Artigo científico

1,357 views

Published on

Aula proferida para os alunos do curso de Direito da UFPR pela bibliotecária Paula Carina de Araújo como parte do Programa de Educação de Usuários do SiBi/UFPR.

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
1,357
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
52
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Artigo científico

  1. 1. Paula Carina de Araújo Biblioteca de Ciências JurídicasSetor de Referência e Informação paulacarina@ufpr.br
  2. 2. Atividades orientadas à buscaAtividade básica da de conhecimento. ciência na sua Instrumento teórico- metodológico para indagação e construir construção da conhecimento. realidade. PESQUISA BUFREM, 2010
  3. 3. Demonstração da existência (ou Estabelecimento Desenvolvimento Produção de ausência) de da consistência de novas conhecimento relações entre entre conceitos tecnologias ounovo e relevante. fenômenos. dentro de uma demonstrações Descrição de um teoria de técnicas fenômeno BUFREM, 2010
  4. 4. Demarcar o espaço de contribuiçãoÉtica em relação às fontes de Dimensões informação, ao da Construir oanonimato e aos conhecimento Pesquisadireitos autorais Metodologia adequada BUFREM, 2010
  5. 5. ObjetividadeCompreensibilidadePadronização (forma)Padronização (escrita)
  6. 6. “Parte de uma publicação com autoriadeclarada, que apresenta e discute ideias,métodos, técnicas, processos e resultadosnas diversas áreas do conhecimento”.Artigo de revisão: Parte de uma publicação queresume, analisa e discute informações jápublicadas.Artigo original: Parte de uma publicação queapresenta temas ou abordagens originais. (ABNT, 2003)
  7. 7. Elementos pré-textuaisElementos textuaisElementos pós-textuais
  8. 8. TÍTULO AUTORIA PALAVRAS-RESUMO CHAVE
  9. 9. Deve ser claroIdentificar o objeto de estudoBreveNão conter palavras genéricas
  10. 10. Exemplo 1“Responsabilidade civil do Estado por omissão estatal”Exemplo 2“Política e economia na jurisdição constitucional abstrata (1999-2004)”
  11. 11. Exemplo Alexandre Ditzel Faraco Professor da Faculdade de Direito da UFPR Doutor e Livre-docente da USP adfaraco@gmail.com
  12. 12. Objetivos, metodologia e os resultados alcançados.Entre 100 e 250 palavras.Não deve conter citações.Terceira pessoa do singular do verbo, na voz ativa. Ex. (estuda, descreve, aborda etc).
  13. 13. Deve ser composto de uma seqüência de frases concisas, afirmativas e não enumeração de tópicos.Usar parágrafo únicoEvitar símbolos e abreviações que não sejam de uso corrente
  14. 14. Constituição Federal de 1988 é um divisor de águas ao assumir-secomo Constituição Ambiental, provocando uma ruptura em relaçãoao conceito de responsabilidade civil. Partindo de uma abordagemqualitativa, dialética e jurisprudencial, este artigo analisa o PrincípioResponsabilidade desenvolvido por Hans Jonas e realiza um diálogocom o instituto da responsabilidade civil ambiental, identificando,com apoio na legislação constitucional e infraconstitucional, ascontrovérsias doutrinárias acerca da natureza da responsabilidadeestatal (objetiva ou subjetiva) frente a casos de omissão daadministração pública e à ocorrência de dano ambiental. Conclui-seque o Superior Tribunal de Justiça assume uma dimensão maisalargada do conceito de responsabilidade civil do Estado,demonstrando uma tendência pela responsabilidade civil objetivacom base no risco. Assim, o Brasil, salvo algumas divergênciasdoutrinárias, adota a responsabilidade civil objetiva do Estado pelateoria do risco administrativo alicerçada no ato ilícito e na aceitaçãodo risco.
