Your SlideShare is downloading. ×
0
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
1.) arquivo da leitura 1     249
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

1.) arquivo da leitura 1 249

939

Published on

Published in: Technology
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
939
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
2
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. T E X T O S B Í B L I C O S<br /> E M P O E M A S<br /> N U M M O D O E S P E C I A L<br />DE<br />ANGELA CARDOSO<br />slides 1 - 249<br />Registro internacional<br />Estes textos bíblicos são os primeiros, que escrevi em versos. É uma obra ine <br /> pode conquistar também aqueles que não se interessam por este assunto, a palavra <br /> de Deus.<br /> Ele tem diversas maneiras para salvar suas ovelhas perdidas. <br /> Se alguém não gosta ler a Bíblia como está, pode ser que agrada então deste jeito.<br /> Importante é o objetivo da autora para esperte o interesse por estes textos e neste<br /> caso em poemas.<br /> A autora está mantendo a originalidade por completo do conteúdo da Bíblia, <br /> porque caracteriza aquilo que acrescentou ou modificou,. Desta forma até um lego <br /> consegue diferenciar o que faz parte dela e o que não. Mas tudo se encaixa de uma <br /> perfeita harmonia.<br /> Os textos foram verificado e aprovado do Padre Severino da barroquia do Janga <br /> da cidade Paulista nordestina no estado de Pernambuco, situada na costa brasi- <br /> leira. Esta obra é indicada para a maior glória de Deus.<br />
  • 2. I N D E X D A P A R T E 1<br />~~~~~~~<br />*** Titulo da Apresentação: ***Números de slides:<br />Textos Bíblicos em poemas num modo <br />especial de Angela Cardoso (Titulo) 1<br />Index da parte 1 2<br />Explicações 3 <br />A palavra da Autora 4 - 5 <br /> Explicações 6 - 9 <br />Primeira Parte – Introdução 10 <br />Quem é Deus? 11 – 17<br />A Primeira Revolução 18 – 24<br />A inacessível Arte do Divino Inventor ~~ A Evolução ~~ 25 - 26<br />Resumo sobre o antigo Testamento 27 - 39<br />verso final 40 <br />O Novo Testamento na 1. parte dos slides 41 - 248<br />na 2. parte dos slides 1 - 227 <br />na 3. parte dos slides 1 - 229<br />na 4. parte dos slides 1 - 147<br />na 5, parte dos slides 1 - 245<br />A palavra final da autora 246 - 248<br />Index dos Anexos 250<br />5 Salmos da autora 251 - 259<br />1 oração da autora 260 - 263<br />Digitação e Arte – direitos internacionais preservados 264<br />Final 265<br />
  • 3. Apresentação de slides para ser lido no computador .<br />Obs.: Cada slides permanece 15 segundos, mas este tempo pode ser<br />alteradaconforma da necessidade da leitura de cada um! Veja explicação<br /> mais em baixo.<br />* Instrução para gente de pouca experiência no Computador!<br /> Clique primeiro em: Iniciar, depois Meu computador. Quando quer ver os slides<br /> na tela inteira e passando automaticamente, então clique em cima “Apresenta-<br /> ção de slides e depois no começo no lado esquerda em cima da tela.<br /> A leitura não acompanha um<br /> som, porque a Bíblia também não tem e pode desviar a atenção da leitura.<br />* Se quer ler textos prolongados com toda calma na tela do computador , clique<br /> em Pausar!<br />* Caso que os textos aparecem muito grande na tela do computador, pode eles<br /> com o “Zoom”.<br />* Terminando de ler o primeiro menu, clique no segundo arquivo. No total são 5<br /> arquivos.<br />
  • 4. *Atenção:Poemas de textos bíblicosnão podem ser faladas ou cantadas,<br />porque não dar para perceber aquilo<br /> que foi acrescentado ou modificado<br />para obter o rimoe por isso a Igreja não pode dar a permissão de falar ou<br />cantar textos bíblicos em poemas!<br /> * Vale a pena de ler as explicações dos slide nr. 4 – 9 com atenção para ter <br />um maior aproveito da leitura!<br />
  • 5. A P A L A V R A D A A U T O R A<br />Estes textos bíblicos são os primeiros, que escrevi em versos. É uma obra<br /> inédita e pode conquistar também aqueles que não se interessam por este<br /> assunto, a palavra de Deus.<br /> Ele tem diversas maneiras para salvar suas ovelhas perdidas. <br /> Se alguém não gosta ler a Bíblia como está, pode ser que agrada então <br /> deste jeito.<br /> Importante é o objetivo da autora para espertar o interesse por estes tex-<br /> tos e neste caso em poemas.<br />
  • 6. A autora está mantendo a originalidade por completo do conteúdo<br /> da Bíblia, porque caracteriza aquilo que acrescentou ou modificou.<br /> Desta forma até um leigo consegue diferenciar o que faz parte dela<br /> e o que não.<br /> Mas tudo se encaixa de uma perfeita harmonia.<br /> Os textos foram verificados e aprovados do Padre Severino da pa-<br /> róquia do Janga da cidade Paulista nordestina no estado de Per-<br /> nambuco, situada na costa brasileira. Esta obra é indicada para a<br /> maior glória de Deus.<br />Esta obra está registrada internacional em Lisboa (Portugal).<br />
  • 7. E X P L I C A Ç Õ E S<br />* = OBS.: (Observação): modificações do texto bíblico.<br /> - = sublinhado <br /> : acrescento ou acrescentas como por exem- <br /> plo um comentário da autora.<br /> As palavras escritos em negrito são aquelas<br /> onde cabe a pronúncia da rima. <br />Atenção : Estas poema não são próprios para ser cantadas.<br />Explicação: Poesias são versos curtas.<br /> Poemas são versos prolongadas. <br />Ambos com ou sem rimas.<br /> Salmos são versos de louvores e clamores sem rima <br /> que podem ser também cantadas. <br /> Os cantos de textos bíblicos normalmente apresentam <br /> diferencias em relação ao original da Bíblia e são inter-<br /> pretações livres.<br /> Apresentei minhas poemas acompanhada também com<br /> o texto original da Bíblia na observação, porque não é<br /> permitido de acrescentar ou modificar nenhuma virgula<br /> sequer. <br /> Atenção! Repitações fiz, porque precisei seguir o texto bíblico. <br /> Se ouve certos erros no escrito na parte da observação,<br /> porque copiei fielmente da Bíblia e os erros são deste autor.<br /> ~~ ~~ ~~<br />
