Aula 2 urbanização

6,207 views
5,920 views

Published on

Aula 2 urbanização

  1. 1. Porto Alegre, 04 de outubro de 2011Aula 2- Urbanização Professora: Yazana Guaresi (graaande ajuda de Felipe Zanette)
  2. 2. Desde a Antiguidade, cidades como Ur e Babilônia, vemsendo erguidas (3.000 a.C.), porém elas serviam apenas decentro político, econômico e social, visto que a maioria dapopulação ainda vivia no campo. Com o latifúndio, esse poder foi descentralizado para o campo e a cidade perdeu seu valor, ficando sem função. É só com as Revoluções Industriais que surgem os primeiros fenômenos de urbanização.... LEMBRAR DO QUE FOI DISCUTIDO EM AULA SOBRE O QUE É NECESSÁRIO TER PARA QUE UMA ÁREA SE TRANSFORME EM UMA CIDADE :)
  3. 3. Chamamos de processo de urbanização atransformação de espaços naturais e rurais emespaços urbanos, juntamente com a transferência emlarga escala da população para a cidade – o exôdorural - . Tendo dois fatores que condicionam aurbanização, os atrativos (que movem as populaçõespara as cidades) e os repulsivos (que as repelem docampo) Fatores atrativos (ligados a “Países Desenvolvidos”): Oferta maior de bens e serviços, maior e melhor infra-estrutura, melhor qualidade de vida, segurança, emprego, etc. Fatores repulsivos (ligados a “Países Subdesenvolvidos”): Baixos salários no campo, precariedade nas condições de trabalho, pouco incentivo aos pequenos agriculturores, etc.
  4. 4. Durante a Primeira Revolução Industrial, no finaldo século XVIII, as jazidas de carvão mineral eram umdos fatores mais importantes para a localização dasfábricas e consequentemente das pessoas. Com a Segunda Revolução Industrial, no séculoXIX, outras fontes de energia como o petróleo e aeletricidade passaram a ser utilizadas. O fato dessas duasenergias serem facilmente transportadas, possibilitou odesenvolvimento de outras zonas industriais provocandouma dispersão geográfica das fábricas e também daspessoas. MAS...
  5. 5. Como discutimos em aula, nosPaíses Subdesenvolvidos não ocorreram asRevoluções Industriais, nem comoconsequência dessas, a chamada RevoluçãoAgrícola, acarretando assim diferentesformas de urbanização entre esses doispolos!
  6. 6. Urbanização em Países Desenvolvidos Revolução Industrial  Revolução Agrícola Mecanização do CampoTransferência das pessoas do campo para a cidade de FORMA GRADATIVA As cidades foram se estruturando lentamente em infra-estrutura, empregos, serviços, etc. POUCOS PROBLEMAS URBANOS
  7. 7. Urbanização em Países Subdesenvolvidos:Péssimas condições na zona rural (baixos salários, poucos empregos, faltade incenitvo ao pequeno agricultor)Grande e RÁPIDA transferência da população para as cidadesCriação de maiores problemas urbanos (sgregação espacial, falta deempregos, favelização, marginalização, insegurança, etc.) MACROCEFALIA URBANA
  8. 8. Fenômeno da Macrocefalia Urbana: deve ser entendidacomo o resultado da grande concentração das atividadeseconômicas, principalmente dos serviços, em algumas cidadesque acabam se tornando muito grandes relativamente, fatoque ocorre mais em países subdesenvolvidos, por causa daincapacidade de criação de empregos, o que força odeslocamento de milhares de pessoas para as cidades e quepolarizam a economia de cada país. Como sempre... São Paulo!
  9. 9. Atrelado ao fenômeno da Macrocefalia Urbana, está o conceito de hierarquia urbana, que por sua vez, está baseado na noção de rede urbana, um conjunto integrado de cidades que estabelecem relações econômicas, sociais e políticas entre si. A ideia de hierarquia está associada a dependência dos centros urbanos menores em relação aos centros maiores.ENEM, ENEM, ENEM, ENEM!!!!
  10. 10. Hierarquia Clássica Hierarquia AtualMetrópole Nacional Metrópole Regional MetrópoleMetrópole Regional Centro Regional Nacional Centro Regional Cidade Local Cidade Vila Bairro (Vila) Lembrem que a partir da hierarquia atual têm-se o padrão de cidades policêntricas!! Modernização dos transportes e das comunicações
