Your SlideShare is downloading. ×
Ano 13, nº 127, novembro/dezembro de 2012                                                                                 ...
Programa Educacional “12º encontro de encerramento come                       O                                  encerrame...
“Agronegócio na Escola”emora mais um ano de aprendizado evolução conquistada com o aprendizado                            ...
José Hamilton Ribeiro participou da festa  do Prêmio de Jornalismo da ABAG/RPA        festa de encerramento do V Prê-     ...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Destaque ABAG/RP 2012

1,311

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
1,311
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
1
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Transcript of "Destaque ABAG/RP 2012"

  1. 1. Ano 13, nº 127, novembro/dezembro de 2012 www.abagrp.org.br Os destaques do Programa Educacional “Agronegócio na Escola” Agronegócio, vida envolvente, sabor presente, tec- nologia inteligente, emprego ascendente, enfim, um leque abrangente. Grupo 1 - Mariana Pereira Lopes EMEF Profª Nair Duarte do Páteo Fran- zoni, BrodowskiGrupo 1 - Hélio Ferraz NetoEMEF Sérgio Rossetti, Pradópolis Agronegócio é a essência do bem estar. Se você dá valor às suas roupas, à sua comida e ao seu conforto, dê valor ao agronegócio. Grupo 2 - Larissa Thaís de Souza ETAM São Francisco de Assis, Colina Grupo 2 - Leonardo César Vilela Juzo EMEF Profª Arlinda Rosa Negri, Dumont Grupo 3 - Susany Gabriele Zangrosi de Paula EMEF Nelson Machado, Ribeirão Preto De geração em geração o agronegócio vem contri- buindo para a sustentabilidade econômica, social e ambiental em nosso país. Grupo 3 - Alexandre Felipe Coutinho EMEF Nelson Machado, Ribeirão Preto
  2. 2. Programa Educacional “12º encontro de encerramento come O encerramento do Programa Educa- cional “Agronegócio na Escola” foi mais que um espaço para premiação. O evento não só comemorou os bons re- sultados obtidos ao longo de 2012 como serviu para refletir os avanços obtidos e os desafios que se impõe para o futuro. Durante este ano, o agronegócio esteve nas salas de aula de 75 escolas de 25 cidades da região de Ribeirão Preto. Participaram quase 14 mil alunos e 120 professores. Este é, justamente, o dife- rencial do Programa desenvolvido pela ABAG/RP. Não é uma ação pontual, pois envolve os participantes com dinâmicas de capacitação, visitas monitoradas, tudo com um objetivo bem claro: dar visibilidade a um setor que muitas vezes passa desper- cebido, mas que está presente no dia a dia das cidades, das casas, das escolas, das indústrias, do comércio e na saúde. O envolvimento com o assunto pôde ser percebido durante todo o encontro. Primeiro em função da quantidade de docentes que se interessaram em partici- par do II Prêmio Professor, mas também pela mostra de trabalhos, apresentações e maquetes de hortas e agroindústrias; pela quantidade de atividades realizadas nas escolas e comunidades; e, ainda, devido ao grau de compreensão demonstrado nas frases e desenhos inscritos. As nove frases vencedoras do XI Con- curso de Frases, escolhidas nos três gru- pos que compõe o Programa Educacional “Agronegócio na Escola”, demonstraram como o concurso mexeu com os jovens e os instigou a refletir sobre o tema. Apoliana Alves da Silva, de Altinópo- lis, com sua frase: “Produtor rural: seja consciente com seu trabalho e responsá- vel com suas atitudes”, alerta que a po- pulação urbana está atenta ao que ocorre no meio rural. Por outro lado, Leonardo César Vilela Juzo, de Dumont, autor da frase: “Agronegócio é a essência do bem estar. Se você dá valor às suas roupas, à sua comida e ao seu conforto, dê valor ao agronegócio”, relembra que o conforto e a comodidade nas cidades apenas são possíveis com o trabalho desenvolvido no campo. Alexandre Felipe Coutinho, de Ribeirão Preto, foi além, ilustrou a Vencedores do XI Concurso de Frases e Desenhos