  • 8. Explicação: Poesias são versos curtas.<br /> Poemas são versos prolongadas. <br />Ambos com ou sem rimas.<br /> Salmos são versos de louvores e <br /> clamores sem rimas que podem ser tam-<br /> bém cantadas. <br /> Os cantos de textos bíblicos normalmente<br /> apresentam diferencias em relação ao ori-<br /> ginal da Bíblia e são interpretações livres.<br />
  • 9. ANEXOS: 5 Salmos inéditas da autora que adaptou para o dia de hoje.<br /> 1 oração também da própria autoria.<br /> 1 Index<br />
  • 10. Apresentei minhas poemas acompanhada também com o texto original da Bíblia na observação (Obs.:), porque não é permitido de acrescentar ou modificar nenhuma virgula sequer. <br />Atenção! Certos trechos e citações na Bíblia se repe-<br /> tem e por isso não pudi fazer isto diferente.<br /> Se ouve certos erros no escrito na parte da observa- <br /> ção, porque copiei fielmente da Bíblia e os erros são <br /> então deste autor.<br />
  • 11. > P R I M E I R A P A R T E <<br /> I N T R O D U Ç Ã O<br />
  • 12. Q U E M É<br />D E U S ?<br /> ~~~~ ~~~~ ~~~~<br />
  • 13. D<br />eus é um espírito incomparável,<br /> infinito como dizemos incrível.<br /> Santo, puro, perfeito, todo poderoso<br /> e principalmente infalível.<br /> Ninguém de nós, <br /> consegue Ele completamente entender. <br /> Não se preocupa!<br /> Ele quer sua fé e não que podes tudo saber.<br /> Tem gente que procura saber tudo sobre Deus,<br /> apenas com a inteligência sem humildade.<br /> Estudam Ele e sua palavra,<br /> apenas como uma matéria na faculdade!<br /> Nossa mente chega nem perto da dele,<br /> jamais vai ser igual!<br /> Ele é absoluto <br /> e sobre tudo muito especial.<br />
  • 14. Além disso Deus possue virtudes extraordinárias, quais?<br /> Já vou mostrar.<br /> a maior foi sua decisão:<br /> “Deixo meu próprio filho sacrificar!<br /> Isto por ter nos amado como ninguém<br /> e está disposto para nossos pecados perdoar!<br /> Este amor imenso,<br /> ninguém de nós é capaz de ultrapassar.<br />
  • 15. Padres, Pastores e muitos outros conhecem a <br /> Bíblia a pé da letra,<br /> porque estudaram ela para conseguir entender.<br /> Enquanto poucas pessoas sigam,<br /> o que foram aprender.<br /> Certo é, e bom de conhecer a palavra de Deus,<br /> mas para posso Ele amar, fazendo sua vontade preciso estudar?<br /> E os outros, o que seria deles,<br /> se fosse assim então Deus acabaria somente os estudiosos a salvar.<br />
  • 16. Já a Bíblia dizia: “É melhor ser como uma criança<br /> que tem amor.<br /> Aquela que ama Deus sobre tudo e seu próximo,<br /> como pratica também este valor.<br /> Se sabes tudo com seus estudos,<br /> tua fé vai apagar,<br /> porque o que já sabes,<br /> não precisas mais acreditar.<br />
  • 17. Mas Deus quer nossa crença,<br /> para nos provar.<br /> Quem confia plenamente leva a<br /> promessa Dele,<br /> que vai isso compensar.<br /> Entrar no céu um dia é tão fácil,<br /> ao mesmo tempo mais difícil do que<br /> podes te imaginar.<br /> Fácil é crer, fazer caridade, perdoar<br /> e embora disso sem limites amar.<br />
  • 18. Torna-se já mais complicado, <br />de ser disposto os meus erros a corrigir.<br /> Difícil é mesmo para aqueles que já sabem quase tudo,<br /> nem por isso querem as palavras de Deus cumprir.<br /> Deus poderia nos escravizar,<br /> mas respeita nossa liberdade da decisão<br /> Se tu escolhes o mal, podes,<br /> somente no final reclamas não!<br />
  • 19. A PRIMEIRA<br />REVOLUÇÃO NO<br />CÉU<br />~~~~ ~~~~ ~~~~<br />
  • 20. * urgiu de repente lá em cima um conflito,<br /> - gerado pelo Lúcifer que era um anjo da luz.<br />De repente pirou<br />e chegou ser para nós até uma tremenda cruz.<br />Sabia nada a fazer melhor,<br />do que besteira no céu.<br />Pisou na bola o invejoso<br />e a reação dos divinos opositores era: “Agora deu!”<br /> S<br />
  • 21. * Contra Deus promoveu,<br /> * uma grande rebelião.<br />Neste caso era,<br />o grande chefão.<br />Queria ser como Deus,<br />ter a mesma igualdade.<br />Virou ser seu pior rival;<br />que maldade !<br />
  • 22. * Apareceu o arcanjo São Miguel<br /> * e Lúcifer caiu logo fora!<br />O arcanjo ganhou tudo sob controle<br />e sem pensar duas vezes acabou com esta <br />confusão na hora!<br />O que o anjo caído fez,<br />não compensou.<br />Veja só que problema,<br />ele arranjou.<br />
  • 23. * Deus mandou seu adversário diretamente ao inferno<br />e resolveu de uma vez por toda esta questão.<br />Acabou a vida boa no céu por causa desta heresia<br />e tornou-se diabo que pegou a maior condenação.<br /> * A posição do Pai no céu era:<br /> Agora e diante podes lutar como quiser contra mim,<br /> mas deixo bem claro que bom e poderoso sou eu<br />e vou te vencer no fim!<br />
  • 24. Obs.: * Houve então uma batalha no céu:<br />O Satanás é chamado neste capitulo também o Dragão e <br />serpente.<br />Ele era uma anjo da luz que foi chamado Lúcifer.<br /> (A primeira linha é de um trecho do texto da Bíblia: Ap 12)<br /> * Miguel e seus anjos guerrearam contra o Dragão.<br /> E o Dragão lutou, junto com seus anjos,<br /> * mas foram derrotados<br />* e expulso do céu. E o enorme Dragão, a antiga serpente, e o diabo ou <br /> Satanás, como é chamado, o Sedutor do mundo inteiro foi lançado<br /> sobre a terra e seus anjos foram lançado junto com ele. <br />
  • 25. * Ouvi, então, uma voz forte no céu proclamando: “Eis que<br />chega a salvação o poder e a realeza do nosso Deus e a<br />autoridade do seu Ungido, porque foi expulso o acusador dos<br />nossos irmãos, aquele que os acusava dia e noite diante de<br />nosso Deus. <br /> (Todos estes trechos são do capitulo: (Ap 12)<br />
  • 26. A I N A C E S S Í V E L A R T E<br /> D O D I V Í N O I N V E N T O R <br /> A E V O L U Ç Ã O<br /> ~~<br /> ~~<br />
  • 27. o inicio de tudo,<br />alguém no universo estava?<br />Com certeza uma existência,<br />chamada dos crentes Deus que ele já habitava.<br />É inacreditável que o sistema solar, as planetas,<br />um deles a nossa terra com seus oceanos se criou.<br />E se somos descendentes de macacos, pergunto:<br /> “Quem então eles inventou?”<br />Claro, que a evolução começou primeiro,<br />com certas substâncias.<br />Justamente elas são lógico,<br />a causa das conseqüências.<br /> Tais substâncias sejam quais foram,<br />evidentemente eram criadas por alguém;<br />ou queres nos pintar e dizer:<br /> “Não, elas apareceram do nada, feitas por ninguém?”<br /> N<br />
