Oportunidades de Negócios Centradas em Rede
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Oportunidades de Negócios Centradas em Rede

on

  • 2,204 views

Palestra ministrada pelo Prof. Salvador Razza, no B.I. International, no dia 8 de março de 2009.

Palestra ministrada pelo Prof. Salvador Razza, no B.I. International, no dia 8 de março de 2009.

Statistics

Views

Total Views
2,204
Views on SlideShare
2,202
Embed Views
2

Actions

Likes
0
Downloads
19
Comments
0

1 Embed 2

http://www.slideshare.net 2

Accessibility

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Oportunidades de Negócios Centradas em Rede Oportunidades de Negócios Centradas em Rede Presentation Transcript

  • Oportunidades de Negócios  Centradas em Redes Prof. Dr. Salvador Raza Abril 2009 CeTRIS Centro de Tecnologia, Relações Internacionais e Segurança
  • R E D E S
  • A estrutura das redes possuem propriedades ocultas em sua construção Euler, que aumenta ou limita a habilidade de fazer coisas com elas. Teoria dos Grafos Redes isoladas Definição de objetivos requer informações R para traduzir esses objetivos em ações e medir resultados. E Redes compostas (+) D Definição de interfaces e limites exigem informações sobre como interpretar a função da rede no ambiente. E Redes Adaptativas complexas (++) S Precisam de informações que tornem claras as preferências em um ambiente dinamicamente reconfigurado. Tipologia pg CeTRIS
  • A estrutura das redes possuem propriedades ocultas em sua construção Euler, que aumenta ou limita a habilidade de fazer coisas com elas. Teoria dos Grafos Redes isoladas Domínio Físico: eficiência da Definição de objetivos requer informações R conectividade da empresas na para traduzir esses objetivos em infoestrutura. ações e medir resultados. E Domínio C D í i Cognitivo: eficácia d iti fi á i dos Redes compostas (+) modelos de decisão no ambiente D Definição de interfaces e limites exigem do marketing estratégico. informações sobre como interpretar a função da rede no ambiente. Domínio Informacional: E efetividade dos processos de Redes Adaptativas complexas (++) coleta, correlação, fusão, S Precisam de informações que tornem proteção, recuperação d tã ã da claras as preferências em um ambiente informação dinamicamente reconfigurado. Estrutura Tipologia pg CeTRIS
  • Redes isoladas Domínio Físico: eficiência da Definição de objetivos requer informações R conectividade da empresas na para traduzir esses objetivos em infoestrutura. ações e medir resultados. E Domínio C D í i Cognitivo: eficácia d iti fi á i dos Redes compostas (+) modelos de decisão no ambiente D Definição de interfaces e limites exigem do marketing estratégico. informações sobre como interpretar a função da rede no ambiente. Domínio Informacional: E efetividade dos processos de Redes Adaptativas complexas (++) coleta, correlação, fusão, S Precisam de informações que tornem proteção, recuperação d tã ã da claras as preferências em um ambiente informação dinamicamente reconfigurado. Stephen Gage, President Cleveland Advanced Manufacturing Program “I doubt if there´s a company around here that isn´t experimenting with I doubt if there s a company around here that isn t experimenting with  something having to do with dismantling Taylorism”. CeTRIS
  • Redes isoladas Domínio Físico: eficiência da Definição de objetivos requer informações R conectividade da empresas na para traduzir esses objetivos em infoestrutura. ações e medir resultados. E Domínio C D í i Cognitivo: eficácia d iti fi á i dos Redes compostas (+) modelos de decisão no ambiente D Definição de interfaces e limites exigem do marketing estratégico. informações sobre como interpretar a função da rede no ambiente. Domínio Informacional: E efetividade dos processos de Redes Adaptativas complexas (++) coleta, correlação, fusão, S Precisam de informações que tornem proteção, recuperação d tã ã da claras as preferências em um ambiente informação dinamicamente reconfigurado. Frederick Kovac, VP for Planning Goodyear “The major strategic decisions of our biggest competitor are made in France and The major strategic decisions of our biggest competitor are made in France and  Japan”. CeTRIS
