Your SlideShare is downloading. ×
Clipping ficção (até 1611)
Clipping ficção (até 1611)
Clipping ficção (até 1611)
Clipping ficção (até 1611)
Clipping ficção (até 1611)
Clipping ficção (até 1611)
Clipping ficção (até 1611)
Clipping ficção (até 1611)
Clipping ficção (até 1611)
Clipping ficção (até 1611)
Clipping ficção (até 1611)
Clipping ficção (até 1611)
Clipping ficção (até 1611)
Clipping ficção (até 1611)
Clipping ficção (até 1611)
Clipping ficção (até 1611)
Clipping ficção (até 1611)
Clipping ficção (até 1611)
Clipping ficção (até 1611)
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Clipping ficção (até 1611)

1,043

Published on

Últimas acervo da Biblioteca do Colégio Marista Arquidiocesano de São Paulo

Últimas acervo da Biblioteca do Colégio Marista Arquidiocesano de São Paulo

Published in: Education, Technology, Travel
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
1,043
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
7
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Colégio Marista Arquidiocesano de São Paulo Biblioteca Santo Tomás de Aquino O Arqueiro Bernard Cornwell tornou-se conhecido no Brasil com sua trilogia sobre o rei Artur. Neste novo romance, o autor se debruça sobre o passado inglês. A Guerra dos 100 anos é o cenário desta aventura que envolve, também, a busca do Santo Graal. 'O arqueiro' acompanha a trajetória de Thomas, um jovem recruta inglês, no conflito que opôs a França dos Valois à Inglaterra dos Plantagenetas - e depois dos Lancastre. Aos 18 anos apenas, ele vê seu pai morrer em seus braços após um ataque de surpresa à aldeia de Hookton. Um lugar simples que escondia um grande segredo - a lança usada por São Jorge para matar o dragão, uma das maiores relíquias da cristandade. Em busca de vingança contra um homem conhecido apenas como Arlequim, o rapaz abandona seus estudos em Oxford, se torna um arqueiro habilidoso e se junta ao exército inglês, temido justamente pela habilidade dos homens com o arco. Sob a liderança de Eduardo III, o Príncipe Negro de Gales, Thomas se envolve em batalhas e aventuras que, sem perceber, o lançam na busca do lendário Santo Graal. Monstros e Medos 'Monstros e Medos' fez parte do site interativo Brincando na Rede, em que os jovens internautas mandam sugestões para os escritores enquanto eles criam as histórias. Agora, os textos viraram livro - uma aventura gostosa de ler, assinada por um grande escritor e com um toque de leveza e criatividade dado pela garotada. Dragões Quase sempre os dragões são seres enormes, de força descomunal. Em geral têm corpo de serpente e são alados. Com seus poderes mágicos, eles controlam os elementos primordiais, sendo capazes, por exemplo, de cuspir fogo ou de agitar o mar em imensos vagalhões. Neste livro, em contos de várias civilizações e várias épocas há dragões do céu e da terra, do mar e das montanhas, que usam seus poderes para o bem ou para o mal.
  • 2. Um Pinguim Tupiniquim Em busca de aventuras e novas experiências, ele deixa família e amigos a ver navios e percorre um trajeto confuso, que contou com um encontro com Amyr Klink e uma rápida passagem pela Argentina, e acaba vindo parar no Brasil. São muitas as aventuras pelas quais ele passa em território brasileiro até encontrar um pouco de tranqüilidade no campo, onde passa a conviver com animais tradicionais de fazenda, como vacas, patos e galinhas. Segundo a autora, não há amadurecimento possível sem o risco de deixar o local onde nascemos, e é a partir disso que a aventura de Orozimbo representa também o percurso de crescimento humano. A Criação do Mundo e outras lendas da Amazônia Vera do Val recolheu lendas e mitos dos povos amazônicos, a partir dos quais escreveu 'O imaginário da floresta'. Dessa obra foram selecionados os contos que falam das origens - da noite, das estrelas, da lua, dos rios, do mundo, que compõem este 'A criação do mundo'. As ilustrações de Geraldo Valério, feitas com colagens de cores e formas, completam o livro, que é uma homenagem à cultura dos indígenas. Conto de escola Uma pequena história e um autêntico tesouro do maior escritor brasileiro de todos os tempos, Machado de Assis. Publicado originalmente no volume 'Várias histórias', de 1896, 'Conto de Escola' revela situações vividas pelo próprio Machado durante seu aprendizado escolar. Pilar é um garoto que se torna mestre em 'cabular' aulas. Certa manhã, o rapaz resolve variar um pouco e comparece à aula, onde recebe um desafio do colega de classe Raimundo, tudo sussurrado para que o professor nada perceba. Assim começam as reviravoltas dessa história, que recebeu ilustrações de Nelson Cruz. Raineke-Raposo Essa história foi publicada por Goethe (1749-1832) em 1794. Era a sua versão de um ciclo de poemas medievais surgido nos séculos XII e XIII, tendo como inspiração as fábulas de Esopo. Seu personagem principal, Raineke Raposo, está sempre ocupado em prejudicar os outros: é matreiro, hipócrita e mesmo criminoso.