  • 28. R E S U M O D O A N T I G O<br /> T E S T A M E N T O <br /> ~~~~~~~~~~<br />
  • 29. * ara realizar sua criação, o mundo,<br /> * Deus demorou seis dias e no sétimo descansou.<br /> * Inventou o Adão e Eva,<br /> os primeiros seres humanos que num paraíso deixou.<br /> Infelizmente nem resistiram a tentação,<br /> de comer da árvore proibida uma maçã.<br /> Deus não gostou, expulsou eles<br /> e negou o direito que podem continuar viver lá.<br /> P<br />
  • 30. Começaram tempos difíceis,<br /> para a futura geração.<br /> Cain influenciada do Diabo,<br />que horror, matou seu próprio irmão.<br /> Por causa do pecado do homem,<br /> o Senhor ficou insatisfeito.<br /> Castigou todo mundo com o dilúvio,<br /> porque errou e não tinha respeito!<br />
  • 31. Numa arca Deus salvou somente Noé <br /> e todos tipos de cada animal.<br />Queria ver um mundo novo para ser melhor<br />e não igual.<br /> Apareceu depois no céu um arco íris,<br /> o sinal de Deus que todos puderam ver.<br /> Anunciou assim a paz e prometeu:<br /> Isto nesta dimensão nunca mais vai acontecer!<br />
  • 32. Houve guerras e muitos conflitos,<br /> mas seu povo Deus abençoou.<br /> No monte Sinai,<br /> mesmo a Moisés importantes sagrados escritos <br />entregou.<br /> Foram os dez mandamentos,<br /> que ele recebeu.<br />Veja bem! <br />Quem siga eles ganha então o céu!<br />
  • 33. Em seguida Deus levou,<br /> Moisés para Israel.<br /> Sabes, aquela terra como Ele dizia:<br /> “Onde corre leite e mel!”<br /> Quando Moisés fugiu dos seus inimigos,<br /> foi obrigado a parar com seu povo enfrente do mar.<br />E agora?<br />Angustiados pensavam que o inimigo vai eles agora pegar.<br />
  • 34. Os mandamentos são para todos,<br />um ensino, uma proteção.<br />Repare! Quem não quer cumprir eles nunca seria <br />salvo<br />e vive simplesmente em vão!<br />Eles dizem nos: “A felicidade verdadeira depende de <br />vocês,<br />esqueça isto não! <br />Basta seguir estas leis, <br />para encontrar a paz e a união! <br />
  • 35. Nesta terrível situação Moisés queria,<br />os ameaçados salvar.<br /> Separou só com seu pau as ondas, já pensou?<br />E sem problemas todos conseguiram passar.<br />Persistentes seguiram atrás deles os inimigos,<br />mas o mar engoliu,porque sobre eles sefechou.<br />Lembra-se daquilo,<br />o que Deus nos mandamentos para nós mostrou?<br />
  • 36. Não matarás! <br />E assim sempre vai ser.<br />Quem não quer obedecer nem vai ser poupado,<br />também vai morrer!<br />A história antes de Cristo, <br />muitos fascinou.<br />Ao mesmo tempo a venda de José no Egito dos<br />próprios irmãos,<br />também chocou.<br />
  • 37. As diversas pragas que Deus enviou,<br />para poder os pecadores acordar.<br /> O Êxodos e as diversas línguas na construção<br /> da torre de Babilônia, <br />o símbolo da arrogância do homem chegou nos<br /> a impressionar.<br /> O bezerro dourado no deserto,<br /> foi para Deus uma provocação.<br /> Moisés interferiu,<br /> nesta adoração.<br />
  • 38. Jonas foi engolido por uma baleia<br />tudo isto deixou esta época marcada.<br />Tanto, que ficou,<br />em nossa história impagável gravada.<br />Deste modo esta época,<br />do antigo testamento terminou.<br />Costumamos a dizer:<br /> “O que era já passou!” <br />
  • 39. Apareceram profetas,<br />justamente para anunciar,<br />principalmente a chagada de<br /> para nos salvar!<br /> J E S U S<br />
  • 40. Obs.: * E no sétimo dia,<br /> Deus descansou de todas as suas <br /> obras (20).<br /> * Os textos de slides 19 – 25 são<br />um resumo livre de uma parte do <br />Antigo Testamento.<br />
  • 41. Q U E M P E N S A A G O R A ,<br />Q U E O P I O R JÁ P A S S O U ,<br /> V A I S A B E R A G O R A ,<br />Q U E I N F E L I Z M E N T E S E E N G A N O U .<br /> ~~~ ~~~ ~~~~<br />
  • 42. O N O V O <br />T E S T A M E N T O<br />
  • 43. EVANGELHO<br />SEGUNDO SÃO<br />Obs.:*Titulo cert<br />LUCAS<br />Introdução<br />~~ ~~ ~~<br /> * Este capitulo é um resumo livre.<br />Obs.: * Titulo certo:<br />
  • 44. BIOGRAFIA <br /> *<br /> P E Q U E N A <br />SOBRE SÃO<br />LUCAS<br />le não pertencia aos Doze,<br /> desta sagrada escritura é um dos autores.<br /> Foi discípulo que conviveu muitos anos com São Paulo<br /> e na pregação do Evangelho tornou-se um especialista dos <br />evangelizadores.<br />Porque escreveu mais ou menos a mesma história como os <br /> outros?<br />Para que assim a verdade conferiu.<br />Se teria contado os fatos diferentes,<br /> seria a prova que ele mentiu.<br /> E<br />
  • 45. Eu cito os capítulos de Lucas,<br /> que Mateus não tratou.<br /> Principalmente aqueles que completam o Evangelho<br /> e desta maneira tudo harmoniza e se aperfeiçoou.<br />
  • 46. I.<br />A I N F Á N C I A<br />D E<br />J O Ã O <br />BATISTA<br />~~ ~~ ~~<br />
  • 47. ANÚNCIO DO<br />NASCIMENTO<br />DE<br />JOÃO BATISTA<br /> Lc 1<br /> (1)<br />Evangelho de Lucas não começa com o nascimento<br />de Jesus como do Mateus,<br />onde isto consta-se na Bíblia na sua anotação.<br />Interessante é que ele iniciou, <br />seu manuscrito com o nascimento de João.<br /> * Quando Herodes reinava na Judéia,<br /> havia um casal, o sacerdote Zacarias e Isabel. <br /> * Ambos procuravam ser,<br /> * Deus sempre muito fiel.<br /> O<br />
  • 48. * Eles eram sem filhos<br /> * e ela já tinha uma certa idade para não mais ter.<br /> * Do arcanjo Gabriel, Zacarias recebeu este aviso,<br /> * que mesmo sendo a esposa estéril vai um filho nascer.<br /> * Foi atendido em oração seu pedido.<br /> * e vais saber,<br /> * que até o nome já foi escolhido!<br />
  • 49. Porque ele será grande diante de Deus;<br /> * não tomará vinho nem qualquer bebida forte (2).<br />Ele foi destinado desta forma,<br />para ser um homem com muita sorte.<br /> * E muitos filhos de Israel,<br /> * ao Senhor, seu Deus reconduzirá.<br />Já sabes talvez,<br />quem será?<br />Se ainda não acertou,<br /> * é João que mais tarde começou trilhar,<br />nos caminhos de Deus onde pregaria, Deus fez <br />questão,<br />que por onde andará sempre vai guiar.<br />* O anjo falava:<br /> * Gabriel eu sou.<br /> * Você vai ficar mudo e sem poder falar,<br /> * já que nas minhas palavras não acreditou.<br />