  • Redes isoladas Domínio Físico: eficiência da Definição de objetivos requer informações R conectividade da empresas na para traduzir esses objetivos em infoestrutura. ações e medir resultados. E Domínio C D í i Cognitivo: eficácia d iti fi á i dos Redes compostas (+) modelos de decisão no ambiente D Definição de interfaces e limites exigem do marketing estratégico. informações sobre como interpretar a função da rede no ambiente. Domínio Informacional: E efetividade dos processos de Redes Adaptativas complexas (++) coleta, correlação, fusão, S Precisam de informações que tornem proteção, recuperação d tã ã da claras as preferências em um ambiente informação dinamicamente reconfigurado. Martin D. Walkers, CEO M.A. Hanna (U$ 1.3B /y Polymers) “The potential for information sharing is almost unimaginable waiting to be The potential for information sharing is almost unimaginable, waiting to be  found by networking with suppliers and customers”. CeTRIS
  • Administrar é decidir. Resultado das decisões Significado das decisões é uma construção comunicadas na rede organizacional dependente do fluxo de informações. modificam a rede, definindo a iteração O fluxo de informações dá significado ao que a entre o processo e o t organização é frente às mudanças do ambiente, ambiente das aumentam a previsibilidade e alcance das decisões. decisões. A natureza dinâmica da rede implica em  A natureza dinâmica da rede implica em Como os recursos são escassos  Como os recursos são escassos – que as relações que definem protocolos  sempre – os nódulos tem que se  de negócios evoluam com a  reposicionar rapidamente para que as  reconfiguração da arquitetura dos nós.  reconfiguração da arquitetura dos nós. negociações tenham tempo de  negociações tenham tempo de Devido ao tamanho da rede, é impossível  conclusão. O papel da rede é capacitar  para os nós armazenar a associação com  informações precisas e oportunas para  q q p ,p outros nós além daqueles com os quais  o processo de decisão, por meio da  estão comunicando no momento. Dessa  coleta, processamento, análise e  forma, sempre que houver uma mudança  distribuição eficiente de dados. Esse  na rede, novos protocolos de negócios  ciclo gera conhecimentos que  devem ser criados. possibilitam novos negócios.
  • Lei de Amdahl: o aumento do número de Lei de Metcalfe: a função de utilidade de plataformas no sistema aumenta a utilidade da um rede aumenta com o quadrado do rede como uma função da capacidade de ç p número de nós (plataformas de decisão). decisão) posicionamento ótimo das plataformas de decisão adicionadas. Presupostos: coleta e distribuição ótima de Presupostos: Targeting ótimo. p g g informação na rede. Tempos de espera e rede seguenciamento de procesos otimizados (filas). Ruptura no fluxo da experiência: compreensão diferente das redes transacionais dos negócios internacionais. Abandonar a noção de fronteira e incorporar a de redes de estruturas tributárias e de logísticas de transporte. Revelar oportunidades ocultas em novas interpretações construídas a partir de novas categorias indexadoras da base de informações.
  • OBSERVAR ‐ Modelagem Analítica: vasculhamento funcional do ambiente e estruturação de  dados relevantes e pertinentes com a identificação de mapas causais que formem um  esquema interpretativo adequado da realidade  contendo um consenso sobre o propósito e  objetivos da empresa e as incertezas críticas. ORIENTAR ‐ Modelagem Exploratória:  amplia  o horizonte de criação das linhas de ação  estáveis segundo os  eixos temporais projetivo, de propensão e prosficcional.  Chave da   orientação é a liberação do conhecimento tácito da organização na criação de roteiros  orientação é a liberação do conhecimento tácito da organização na criação de roteiros internamente consistentes sobre a maneira como o ambiente do negócio  irá  se desenvolver. DECIDIR ‐ Modelagem Avaliativa: seleção de alternativa (decisão) que preenche critérios  DECIDIR Modelagem Avaliativa: seleção de alternativa (decisão) que preenche critérios mínimos de  adequabilidade, aceitabilidade e exeqüibilidade segundo três padrões  simultâneos: racional, organizacional e político‐burocrático, com a construção das métricas.  Criação de significado: desenho do conceito de negócio  lógica interna reduz complexidade  Criação de significado: desenho do conceito de negócio – lógica interna reduz complexidade do ambiente orientando a ação coletiva. AGIR ‐ Modelagem Programática: construção e implementação do plano diretor com   G ode age og a át ca: co st ução e p e e tação do p a o d eto co sincronização do objeto, ambiente e função do objeto no ambiente.