  11. 11. Conceitos de Urbanização UFRGS E ENEMSítio: Localização precisa de uma cidade. (planalto, planície, depressão, etc.) Conurbação é o processo de fusão de duas ou mais áreas urbanizadas em que a malha urbana apresenta uma continuidade espacial (crescimento horizontal). Lembrem do que falamos em aula, da viagem de carro, quando não se sabe quando é o fim ou o começo de uma outra cidade, os exemplos que vocês deram em aula!! Metrópole: cidade com população superior a um milhão de habitantes.
  12. 12. Megalópole: Concentração espacial de sistemas urbanos Vazio Urbano: Área dentro dos limites urbanos do município que não é utilizada, aguardando valorização imobiliáriaRegião Polarizada: Área com grande número de polos industriais,comerciais, de serviços, etc!! Lembrem dos exemplos dados em aula: Azenha – ferragens ;Riachuelo – sebos ; Lima e Silva – entretenimento ; Farrapos – digamosque o “comércio noturno”. Megalópole: Concentração espacial de pessoas, mercadorias, capital, etc., entre duas ou mais metrópoles integradas por modernas redes de transporte e comunicação. Geralmente são conurbadas, mas não é necessário. Primeira megalópole do mundo: Boswash – EUA. No Brasil, temos a Rio-São Paulo.
  13. 13. CUIDEM COM ESSE PEGA RATÃO!! MEGACIDADE CIDADES GLOBAIS Megacidade: Mais de 10 milhões de habitantes (Paris) Cidade Global: Sedes de grandes empresas ; maior oferta de bens e serviços ; maior infra-estrutura (Zurique) Uma megacidade não necessariamente tem que ser uma cidade global, e nem uma cidade global precisa ser uma megacidade, MAS... Sempre... São Paulo, Nova York, Tóquio... São exemplos dos dois termos ao mesmo tempo!
  14. 14. Maiores Taxas de Urbanização no Mundo: Cingapura e Vaticano – 100% Bélgica – 97% Austrália -96%
  15. 15. Urbanização no BrasilNa primeira década de colonização há a fundação de várias vilas (Santa Cruz, Ilhéus). Geralmente, o sítio escolhido para a fundaçãodessas vilas eram lugares de difícil acesso, altos, próximos a ilhasjunto as baías, por causa atracamento dos navios, possibilidade deabrigo para os navegantes, possibilidade de defesa frente a umataque inimigo, etc. A cidade alta, tinha a função principal da cidade, já a parte baixa da cidade era ligada ao porto (armazém, prostituição...) NÃO ENTENDERAM??!! Vamos lembrar Porto Alegre...
  16. 16. Porto Alegre, fundada em 1772, era o que nós conhecemoshoje pelo centro. Os escravos e a população de baixa renda,“residiam” perto do Guaíba, sujeitos a inundações, poucaventilação e insolação. Já a população rica, situava-se naDuque de Caxias, parte alta da cidade! Essa urbanização da classe rica em 1772, dura até os dias de hoje, já que essa mesma urbanização se dá de forma linear, da Duque de Caxias, até o Jardim Europa.
  17. 17. Processos de Urbanização do Brasil:- Até 1930: as migrações e os processos de urbanização eram de escala estadual, embora as relações entre os estados fossem frágeis- A partir da década de 1930: expansão dos transportes e das comunicações. Tendência a concentração de atividades na região Sudeste. Fluxo intenso migratório de nordestinos e mineiros para São Paulo- Entre 1950 – 1980: intenso exôdo rural e migrações inter-regionais, com forte aumento da população na região Sudeste. Getúlio Vargas, em seu governo, promove uma concentração de investimentos em infra-estrutura na Região Sudeste.- De 1980 até hoje: predomínio da migração urbana-urbana. Deslocamento das pessoas de cidade pequena para a cidade e grande e também o inverso, de cidades grandes para pequenas e médias (fenômeno da descentralização das indústrias, e mais recentemente, procura pela qualidade de vida).LEMBRAR DO QUE OCORRE EM NOSSA PRÓPRIA CIDADE, O CRESCIMENTODA ZONA SUL!!
  18. 18. Brasil 1960 1970 1980 1990 2000 2010População Urbana 45% 56% 67,50% 76,20% 81,20% 86%População Rural 55% 44% 32,50% 23,80% 18,80% 14%
  19. 19. Regiões do Brasil e sua população urbana: Sudeste 92% Centro-Oeste 87% Sul 82% Norte 76% Nordeste 71%+ Norte e Nordeste foram as regiões que mais sofreram processos deurbanização na última década (aumento de quase 10% de seus populaçãourbana)
  20. 20. PARA ENCERRAR...MUUUUUUUITO IMPORTANTE!! Em 2006, pela primeira vez na história, a população urbana do planeta ultrapassou a rural. Na África e na Ásia a maioria da população ainda é rural (cerca de 80%)

×