Leandro, o Rei da Helíria - personagens
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Leandro, o Rei da Helíria - personagens

on

  • 271 views

 

Statistics

Views

Total Views
271
Views on SlideShare
162
Embed Views
109

Actions

Likes
0
Downloads
1
Comments
0

4 Embeds 109

http://7portugues-cad.blogspot.pt 100
http://www.7portugues-cad.blogspot.pt 4
http://7portugues-cad.blogspot.com 4
http://7portugues-cad.blogspot.com.br 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Leandro, o Rei da Helíria - personagens Leandro, o Rei da Helíria - personagens Presentation Transcript

  •     LEANDRO, REI DA HELÍRIA CARACTERIZAÇÃO DIRETA DAS PERSONAGENS Caracterização direta Autocaracterização Heterocaracterização Leandro apavorado, rei da Helíria (p. 16); velho, preocupado (p. 24); memória enfraquecida (p. 68); pobre cego (p.104); louco (p. 105) Pelo Bobo: ignorante (p.11); zangado com a vida, maldisposto, (p. 13); escorraçado (p. 69); insignificante criatura (. 69); inofensivo (p. 71) Por Hortência: ágil, inteligente, lúcido (p. 19); palavras sempre justas e acertadas (p. 26) , velho (p. 63) Por Amarílis: alquebrado (p. 25); pai bondoso, desprendido dos bens materiais (p. 26); vadio e preguiçoso (p. 78) Por Felizardo: velho (p. 77) Por Reginaldo: ingrato (p. 89) Pelo Pastor: cansado(p. 95) Bobo pobre servo, pobre louco (p. 14) Por Hortênsia: impertinente, imbecil (p. 20); velho doido (p. 21) Por Amarílis: miserável linguarudo (p. 21); maldito bobo, louco (p. 22) Por Leandro: bobo fiel, sem preocupações, sem responsabilidades (p. 15); pobre tonto (p. 53); pobre amigo ( p. 67) Hortênsia flor de maior porte (p. 27) Por Leandro: Boas filhas (p. 26) ; tesouro (p. 54) Por Amarílis: galinha emproada, sonsa (p. 21) Pelo Bobo: caprichosa e inconstante (p 27); desalmada (p. 97) Amarílis flor de rara beleza (p. 27); cheia de olheiras (p. 75) Por Leandro: Boas filhas (p. 26); filhas dedicadas (p. 31) tesouro (p. 54) , filha primogénita (p. 55) Pelo Bobo: mulher artificiosa e enganadora (p. 27), desalmada (p. 97) Violeta donzela indefesa (p. 34); tonta, (p. 37); esposa leal e obediente(p. 89) Por Leandro: Boas filhas (p. 26) ,filhas dedicadas (p. 31) calada, flor modesta, tesouro (p. 54) , ingrata (p. 59), vulgar plebeia (p. 60); pele branca como marfim, sorriso doce (p. 105) Por Reginaldo: tesouro valioso, criança, (p. 35), criança; princesa amada e a mais feliz que o sol contempla (p. 47); magoada (p. 89) Pelo Bobo: filha preferida (p. 72) Felizardo memória fraca (p. 30) Por Hortênsia: deselegante (p. 49) Reginaldo Por Hortênsia e Amarílis: pelintra (p. 24) Pelo Bobo: belo moço (p. 24) Simplício Por Hortênsia: vocabulário reduzido, farta bolsa, reino com largos horizontes (p. 47) Colégio do Amor de Deus Português – 7ºano Ano letivo 2013-2014