  • 50. * Quando completou os dias do seu ministério,<br />* voltou para casa em seguida.<br />* Algum tempo depois sua esposa concebeu,<br />* e ficou por cinco meses escondida.<br />* “Assim – dizia ela – agiu o Senhor em meu favor, <br />* dignando-se acabar com a humilhação,<br />* que sofria entre o povo,<br />* porque era uma punição.<br />
  • 51. Obs.: * No tempo de Herodes, rei da Judéia,<br /> * Ambos eram justos diante de Deus, <br /> * e seguiram fielmente todos os man-<br /> damentos e preceitos do Senhor.<br /> * Mas não tinham filhos <br /> * porque Isabel era estéril.<br /> e os dois eram de idade avançada.<br /> * Mas o anjo lhe disse:<br /> * “Não tenha medo, Zacarias,<br /> * porque sua oração foi atendida: <br />
  • 52. * Isabel, sua esposa, vai lhe dar um<br /> filho,<br /> a quem você dará o nome João.<br />* não tomará vinho nem qualquer bebida <br /> forte (2).<br /> * e reconduzirá muitos filhos de Israel <br /> * ao Senhor, seu Deus. <br />
  • 53. * Respondeu-lhe o anjo:<br /> * “Eu sou Gabriel.<br /> * Você vai ficar mudo e sem poder falar<br /> * já que não acreditou nas minhas palavras,<br /> que hão de comprir-se a seu tempo”.<br /> * Completados os dias do seu ministério,<br /> * ele voltou para casa. <br /> * Algum tempo depois, sua esposa concebeu,<br /> * e ficou escondida por cinco meses..<br /> * dignando-se acabar com a humilhação<br /> * que eu sofria entre o povo”.<br />
  • 54. ANÚNCIO DO<br />DE JESUS<br />NASCIMENTO<br /> Lc 1<br />* eus escolheu Maria,<br />para seu plano especial.<br /> * Pois, ela era jovem.pura, virgem, noiva de José, pronto!<br />para Ele ideal.<br /> * No sexto mês,<br /> * Ele enviou o arcanjo Gabriel para Maria,<br /> * ao ouvir tais palavrasum tanto confuso ficou<br /> * e o que dizia era suficiente de ter alegria.<br />D<br />
  • 55. * Ela nem percebeu,<br /> * o significativo daquela<br />saudação.<br /> * O anjo tranqüilizou ela,<br /> logo nesta aparição.<br />Jamais sonhava uma coisa<br />dessa,<br />ultrapassou toda imaginação.<br />Para Ele existe,<br />nenhuma limitação.<br />:<br />
  • 56. “ Respondeu o anjo para ela:<br /> * “O Espírito Santo sobre ti descerá<br /> * e a força do Altíssimo,<br /> * com sua sombra te cobrirá.<br /> Por isso,<br /> * o Santo que vai nascer,<br /> * será chamado Filho de Deus,<br />chegou a saber.<br />
  • 57. * Ainda foi avisada que sua parenta Isabel,<br /> * ainda em sua velhice um filho concebeu.<br /> * Já está no sexto mês aquela que era<br /> chamada estéril<br /> e isto também aconteceu.<br /> Foram dois milagres ao mesmo tempo,<br /> * porque Deus pode tudo se Ele vai querer.<br /> * Confiante Maria se fez escrava do Senhor<br /> * e o anjo da sua presença foi desaparecer.<br />
  • 58. Obs.: * No sexto mês,<br /> o anjo Gabriel foi enviado por Deus<br /> a uma cidade da Galiléia, chamado Nazaré,<br /> * a uma jovem, noiva de um homem , de nome José,<br /> da casa de Davi;<br /> * a jovem chama-se Maria. <br /> Entrando onde ela estava, disse-lhe o anjo:<br /> “Alegre-te, ó cheia de graça, o Senhor é contigo, <br /> tu és bendita entre as mulheres “ (4).<br /> * Ao ouvir tais palavras, Maria ficou com tanto <br /> confusa,<br />
  • 59. * e começou a pensar<br /> * o que significa aquela saudação,<br /> * Disse-lhe o anjo: “Não tenhas medo, Maria, <br /> porque Deus se mostra bondoso para contigo. <br /> * Disse então Maria: “Eis aqui a escrava do Senhor,<br /> faça-se em mim segundo a tua palavra”.<br /> * E o anjo retirou-se da sua presença.<br />
  • 60. *Respondeu-lhe o anjo:<br /> * “O Espírito Santo decairá sobre ti<br /> * e a força do Altíssimo<br /> * te cobrirá com sua sombra.<br /> * o Santo que vai nascer,<br /> * será chamado Filho de Deus.<br /> * Isabel, tua parenta,<br /> * também ela concebeu um filho em sua velhice<br /> * e está no sexto mês aquela que era chamada <br /> estéril,<br /> * porque nada é impossível para Deus “ (5).<br /> * Disse então Maria: “Eis aqui a escrava do<br /> Senhor,<br /> faça-se em mim segundo tua palavra”.<br />
  • 61. M A R I A V I S I T A I S A B E L<br /> Lc 1<br />*la então viajou para uma cidade da Judéia,<br /> * numa montanhosa região.<br />De visitar sua prima Isabel,<br />era portanto sua intenção. <br />Chegando então lá,<br /> * ela cumprimentou,<br /> * quando na casa de Zacarias,<br /> * finalmente entrou.<br /> E<br />
  • 62. * Maria já sabia da gravidez dela,<br />porque o Espírito Santo inspirou.<br />Tratava-se de um grande plano de Deus,<br />que já iniciou.<br /> * Depois da exclamação da Isabel: <br /> * “Tu és bendito entre a mulheres e o fruto do<br /> teu ventre!<br /> * Queria saber o motivo da sua chegada<br />e dizia para Maria: “Entre!”<br />
  • 63. Isabel chamou Maria:<br /> * Bem-aventurada aquela que acreditou!<br /> * O menino de alegria,<br /> * em meu seio saltou.<br /> * Pois vai se cumprir<br /> * o que foi dito da parte do Senhor!”<br />Isto se realizou realmente,<br />com todo rigor!<br />
  • 64. Obs.: *Naquele dias, Maria partiu em <br /> viagem,<br /> * indo às pressas para a região<br /> montanhosa, <br /> para uma cidade da Judéia.<br /> * Entrou na casa de Zacarias<br /> * e cumprimentou Isabel.<br />
  • 65. *e exclamou em alta voz:<br /> * “Tu és bendito entre as mulheres e bendito <br /> é o fruto do teu ventre!<br /> * E donde me vem a honra de ser visitada pela<br /> mãe de meu Senhor?<br /> * Assim que chegou a meus ouvidos a voz de tua<br /> saudação,<br /> o menino saltou.<br />*de alegria em meu seio.<br /> * Bem–aventurada aquela que acreditou!<br /> * Pois vai se cumprir<br /> * o que lhe foi dito da parte do Senhor!”<br />
  • 66. M A G N I F I C A T ( )<br />6<br />heia de humildade Maria ofereceu-se para Deus<br />e como ela o Magnificat rezou:<br />rezamos aliás até hoje esta oração,<br />repleto de louvores com quais Ele se encantou.<br /> * Cerca três meses com Isabel,<br /> * neste lugar ficava.<br /> * Depois desta estadia,<br /> * para sua casa voltava.<br /> C<br /> Lc 1<br />