  • 3. Amor é prosa e sexo é poesia Os textos de Arnaldo Jabor têm o poder de despertar, inquietar, polemizar. Ácidos, líricos, deliciosamente vorazes, estão sempre sintonizados com os assuntos que mexem com a vida dos brasileiros e brasileiras. 'Amor é prosa, sexo é poesia' reúne suas melhores crônicas sobre nossas obsessões mais íntimas - sexo e amor, família, mulheres. São 36 textos em que Jabor anuncia sem pudores sua fome de beleza em tudo; na vida, na política, no amor, no sexo. E será assim, exaltado, rodriguiano, que vai admitir um dos maiores medos - 'os abismos das mulheres são venenosos, o seu mistério nos mata.' A percepção de Jabor sobre linhas intangíveis, como a que separa o amor do sexo, costuma ser tão afiada quanto seus discursos anti-Bush. Mais do que o poder, ele aposta, o amor é uma ilusão sem a qual não podemos viver. A Epopéia de Gilgamesh Estes poemas têm direito a um lugar na literatura mundial, não apenas por precederem às epopéias homéricas em pelo menos mil e quinhentos anos, mas principalmente pela qualidade e originalidade da história que narram. Trata-se de uma mistura de pura aventura, moralidade e tragédia. O Mistério dos Diamantes Esse livro é um delicioso suspense que mostra o perspicaz raciocínio da dupla de detetives Marco e Maia para pegar os ladrões que andam roubando os diamantes da joalheria do rico Muhammed. Além de divertir os leitores, envolve-os na trama e os faz pensar em quem poderia estar roubando a joalheria, com base nos acontecimentos descritos e nas pistas fornecidas. A Águia de Sharpe O capitão Richard Sharpe se prepara para enfrentar o exército de Napoleão em Talavera. Incorporado pelo regimento inexperiente de Sir Henry Simmerson, o exército de Sharpe precisa se esforçar mais e ajudar no treinamento dos outros soldados. Depois de serem derrotados em um conflito, as bandeiras do exército inglês são levadas, um sinal de triunfo dos franceses. Agora, para restabelecer o orgulho de seu regimento, Sharpe precisa roubar uma das águias de ouro ostentadas pelo exército francês.
  • 4. Vendem-se Unicórnios Jaqueline tem 15 anos, é tímida e insegura. Depois de muito se sentir invisível, resolve mudar o visual radicalmente e mudar de nome; agora, ela é Jackie e consegue então se aproximar de Priscila França, a garota mais popular do colégio. A partir daí, ela entra num mundo de consumo desenfreado, cheio de baladas e frivolidades. Aos poucos, porém, Jackie vai se permitindo ser quem realmente sentir vontade, sem se preocupar com rótulos e etiquetas. O Pequeno Príncipe me disse Este kit traz os livros - 'Antoine de Saint-Exupéry e o Pequeno Príncipe' e 'O Pequeno Príncipe me disse'. O primeiro título apresenta, em ordem cronológica, imagens e frases de Saint- Exupéry; fotos raras e diversas citações conduzem a narrativa. O livro traz ainda uma extensa bibliografia sobre o autor. O segundo título reúne diversos 'astros', protagonistas do livro, que interpretaram uma passagem do livro 'O Pequeno Príncipe' com um poema, um adágio, uma reflexão. SPIDERWICK Jared está vendo dois Simon ao mesmo tempo: enquanto um remexe a bolsa de Mallory, o outro está sentado ao lado da mãe. Para piorar a situação, eles ainda têm pela frente a arriscada missão de resgatar a irmã das garras de Korting, Mulgarath e de todos os outros seres fantásticos que exigem o Guia de Campo como recompensa. Qual será a verdadeira importância desse livro? Ninguém sabe. Aumenta o mistério, aumentam também as dificuldades. É superimportante que eles cheguem a essa descoberta o quanto antes. Até porque o Guia não está mais com eles. O que, por enquanto, significa não ter uma resposta precisa para dar aos inimigos. É exatamente diante deste impasse que começa A Árvore de Ferro, quarto e penúltimo episódio da aventura dos irmãos Grace em um universo de fadas, duendes, gnomos e outra série de seres fantásticos, que, aliás, podem estar do seu lado agorinha mesmo. Já pensou nisso? Afinal, há muito mais nesse mundo do que os olhos podem ver. A Batalha do Labirinto O Monte Olimpo está em perigo. Cronos, o perverso titã que foi destronado e feito em pedaços pelos doze deuses olimpianos, prepara um retorno triunfal. O primeiro passo de suas tropas será atacar e destruir o campo de treinamento dos heróis, filhos de deuses com mortais, que desde a Grécia Antiga combatem na linha de frente em defesa dos olimpianos. Para assegurar que esse refúgio de semideuses - o Acampamento Meio-Sangue - não seja invadido, Percy Jackson e um jovem ciclope, ambos os filhos de Poseidon, Annabeth Chase, filha de Atena, e Grover, um sátiro, são destacados para uma importante missão - deter as forças de Cronos antes que se aproximem do acampamento. Para isso, será preciso sobreviver ao emaranhado de corredores do temido Labirinto de Dédalo - um interminável universo subterrâneo que, a cada curva, revela as mais aterrorizantes surpresas.
  • 5. A Maldição do Titã Nesse terceiro livro da série, um chamado do amigo Grover deixa Percy a postos para mais uma missão - dois novos meios-sangues foram encontrados, e sua ascendência ainda é desconhecida. Como sempre, Percy sabe que precisará contar com o poder de seus aliados heróis, com sua leal espada Contracorrente e com uma caroninha da mãe. O que eles ainda não sabem é que os jovens descobertos não são os únicos em perigo - Cronos, o Senhor dos Titãs, arquitetou um de seus planos mais traiçoeiros, e os meios-sangues estarão frente a frente com o maior desafio de suas vidas - A Maldição do Titã. BORGES Entrelaçando ficção e fatos reais, material fantástico e personagens históricos, Borges concentrou-se em temas universais. Enquanto sua visão se deteriorava - o escritor morreu totalmente cego -, suas estranhas e exóticas narrativas tornaram-se cada vez mais vívidas. O Elogio da Madrasta Lucrécia e dom Rigoberto vivem em contínua felicidade. Ela, uma mulher que acaba de completar 40 anos, nada perdeu de sua elegância e sensualidade; ele, no segundo casamento, descobriu finalmente os prazeres da vida conjugal. Juntos, crêem que nada pode afetar esse idílio, cheio de fantasias e sexo. Alfonso, ou Fonchito, filho de dom Rigoberto, parecia ser o único empecilho; amava demais sua mãe, Eloísa, para aceitar a chegada de uma madrasta. Mas até ele foi conquistado pelos encantos de dona Lucrécia. O amor do menino por sua madrasta, entretanto, vai muito além do que se esperaria de uma criança, criando uma linha tênue entre a paixão e a inocência que mudará o destino de cada um deles. Luluzinha Vai as Compras É um clássico dos quadrinhos e ícone da cultura pop. Luluzinha, assim como Calvin e Haroldo, é um quadrinho infantil que agrada fãs de todas as idades em especial leitores mais antigos.