  15. 15. Método [...] Partindo de uma abordagem qualitativa, dialética e jurisprudencial, este artigo...Objetivo [...] analisa o Princípio Responsabilidade desenvolvido por hans jonas e realiza um diálogo com o instituto da responsabilidade civil ambiental, identificando, com apoio na legislação constitucional e infraconstitucional, as controvérsias doutrinárias acerca da natureza da responsabilidade estatal (objetiva ou subjetiva) frente a casos de omissão da administração pública e à ocorrência de dano ambiental.Resultados e Considerações Finais Conclui-se que o Superior Tribunal de Justiça assume uma dimensão mais alargada do conceito de responsabilidade civil do Estado, demonstrando uma tendência pela responsabilidade civil objetiva com base no risco. Assim, o Brasil, salvo algumas divergências doutrinárias, adota a responsabilidade civil objetiva do Estado pela teoria do risco administrativo alicerçada no ato ilícito e na aceitação do risco.
  16. 16. ExemploPalavras-chave: Responsabilidade civil do Estado; Princípio Responsabilidade; Omissão ambiental; Assentamentos urbanos.
  17. 17. INTRODUÇÃO DESENVOLVIMENTO CONCLUSÃO
  18. 18. TEMA OBJETIVOS TRAJETÓRIAJUSTIFICATIVA METODOLÓGICA
  19. 19. “O tema deve responder ao interesse do pesquisador, bem como preocupar-se com a possibilidade de manejo de fontes de consulta bibliográfica”. (BARROS, LEHFELD, 2009, p. 36) Observação do cotidiano Experiência profissional Outras pesquisas Contato com especialistas
  20. 20. Exemplo 1“Mandado de injunção na Constituição de 1988”.Exemplo 2“Relacionamento entre autoridades regulatórias brasileiras e as demais entidades do poder público”
  21. 21. “[...] indica e caracteriza o que o pesquisador tem em vista alcançar com sua investigação. Em geral, a formulação do objetivo da pesquisa ocorre quando o problema já foi estabelecido”. (HENRIQUES; MEDEIROS, 2001, p. 62). Objetivo Geral •expressa a preocupação global que se pretende estudar. Objetivos •detalhamento do objetivo geral. Definem as etapas que Específicos devem ser realizadas para o alcance do objetivo geral.
  22. 22. OBJETIVO GERALEx: “Verificar as novidades do mandado de injunção na Constituição de 1988”.OBJETIVOS ESPECÍFICOSEx: - Levantar informações sobre o mandado de injunção nas várias constituições brasileiras; - Caracterizar os conceitos de mandado de injunção nas constituições brasileiras; - Comparar os vários conceitos de mandado de injunção nas constituições brasileiras.
  23. 23. “Consiste em um exposição sucinta, porém completa, das razões de ordem teórica e dos motivos de ordem prática que tornam importante a realização da pesquisa”. (MARCONI, 2001, p. 44). O estágio em que se encontra a teoria relativa ao tema As contribuições teóricas que a pesquisa pode trazer; Importância do tema do ponto de vista geral; Possibilidade de sugerir modificações Descoberta de soluções para casos gerais ou particulares; Justificativas pessoais para a escolha do tema.
  24. 24. “Conjunto de procedimentos selecionados pelo autor/pesquisador para a realização do seu estudo/pesquisa” (BUFREM, 2010). Como a pesquisa será feita?
  25. 25. •Qualitativa Abordagem •Quantitativa •Exploratória; Descritiva Objetivos •Explicativa ; Avaliativa •Bibliográfica ; DocumentalProcedimentos •Levantamento ; Estudo de caso
  26. 26. Tipo de pesquisa Escolha dos instrumentos Campo de aplicação da pesquisa Definição da forma de organização e análise dos dados
  27. 27. REFERENCIAL DISCUSSÃO TEÓRICO
  28. 28. “Parte principal do artigo, que contém aexposição ordenada e pormenorizada doassunto tratado. Divide-se em seções esubseções, que variam em função daabordagem do tema e do método”. (ABNT,2003).