  3. 3. “Agronegócio na Escola”emora mais um ano de aprendizado evolução conquistada com o aprendizado O agronegócio no interior passado de pai para filho: “De geração em Estou no interior O mundo está mudando Agricultura crescendo geração o agronegócio vem contribuindo Tem cana e tem trator A terra inovando E o povo observando O agronegócio está neste lugar Etanol chegou para ficar... O Brasil a se destacar para a sustentabilidade econômica, social Plantando e colhendo Com tecnologia Com muita emoção e ambiental em nosso país”. Percepção Nosso alimento Ajudando hoje em dia Toco esta canção Para nossa região melhorar Na fazenda, no campo e no lar Para Santa Cruz eu representar. semelhante teve Angélica Francielli da Silva, também de Ribeirão Preto, ao não separar o desenvolvimento da preserva- ção: “Agronegócio - uma parceria entre o trabalho, a modernidade e a natureza”. A escolha dos vencedores na moda- lidade desenho baseou-se na expressão da compreensão do que foi estudado. Foram também nove os vencedores que, assim como os autores das frases, levaram para casa iPods, aparelhos de som e vales No palco: alunos da escola Olympio Pereira Conceição presente de uma loja de esportes. No palco Prêmio Professor Leonardo, João, Carlos, Murilo, Bru- O Prêmio Professor unanimidade, e serviram de no e Pedro, da escola Olympio Pereira “Agronegócio na Escola” exemplo de agricultura or- Conceição, de Santa Cruz da Esperança, criado em 2011 para estimu- gânica, de uso consciente do já haviam apresentado, no ano passado, lar os docentes a desenvolver espaço, uma vez que foram uma paródia sobre o trabalho rural usan- atividades que promovam plantadas até em garrafas pet do uma música sertaneja com um refrão inovação na execução do penduradas em muros, e de que remetia ao caipira: “Tô vendendo Programa Educacional, já compreensão sobre a boa queijo...”. De volta ao palco com uma apresenta resultados promis- alimentação. música de composição própria, o grupo sores. O número de projetos O Prêmio estimulou a re- abordou, através de uma letra simples, inscritos triplicou neste ano Professora Regina Célia alização de feiras de ciências mas com uma mensagem clara, a im- e, entre os seis finalistas, a Vaz de Oliveira e agronegócio pelas escolas portância do setor por prover alimento disputa foi apertada. Cada um teve dez da região. A “Feira do conhecimento em e energia. A criatividade da paródia e da minutos para fazer sua apresentação e agronegócio sustentável”, de Colômbia, música ressaltou a presença do agronegó- mostrar como colocou em prática sua fruto do esforço da professora Regina cio na história, na cultura e nas tradições; proposta. As hortas para exemplificar Célia Vaz de Oliveira, da EMEF Santa e o seu papel de destaque no país. as atividades agrícolas foram quase do Prado Maximiano, foi a grande ven- cedora. Até a sua concretização, que teve o prefeito do município participando da Aprendizado para todos abertura, o trabalho foi árduo. Os jovens visitaram fazendas de peixe no rio Gran- Para a diretora da ABAG/RP, Patricia abordar de forma mais contundente de, plantios comerciais de grãos e horta- Milan, o encontro de encerramento foi a tecnologia presente nos laboratórios liças, e um assentamento de sem-terra, marcado pelo empenho dos envolvidos de pesquisa e nas indústrias químicas e com o intuito de mostrar as diferentes com o Programa Educacional “Agrone- de máquinas e implementos agrícolas. realidades das atividades produtivas. gócio na Escola”, mas também salientou É importante que o olhar de profes- No final, a feira teve uma pitada de que é preciso fornecer mais informações sores e alunos se expanda, tanto para festa de peão, com direito a rainha e prin- sobre a sustentabilidade e a importância um perfeito entendimento do conceito cesa, muita apresentação de música coun- do equilíbrio entre o social, o ambiental de sustentabilidade, quanto para que try e demonstrações das pesquisas feitas e o econômico, de forma a desfigurar a o agronegócio seja visto sem reservas, a partir da vivência dos participantes no visão unilateral de que a mesma remete ocupando seu verdadeiro espaço de um campo. Segundo Regina, que levou como apenas à preservação do meio ambiente. setor que investe em desenvolvimento prêmio um ultrabook, “é preciso envolver Segundo Patricia, essa constatação para conservar o meio ambiente e con- os alunos do jeito que eles gostam. Se é dará o tom para as atividades de 2013. tribuir econômica e socialmente para o de festa, por que não fazer uma grande “A nossa próxima capacitação vai futuro da região e do país”. festa do agronegócio?”