  • 6. Papisa Joana No ano de 814, Idade Média, que ficou conhecida como a Idade das Trevas, as mulheres eram impedidas de estudar, podiam ser estupradas e até mortas pelos maridos. O conhecimento estava sufocado, os países hoje conhecidos na Europa não existiam, nem os idiomas modernos. Cada região tinha o seu dialeto e a língua culta era o latim, herdada do Império Romano, que já havia sido derrubado pelas invasões bárbaras. Foi neste período que uma mulher passou a maior parte de sua vida vestida de homem, estudou medicina, foi médica do papa e tornou-se ela mesma papisa - durante dois anos. Neste livro, Dona Woolfolk Cross pesquisou, descobriu os arquivos e achou a história transformando-a num romance, em que aventura, sexo e poder cruzam-se com maldições, guerras e heresias. O Segredo do Vale da Lua A jovem órfã Maria Merryweather chega ao Vale de Monacre, onde passará a morar no solar de um velho parente. Sobre aquele lugar paira a sombra da memória da Princesa da Lua e do misterioso cavalinho branco. Ao tentar decifrar sua história, Maria se vê envolvida numa intrincada rixa de família. E ela resolve devolver a paz e a alegria a todo o maravilhoso vale. Lili, a Bruxa Ninguém sabe como o livro da bruxa Surulunda Knorx foi parar ao lado da cama da Lili. O fato é que, depois de treinar um pouquinho, a menina saiu por aí aplicando as magias e os truques do livro de bruxaria, e acabou virando uma espécie de bruxa secreta. E a confusão começa quando Lili resolve aplicar seus feitiços na escola. Lili, a Bruxa Ninguém sabe como o livro da bruxa Surulunda Knorx foi parar ao lado da cama da Lili. O fato é que, depois de treinar um pouquinho, a menina saiu por aí aplicando as magias e os truques do livro de bruxaria, e acabou virando uma espécie de bruxa secreta. E a confusão começa quando Lili resolve aplicar seus feitiços na escola.
  • 7. J.R.R. Tolkien os filhos de Húrin Morgoth, o primeiro Senhor do Escuro, habita na vasta fortaleza de Angband, ao norte; e à sombra do temor de Angband e da guerra travada por Morgoth contra os elfos, os destinos de Túrin e de sua irmã Niënor serão tragicamente entrelaçados. A vida breve e apaixonada dos dois irmãos é dominada pelo ódio visceral que Morgoth tinha deles, os filhos de Húrin, o homem que ousara desafiá-lo frente a frente. Contra eles, Morgoth envia seu mais temível servo, Glaurung, um poderoso espírito na forma de um enorme dragão de fogo sem asas, numa tentativa de cumprir sua maldição e destruir os filhos de Húrin. Preciosa A adolescente do Harlem Claireece Precious Jones é obesa, analfabeta e está grávida pela segunda vez do seu pai. Vítima de abusos físicos e psicológicos por parte da mãe, seu encontro com uma professora batalhadora a apresentará a um mundo novo. Gatos Guerreiros 'Gatos Guerreiros' conta a história de quatro clãs de gatos selvagens lutando pela sobrevivência numa floresta. Neste volume, o leitor vai encontrar as aventuras de Ferrugem, um 'gatinho de gente' que, recrutado pelo Clã do Trovão, acaba se mostrando um verdadeiro guerreiro ao defender com coragem e integridade o clã que o acolheu. Platero e Eu 'Platero e eu', é uma narrativa em prosa poética, na primeira pessoa, que acompanha de uma primavera a outra as andanças do poeta por Moguer, sua aldeia natal, na companhia do burrinho Platero, seu companheiro inseparável. São cento e trinta e oito capítulos, em que as recordações da antiga Moguer de sua infância se mesclam à nova realidade percebida pelo adulto.
  • 8. Minotauro Depois da Grande Vitória do Vale dos Três Rios, todos se sentem a salvo - os minotauros foram eliminados da face da terra. Mas um dia, além do mar do abismo, os olhares de um minotauro e de um humano voltam a se cruzar. Como se o futuro tivesse se colocado em marcha. Poderá esse filhote de humanos sobreviver entre os clãs táuricos? Será ele o mencionado nas Pedras Altas, o guerreiro capaz de unir humanos e minotauros sob um mesmo estandarte? Talvez, mas antes ele terá que sobreviver à pior das batalhas - aquela que se dá dentro de nós mesmos. Os Gatos T. S. Eliot escreveu uma série de poemas que narravam a vida de um grupo de gatos - do temível Mac Anália (o 'Napoleão do crime') ao mágico Sr. Mistófelis, passando pelo velho Deuteronômio e pelo teimoso Rin Tim Tan Tam. Nesta edição, o leitor descobrirá por que um gato deve ter três nomes diferentes. Mergulhará num mundo de tigelas de leite roubadas, gatos que desaparecem misteriosamente, gatos atores, gatos pobres, ricos e de todas as espécies. E aprenderá também uma daquelas verdades que só os grandes poetas sabem nos dizer - um gato não é um cachorro. Harry Potter de A a Z Todo fã do bruxinho mais famoso do mundo gostaria de ter uma Penseira — lugar onde os bruxos guardam suas memórias - para relembrar cada personagem, lugar, maldição ou criatura que aparece nas páginas escritas por Rowling. Este dicionário de termos traz tudo isso e ainda curiosidades sobre a autora, o sucesso da série, os filmes e os atores. Um Gole d'água para refrescar a memória O sonho foi tão forte que me tirou da cama. O cheiro da minha cidade estava impregnado ao meu nariz: cheiro de mato e de terra molhada por chuva ligeira de final da tarde. A cor do pôr do sol por cima da chapada cintilava nos meus olhos e clareava a noite do meu quarto. Sobressaltado tive receio de que a luminosidade do meu sonho acordasse minha companheira. Ela dormia embalada por seus próprios sonhos. Levantei-me e fui tomar um gole d’água para acalmar o coração disparado por lembranças. Ouço dizer, memórias vividas, ouvidas, contadas por tantos que pela minha vida passaram. No percurso do quarto à cozinha, percebi que a minha cidade, as pessoas, rostos conhecidos, cada detalhe das ruas, cheiro e cor estavam distantes. Tempos idos.