  • Depreciação cambial Redução de crédito  Encarecimento dos  Doenças e  direto das tradings financiamentos endemias  agrobusiness Compressão de  crédito  Aumento do  Aumento do  Maior  custo dos  custo de  Comprometimento   insumos  matéria prima matéria prima de Renda agrícolas Limite de crédito  agrícola  Aumento do  comprometido por  custo de  Desaceleração da  negociação 2004 produção economia  economia doméstica Excesso de  Diminuição das  investimentos  redes e  Aumento Risco forasteiros volumes  Diminuição  Diminuição transportados  Vendas Varejo Diminuição  Concentração  demanda de  em grandes  Crise  Aumento da  commodities grupos  Planejamento  informalidade nacionais  i i Empresas  Familiares Concentração do  mercado  Diminuição  importador  Elevado grau de endividamentos na  preços  preços setorial Brasileiro  setorial Brasileiro renovação das frotas e capacidades  ãd f id d commodities  de produção Aumento  agrícolas Contrabando Acirramento da  Concorrência Aumento barreiras  Aumento barreiras não‐tarifárias BR e   Exterior CeTRIS SOLUÇÕES INOVADORAS PARA PROBLEMAS COMPLEXOS
  • Cenários 2020 Segurança Energética To allow everyone in the world to attain just the energy use per person of Poland today, or about 100  GJ/capita, would require about twice the amount of energy the entire world already uses today,  assuming that people who are already above Poland's level maintain their current energy use per  capita. To achieve the level of Russia's energy use today (~200 GJ/capita), more than three times as  capita To achie e the le el of R ssia's ener se toda (~200 GJ/capita) more than three times as much energy is required over what is used today  CeTRIS
  • Segurança Energética • Aproximação do Peak‐oil (aumento do custo  marginal de extração) marginal de extração) • Sim: Aumento do valor nominal dos  contratos passou de 1T para 13T nos  últimos 10 anos, equivalente ao PIB US.  ,q (Bank for International Settlements) • Não: Somente entre 2045 e 2067:  reservas/consumo: 14x1 (Saleri – Wall  Street J. 04/03/08); crescimento demanda  2% e recuperação 3x1 • Voracidade chinesa por  commodities: 40%  do aumento  do consumo • Subsídios distorcem a relação produção  consumo: maior consumo  • Aumento global: 1,5% ‐ China 9% só pode  ser atendido com maior importação:  estamos pagando o desenvolvimento da  China CeTRIS
  • Segurança Ambiental CeTRIS CeTRIS
  • Global and domestic environmental impacts: 1/3 of land in China is affected by acid rain People affected by climate change events over a 14 year period (1990-2004): China 1.8 billion - Thailand 34 million Future: Plenty of room for growth ssenger cars/1000 pe rsons, In transport, vehicle ownership is still low 200 Japan 492 150 2002 100 50 Pas - Indonesia Thailand China Mongolia Cambodia South Korea Malaysia EAP Philippines Vietnam Average = 10 CeTRIS
  • CeTRIS
  • Energia e Mudanças Climáticas CeTRIS
  • Segurança Territorial Global View of the Continental Margins beyond 200 Nautical Miles from Baseline Grandes Vazios CeTRIS
  • Segurança Humana CeTRIS CeTRIS
  • CeTRIS
  • quot;I am convinced now…that the lives of Congolese people no longer mean anything to anybody. Not to those who kill us like flies, our brothers who help kill us or those you call the international community… Even God does not listen to our prayers any more and abandons us.quot; Estados Etd Falidos CeTRIS CeTRIS
  • The nations of the world do not enjoy equal shares of available primary resources,  Segurança  know‐how and technology, financial resources, human capacity, and raw materials.  Territorial This inequality means there is always a dynamic for some degree of redistribution.  This inequality means there is always a dynamic for some degree of redistribution Tecnológica Ideally, this happens through a process of mutually beneficial cooperation between  Energética Informacional countries. While cooperation can occur naturally, driven by market forces, this is by  Ambiental no means true in all cases. There are numerous examples throughout history where  Humana countries went to war to gain or deny access to resources. Empresarial Movimentos Globais de Commodities:  25% do petróleo passa pelo Estreito de Ormuz. 