  • 67. Obs.: * Maria ficou<br /> * com Isabel uns três meses<br /> * e depois<br /> * voltou para casa.<br />
  • 68. DE JOÃO <br />BATISTA Lc 1<br />NASCIMENTO <br />* inalmente nasceu o filho de Isabel,<br />o esperado João!<br /> * Seus vizinhos e parentes participaram,<br /> * de sua alegria desta sensação.<br /> * Queriam ele chamar,<br /> * Zacarias como o pai.<br /> * Mas sua mãe decidia:<br /> * “Não vai!”<br /> F<br />
  • 69. Pois na mesma hora sua boca se abriu,<br /> * a língua dele se soltou.<br /> * e ele falava,<br /> * por isso a Deus bendizendo.<br /> * Todos o que ouviam,<br /> * gravavam na memória sua narração.<br /> * E diziam: “Que virá a ser este menino,<br />que tanto chama atenção?”<br />
  • 70. Obs.: * Quanto a Isabel, chegou seu tempo de dar à luz, e<br /> ela teve um filho.<br /> * Seus vizinhos e parentes ficaram sabendo que o<br /> Senhor lhe considera uma grande graça e foram<br /> particular<br /> * de sua alegria.<br /> * Oito dias depois, vieram circuncidar o menino e<br /> queriam chamá-lo<br /> * Zacarias, que era o nome do pai;<br /> * mas sua mãe respondeu:<br /> * “Não, ele se chamará João!”<br />
  • 71. * soltou-lhe a língua,<br /> * e ele falava<br /> * bendizendo a Deus.<br /> * todos os que ouviam<br /> * sua narração, gravavam na memória,<br /> * e diziam: “Que virá a ser este menino?”<br />
  • 72. SÃO MATEUS ?<br />JÁ CONHECE<br /> *<br />* le era Levi de Cafarnaum,<br />*que tornou-se num apóstolo e fervoroso <br />seguidor<br /> e além disso,<br /> virou ser um brilhante pregador.<br /> * Escreveu um Evangelho mais longo,<br /> * que foi aos judeus endereçado.<br /> * Relatou minuciosamente os discursos de Jesus,<br /> * porque seu autor estava com isso mais <br />interessado.<br /> E<br />
  • 73. O b s . : T i t u l o c e r t o<br /> :<br />EVANGELHO<br />SEGUNDO SÃO<br />MATEUS<br />____<br />INTRODUÇÃO<br />* Mateus, também chamado Levi (Mc 2,14 Lc 5,27), que tinha <br /> * sido cobrador de impostos em Cafarnaum<br /> e foi chamado por Jesus para pertencer ao grupo dos Doze<br /> discípulos (Mt 9,9),<br /> * escreveu um Evangelho endereçado aos judeus e procurou<br /> mostrar-lhes que Jesus é aquele que os profetas anunciaram.<br /> * O Evangelho de Mateus o mais longo,<br /> porque seu autor estava interessado<br /> * em relatar minuciosamente os discursos de Jesus<br />
  • 74. J E S U S<br />Mt 1<br />N A S C I M E<br />N T O D E<br /> M<br />aria, sua mãe, era noiva de José e,<br /> * antes de viveram juntos ficou grávida do Espírito Santo.<br />José, seu noivo, sendo uma pessoa de bem, não sabia<br />e envergonhou-se tanto.<br /> * Não quis,<br /> * que ela ficasse como nome manchado<br /> * e queria então abandonar ela sem deixar nenhuma pista,<br /> * tinha planejado.<br /> * Num sonho um anjo do Senhor apareceu<br /> * e em receber Maria como esposa aconselhou.<br /> * Tirou a dúvida dele,<br /> * para saber de quem ela engravidou.<br /> * Dizia ainda: “Você terá um filho<br /> * e vai dar o nome de Jesus,<br /> * Pois salvará o povo dos seus pecados<br />e por isso vai morrer na cruz! <br />
  • 75. * José e Maria precisavam um lugar,<br />onde Jesus poderá em Belém nascer.<br />Procuraram e procuraram uma hospedaria,<br /> ninguém quis atender.<br />Uma gruta serviu no final de abrigo<br />e sem ela o que se faria?<br />Quando chegou a tão esperada hora, olhe!<br />Lc 2 * O céu e a terra encheram-se de alegria!<br />
  • 76. Obs.: * antes de viveram juntos, ela ficou grávida por <br /> obra do Espírito Santo.<br /> * não quis<br /> * que ela ficasse com o nome manchado<br /> * e resolveu abandoná-la sem ninguém saber.<br /> * Enquanto planejava isso. <br />
  • 77. *teve um sonho em que apareceu<br />*um anjo do Senhor para dizer-lhe:<br /> * “José, filho de Davi (2), não tenha <br /> dúvida em receber Maria como esposa, <br /> * porque a criança que ela tem em seu <br /> seio vem do Espírito Santo <br /> * e você dar-lhe o nome de Jesus,<br /> * pois salvará o povo dos seus pecados”.<br />* As primeiras sétimas linhas do último verso são um resumo <br /> sobre a procura de uma hospedagem e do encontro de um abrigo<br /> da família santa.<br />
  • 78. Lc 2<br /> * Apresentou-se junto deles um anjo do Senhor e a glória do <br /> Senhor os envolveu de luz,<br /> ficaram com muito medo, mas o anjo lhes disse:<br /> “Não tenham medo, pois venho traze-lhes uma noticia, que será<br /> uma grande alegria para todo o povo: “Hoje, na cidade de Davi,<br /> nasceu para vocês um Salvador, que é o Cristo Senhor. No<br /> mesmo instante, juntou-se ao anjo uma grande multidão do<br /> exercito celeste, louvando a Deus e dizendo: “ Glória a Deus nas<br /> alturas na terra aos homens por Ele amado” (9).<br />
  • 79. MAGOS Mt 2 <br />ADORAÇÃO DOS<br />* hegaram a Jerusalém se diz 3 Magos (5)<br /> do Oriente<br />*e perguntaram: “Onde está o rei dos judeus ?<br />Foram a procurar o recém-nascido,<br /> * porque tinham visto a estrela no Oriente enviada por Deus”.<br /> * O rei Herodes ficou atordoado,<br />mal sabia como poderia esta noticia suportar?<br />Era suficiente para ele,<br />de se aflitar.<br /> C<br />
  • 80. * Herodes chamou de pressa os Magos<br /> em segredo,<br />mas foi um enganador.<br />Dominado por seu ergo,<br />espalhou medo e muita dor.<br /> * Sendo impiedoso mandou como uma<br />onça,<br />a divina criança cassar,<br />com a intenção,<br />de não escapar.<br />
  • 81. * Em Belém onde o menino com seus pais estava,<br /> * os Magos se joelharam para adorar o grande santo.<br /> * Entregaram ele ouro, incenso e mira,<br /> para seu encanto.<br /> Eles ficaram contentes<br /> e queriam para sua terra retornar,<br /> * mas foram a tempo avisados num sonho,<br /> para não se novamente com Herodes encontrar.<br />
  • 82. * Por causa deste problema,<br />o rumo seguiu um outro destino.<br /> * Voltaram para sua terra,<br /> * por outro caminho.<br />A situação começou-se agravar<br />e para ficar lá não queriam riscar.<br />Os pais eram disposto custa que custa,<br />a vida do seu filho a salvar.<br />
