Morfofisiologia Vegetal 2
Tecidos vegetais e suas funções
Necessidades dos vegetais
Nutrição
Circulação
Transpiração
Contr...
Tecidos permanentes
Complexos
Xilema e
Floema
Condução
de
substâncias
Epiderme
e súber
Revestimento
e proteção
Colênquima
...
Mentha piperita L.
Família: Lamiaceae
Nome popular:
hortelã
Herbácea, perene, caule quadran-
gular, esverdeado a avermelha...
Nutrição
Inorgânica:
Pelos absorventes da
epiderme das raízes
Água e sais minerais
Lei do mínimo
Fotossíntese e seus
fator...
Epiderme, pêlos, absorventes, parênquima cortical, cilindro vascular (estelo),
floema primário, xilema primário (protoxile...
Folha:
Nutrição orgânica , circulação e trocas gasosas
C
L
O
R
O
P
L
A
S
T
O
Tilacóide
Etapa II
QUÍMICA
Etapa I
FOTOQUÍMICA
Luz H2O CO2
ADP
NADP
H2O
C6H12O6
ATP
NADPH2
O2
E
S
T
...
N
i
v
e
l
d
e
E
n
e
r
g
i
a
CO2 + H20
C6H1206 + O2
Reação simplificada
6CO2 + 6H20 C6H12O6 + 6O2
luz
clorofila
ENERGIA
DA ...
Rendimento da fotossíntese será maior se
mais energia for absorvida
Comprimento de onda
Freqüência da
onda
Pico
Fatores Limitantes da Fotossíntese
Fatores limitantes são os
elementos necessários ao
processo que estiverem em menor
prop...
professora Ionara 14
Temperartura( enzimas da fase de claro)
Luz: (Qualidade e intensidade)
Reagentes químicos :
H20 ( sei...
Quais o(s) segmento(s) em que
a luz é o fator limitante do
processo.?
a) A, apenas.
b) D e E.
c) B e C.
d) D, E e F.
e) A,...
6CO2 + 6H20 C6H12O6 + 6O2
Horário
Ponto de compensação
ENERGIA
DA LUZ
Cada espécie tem seu ponto de
compensação luminosa: intensidade de luz
que compensa o gasto.
Acima do PC a ...
Ramos de igual tamanho
foram colocados em
tubos, hermeticamente
fechados, contendo água
e azul de bromotimol,
solução indi...
Circulação de seiva
A folha atua como coadjuvante na
circulação
Seiva bruta – teoria de Dixon
Seiva elaborada- Teoria de M...
Morfofisio 2 resumido
Morfofisio 2 resumido
Morfofisio 2 resumido
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Morfofisio 2 resumido

422 views
211 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
422
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
5
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Morfofisio 2 resumido

  1. 1. Morfofisiologia Vegetal 2 Tecidos vegetais e suas funções Necessidades dos vegetais Nutrição Circulação Transpiração Controle
  2. 2. Tecidos permanentes Complexos Xilema e Floema Condução de substâncias Epiderme e súber Revestimento e proteção Colênquima e Esclerênquima Sustentação Pre- enchimento e reserva Parênquima Simples
  3. 3. Mentha piperita L. Família: Lamiaceae Nome popular: hortelã Herbácea, perene, caule quadran- gular, esverdeado a avermelhado, até 60 cm de altura. Folhas opostas (A), simples, ápice agudo, margem da folha serrada, até 7 cm de comprimento. Flores reunidas em inflorescências. O UNIVERSO INTERIOR DAS PLANTAS – UMA EXPERIÊNCIA VIVIDA . Carme;lo Guerreiro et col
  4. 4. Nutrição Inorgânica: Pelos absorventes da epiderme das raízes Água e sais minerais Lei do mínimo Fotossíntese e seus fatores limitantesMacro nutrientes N,P,K,S,Ca,Mg Orgânica Parênquima clorofiliano Folhas , alguns caules Ponto de compensação luminosa Micro nutrientes Fe,B,Cu,Cl,Mn,Zn,
  5. 5. Epiderme, pêlos, absorventes, parênquima cortical, cilindro vascular (estelo), floema primário, xilema primário (protoxilema e metaxilema)
  6. 6. Folha: Nutrição orgânica , circulação e trocas gasosas
  7. 7. C L O R O P L A S T O Tilacóide Etapa II QUÍMICA Etapa I FOTOQUÍMICA Luz H2O CO2 ADP NADP H2O C6H12O6 ATP NADPH2 O2 E S T R O M A Glicose
  8. 8. N i v e l d e E n e r g i a CO2 + H20 C6H1206 + O2 Reação simplificada 6CO2 + 6H20 C6H12O6 + 6O2 luz clorofila ENERGIA DA LUZ FOTOSSÍNTESE
  9. 9. Rendimento da fotossíntese será maior se mais energia for absorvida
  10. 10. Comprimento de onda Freqüência da onda Pico
  11. 11. Fatores Limitantes da Fotossíntese Fatores limitantes são os elementos necessários ao processo que estiverem em menor proporção, ou seja, insuficientes para garantir que a reação aconteça.
  12. 12. professora Ionara 14 Temperartura( enzimas da fase de claro) Luz: (Qualidade e intensidade) Reagentes químicos : H20 ( seiva bruta) - solo CO2 ( estômatos)- folhas Os fatores limitantes da fotossíntese são:
  13. 13. Quais o(s) segmento(s) em que a luz é o fator limitante do processo.? a) A, apenas. b) D e E. c) B e C. d) D, E e F. e) A, B e C. Em um experimento foram obtidos dados que permitiram a construção do gráfico
  14. 14. 6CO2 + 6H20 C6H12O6 + 6O2 Horário Ponto de compensação
  15. 15. ENERGIA DA LUZ Cada espécie tem seu ponto de compensação luminosa: intensidade de luz que compensa o gasto. Acima do PC a planta armazena . Abaixo do PC, gasta reservas. F >R armazenamento F<R gasto de reservas PC: F=R fotosíntese horario
  16. 16. Ramos de igual tamanho foram colocados em tubos, hermeticamente fechados, contendo água e azul de bromotimol, solução indicadora que apresenta coloração verde em meio neutro, amarela em meio ácido e azul em meio básico. A figura II, indica a variação das taxas de fotossíntese e respiração dessa planta em função da intensidade luminosa. 1 ) Em que tubo a taxa de fotossíntese foi maior? Indique a letra correspondente ao segmento da Figura II, em que ocorreu essa maior taxa de fotossíntese. 2) Qual fenômeno está representado pelo ponto B na Figura II. Justifique sua resposta Indique o número do tubo que corresponde ao ponto B. 3 ) Determine a intensidade luminosa, I, II ou III, na qual a planta viveria menos tempo. Justifique sua resposta. 4) Cite o numero do tubo e a letra, indicadas nas figuras I e II, que representam a relação entre fotossíntese e respiração numa comunidade vegetal da Floresta Amazônica.
  17. 17. Circulação de seiva A folha atua como coadjuvante na circulação Seiva bruta – teoria de Dixon Seiva elaborada- Teoria de Munch

×