  • 9. A voz do poste Na fictícia Santiago do Oeste, Josias, filho dos imigrantes judeu- russos Samuel e Raquel, sonha em ser locutor de rádio. Com o incentivo de um vizinho, o jovem dá nova vida a um antigo serviço de alto-falantes, instalados nos postes da praça - conhecido como a 'Voz do Poste'. Uma inesperada epidemia de varíola, porém, atravessa o caminho da bem-sucedida rádio 'improvisada' de Josias, que acaba virando joguete de cidadãos raivosos e políticos oportunistas. Agora, a figura do doutor Bento, chefe do posto médico, estava em xeque, e ainda mais a de Josias, que precisava tomar partido da situação e lutar em prol do que era correto. Assim, quem sabe, conquistaria a atenção e o respeito do único ouvinte que lhe faltava - seu pai. Os 13 porquês Ao voltar da escola, Clay Jensen encontra na porta de casa um misterioso pacote com seu nome. Dentro, ele descobre várias fitas cassetes. O garoto ouve as gravações e se dá conta de que elas foram feitas por Hannah Baker - uma colega de classe e antiga paquera -, que cometeu suicídio duas semanas atrás. Nas fitas, Hannah explica que existem treze motivos que a levaram à decisão de se matar. Clay é um desses motivos. Agora ele precisa ouvir tudo até o fim para descobrir como contribuiu para esse trágico acontecimento. Ser menina é tudo de bom Conhecida por usar a literatura ficcional para tocar em assuntos delicados e pela abordagem irônica e bem-humorada de temas reconhecidamente sérios, Stella Florence faz sua estréia junto ao público jovem em 'Ser menina é tudo de bom', com objetivo certeiro - virar de cabeça para baixo a auto-estima das meninas, sempre tão mal trabalhada e tão sujeita a mudanças de humores, para que o melhor de cada uma possa vir à tona sem traumas. Stella trata de assuntos que interessam às adolescentes, desde cuidados com a própria aparência a relações afetivas, passando por família, amigos, chegando aos namoros e suas conseqüências. A separação dos temas acaba gerando a divisão do livro em planos pelos quais suas 'jovens protagonistas' costumam transitar - o pessoal, o familiar, o escolar, o romântico e o filosófico, em que têm lugar reflexões sobre temas sociais. As crônicas trazem o agradável clima de bate papo informal, como se a autora estivesse conversando com cada leitora. Com valiosas dicas de comportamento, e entrelinhas repletas de recados e mensagens, o livro de Stella Florence é para fazer pensar, compreender, sentir, conhecer o mundo, ou seja, para ajudar a crescer.
  • 10. Harold Robbins e Junius Pdrug – Os Traidores Por mais de cinco décadas, Harold Robbins emocionou milhões de leitores com suas histórias cheias de ação, tramas internacionais e personagens sensuais. Mestre dos romances de apelo erótico, seus livros foram traduzidos para mais de 30 idiomas e atingiram a incrível marca de quase um bilhão de exemplares vendidos - só no Brasil o autor vendeu mais de um milhão. Em 'Os traidores', Junius Podrug reproduz o estilo de Robbins, criando uma trama repleta de intrigas. Nick Cutter teve uma infância miserável, com passagens por orfanatos e o trauma de ter testemunhado o assassinato da mãe durante o cerco a Leningrado. Mas faz fortuna ao cruzar oceanos e conquistar mercados de apostas e bebidas pelo mundo. Apenas para arriscar tudo pelo amor de uma mulher sensual e atraente. Mas uma mulher com um segredo que pode mudar a vida de Nick para sempre. De um violento orfanato soviético a uma plantação nas úmidas selvas do Caribe, da opressiva e violenta Havana às perigosas ruas de Santo Domingo, Nick enfrentou homens que controlavam e exploravam a riqueza das nações. Com vodca contrabandeada e um rum exótico, construiu um império que acabaria levando-o a um conflito com o mais violento dos ditadores do Caribe, e a uma luta pelo amor e pela vida da única mulher que amou de verdade. Zazie no metrô Cultuado pela crítica e pelo público, que na França já comprou mais de um milhão de exemplares, Zazie no metrô é um romance galhofeiro e original que narra às andanças da desbocada Zazie por Paris. Vinda do interior, Zazie chega à capital para passar alguns dias, sob os cuidados do tio Gabriel, com duas obsessões na cabeça: andar de metrô e usar uma calça jeans pela primeira vez. Mas uma greve dos transportes coletivos impede a menina de fazer seu passeio subterrâneo e, para ganhar a sonhada calça jeans, ela se vê às voltas com um sujeito que não sabemos se é um tarado ou um policial. A menina passeia pela Paris dos anos 1950, uma cidade diferente da capital da alta cultura que conhecemos, na companhia de amigos de seu tio: um taxista, um sapateiro, um dono de bar, uma garçonete e um papagaio, que passam o dia enchendo a cara e jogando conversa fora. A ousadia lingüística de Queneau, com seus diálogos disparatados, é um dos traços marcantes do livro, que aparece entre os cem principais romances do século XX na enquete promovida pela Folha de S. Paulo com críticos brasileiros. O volume conta ainda com posf0ácio do pensador francês Roland Barthes, inédito no Brasil. O projeto gráfico dialoga com a ousadia do romance: impresso em papel-bíblia, traz o clima da época com fragmentos de cartazes reproduzidos na parte interna das páginas. Zazie no metrô é o 4ª título da Coleção Particular, que já publicou A fera na selva, de Henry James, Bartleby, o escrivão - Uma história de Wall Street, de Herman Melville, e Primeiro amor, de Samuel Beckett.
