OrganizaçõEs.Ppt

6,062 views
5,849 views

Published on

Published in: Technology
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
6,062
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
46
Actions
Shares
0
Downloads
136
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

OrganizaçõEs.Ppt

  1. 1. <ul><li>É necessário proteger e defender o ambiente! </li></ul>
  2. 2. Introdução <ul><li>Neste trabalho pretendemos falar um pouco das organizações não governamentais do ambiente (ONGA), do trabalho que desempenham e dos seus objectivos, assim como, dar a conhecer alguns dos tratados internacionais que defendem a sustentabilidade da Terra. </li></ul>
  3. 3. Organizações Não Governamentais do Ambiente (ONGA)
  4. 4. O que são? <ul><li>Organizações não governamentais do ambiente ( ONGA ) são organizações sem fins lucrativos, que não pertencem ao governo, e cujo objectivo principal é o estudo ou a defesa do meio ambiente. </li></ul>
  5. 5. Porque surgiram? <ul><li>As ONGA surgiram devido à consciencialização da globalização dos problemas ambientais. Estas associações têm um papel muito importante na defesa do ambiente. </li></ul>
  6. 6. Para que servem? <ul><li>Protegem o ambiente; </li></ul><ul><li>Servem a comunidade, realizando trabalho de promoção da cidadania e de defesa do ambiente; </li></ul><ul><li>Lutam contra a exclusão e contribuem para o fortalecimento do associativismo; </li></ul><ul><li>Incentivam a participação na formulação e implementação das políticas públicas. </li></ul>
  7. 7. Diferentes Organizações Não Governamentais do Ambiente
  8. 8. <ul><li>Associação fundada em 1948. </li></ul><ul><li>É a associação de defesa do ambiente mais antiga da Península Ibérica. </li></ul><ul><li>O principal objectivo é contribuir para a conservação da natureza e da diversidade das espécies dos ecossistemas. </li></ul><ul><li>http://www.lpn.pt/ </li></ul>
  9. 9. <ul><li>Associação fundada em 1986. </li></ul><ul><li>Defende o conceito de ambiente englobando, não só a natureza, mas também a paisagem humanizada, os valores culturais e a qualidade de vida das pessoas. </li></ul><ul><li>http://www.geota.pt/scid/geotawebpage/ </li></ul>
  10. 10. World Wile Fund for Nature <ul><li>Associação fundada em 1961, tem sede na Suiça. </li></ul><ul><li>A sua missão é travar a degradação do planeta e construir um mundo onde os seres humanos possam viver em harmonia com a Natureza. </li></ul><ul><li>http://www.panda.org/pt/ (site português) </li></ul>
  11. 11. <ul><li>Associação fundada a 25 de Novembro de 1993. </li></ul><ul><li>Tem como missão trabalhar para o estudo e a conservação das aves e dos seus habitats, promovendo um desenvolvimento que garanta a viabilidade do património natural para usufruto das gerações futuras. </li></ul><ul><li>http://www.spea.pt/ </li></ul>
  12. 12. Greenpeace <ul><li>Associação fundada em 1971. </li></ul><ul><li>Actua para defender o ambiente e promover a paz, sensibilizando as pessoas para mudarem atitudes e comportamentos. </li></ul><ul><li>Confrontam crimes ambientais, desafiando os governos a reverem as suas posições e a alterarem as suas politicas. </li></ul><ul><li>http://www.greenpeace.org/portugal/ (site português) </li></ul>
  13. 13. Associação Nacional de Conservação da Natureza <ul><li>Associação nacional fundada em 1985. </li></ul><ul><li>O seu principal interesse é conservar a Natureza e os recursos naturais e defender o ambiente em geral, numa perspectiva de desenvolvimento sustentado. </li></ul><ul><li>http://www.quercus.pt/scid/webquercus/ </li></ul>
  14. 14. Fundo para a protecção dos animais selvagens <ul><li>Associação fundada em 1990. </li></ul><ul><li>Visa a protecção e a recuperação da fauna e da flora selvagem. </li></ul><ul><li>http://www.fapas.pt/ </li></ul>
  15. 15. <ul><li>Associação criada em 1986. </li></ul><ul><li>Tem como missão defender o que resta da Mata Atlântica, valorizar a identidade física e cultural das comunidades humanas que os habitam e conservar os riquíssimos patrimónios natural, histórico e cultural dessas regiões, promovendo o desenvolvimento sustentado. </li></ul><ul><li>http://www.sosmatatlantica.org.br/ </li></ul>