  29. 29. “Trata do levantamento de toda a bibliografia já publicada nos diversos tipos de fontes de informação”. (MARCONI, 2001, p. 56). Quais fontes? Qual o recorte de tempo? Como será a organização e análise?
  30. 30. “Apresentar uma seleção de outros estudos e/ou observações já feitas com relação ao problema investigado”. (BUFREM, 2010). Levantamento bibliográfico Seleção das fontes de informação Identificação dos principais autores da área Tomar conhecimento dos conceitos chave Comparar argumentos e teorias de diferentes autores Observar normas de citação dos autores
  31. 31.  Onde fazer o levantamento bibliográfico?
  32. 32.  Como selecionar as fontes de informação? Tipo Confiabilidade Relevância Atualização Qualidade Na dúvida? Consulte um bibliotecário!
  33. 33. Parte final do artigo, na qual se apresentam as conclusões correspondentes aos objetivos e hipóteses. (ABNT, [2000?]).  Responder às questões da pesquisa;  Ser breve e apresentar recomendações e sugestões para trabalhos futuros.
  34. 34. TÍTULO EM RESUMO EM PALAVRAS-CHAVE LÍNGUA LÍNGUA EM LÍNGUAESTRANGEIRA ESTRANGEIRA ESTRANGEIRA NOTAS REFERÊNCIAS EXPLICATIVAS
  35. 35. Liste todas as fontes citadas no artigo.Siga a norma de padronização das referências (Normas UFPR)
  36. 36. Não use citações no resumoEvite citações na Introdução e nas ConsideraçõesFinaisSelecione as melhores fontes de informações.Encontre respostas para o problema de pesquisa.Indicar o grau de confiabilidade das respostas.
  37. 37. Apontar generalidade (extensão) dos resultadosobtidosArtigos para disciplina: siga as Normas da UFPRArtigos para revistas ou eventos: siga as Normas que oeditor indicar
  38. 38. ALVES, Maria Bernadete. Procedimentos para apresentação de artigo em publicação periódica científica: módulo V (NBR 6022:2003). Florianópolis: BU/UFSC, [2000?]. 19 slides. Dispónível em: http://www.bu.ufsc.br/design/SLIDES_ARTIGOS_2012.pdf Acesso em: 4 dez. 2012.BARROS, Aidil de Jesus Paes de; LEHFELD, Neide Aparecida de Souza. Projeto de pesquisa: proposta metodológica. 18 ed. Petrópolis: Vozes, 2009.BUFREM, Leilah Santiago. Metodologia da pesquisa.ppt. 2010. 38 slides.ECO, Umberto. Como se faz uma tese. 22.ed. São Paulo: Perspectivas, 2009. (Estudos ; 85).HENRIQUES, Antonio; MEDEIROS, João Bosco. Monografia no curso de direito: trabalho de conclusão de curso. 2.ed. São Paulo: Atlas, 2001.
  39. 39. LEITE, Eduardo de Oliveira. A monografia jurídica. 6.ed. [São Paulo]: RT, 2003. (Série métodos em direito ; v.1).MARCONI, Marina de Andrade. Metodologia científica: para o curso de direito. São Paulo: Atlas, 2001.OHIRA, Maria de Lurdes Blatt. Projeto de trabalho de conclusão de curso.ppt. 2007. 25 slides.RIBEIRO, Ricardo Silveira. Política e economia na jurisdição constitucional abstrata (1999-2004). Rev. direito GV, São Paulo , v. 8, n. 1, jun. 2012 . Disponível em http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808- 24322012000100004&lng=pt&nrm=iso . Acesso em 04 dez. 2012. http://dx.doi.org/10.1590/S1808- 24322012000100004.UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ. Normas para apresentação de documentos científicos. 2.ed. Curitiba: Editora UFPR, 2007. v.6.
  40. 40. Eglem M. Veronese Fujimoto Paula Carina de AraújoCoordenadora da Biblioteca Setor de Referência e Informaçãoeglem@ufpr.br paulacarina@ufpr.br @paulacarinaLoiri Antonia SpaderSetor de Periódicos Pedro Paulo Aquilante Juniorspader@ufpr.br Setor de Processo Técnico pedropaulo@ufpr.br
  41. 41. @bibjuufprwww.facebook.com/bibjuufprbibju@ufpr.brwww.portal.ufpr.br

×