  • 11. Sinuca embaixo d’água 'Sinuca embaixo d'água' é uma história construída em torno de uma ausência. Sete personagens narram um momento de luto, depois que Antônia, uma garota na casa dos vinte anos, morreu num acidente de automóvel. Boa parte dos episódios transcorre no bar do Polaco. Às margens de um lago, os fundos do bar abrigam um salão de sinuca. O local é frequentado por Camilo, irmão rebelde de Antônia, que tinha uma relação especial com a irmã - entre a adoração e o instinto protetor. Sua principal ocupação é montar e desmontar carros antigos. O tímido e doce Bernardo era colega de faculdade de Antônia, com quem ela mantinha um romance platônico. É ele quem vai esboçar uma investigação sobre o acidente - estaria ela embriagada, transtornada por uma briga passional, fugindo, sendo seguida? Bernardo e Camilo não são os únicos a se ocupar dessa ausência. Polaco, a jornalista Helena, o publicitário Gustavo, o vizinho Lucas e o forasteiro Santiago estão todos ligados, entre si e a Antônia. Stieg Larsson- Os homens que não amavam as mulheres 'Os homens que não amavam as mulheres' é um enigma a portas fechadas - passa-se na vizinhança de uma ilha. Em 1966, Harriet Vanger, jovem herdeira de um império industrial, some sem deixar vestígios. No dia de seu desaparecimento, fechara-se o acesso à ilha onde ela e diversos membros de sua extensa família se encontravam. Desde então, a cada ano, Henrik Vanger, o velho patriarca do clã, recebe uma flor emoldurada - o mesmo presente que Harriet lhe dava, até desaparecer. Ou ser morta. Pois Henrik está convencido de que ela foi assassinada. E que um Vanger a matou. Stieg Larsson- A menina que brincava com fogo Lisbeth parece uma garota frágil, mas é uma mulher determinada, ardilosa, perita tanto nas artimanhas da ciberpirataria quanto nas táticas do pugilismo. Mikael Blomkvist pode parecer apenas um jornalista em busca de um furo, mas no fundo é um investigador obstinado em desenterrar os crimes obscuros da sociedade sueca, sejam os cometidos por repórteres sensacionalistas, sejam os praticados por magistrados corruptos ou ainda aqueles perpetrados por lobos em pele de cordeiro. Um destes, o tutor de Lisbeth, foi morto a tiros. Na mesma noite, contudo, dois cordeiros também foram assassinados - um jornalista e uma criminologista que estavam prestes a denunciar uma rede de tráfico de mulheres. A arma usada nos crimes não só foi a mesma como nela foram encontradas as impressões digitais de Lisbeth. Procurada por triplo homicídio, a moça desaparece. Mikael sabe que ela apenas está esperando o momento certo para provar que não é culpada e fazer justiça a seu modo. Mas ele também sabe que precisa encontrá-la o mais rapidamente possível, pois mesmo uma jovem tão talentosa pode deparar-se com inimigos muito mais formidáveis, e que, se a polícia ou os bandidos a acharem primeiro, o resultado pode ser funesto, para ambos os lados.
  • 12. Stieg Larsson- A Rainha do castelo de AR Neste terceiro volume da série, grande parte dos segredos é desvendada. Lisbeth Salander agora conta com excelentes aliados. O principal é Mikael Blomkvist, jornalista investigativo que já solucionou crimes escabrosos. No mesmo 'front', estão ainda Annika Giannini, irmã de Mikael, advogada especializada em defender mulheres vítimas de violência, e o inspetor Jan Bublanski, que segue sua própria linha investigativa, na contramão da promotoria. 'A rainha do castelo de ar' enfoca as mazelas da sociedade - da ciranda financeira ao tráfico de mulheres. As filhas sem nome - Xinran Três, Cinco e Seis nascidas em uma pequena aldeia chinesa, filhas do camponês Li Zhongguo se mudam para Nanjing em busca de oportunidades. Vencendo o ceticismo do pai, um homem desgostoso por ter apenas filhas mulheres e que, por isso, jamais lhes deu um nome verdadeiro, elas escapam ao destino de subserviência e ignorância a que estavam fadadas. Na cidade, as jovens descobrem seu lugar no mundo, mas não abandonam o afeto e o respeito pelo lugar de origem. Xinran – As boas mulheres da china Entre 1989 e 1997, a jornalista Xinran entrevistou mulheres de diferentes idades e condições sociais, a fim de compreender a condição feminina na China moderna. Seu programa de rádio, 'Palavras na brisa noturna,' discutia questões sobre as quais poucos ousavam falar, como vida íntima, violência familiar, opressão e homossexualismo. Xinran colheu inúmeros relatos de mulheres em que predomina a memória da humilhação e do abandono - estupros, casamentos forçados, desilusões amorosas, miséria e preconceito. São histórias como as de Hongxue, que descobriu o afeto ao ser acariciado não por mãos humanas, mas pelas patas de uma mosca; de Hua'er, violentada em nome da 'reeducação' promovida pela Revolução Cultural; da catadora de lixo que impôs a si mesma um ostracismo voluntário para não envergonhar o filho, um político bem-sucedido; ou ainda a de uma menina que perdeu a razão em conseqüência de uma humilhação intensa. Diários do vampiro No segundo volume da série Elena está apaixonada e tem certeza de que Stefan é um amor para a eternidade. Mas a cada vez que Damon se aproxima, fica evidente um vínculo profundo entre os dois. Determinado a conquistar Elena, Damon se infiltra no cotidiano de Fell's Church. Ameaçado pelo irmão, Stefan não suporta a idéia de perder Elena - e está disposto a arriscar tudo e ir contra seus próprios princípios para protegê-la.
