Aula 2 -  Biologia do século xix
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Like this? Share it with your network

Share

Aula 2 - Biologia do século xix

on

  • 2,049 views

 

Statistics

Views

Total Views
2,049
Views on SlideShare
2,049
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
18
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Aula 2 - Biologia do século xix Presentation Transcript

  • 1. Biologia do século XIX
  • 2. Biologia do século XIX• Século XVII e XVIII: a astronomia era o que mais exercia influência nos filósofos e também na sociedade;• Século XIX: os físicos baniram a filosofia de seus laboratórios, passaram a trabalhar com o realismo (bom senso); - não preocupavam se as suas descobertas fossem revelar a estrutura real do mundo;
  • 3. A revolução da pensamento científico A revolução do pensamento científico e filosófico da biologia >> Darwin Teoria da evolução + Seleção naturalFizeram com que o homem reconhecesse o seu verdadeiro lugar no mundo animal
  • 4.  As idéias evolucionárias da biologia se espalharam para os outros ramos do conhecimento;  Após 1840 >> estabeleceu-se uma falta de comunicação entre os NATURALISTAS e os FISIOLOGISTAS, jamais vista anteriormente; Era, basicamente, uma divisão entre os estudiosos das causas evolutivas (últimas) e os das causas fisiológicas (próximas)
  • 5. • Esta polaridade era a continuação do conflito já existente entre os naturalistas - herbalistas X físico-fisiologistas do século XVI;• Após 1859 >> duas biologias coexistiam lado a lado:  Biologia Evolutiva;  Biologia Funcional
  • 6. Fisiologia • Século XVIII >> dificuldade em explicar processos fisiológicos; • Aceitava-se, universalmente, o vitalismo:Teoria que afirmava que a matéria viva está acima do alcance da física e da química
  • 7. Século XIX• Auge da aplicação dos métodos físicos e químicos à biologia; • A maioria dos estudos >> estudiosos, aceitavam a necessidade da física e da química para a elucidação de problemas
  • 8. • Desenvolvimento de uma abordagem comparativa, forneceu pela primeira vez, uma oportunidade para a unificação da biologia formando uma ponte entre: • Naturalistas Anatomistas-fisiologistas
  • 9. • Início do século XIX: - Johannes Muller >> obra: Elementos de fisiologia - Investigou o problema da ação nervosa- Demonstrou que a sensação dependo da natureza do órgão sensorial e não do modo de estimulação- 1830>> realizou a passagem da fisiologia pura, para a embriologia comparativa e a morfologia dos invertebrados
  • 10. • 1833 >> Beaumont – médico militar • Realizou trabalho sobre a digestão, em paciente ferido por arma de fogo;• Claude Bernard >> realizou os mesmos estudos, só que em animais: - demonstrou que o suco pancreático desintegra as gorduras no duodeno, decompondo-as em ácidos gráxos e glicerina; - converte o amido em açúcar; - dissolve proteínas.
  • 11. • Estudos mostravam que as plantas absorvem substâncias inorgânicas e formam substâncias orgânicas, assim como, os animais decompõem substâncias orgânicas em substâncias mais simples; • Bernard >> glicogênio (fígado de cães); • Explicou ação tóxica do CO;
  • 12. • Von Baer >> rastreou a multiplicação e a diferenciação da células até o desenvolvimento embrionário; • Contribuição para a moderna embriologia;• Metschnikoff >> descobriu que glóbulos brancos do sangue podem englobar e destruir as bactérias nocivas
  • 13. Época de progresso do estudo nervoso • Localização das funções cerebrais;• Diferenças entre ação volitiva e ação inconsciente ou reflexa; • Charcot >> atos vitais (respiração e espirro...) eram apenas reflexos e não processos neurais complexos
  • 14. 1878 – Kuehne, chamou os catalisadores orgânicos de ENZIMAS : Amilase, pepsina, tripsina, lipase...Crescente interesse nos estudos das glândulas e de suas secreções
  • 15. Bacteriologia • 1838 >> levedo usado na fermentação consiste em minúsculas células vivas;• Putrefação e fermentação não ocorrem na ausência dos organismos vivos;• Pasteur >> imunidade contra a raiva por meio da inoculação com vírus atenuado
  • 16.  Ciclo do Carbono e do Nitrogênio  Geografia e Geologia Expedições exploratórias (Beagle) >> 1831>> observações até a Patagônia, levando a bordo DARWIN Estudo da vida marinha >> Henson – plânctonsLyel – 1863- investigações em peças de osso e marfim entalhado, permitiu colocar o homem na sua devida posição (diferença cronologia Bíblica)
  • 17. • Evolução e Seleção NaturalIdéia da evolução surgiu nos escritórios do filósofos (Bacon, Descartes, Kant...)Herbert Spencer >> pregava uma completadoutrina da evolução, anos antes de Darwin Primeira teoria completa >> Lamarck
  • 18. • Darwin (Wallace e Malthus)• Hipótese da seleção natural >> demolição de todos os marcos filosóficos e religiosos; • Dúvida sobre teorias de Lamarck, embora sem provas!!!
  • 19. • 1900 > Weismann >> distinção entre células somáticas e germinativas>>O produto das células germinativas não tendem a ser influenciados pelas alterações do corpo (derrubada de Lamarck) Redescoberta dos trabalhos de Mendel (mutações)
  • 20. • Antropologia-obra da Darwin impulsiona os estudos baseados na evolução; Estudos com crânios humanos
  • 21. • Ciência e filosofia do século XIXFilósofos zombavam dos cientistas e estes ignoravam os filósofosContinuava separado a ciência da filosofia
  • 22. • Psicologia • Estudo do ser humano por dois modos: - racionalmente; - Empiricamente; >>Introspecção, observação e experimentaçãoInício século XIX >> universidades alemãs combinavam a psicologia racional com a cosmologia e a teologia
  • 23. • França >> espírito já estava sendo examinado por meios externos, como um problema fisiológico e patológico;• Darwin >> estudo das emoções nos animais e nos homens