  • 83. Obs.: * Então chegaram a Jerusalém alguns Magos (5) do Oriente,<br />*e perguntaram: “Onde está o rei dos judeus que acaba de<br /> nascer?<br /> * Vimos sua estrela no Oriente e viemos adorá-lo”.<br /> * Quando ouviu isso, o rei Herodes ficou atordoado e<br /> com ele toda Jerusalém. <br /> * Herodes chamou então os Magos em segredo <br /> * e pediu-lhes que dissessem com exatidão quando foi<br /> que aparecerá a estrela. Enviou-os depois a Belém,<br /> dizendo: “Vão informar-se exatamente sobre o menino,<br /> quando o tiverem achado, mandem avisar-me, para também<br /> eu poder ir adorá-lo”.<br />
  • 84. * Eles entraram na casa e viram o Menino com Maria, <br /> sua mãe.<br /> * E caindo de joelhos, o adoraram.<br /> * Abriram seus cofres lhe deram de presente ouro, incenso<br /> e mirra. <br /> * Eles foram avisados num sonho para não se encontra-<br /> rem novamente com Herodes;<br /> * por isso<br /> * voltaram para sua terra<br /> * passando por outro caminho.<br />
  • 85. F U G A P A R A O E G Í T O<br /> Mt 2<br />* osé sonhou outra vez de um anjo do Senhor<br />e angustiado pudia nem sequer ficar.<br />*Fugiu com Maria e o filho de pressa,<br /> * porque Herodes mandou o menino deles a matar.<br /> * Ambos partiram logo para o Egito<br />e isto porque?<br />Foram movidos pela confiança<br />e pela fé.<br />Herodes era tão ruim,<br />realmente cruel.<br />Mas que alívio de saber,<br />que Deus ajuda aquele que é fiel!<br /> J<br />
  • 86. Obs.: * Depois de eles partirem, um anjo do <br /> Senhor apareceu em sonho a José,<br />e lhe disse:<br /> * “Levante-se, pegue o menino e a mãe<br /> dele e fuja para o Egito.<br /> * Fique lá até eu avisar, porque<br /> Herodes vai procurar o menino para<br /> matá-lo.<br /> Levantando-se a noite José pegou o<br /> menino e a mãe dele e partiu para o Egito.<br />~~~~~~~~~~~~~~~~<br />
  • 87. INOCENTES<br />MORTE DOS<br /> Mt 2<br />*uando Herodes notava que os Magos não voltavam,<br /> pensou:<br />Isto ainda só me faltava!<br />De uma hora para outra virou uma fera,<br /> porque ser enrolado não agüentava.<br /> * Pegou raiva e ficou tão irritado, <br /> que deixou deste jeito muita gente apavorada.<br /> Viu em Jesus um rival,<br /> que tolerava por nada!<br /> Q<br />
  • 88. Preocupado que só para saber onde o menino está,<br /> cometeu uma grande loucura!<br /> * Decidido de eliminar,<br /> promoveu por toda parte uma grande procura.<br /> * Raquel e muitas famílias chorando seus filhos,<br /> * ficaram inconsoláveis.<br /> Sem dúvida nenhuma,<br /> todos estes fatos eram muito lamentáveis!<br />
  • 89. Obs.: * Então Herodes, vendo-se enganado pelos Magos, <br /> * ficou com raiva<br /> * e mandou matar, em Belém e nas vizinhanças <br /> todos os meninos de dois anos para baixo, conforme<br /> o tempo que indagara os Magos.<br /> * Em Ramá se ouviu uma voz, choro e grandes<br /> gemidos;<br /> é Raquel chorando seus filhos.<br /> * e não quer ser consolada, porque já não existem ( 9 ).<br />
  • 90. *ai ir para a terra de Israel,<br /> num sonho o anjo do Senhor avisou.<br /> * Herodes já morreu,<br /> * ele informou.<br /> * Com o menino e a mãe dele,<br /> para a terra de Israel voltava,<br /> * mas daí soube que Arquelau,<br /> * como sucessor de seu pai agora na Judéia reinava.<br /> * Ele teve medo de ir para lá,<br />por isso mudou de idéia.<br /> * Partiu em seguida, <br />* para a região da Galiléia.<br />PARA NAZARÉ<br />JESUS VAI<br />Mt 2 - 3<br /> V<br />
  • 91. Obs.: * Quando Herodes morreu,<br /> * o anjo do Senhor apareceu em sonho para<br />José no Egito,<br /> * e lhe disse: “Levante-se, pegue o menino <br /> e a mãe dele e vá para a terra de Israel,<br /> * pois já morreu quem estava procurando<br /> matar o menino.<br /> Ele se levantou,<br /> * e voltou para a terra de Israel.<br /> * Mas, quando ficou sabendo que Arquelau <br /> reinava na Judéia<br /> * como sucessor de seu pai Herodes,<br /> * teve medo de ir para lá.<br /> * e avisado num sonho,<br /> * partiu para a região da Galiléia.<br />z<br />
  • 92. A C H E G A D A<br />II.<br />D O<br />R E I N O D O S<br />C É U S<br />~~ ~~ ~~<br />
  • 93. J E S U S<br />O N O M E D E<br /> Mt 2<br />* omo foi previsto nesta circunstância, <br /> * a criança tinha no oitavo dia o nome de Jesus <br />recebida.<br /> * Assim a profecia, <br /> tinha se cumprida.<br />Podemos perceber a importância dos anjos,<br />na vida da família santa com sua presença.<br />Eles sempre avisaram e acompanhavam ela<br />e do mesmo jeito sirvam-nos conforme da nossa <br />crença!<br /> =================<br />C<br />
  • 94. Obs.: * Chegando o oito dia, quando o menino devia ser <br /> circuncidado,<br />deram-lhe o nome de Jesus,<br /> conforme fora indicado pelo anjo, antes de <br /> ser concebido <br /> no seio materno.<br />
  • 95. NO TEMPLO<br />APESENTAÇAO<br />Lc 2<br />* quando completaram-se os dias para eles se purificarem,<br /> * levaram-no a Jerusalém para poderam-lhe ao Senhor apresentar.<br /> * Existiu a Lei de Moisés,<br /> que foi as pessoas de fazer isso obrigar.<br />Como manda este costume,<br />desta antiga tradição:<br /> * Todo primogênito do sexo masculino,<br /> seja consagrado ao Senhor (11)sem exceção.<br /> E<br />
  • 96. * Como se prescreve na Lei do Senhor,<br /> * precisavam ofertar em sacrifício:<br /> * um par de rolas ou dois pombinhos (12),<br />logo no início.<br />Eles eram muito religiosos,<br />portanto cumpriram estes rituais.<br />Rigorosamente observaram,<br />todos este leis iguais.<br />
  • 97. Obs.: *segundo a Lei de Moisés, <br /> levaram-no a Jerusalém, <br /> para apresentá-lo ao Senhor,<br /> * conforme o que está escrito na Lei<br /> do Senhor:<br />* Todo primogênito do sexo <br /> masculino seja consagrado ao Senhor (11); <br /> * e para ofertar em sacrifício,<br /> * como se prescreve na Lei do Senhor:<br /> * um par de rolas ou dois pombinhos (12).<br />
  • 98. SIMEÃO Lc 2<br />CÁNTICO DE<br />* m Jerusalém morava,<br /> * um homem chamado Simeão.<br />Era justo e piedoso,<br /> * esperava de Israel a consolação. <br /> * E do Espírito Santo,<br /> * ele chegou saber,<br /> * que antes de ver o Messias do Senhor,<br /> * de jeito nenhum vai morrer.<br /> E<br />