  • 13. Adolf 'Adolf,' de Osamu Tezuka, gira em torno de três personagens com o mesmo nome - Adolf Kaufmann, filho de um diplomata alemão e uma japonesa, Adolf Kamil, filho de humildes padeiros judeus, e Adolf Hitler. A história tem início em agosto de 1936, quando o repórter japonês Sôhei Tôge faz a cobertura das Olimpíadas de Berlim. Durante as olimpíadas, seu irmão, Isao desaparece e Sôhei acaba se envolvendo em uma trama que gira em torno de documentos que atestam que o próprio Hitler era descendente de judeus. Adolf Kaufmann e Adolf Kamil entram na história depois. Eles moram na cidade de Kobe e se tornam grandes amigos, amizade que não é aprovada por suas famílias. Kaufmann ingressará no grupo das juventudes hitlerianas, e Kamil e sua família sofrerão com a perseguição aos judeus. Ambos terão que superar inúmeras dificuldades ao longo da II Guerra Mundial. A amizade dos dois se transforma em um dilema. Enquanto isso, Sôhei também deverá enfrentar grandes perigos para salvar sua vida e os documentos que descobriu. Diário de um Banana – A gota d’água A verdade é - Greg Heffley nunca deixará de ser um banana. Mas alguém precisa explicar isso ao pai dele, porque Frank Heffley ainda acredita que conseguirá 'endurecer' o filho. Claro que Greg consegue esquivar-se facilmente aos esforços do pai para mudar. Mas, quando o pai ameaça enviá-lo para uma escola militar, Greg percebe que tem de se tornar duro ou não terá salvação. A outra margem do rio Neste terceiro volume da série 'Buda', dez anos se passaram. Chapra, o general Budai e outros tantos personagens foram esquecidos. Reis ou párias, ele não puderam escapar à passagem do tempo. Enquanto isso, Siddhartha Gautama - o príncipe de Kapilavastu - vive sua infância num mundo de ilusões. Seu pai não pode sequer suportar a idéia de que o filho conheça o sofrimento. Assim, isola e protege o garoto, vigiando-o constantemente. Todos notam que Siddhartha é uma criança diferente. Em suas constantes dúvidas sobre a vida, passa inclusive a questionar coisas bastante perigosas - por que alguns são escravos e outros, poderosos? Até que aparece um ancião que dá um rumo inesperado a esta história. O nascimento de siddhartha Neste segundo volume da série Buda, o escravo Chapra desafia o sistema de castas da índia Antiga. Enquanto isso, no reino de Kapilavastu, uma princesa da à luz. Profecias afirmam que o menino terá uma grande influência no futuro da humanidade. Mas, para cumprir esse destino, terá de enfrentar inúmeros desafios: o maior deles é o amor e o apego de seu próprio pai.
  • 14. Local – Ponto de partida Todos têm um lugar que chamam de lar, tendo crescido lá ou não. E esse lugar pode muito bem acabar definindo uma boa parte do que você é ou vai se tornar. Tendo isso em mente, cada capítulo deste livro enfoca a vida numa cidade diferente dos EUA, mostrando um pouco do dia-a-dia de pessoas normais diante de situações e escolhas nem sempre tão simples. Através de uma mistura de gêneros enquanto atravessa o país, 'Local' analisa de que maneira o lugar onde uma pessoa vive pode afetar sua personalidade. Cada capítulo de 'Local' é autocontido, embora todas as histórias estejam tematicamente ligadas através de uma personagem chamada Megan McKeenan. A história de Megan começa quando ela tem pela frente uma decisão muito difícil. Sua escolha irá afetar seu futuro e nos conduzir ao resto da série. Milton Hatoum – Cinzas do Norte 'Cinzas do Norte' é o relato de uma longa revolta e do esforço de compreendê-la. Na Manaus dos anos 1950 e 60, dois meninos travam uma amizade que atravessará toda a vida. De um lado, Olavo, o narrador, menino órfão, criado pelos tios, cresce à sombra da família do melhor amigo, Raimundo Mattoso, de berço aristocrático. A fim de realizar suas inclinações artísticas, ou quem sabe para investigar suas angústias mais profundas, Raimundo engalfinha-se numa luta contra o pai, a província, a moral dominante e, para culminar, os militares que tomam o poder em 1964. A rebeldia e a posterior fuga do rapaz ampliam o universo romanesco, que alcança a Europa da irrequieta década de 1970, de onde Raimundo manda sinais para Olavo, ainda preso à cidade natal. Por versões e revelações que se cruzam ou desencontram, sem jamais chegar a esgotar o enigma da vida de seus protagonistas, Hatoum escreve, neste romance, uma 'história moral' de sua geração. O tesouro do templo Abril de 2000, deserto da Judeia. O corpo sacrificado de um arqueólogo é encontrado sobre um altar perto das grutas de Qumran. Os serviços secretos israelitas são colocados em estado de alerta. Ary Cohen, conhecido pela alcunha de 'o leão', vive em retiro nessa zona, e foi eleito pelos Essénios como o seu novo messias. É, pois aí que o seu pai, o arqueólogo David Cohen, lhe vem confiar a nova missão proposta por Shimon Delam, o director do Shin Beth. Trata-se de esclarecer o mistério do assassínio - ou melhor, do sacrifício ritual - do arqueólogo Peter Ericson, que procurava o fabuloso tesouro do Templo, seguindo para isso as pistas fornecidas por um dos manuscritos do Mar Morto, encontrados precisamente em Qumran. Ary envolver-se-á então num dos mais extraordinários enigmas da História, um mistério que tem unido ao longo dos séculos os Essénios, os Templários e a Seita dos Assassinos. 'O Tesouro do Templo' é um thriller messiânico onde Eliette Abécassis junta a erudição histórica e teológica e o romance de aventuras. Tizin e Tiziu em A mosca azul
