Bianca Santana Casa da Cultura Digital Maracá – Educaç ão e Tecnologias [email_address] @biancasantana
O que são?  De onde vieram? Para que servem? Como faço?
O que são?
 
De onde vieram?
Diagramas de Paul Baran (1964), melhorados por Rodrigo Araya e divulgados por David de Ugarte no livro “O poder das redes”...
Arquitetura Distribuída de Rede
relaçoes sociais nas escolas currículo democratizaçao participaçao ensino-aprendizagem práticas pedagógicas produçao de co...
  externa ao ambiente escolar feita por especialistas centralizada cara pouco interativa focada no  consumo produçao de co...
Claro que o consumo nunca foi passivo: “ na realidade, diante de uma produção racionalizada, expansionista, centralizada, ...
lugar para produtos próprios = ?
A rede permite novas formas de atividade produtiva: em larga escala, com  colaboração distribuída ,  com  produção entre p...
Para que servem?
???????
Como faço?
Publique na internet de maneira acessível: 1. em  formatos livres ; 2. com  licenças livres .
formatos livres?
odt x doc ods x xls  odp x ppt pdf??? formatos livres!
licenças livres?
licenças livres!
Bianca Santana Casa da Cultura Digital Maracá – Educaç ão e Tecnologias [email_address] @biancasantana Obrigada!
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Recursos Educacionais Abertos

200

Published on

Apresentação feita no Cenpec, em setembro de 2011, no lançamento da coleção Ensinar e Aprender no Mundo Digital

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
200
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
1
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Recursos Educacionais Abertos

  1. 1. Bianca Santana Casa da Cultura Digital Maracá – Educaç ão e Tecnologias [email_address] @biancasantana
  2. 2. O que são? De onde vieram? Para que servem? Como faço?
  3. 3. O que são?
  4. 5. De onde vieram?
  5. 6. Diagramas de Paul Baran (1964), melhorados por Rodrigo Araya e divulgados por David de Ugarte no livro “O poder das redes” (Porto Alegre: ediPUCRS, 2008)
  6. 7. Arquitetura Distribuída de Rede
  7. 8. relaçoes sociais nas escolas currículo democratizaçao participaçao ensino-aprendizagem práticas pedagógicas produçao de conteúdos
  8. 9. externa ao ambiente escolar feita por especialistas centralizada cara pouco interativa focada no consumo produçao de conteúdos
  9. 10. Claro que o consumo nunca foi passivo: “ na realidade, diante de uma produção racionalizada, expansionista, centralizada, espetacular, barulhenta, posta-se uma produção do tipo totalmente diverso, qualificada como 'consumo', que tem como característica suas astúcias, seu esfarelamento em conformidade com as ocasiões, suas 'piratarias', sua clandestinidade, seu murmúrio incansável , em suma, uma quase-invisibilidade, pois ela quase não se faz notar por produtos próprios ( onde teria o seu lugar? ) mas por uma arte de utilizar aqueles que lhe são impostos” Michel de Certeau, 1974, em A invenção do cotidiano
  10. 11. lugar para produtos próprios = ?
  11. 12. A rede permite novas formas de atividade produtiva: em larga escala, com colaboração distribuída , com produção entre pares, baseada no commons , que gera inovação social , não-rival , não-excludente , com custo marginal perto de zero , sem necessidade de intermediação. Yochai Benkler, 2006, The Wealth of Networks
  12. 13. Para que servem?
  13. 14. ???????
  14. 15. Como faço?
  15. 16. Publique na internet de maneira acessível: 1. em formatos livres ; 2. com licenças livres .
  16. 17. formatos livres?
  17. 18. odt x doc ods x xls odp x ppt pdf??? formatos livres!
  18. 19. licenças livres?
  19. 20. licenças livres!
  20. 21. Bianca Santana Casa da Cultura Digital Maracá – Educaç ão e Tecnologias [email_address] @biancasantana Obrigada!
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×