60% das reservas provadas no Oriente Médio: qualquer pequeno  l incidente coloca pressão nos preços. Segurança  Limites da Democracia Tendências regionais socializantes em conflito com mecanismos econômicos de redistribuição e sustentação de  Internacional rendas.  Instabilidade em países produtores de energia d bld d í d d Inconsistência interna das políticas (sustentação de interesses nacionais) Tensões inter‐dimensões de segurança (territorial, tecnológica,  ambiental, informacional, humana, energética,  empresarial) i l) Assimetria entre os benefícios da violência e os custos da proteção Terrorismo, maras, informações, empresarial. Assimetria entre estrutura do conhecimento e uso final da energia Modificação de padrões de consumo. Revisão de critérios de avaliação de maturidade de processos.  Reconfiguração das forças modeladoras do ambiente estratégico e do ambiente cognitivo.  (“The real issue is not consumption i lf b i i itself but its patterns and effects.) d ff ) CeTRIS
  • The network may change its structure as a result of the  decision, for example, the forces may move into a new  direction with the result that the network nodes change  direction with the result that the network nodes change their location. To cope with frequent changes, the network  nodes must themselves be able to make  decisions  regarding the functionality of the network. The  way a node  regarding the functionality of the network The way a node goes through its OODA loop is based on a given policy, and  the actions taken are always based on a set of rules. Gestão: O compartilhamento dos modelos decisórios possibilita a sincronização das ações na cadeia produtiva. Tarefas e responsabilidades podem ser dinamicamente realocadas para adaptar a situação. Portfólio de Estratégias: Planejamento na rede não é um processo linear. Múltiplos e simultâneos feedback criando cadeias de loops. Planejamento passa à definir estrutura dos loops que dá equilíbrio dinâmico aos negócios na rede. Inovação: Criação na rede reduz “innovation tempo” . É mais fácil influenciar resultados controlando as premissas nas quais as inovações se baseiam do que controlando as decisões que levam à inovação. Competitividade: Explicada pela compressão de tempo (da modelagem analítica para modelagem executiva tem a maior taxa). Girar o ciclo de modelagem mais rápido que o concorrente. Market share/Δt: Fazer a rápida transição entre modelos de negócio. Como essas decisões são construídas e implementadas na rede, e a rede se modifica com o ciclo de modelagem (não somente com a executiva), provoca uma mudança rápido do ambiente desorientando o concorrente, gerando ambigüidade, desorientação e incerteza, que provoca reação lenta ou reação excessiva. Sistema de Conceitos
  • Síntese do conhecimento (constructo de competências) que as  empresas consideram que seus executivos precisar ter para adquirir  um controle conceitual adequado dos negócios internacionais. ‐ DECISÕES CENTRADAS EM REDES (Networked Centric Decisions): ‐ Sistema conceitual. Gestão de cadeias de eventos e resultados. Alinhamento estratégico  empresarial em redes de valor. ‐ PROSPECÇÃO DE NEGÓCIOS INTERNACIONAIS:  ‐ Modelagem de cenários e geoestratégia de negócios globais. Estrutura de incentivos. ‐ESTRATÉGIAS DE INTERNACIONALIZAÇÃO DE EMPRESAS E NEGÓCIOS:  ‐ Métodos e práticas da diplomacia comercial. Contabilidade e Tributos Internacionais. . Sistemas  logísticos internacionais. ‐ GESTÃO DE EFETIVIDADE EM PROJETOS INTERNACIONAIS COMPLEXOS:  ‐ Modelagem avaliativa e programática.  Auditoria estratégica. Análise de maturidade de projetos. ‐ DESIGN DE INOVAÇÃO:  ‐ Dar intencionalidade na concepção do novo desenvolvendo inferências e juízos auto‐reguladores. ‐NEGOCIAÇÕES INTERNACIONAIS: ‐ Desenho e implementação de estratégias de negociações internacionais. Gestão de Crises. PRÉ-REQUISITOS Princípios Práticas d Lid P i í i & P áti de Liderança, I Inovação e E ã Empreendedorismo dd i Ferramentas & Instrumentos de Planejamento e Gestão
  • Oportunidades de Negócios  Centradas em Redes Prof. Dr. Salvador Raza Abril 2009 CeTRIS Centro de Tecnologia, Relações Internacionais e Segurança
  • Rua do Expedicionário, 1157. Sousas. Campinas. S.P. CEP: 13106-028 (19) 3258.6665 - (19) 32589370 - (19) 81519871 http://www.cetris.com.br razas@cetris.com.br