Your SlideShare is downloading. ×
Advérbios
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Advérbios

1,316

Published on

Published in: Education
0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
1,316
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
5
Actions
Shares
0
Downloads
145
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Porto  Editora   Classes  de  palavras:   o  advérbio  
  • 2. Porto  Editora            O  advérbio  é  uma  palavra  invariável  em  género  e  número,   podendo,  contudo,  variar  em  grau.  Uma  locução  adverbial  é   uma  sequência  de  duas  ou  mais  palavras  introduzida  por  uma   preposição  e  com  função  semelhante  à  do  advérbio.            Os  advérbios  possuem  caracterísEcas  bastante   heterogéneas,  podendo  ser  classificados  quanto  ao   significado  que  possuem  (ou  seja,  quanto  ao  seu  valor   semânEco)  e  quanto  à  função  que  desempenham  na  frase  em   que  se  inserem.     O  advérbio  
  • 3. Porto  Editora               Há   advérbios   que   têm   valores   semânEcos   diferentes   e   que,   por   isso,   conferem   significados   disEntos   às   frases   em  que  se  integram.   A.  Valores  semân7cos  
  • 4. Porto  Editora   Quais  são  as  subclasses   dos  advérbios?   de  afirmação     de  inclusão  ou  exclusão     de  quan7dade  e  grau     de  negação     de  predicado    
  • 5. Porto  Editora   O  advérbio  de  afirmação  uEliza-­‐se  como     resposta  a  frases  interrogaEvas  e  para  transmiEr   ou  reforçar  a  afirmação  de  uma  ideia.     Ex.:  Concluíram  os  exercícios?  Sim.                  Esta  ficha  não  é  sobre  o  quan:ficador,  mas   sim  sobre  o  advérbio.     Advérbio  de  afirmação:     sim  
  • 6. O  advérbio  de  negação  atribui  um  valor   negaEvo  a  uma  frase.     Ex.:  A  Soraia  não  esteve  com  atenção  na  aula.   Advérbio  de  negação:     não   Porto  Editora  
  • 7. Porto  Editora   O   advérbio   de   quan7dade   e   grau   transmite   informação  sobre  a  quanEdade  ou  o  grau.     Ex.:  Os  alunos  estudaram  muito.                  Uns  estudaram  mais  do  que  outros.   Advérbios  de  quan7dade  e  grau:     muito,  pouco,  mais,  menos,  bastante,   demasiado,  excessivamente…  
  • 8. Porto  Editora   Advérbios  de  inclusão:   até,  mesmo,  também,  inclusivamente…       Advérbios  de  exclusão:   só,  apenas,  exceto,  exclusivamente…     O  advérbio  de  inclusão  ou  exclusão  indica  se  o   consEtuinte  a  que  se  refere  parEcipa  (inclusão)  ou  não   (exclusão)  num  determinado  conjunto.     Ex.:  O  João  também  concluiu  o  exercício.  (inclusão)                Todos  exceto  o  João  concluíram  o  exercício.   (exclusão)    
  • 9. Porto  Editora   Advérbios  de  predicado:     Com  valor  de  tempo:  ontem,  hoje,  amanhã,  já,  agora,   antes,  cedo,  tarde,  nunca,  outrora,  logo,  sempre…   Com   valor   de   lugar:   aqui,   ali,   lá,   cá,   aí,   além,   acolá,   dentro,  fora,  perto,  longe,  adiante,  atrás,  acima…   Com  valor  de  modo:  bem,  mal,  agradavelmente…                Integrado  no  grupo  verbal  de  uma  frase,  o  advérbio   de  predicado  pode  ter  diferentes  valores  semânEcos:   modo,  tempo  e  lugar.  Estes  advérbios  podem   desempenhar  a  função  sintáEca  de  complemento   oblíquo,  de  modificador  do  grupo  verbal  ou  de   predicaEvo  do  sujeito.     Ex.:  O  Fernando  canta  mal.  (valor  modal)                Os  meus  pais  regressam  amanhã.  (valor  temporal)                O  teu  caderno  diário  está  acolá.  (valor  loca7vo)  
  • 10. Porto  Editora            Há  advérbios  que,  mediante   a   função   que   têm   na   frase,   podem   ser   classificados   de   diferentes  formas.   B.  Funções  
  • 11. Porto  Editora            O  advérbio  interroga7vo  tem  como  função   idenEficar   aquilo   que   se   interroga   na   pergunta,   podendo  referir-­‐se  ao  tempo,  ao  lugar,  ao  modo   ou   à   causa,   e   ser   subsEtuído   por   um   grupo   preposicional  ou  adverbial.     Ex.:  Quando  chegaste?  (tempo)                    Onde  foste?  (lugar)   Advérbios  interroga7vos:     quando,  onde,  aonde,  como,  porque,  porquê…   Porto  Editora  
  • 12. Porto  Editora   Advérbios  conec7vos:     primeiro,  primeiramente,  seguidamente,   depois,  designadamente,  assim,  porém,   todavia,  contudo,  finalmente…            O  advérbio  conec7vo  tem  a  função  de  estabelecer  uma   relação  entre  frases  ou  elementos  da  frase,  podendo  essa   relação  ser  de  consequência,  de  contraste  ou  de  ordenação.     Ex.:  Primeiro  estudei  a  ficha  informa:va,  seguidamente   esclareci  as  minhas  dúvidas  e  finalmente  resolvi  os   exercícios.  
  • 13. Porto  Editora   O  advérbio  de  frase  pode  transmiEr  significados   diferentes  e  pode  desempenhar,  tal  como  o  nome   indica,  a  função  sintáEca  de  modificador  da  frase.     Ex.:  Felizmente,  não  cheguei  atrasada.       Advérbios  de  frase:     felizmente,  naturalmente,  claramente,  obviamente,   provavelmente,  realmente…  
  • 14. Porto  Editora   Em  síntese:   Advérbios   Locuções  adverbiais   de  afirmação   sim     à  direita,  à  noite,    à  vontade,  ao  acaso,   de  cima,  de  cor,     de  novo,  de  repente,   de  um  modo  geral,     em  cima,  em   silêncio,  na  verdade,   por  perto,  sem   dúvida…   de  negação   não   de  quan7dade    e  grau   muito,  pouco,  mais,  menos,  bastante,   demasiado,  excessivamente…   de  inclusão  e  exclusão   até,   mesmo,   também,   só,   apenas,   exceto…   interroga7vos   quando,  onde,  aonde,  como,  porque,   porquê…   conec7vos   primeiro,  primeiramente,  assim,   seguidamente,  depois,  finalmente,   designadamente,  porém,  contudo,   todavia,  ainda  assim,  no  entanto,  pois,   portanto,  por  isso,  por  consequência   de  predicado   ontem,  hoje,  amanhã,    ali,  aqui,  bem,   mal,  agradavelmente…   de  frase   felizmente,  naturalmente,     matemaEcamente…  

×