  4. 4. José Hamilton Ribeiro participou da festa do Prêmio de Jornalismo da ABAG/RPA festa de encerramento do V Prê- mio ABAG/RP de Jornalismo José Hamilton Ribeiro, no dia28 de novembro, foi muito prestigiada,tanto por estudantes de jornalismo ejornalistas profissionais finalistas, quantopor convidados entusiastas da propostaque o prêmio carrega: “apresentar” osetor aos participantes. Zé Hamilton, o patrono do Prêmio,fez questão de estar presente na premia-ção, pois acredita que o diferencial daproposta da ABAG/RP pode ajudar adirecionar o olhar dos futuros jornalistaspara as coisas do campo: “Não importase é o tecnificado agronegócio, ou o maissimples produtor, a possibilidade de verde perto a dinâmica e a força da agri- José Hamilton Ribeiro entre os vencedores do V Prêmio ABAG/RP de Jornalismocultura brasileira valoriza todo o setor e e esperança ao Centro-Oeste”. Fernanda tiveram a oportunidade de conhecer aspossibilita que o jovem jornalista amplie Sampaio, da Record News, de Arara- unidades de pesquisa da Embrapa emsua visão sobre o tema, sobre a vida e quara, venceu na modalidade TV com a São Carlos: Pecuária Sudeste e Instru-repasse esta informação ao seu público”. matéria: “O uso correto de defensivos mentação Agropecuária. Foram milhares Concorrendo a um iPad 3G, a ca- agrícolas”. E pela qualidade e profundi- de quilômetros rodados para conhecertegoria Jovem Talento foi uma grata dade na abordagem do tema da matéria uma parte do maior setor da economiasurpresa para os jurados, 2 jornalistas “Carro de Boi”, que resgatou a história brasileira. Uma “saga” que se repetiráe 3 especialistas em agronegócio. A desse importante meio de transporte no em 2013 com o VI Prêmio ABAG/RPqualidade dos trabalhos valorizou a campo, o programa Caminhos da Roça, de Jornalismo José Hamilton Ribeiroescolha dos primeiros colocados. Thais da EPTV Ribeirão, representado pelo que já repercute positivamente no meioCardoso Perregil, da Unesp de Bauru, repórter João Carlos Borda e sua equipe, acadêmico e profissional.venceu na modalidade Impresso com recebeu Menção Honrosa.a matéria “Um orgulho: agronegócio”. Repercussão PositivaNa modalidade Vídeo o vencedor foi Resumo da dinâmica do Prêmio Os resultados positivos de uma ideiaRafael Lucas Conti, da UniSebCoc de Foram sete as atividades oferecidas implantada em 2008 começam a surgirRibeirão Preto, com a matéria: “Alimen- durante o ano de 2012 pelo V Prêmio. como reconhecimento à qualidade dotos Saudáveis”. Suas produções, além da A primeira delas, em maio, foi uma Prêmio e aprendizado adquirido pelosparticipação na totalidade das atividades visita guiada pela Agrishow para ver estudantes. Muitas das faculdades par-oferecidas pela ABAG/RP, ressaltaram de perto a tecnologia aplicada ao agro. ticipantes computaram os eventos doo interesse despertado pelo agronegócio Logo em seguida aconteceu o Seminário Prêmio como atividades extracurricula-e o empenho para com o Prêmio. Um Agronegócio e Sustentabilidade e o Tour res dos cursos. Por outro lado, empre-diferencial que levarão para a vida pro- Ciência Universitário, com palestras sas e outras associações, que tambémfissional, afinal, o tema é cada vez mais focadas no tema agronegócio e a Rio perceberam a importância da iniciativapresente nas editorias. +20 e visitas a empresas produtoras de da ABAG/RP, ofereceram vagas de Na categoria Profissional foram três agroquímicos. No início do segundo estágios em primeira mão para alunosmodalidades: Jornal, Revista e TV, com semestre os alunos foram convidados do Prêmio, além de os convidarem paraum prêmio líquido de R$ 5.000,00 em a prestigiar o Congresso Brasileiro de assistir fóruns de expressividade para ocada. Na modalidade Jornal, Marcelo Agronegócio, para conhecer as deman- setor, como o Fórum FAO Inovação,Toledo e Elida Oliveira, da Folha de das do setor e seu lado mais político. O Agricultura e Alimentos. O PrêmioSão Paulo, foram os vencedores com a Ciclo de Palestras e Visitas fechou a pro- ABAG/RP de Jornalismo José Hamiltonmatéria: “Safra de Cana tem a 1ª queda gramação. Os estudantes de jornalismo Ribeiro é um dos mais jovens do Brasil,em 10 anos”. Na modalidade Revista, e jornalistas profissionais visitaram três e em apenas cinco anos mostra queClivonei Roberto, da Canamix, venceu importantes cadeias produtivas paulista: veio para ficar e fazer a diferença para ocom a reportagem: “Cana leva progresso café, cana-de-açúcar e laranja; e ainda agronegócio e o jornalismo. é uma publicação oficial, mensal, da Associação Brasileira do Agronegócio da Região de Ribeirão Preto - ABAG/RP, Av. Presidente Vargas, 2.001, sala 87, CEP 14020-260, Ribeirão Preto-SP. Fones: (16) 3623-2326 e 3620-9303. Site: www.abagrp.org.br. E-mail: abagrp@abagrp.org.br. Jornalista responsável: Valéria Ribeiro, MTb 15.626. Editoração: Fernando Braga. Impressão: Gráfica São Francisco. Tiragem: 2.800 exemplares

×