Apresentação David Neeleman

  • 3,270 views
Uploaded on

Conteúdo apresentado por David Neeleman no Gestão do Futuro 2009 em Campinas, nos dias 5 e 6 de maio, sobre a Azul Linhas Aéreas Brasileiras.

Conteúdo apresentado por David Neeleman no Gestão do Futuro 2009 em Campinas, nos dias 5 e 6 de maio, sobre a Azul Linhas Aéreas Brasileiras.

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
No Downloads

Views

Total Views
3,270
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
0
Comments
0
Likes
9

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Segurança é o primeiro valor da Azul “A segurança operacional é considerada um pilar fundamental para sustentação da atividade comercial da Azul, balizando todas as demais políticas empresariais.” Comandante Miguel Dau, Vice-Presidente Operacional
  • 2. A Azul chegou para revolucionar a aviação comercial brasileira
  • 3. No DNA da Azul, um legado de sucessos Investimento de US$ 200 milhões no lançamento fez da Azul a
  • 4. No DNA da Azul, um legado de sucessos David Neeleman, Fundador e Presidente do Conselho da Azul criou, três empresas aéreas extremamente bem sucedidas. Um dos 100 homens mais influentes do mundo segundo a revista Time. Morris Air (USA) Westjet (Canada) JetBlue (USA)
  • 5. Nosso Presidente: experiência em serviços Pedro Janot Carioca, formado em administração de empresas, com pós-graduação em recursos humanos e MBA pelo IBMEC. Agrega sua experiência construída em uma sólida carreira em empresas especializadas em varejo e produtos de consumo: Mesbla, Americanas, Richard’s, Zara e Grupo Pão de Açúcar.
  • 6. Por que o Brasil? Mercado concentrado nas empresas A e B (94%) cria oportunidades: • Estabelecer uma terceira companhia aérea brasileira de peso. • Hoje, somente 5% da população brasileira viajam de avião. • Faltam opções de serviços non-stop. • Baixa frequência na capacidade. • Preços elevados das passagens. A Azul irá oferecer: • Preços acessíveis. • Serviços sem escalas em mercados onde não existem estes vôos. • Maior número de frequências. • Serviços de qualidade.
  • 7. E195 e E190: os jatos certos para o Brasil
  • 8. O tamanho médio das aeronaves no Brasil direciona as empresas a operarem no sistema de hub and spoke. Capacidade média (em quantidade de assentos) Aeronave Assentos Aeronave Assentos A319 144 B737-300 147 A320 174 B737-370 146 A321 220 B737-800 184 Brasil AZUL Assentos E190 106 México E195 118 AZUL Assentos E190 106 Estados Unidos E195 A319 144 118 A320 174 A321 220 O tamanho médio de aeronave no Brasil está crescendo, o que resulta em: - Concentração de vôos nas localidades de maior demanda - Força as empresas aéreas existentes a concentrar suas operações em hubs - Diminuição da qualidade dos serviços nas cidades com menor densidade de tráfego 8
  • 9. Número ideal de assentos para nosso negócio
  • 10. A distribuição da malha aérea atual B A
  • 11. Malha será ponto-a-ponto (hub-bypassing) Malha em 2013 • Múltiplos vôos sem escala entre os principais destinos. • Rápido crescimento. Ao final de 2009: • 13 aeronaves • 13 cidades • + de 2 milhões de Clientes • Ao final de 2010: • 20 aeronaves • 20 cidades • + de 3,7 milhões de Clientes
  • 12. Os mais novos destinos da Azul  Rio de Janeiro  Fortaleza  Manaus  Navegantes
  • 13. Pronta para disputar o mercado
  • 14. Como a Azul vai estimular o mercado? Ao invés de simplesmente disputar mercado, a Azul vai estimular demanda por viagens aéreas: 1- Preços acessíveis • Tarifas acessíveis orientadas a viajantes de lazer (segmento mais sensível aos preços elevados). • Poucas restrições para compra antecipada, estadia mínima e grupos. • Menor PREÇO. Maior ACESSIBILIDADE. 2- Alta conveniência • Maior frequência de voos sem escalas = menores custos por viagem. • Sobrevoando hubs reduzimos custos e evitamos conexões. • Mais CONVENIÊNCIA. Mais QUALIDADE.
  • 15. A Experiência Azul
  • 16. A Experiência Azul Produto Azul + Atendimento Azul = Experiência Azul
  • 17. A Experiência Azul A Viagem • Compra de passagens através das Agências de Viagens , Site e Azul Center. • Web Check-in ou self-check-in. • Tripulantes motivados.
  • 18. A Experiência Azul A Bordo  5 tipos de snacks “Self Service”  4 tipos de refrigerantes, 2 tipos de suco e água
  • 19. A Experiência Azul Conforto sem comparação  Bancos com couro ecológico;  Fileiras de 4 assentos, dispostos 2 a 2, sem as incômodas poltronas do meio;  Espaço Azul: 5 primeiras fileiras com 86 centímetros de distância;  Conforto: Demais fileiras 79 centímetros, a maior distância do mercado;
  • 20. A Experiência Azul Tudo Azul • Tudo Azul, Programa de Vantagens Você acumula 5% do valor da passagem. A partir de R$ 50,00 você já pode utilizar o seu crédito. Você pode escolher qualquer voo, em qualquer data, sem restrição.
  • 21. Publicidade: Tudo Novo. Tudo Azul.
  • 22. Publicidade: Tudo Novo. Tudo Azul.
  • 23. Publicidade: Tudo Novo. Tudo Azul.
  • 24. Contudo, a Experiência Azul… Não é nada sem você.
  • 25. Nossa parceria é fundamental Cerca de 80% mercado brasileiro de transporte aéreo é atendido através das Agências de Viagem e de seus Agentes. A Azul acredita nesse modelo e na parceria com as Agências como forma de crescer no mercado Brasileiro.
  • 26. Nossa Missão É por isso que todos temos uma missão muito importante na área comercial: “Transformar a Azul na empresa mais fácil de se fazer negócios no setor de transporte aéreo de passageiros.”
  • 27. Obrigado!
  • 28. Política de Segurança Operacional Política de Segurança Operacional A Segurança Operacional é considerada um pilar fundamental para sustentação da atividade comercial da AZUL Linhas Aéreas Brasileiras; balizando todas as demais políticas empresariais. A Azul através do “Sistema de Gerenciamento da Segurança Operacional” busca garantir a identificação e análise de atos e condições inseguras com o objetivo de produzir recomendações de segurança, reduzindo o número de ocorrências operacionais e evitando recorrências. A Gerência de Segurança Operacional – GSO, diretamente subordinada à Presidência, é responsável pelo sistema que abrange todos os aspectos ligados à Segurança Operacional: Operações de Vôo, Cabine, Manutenção, Rampa, Carga, Segurança do Trabalho (atividade aérea), Prestadoras de Serviços e Meio Ambiente. Suportado por uma conduta não-punitiva, a Azul faz ver a todos os seus “Tripulantes Azul” a importância de que suas ações individuais podem afetar a segurança das operações e que têm o dever de reportar a GSO, não só os incidentes, como também, quaisquer condições que possam ou estejam afetando a segurança. Isto é importante para que a Azul possa aprimorar, cada vez mais, os seus processos, estabelecendo uma cultura sólida e pró-ativa de segurança e permitindo maior produtividade para a Empresa e confiabilidade para a indústria de aviação brasileira.