  • 15. Tizin, uma árvore da família dos oitizeiros, cansado de ficar plantado na calçada de uma movimentada avenida, resolve se arrancar - literalmente - e sair pelo país em busca de um lugar mais tranqüilo e sossegado para fixar suas raízes. Sua atitude inusitada atrai a atenção da mídia e também a atenção de um passarinho, Tiziu, que resolve acompanhá-lo em sua busca. Juntos, viajam pelo Brasil, onde conhecem vários ecossistemas e se deparam com todo tipo de ameaça ao meio ambiente: desmatamento, poluição industrial, caça predatória, contaminação dos rios, lixo... Nessa viagem, os dois conhecem tipos curiosos como Onze-horas, a solitária flor de um jardim de praça; Jequi, um centenário jequitibá, líder das árvores de um parque municipal ameaçado pela especulação imobiliária; Peixoto, o peixe que vive no esgoto; Jaca, o jacaré do Pantanal; Bruma uma chaminé industrial com problemas respiratórios e de consciência e Dom Baratão, o poderoso dono de uma rede de lixões, que quer dominar o mundo. Tizin e Tiziu em A Mosca Azul é um texto que, sem abrir mão do caráter literário, provoca debates sobre várias questões ambientais relacionadas ao Brasil e ao mundo, num momento árduo e de crucial importância. Afinal, passou a hora em que a Humanidade já deveria ter escolhido que rota tomar para garantir sua existência. Murilo Rubião Obra completa Murilo Rubião se aventurou no universo do fantástico mesmo sem conhecer Franz Kafka e antes de o gênero ficar em voga entre os escritores latino-americanos. Além de precursor, Rubião fez o absurdo penetrar na realidade cotidiana, subvertendo-a e lançando novos olhares sobre temas literários, como o desejo, a morte, o amor e a falta de sentido do mundo moderno. Esse fantástico está presente nestes 33 contos e é intensificado pela falta de espanto dos narradores e das personagens diante das situações extraordinárias que presenciam e por uma linguagem objetiva. Profissão: Jovem O livro reúne oito histórias com personagens em seus primeiros empregos ou refletindo sobre futuras carreiras. São registros intensos ou pitorescos, de empregos eventuais ou revelando habilidades herdadas da família. Situações que poderiam ser vivenciadas por qualquer jovem. Além das histórias, o livro também traz entrevistas com jovens de carne e osso, que já enfrentam o mercado de trabalho, de maneira formal ou ocasional. O que pensam eles? Gostam do que fazem? Acreditam que suas tarefas os ajudarão na futura escolha profissional?
  • 16. Pedro Bandeira Agora estou sozinha... A paixão de Telmah por Tiago não poderia realizar-se. Antes, ela precisava vingar um assassinato. Era isso que o fantasma queria - Vingança. Mas contra o seu próprio pai? E, depois, o que restaria de Telmah para oferecer a Tiago? Tiago, aquele garoto tão lindo e amado. Dividida entre a vingança e a paixão, Telmah quase chega à loucura. Pedro Bandeira O medo e a ternura A jovem Esmeralda é confundida com a filha de um milionário e levada por seus sequestradores para uma igreja abandonada, à espera de um resgate que nunca será pago. O que acontecerá com ela nas garras de três sequestradores e vigiada pelo corcunda a quem chamam de Bicho Preto? Pedro Bandeira A marca de uma lágrima Isabel se acha feia. Será mesmo? Ou somente ela acha isso? Escreve cartas e versos para ajudar o namoro de Rosana, sua melhor amiga, com Cristiano, seu grande amor. Por causa da beleza e da verdade de suas cartas, Cristiano mais se apaixona por Rosana e mais aumenta a desesperança de Isabel. Sua situação agrava-se ainda mais com a morte da diretora da escola, pois a jovem é testemunha de que aquele aparente suicídio seria na verdade um bárbaro assassinato. Adulterado crônicas Isabel se acha feia. Será mesmo? Ou somente ela acha isso? Escreve cartas e versos para ajudar o namoro de Rosana, sua melhor amiga, com Cristiano, seu grande amor. Por causa da beleza e da verdade de suas cartas, Cristiano mais se apaixona por Rosana e mais aumenta a desesperança de Isabel. Sua situação agrava-se ainda mais com a morte da diretora da escola, pois a jovem é testemunha de que aquele aparente suicídio seria na verdade um bárbaro assassinato. A fuga do nariz vermelho
  • 17. Novela juvenil que traz no conteúdo as lembranças do tempo em que as pessoas se reuniam para narrar e ouvir histórias. Seu Nonô conta ao neto Francisco que um dia conhecera um menino que teve vontade de fugir com o circo, mas ficou na cidade com medo dos pais. Francisco deduziu que esse menino era o avô e num diálogo desdenhoso pôs-se a refletir como teria sido se Nonô tivesse ido embora. Num ímpeto de deslumbramento, o neto decidiu ir à Cidade Grande para encontrar o circo, junto com Nanda, seu amor. Assim os dois vão resgatar e viver o desejo não realizado do avô que, para eles, se tornou o mediador entre o sonho e a realidade. Um país de mil caras Lenira, uma adolescente de 12 anos - filha de mãe com ascendência indígena e pai negro -, foi estudar a 7ª série em uma nova escola e lá vivenciou a dolorosa experiência do preconceito. Nas férias, ela e o irmão foram visitar os avós, em Salvador. O avô, Sr. Manuel Calafate, um restaurador de obras artísticas do período Barroco, era tetraneto de um escravo liberto do povo nagô, que