  • 99. * Chegando no Templo ele o tomou nos braços<br /> * e a Deus louvou.<br /> Exatamente por este momento,<br /> tanto tempo esperou!<br /> Depois desta grande felicidade,<br /> * queria em paz descansar,<br /> * porque o maior desejo dele,<br /> * terminou-se a realizar!<br />
  • 100. Obs.: * Havia em Jerusalém<br /> * um homem chamado Simeão.<br /> * esperava a consolação de Israel<br /> e o Espírito Santo estava nele.<br /> * e fora-lhe revelado<br /> * pelo Espírito Santo,<br /> * que não morreria antes<br /> * de ver o Messias do Senhor.<br />
  • 101. Movido pelo Espírito, dirigiu-se ao Templo e, no momento<br /> em que o menino Jesus era trazido pelos pais para cumprirem<br /> as prescrições da Lei a seu respeito,<br /> * ele o tomou nos braços<br /> * e louvou a Deus, dizendo:<br /> * “Agora, Senhor, podeis deixar ir em paz o vosso servo, <br /> conforme a vossa palavra,<br /> * porque meus olhos<br /> * viram a vossa Salvação, que preparastes diante de todos<br /> os povos,<br /> luz para iluminar as nações e para dar glória a Israel, vosso<br /> povo”.<br />
  • 102. PROFECIA DE<br />SIMEÃO Lc 2<br />imeão também sobre o menino profetizou<br />e nesta altura profetas como ele não faltavam.<br />Deus enviou eles,<br />* para alertar o povo que para eles as mensagens<br />passavam.<br /> * O futuro de Israel,<br /> * a queda e o reerguimento de muitos em Israel a<br /> profecia previa.<br />Por causa dos pecados,<br />tudo isto acontecia!<br />S<br />
  • 103. Obs.: * Simeão os abençoou e disse a Maria,<br /> sua mãe:<br /> * “Este menino vai ocasionar <br /> * a queda e o reerguimento de muitos em <br /> Israel;<br /> ele será um sinal de contradição; a ti <br /> própria, <br /> uma espada traspassará a alma! (13),<br /> para que se revelem os pensamentos de <br /> muitos corações”.<br />
  • 104. Lc 2<br />A P R O F E T I S A A N A<br />*la foi de idade muito avançada e profetisa,<br /> * uma daquelas Senhoras,<br /> * que indicou-se para servir a Deus,<br /> * durante 24 horas.<br />Até hoje Deus gosta suas coisas, <br />pelos seus profetas revelar.<br />Quem entende e se converte,<br />Ele vai salvar!<br /> E<br />
  • 105. Obs.: * Havia lá também uma profetisa chamada Ana, filha <br /> de Fanuel, do tribo de Aser.<br /> * Era de idade muito avançada.<br /> * Não se apartava do Templo, servindo a Deus<br /> * noite e dia, com jejum e orações.<br />~~ ~~ ~~<br />
  • 106. J E S U S<br /> V A I A J E R U S A L É M<br /> O M E N I N O<br /> Lc 2<br />*spais dele iam cada ano a Jerusalém,<br /> * onde na festa de Páscoa participavam.<br /> * Com doze anos subiu a Jerusalém junto<br /> com seus pais.<br /> * que Ele para lá acompanhavam.<br /> * Terminando a festa,<br /> * nem a mãe ou o pai notou,<br /> * que o filho deles,<br /> * em Jerusalém ficou.<br />Nesta idade Jesus já era o mais jovem Professor do <br />mundo!<br /> * Ouviu e interrogou os doutores,<br /> que chegaram conhecer a partir daí, outros desconhecidos valores.<br /> Quando seus pais o viram,<br /> * ficaram muito emocionados.<br /> Estranhavam porque Ele,<br /> não tinha eles avisados.<br /> “Filho, por que você fez isso conosco?<br /> * Seu pai e eu o estávamaos procurando dizia sua mãe.<br /> * Jesus perguntou porque?<br /> Não sabiam que eu deveria estar naquilo que é do meu Pai?”<br /> * Mas eles não compreenderam,<br /> * o que Jesus falava,<br /> * então Ele era submisso a eles<br /> * e sua mãe todas estas recordações em seu coração conservava.<br /> O<br />
  • 107. * Procuraram sem sucesso,<br /> entre parentes e conhecidos.<br /> * Onde estava Ele?<br /> * Maria e José tinham perdidos?<br /> * Voltaram a Jerusalém á sua procura<br /> * e somente depois de três dias o encontraram no Templo.<br />Impressionante!<br /> * Lá sentado no meio dos doutores deu um bom exemplo.<br />
  • 108. Nesta idade Jesus já era o mais jovem <br /> do mundo!<br /> * Ouviu e interrogou os doutores,<br /> que chegaram conhecer a partir daí,<br /> outros desconhecidos valores.<br /> Quando seus pais o viram,<br /> * ficaram muito emocionados.<br /> Estranhavam porque Ele,<br /> não tinha eles avisados.<br />Professor<br />
  • 109. “Filho, por que você fez isso conosco?<br /> * Seu pai e eu o estávamos procurando dizia sua mãe.<br /> * Jesus perguntou porque?<br /> Não sabiam que eu deveria estar naquilo que é do meu <br /> Pai?”<br /> * Mas eles não compreenderam,<br /> * o que Jesus falava,<br /> * então Ele era submisso a eles<br /> * e sua mãe todas estas recordações em seu coração <br />conservava.<br />
  • 110. * Jesus ia crescendo,<br /> * em estatura, graça e sabedoria,<br /> diante de Deus e dos homens <br />e isto Ele merecia.<br />
  • 111. Obs.: * Os pais de Jesus iam todos os anos a Jerusalém<br /> * para a festa da Páscoa.<br /> * Quando ele fez doze anos, subiram a Jerusalém,<br /> * como era costume durante a festa.<br /> * Passados os dias da festa, quando estavam voltando,<br /> * ficou em Jerusalém<br /> * o menino Jesus,<br /> * sem que seus pais o notassem.<br />
  • 112. * Pensando que ele estivesse na comitiva, fizeram o percurso<br /> de um dia inteiro.<br /> * Depois o procuraram entre os parentes e conhecidos, e não <br /> o encontrando,<br /> * voltaram a Jerusalém à sua procura.<br /> * Depois de três dias o encontraram no Templo, <br /> * assentado no meio dos doutores. <br /> * ouvindo-os e interrogando-os. <br /> * ficaram muito emocionados.<br />
  • 113. * Seu pai e eu o estávamos procurando, cheia <br /> de aflição.<br /> * Jesus lhes respondeu: “Por que me estavam<br /> procurando? <br /> * Mas eles não compreenderam<br /> * o que Jesus lhes dizia.<br /> * Desceu com eles e foi para Nazaré, e lhes era<br /> submisso.<br /> * sua mãe conservava todas estas coisas em <br /> seu coração.<br /> * Jesus ia crescendo em sabedoria,<br /> * estatura e graça,<br />
  • 114. II.<br />J E S U S <br />N O I N I C I O<br />D A S U A<br />M I S S Ã O<br />
  • 115. PREGAÇÃO DE<br />JOÃO BATISTA<br />MT 3<br />
  • 116. * o deserto da Judéia,<br /> * estava o João,<br /> * que proclamou esta mensagem,<br /> enquanto fez sua pregação:<br /> “Convertam-se,<br /> pois já está próximo o Reino dos Céus”.(10)<br />Era uma alerta,<br />enviado por Deus!<br /> N<br />
