse se o(a) sr(a)” CONHECIMENTO DOS CANDIDATOS
  • 61. Pesquisa CNI-Ibope Pergunta : “ Para cada um dos possíveis candidatos a Presidente citados, gostaria que o(a) sr(a) dissesse qual destas frases melhor descreve a sua opinião sobre ele.” PROBABILIDADE DE VOTOS

×