  16. 16. Tratados Internacionais que defendem a sustentabilidade
  17. 17. Como surgiram? <ul><li>Após a segunda guerra mundial, surgiram as primeiras organizações ambientalistas </li></ul><ul><li>Alertaram a sociedade para o problema de “desenvolvimento” que colocava em risco o planeta e toda a humanidade. </li></ul><ul><li>Estas ameaças ambientais exigiam esforços conjuntos, a todos os níveis </li></ul><ul><li>A partir da década de 70, os governantes de alguns países começaram a preocupar-se com o ambiente, formando organismos e iniciando ciclos de reuniões para discutirem problemas ambientais. </li></ul>
  18. 18. Conferência de Estocolmo, 1972 <ul><li>Esta Conferência constitui a iniciativa mais importante tomada até então em termos de conservação do ambiente. </li></ul><ul><li>Colocou os problemas ambientais num contexto socioeconómico, evidenciando opiniões divergentes entre os países desenvolvidos e os países em desenvolvimento. </li></ul><ul><li>Nesta convenção, o dia 5 de Junho de cada ano foi proclamado o Dia Mundial do Ambiente, tendo sido também criado o PNUA (Programa das Nações Unidas para o Ambiente), que visa avaliar e divulgar os valores da biodiversidade e colocar o seu conhecimento no centro das tomadas de decisões. </li></ul>
  19. 19. Conferência do Rio de Janeiro, 1992 <ul><li>A Conferência do Rio, abordou as várias componentes do desenvolvimento e as suas inter-relações com o ambiente, reafirmando a declaração da Conferência de Estocolmo e tendo sido elaborados diversos documentos importantes: </li></ul><ul><li>Agenda 21, que engloba um conjunto de estratégias, visando reduzir significativamente a perda de biodiversidade até 2010, de modo a permitir um desenvolvimento sustentável; </li></ul><ul><li>A Declaração do Rio, constituída por 27 Princípios com vista a garantir a manutenção do equilíbrio ecológico do planeta e do desenvolvimento sustentável global; </li></ul><ul><li>Convenções Internacionais: sobre Alterações Climáticas e sobre Biodiversidade; </li></ul><ul><li>Mais de 6000 comunidades em todo o mundo implementaram a sua Agenda 21 local. </li></ul>
  20. 20. Protocolo de Quioto <ul><li>Consiste no protocolo de um tratado internacional com compromissos mais rígidos para a redução da emissão dos gases que provocam o efeito estufa, considerados, de acordo com a maioria das investigações científicas, como causa antropogénicas do aquecimento global. </li></ul>
  21. 21. Cimeira de Joanesburgo, 2002 <ul><li>Esta convenção gerou dois documentos importantes: a Declaração de Joanesburgo em Desenvolvimento Sustentável e o Plano de Implementação (PI). </li></ul><ul><li>O primeiro assume diversos desafios inter-relacionados e associados ao desenvolvimento sustentável e especifica vários compromissos gerais como a promoção do poder das mulheres e uma melhor participação democrática nas políticas de desenvolvimento sustentável. </li></ul><ul><li>O segundo identifica várias metas como a erradicação da pobreza, a alteração de padrões de consumo e de produção e a protecção dos recursos naturais. </li></ul>
  22. 22. Conclusão <ul><li>Com este trabalho ficamos a conhecer melhor as ONGA e obtivemos diversos conhecimentos acerca dos tratados e das medidas que foram necessárias tomar resolver os grandes problemas globais. </li></ul><ul><li>Também tiramos deste trabalho uma grande máxima “Proteger a Natureza, conservando a biodiversidade, é, acima de tudo, assegurar a sobrevivência da nossa própria espécie. No entanto, nenhuma medida será realmente eficaz se cada um de nós não mudar as suas atitudes e rotinas diárias.” </li></ul><ul><li>Esperamos que a professora goste!  </li></ul>
  23. 23. Trabalho realizado por: <ul><li>Joana, nº 15 </li></ul><ul><li>Nuno, nº 21 </li></ul><ul><li>Pedro, nº 23 </li></ul><ul><li>Saúl, nº 24 </li></ul><ul><li>Rute, nº 25 </li></ul><ul><li>Sara, nº 27 </li></ul><ul><li>Tânia, nº 28. </li></ul>

×