tinha participado de uma revolta conhecida como Rebelião dos Melês. Foi nessa viagem que Lenira teve a certeza de que tinha muito do que se orgulhar de sua história e do talento único do avô. Edith Modesto, escritora que celebra a pluralidade cultural e atua firmemente para a inclusão social de todos na sociedade, em Um país de mil caras, ao introduzir conteúdos da História do Brasil, resgata a cultura afrodescendente e a valoriza como elemento participante na formação do povo e da história do Brasil. Na voz de suas personagens, a autora expõe ideias e opiniões sérias sobre igualdade e respeito. Coube ao artista Rubem Filho fazer a interpretação da história e ilustrá-la, o que fez primorosamente. Histórias para a sala de aula A vida cotidiana está repleta de surpresas. Esta seleção de crônicas dá um panorama da vida na cidade grande, da luta diária pela cidadania e dos pequenos grandes fatos que marcam as vidas de todos nós. O vôo da arara azul André, o protagonista deste romance juvenil, vive a primeira transformação de sua vida - uma intensa paixão platônica que, em vez de cegá-lo, abre seus olhos para a realidade. Seu universo, representado por quadrinhos, é mesclado com documentos históricos da época da ditadura militar. Fazedor de tatuagem
  • 18. A partir do momento em que o personagem de 'Fazedor de tatuagem' decide ser, quando crescer, um tatuador de verdade, percebe que terá muitos problemas pela frente. Pouco a pouco, pensando na vida, olhando em volta, conversando aqui e ali e, principalmente, desenhando bastante, o menino acaba por encontrar os caminhos que irão ajudá-lo a construir tanto seu trabalho como seu destino. Sandman A série conta a história de Morfeus, um dos Perpétuos (criaturas análogas aos deuses, mas ainda maiores) responsável pelo Mundo dos Sonhos. Basicamente ele controla e tem acesso a todos os sonhos da humanidade e de todas as criaturas capazes de sonhar, sendo o senhor do Mundo dos Sonhos, a terra aonde vamos em nossas horas de sono. Quando uma ordem mística tentou capturar a irmã de Sonho - a Morte - em seu lugar eles capturaram Morfeus. Assustados com o que conseguiram, os membros da ordem o mantiveram cativo. E assim teve início um período de diversas décadas em que esse Perpétuo ficou trancafiado à mercê de seus captores, deixando o Mundo dos Sonhos abandonado e os sonhadores desamparados. A série revela como ele se libertou e como foi capaz de se adaptar no mundo após tantos anos de ausência, e também mostra um vislumbre de sua história e da mitologia dos Perpétuos. O palácio de inverno Na primeira vez em que alterou o curso da história, em 1915, o então jovem camponês russo Geórgui Jachmenev conseguiu impedir um atentado à vida do grão-duque Nicolau Nicolaievitch, irmão do czar. Esse involuntário ato de bravura acaba por assegurar a Geórgui um lugar de honra na corte de Nicolau II, que o nomeia guarda-costas pessoal de seu filho, o também adolescente Alexei Romanov. Em 1981, agora cidadão britânico e funcionário aposentado da biblioteca do Museu Britânico, o octogenário Jachmenev, enquanto vela pela saúde da esposa Zoia, que vive os últimos estágios de um câncer devastador, deixa a memória flutuar, recordando aleatoriamente os fatos de sua vida, grande parte deles ligados diretamente a eventos históricos que transformaram o século XX. Rasputin, Winston Churchill, um amigo de Charles Chaplin, o último czar russo e outros personagens históricos de vulto misturam-se às pessoas comuns do imaginário de Jachmenev, à medida que sua memória vai aproximando os dois momentos mais importantes de sua vida, aquele em que conquistou o amor de sua vida e aquele em que está prestes a perdê-lo de forma definitiva. Histórias que eu ouvi e gosto de contar Na coleção Histórias que gosto de contar, Daniel Munduruku
  • 19. compartilha narrativas que ouviu, viveu e leu em diferentes momentos de sua história. É assim que ele nos fala sobre a cultura, os conhecimentos e as experiências de nações indígenas, ensinando-nos a compreender e valorizar os povos que habitaram primeiro as terras brasileiras. Com o seu dom de contador de histórias, Daniel prende a atenção dos leitores nas aventuras vivenciadas por ele, seus amigos, sua família, sua gente. Bala na agulha Neste livro, Thomaz é um brasileiro que tenta a vida nos Estados Unidos. Ex-garoto de programa no Brasil, agora é um traficante de oportunidade em Nova York. Apesar da atividade de risco, Thomaz se aborrece numa vida sem emoções. Ele se sente estagnado, frustrado, e anseia, pela primeira vez em muitos anos, por uma mudança que o tire da mesmice. A agitação que tanto queria chega como um furacão, na forma de um recado na secretária eletrônica, e trazendo uma reviravolta de conseqüências perigosas para sua vida. Thomaz passa a ser perseguido e se vê envolvido num brutal assassinato em Manhattan. Acostumado ao submundo das drogas e da prostituição - mas também aos círculos mais requintados -, o jovem precisa escapar de uma grande conspiração que se armou contra ele. Ele pensa em voltar para o Brasil, mas não sabe o que o espera. Afinal, seu pai acaba de ser eleito primeiro-ministro. Mas isso não significa que seus problemas teriam fim - ao contrário, com sua volta para a casa dos pais, sua situação fica cada vez pior e o número de pessoas envolvidas não pára de aumentar.

×