  • 117. * Dos gafanhotos e mel do campo,<br /> * somente se alimentou.<br /> * Com o povo de Jerusalém, <br /> * de toda a Judéia e do vale do Jordão se encontrou.<br /> * As pessoas confessavam seus pecados<br /> * e ele batizava a todos inclusive muitos fariseus e <br /> saduceus no rio Jordão(12 )<br /> * Disse-lhes: “Filhotes de cobras! <br /> * Quem disse que vocês do castigo que está chegando <br /> vocês escaparão?<br />
  • 118. E o machado já está encostado no pé das <br /> árvores,<br /> * e toda árvore que não produz bom fruto será<br />cortada<br /> e depois sem falta,<br /> * no fogo jogada.<br /> * Para que,<br /> * vão se converter,<br /> * com água vou vocês batizar;<br />sem isso eles chegariam se para sempre a<br />perder.<br />
  • 119. João era tão humilde,<br />Lc 3que chegou a todos declarar:<br />Mt 3 * não sou digno,<br /> * nem suas sandálias de carregar.<br /> * Ele irá eles,<br /> * com fogo do Espírito Santo batizar.<br /> * Ele tem a pá na mão,<br /> * para que vai o seu terreiro limpar.<br /> * Vai guardar o trigo no paiol,<br /> * mas a palha Ele a queimará,<br /> * numa fogueira,<br /> * que nunca se apagará”.<br />
  • 120. Obs.: * Por aqueles dias, apareceu<br /> * João Batista no deserto na Judéia,<br /> * proclamando esta mensagem:<br />
  • 121. sua comida<br /> * eram gafanhotos e mel do campo<br /> * O povo de Jerusalém, <br /> * de toda a Judéia e do vale do Jordão ia ao encontro dele, <br /> * confessava seus pecados<br /> * e ele batizava a todos no rio Jordão. <br /> Vendo que muitos fariseus e saduceus ( 12 ) vinham para <br /> batismo, <br /> * disse-lhes: “Filhotes de cobras! <br /> * quem disse vocês escaparão do castigo que está chegando?<br />
  • 122. * e jogada no fogo. <br /> * eu batizo vocês com água,<br /> * para que<br /> * se convertam;<br /> mas aquele que vem depois de mim<br /> é mais forte do que eu: <br /> * não sou digno <br /> * nem de carregar suas sandálias.<br /> * Ele iria<br /> * batizá-los com o fogo do Espírito Santo.<br /> * Ele tem a pá na mão<br /> * para limpar o seu terreiro;<br />
  • 123. * vai guardar o trigo no paiol,<br /> * mas a palha, ele a queimará<br /> * numa fogueira <br /> * que não se apaga”.<br />
  • 124. Mt 3<br /> B A T I S M O D E<br /> J E S U S<br /> ~~~~ ~~~~~ ~~~~<br />
  • 125. Mt 3<br /> B A T I S M O D E<br /> J E S U S<br />* Jesus veio da Galiléia<br /> * e chegou no Jordão,<br /> * ao encontro para ser,<br /> * batizado por João,<br /> * quem tentou impedir isto,<br />porque achou que jamais deveria assim.<br /> * dizendo: “Eu é que devo ser batizado por ti<br /> * e tu vens a mim?”<br /> * <br />
  • 126. * Mas Jesus respondeu: “Deixe por ora,<br /> pois assim convém que façamos tudo <br /> o que Deus quer”.<br /> E João concordou<br />Mt 3 - 4 * e quando os céus se abriram viu o Espírito de Deus <br /> como uma pomba descer.<br /> * Ela pousou sobre ele<br /> * e do céu veio uma voz que disse direto:<br /> “Este é o meu Filho Amado,<br /> * a quem dedico o meu afeito”(13).<br />
  • 127. Obs.:*Então Jesus veio da Galiléia<br /> * ao Jordão<br /> * ao encontro<br /> * de João, a fim de ser batizado <br /> por ele.<br /> * João, porém, tentava impedi-lo,<br /> * dizendo: “Eu é que devo ser<br /> batizado por ti.<br /> * e tu vens a mim?”<br />
  • 128. * Mas Jesus respondeu-lhe: “Deixe por ora, <br /> pois assim<br /> convém que façamos tudo o que Deus <br /> quer”.<br /> * E João concordou.<br />Mt 3 - 4 * E os céus se abriram e ele viu o Espírito de <br /> Deus descer <br /> como uma pomba <br /> * e pousar sobre ele.<br /> * E do céu veio uma voz que disse:<br /> * A quem dedico meu afeto “ (13).<br />
  • 129. Mt 1<br />A F A M Í L I A<br />D E<br />J E S U S<br />
  • 130. A<br />* lista dos antepassados de Jesus Cristo é longa<br /> * e começa desde filho de Davi e Abraão (1).<br />Mt 1 Da união de Davi com aquela que fora mulher de Uris,<br /> nasceu então o Salomão.<br /> * Portanto, de Abraão até Davi,<br /> * são catorze gerações constatadas,<br /> * de Davi até o exílio de Babilônia constam-se também catorze<br /> * e até Cristo foram novamente a mesma quantidade de<br /> pessoas contadas.<br />Lc 3São Lucas nos contou,<br /> * que Jesus começou com trinta anos em público sua missão.<br />Uma enorme lista na Bíblia mostra,<br />quem estas pessoas são.<br /> * E quem não conhecia, <br /> * a vida de José,<br /> pensou que é o filho dele,<br />mas materno Ele não é.<br />
  • 131. Obs.: * Lista dos antepassados de Jesus Cristo,<br /> * filho de Davi, filho de Abraão (1).<br />Mt 1 * Portanto de Abraão até Davi,<br /> * são catorze gerações;<br /> * de Davi até o exílio de Babilônia<br /> são catorze gerações;<br /> * e do exílio de Babilônia até Cristo, <br /> catorze gerações.<br />Lc 3*E Jesus ao começar sua missão,<br /> tinha uns trinta anos.<br /> * E era, como pensavam,<br /> * filho de José,<br />
  • 132. Mt 4<br />A S T R Ê S<br />T E N T A Ç Õ E S<br />
  • 133. * epois Jesus foi levado,<br />*pelo Espírito Santo ao deserto,<br /> * onde o diabo juntou-se para tentar Ele,<br />mas Jesus era bem mais esperto.<br />O maldoso agarrou-se a Jesus, <br />como um carrapato.<br />Os dois são na verdade,<br />como um cão e gato.<br /> D<br />
  • 134. * Quarenta dias e noites esteve jejuando<br /> * e depois teve fome enquanto o tentador <br /> calculou com otimismo!<br />Me aguarda! <br />Agora tu me vais cair no abismo!<br /> * O demônio queria que Jesus mandasse, <br /> * que estas pedras transformarem-se em pães.<br />Sabia perfeitamente,<br />que Jesus seria capaz.<br />
  • 135. * Mas Jesus respondeu: “Está <br /> escrito na Bíblia: <br /> * Não só de pão vive o homem<br />e o diabo achou é chato!”<br />Nem posso perder,<br />já estou fato!<br /> * Em seguida o diabo,<br /> * a Cidade Santa o levou<br /> * e sobre o ponto mais alto,<br /> * do Templo colocou.<br />
  • 136. * Dizia: “Se és o Filho de Deus aproveite!<br /> * Lança-te lá embaixo sem hesitar,<br /> * porque está escrito: Ele dará ordem a<br /> seus anjos a teu respeito,<br /> * para que não em alguma pedra vais<br />tropeçar(16).<br /> * Respondeu Jesus: “Também está escrito:<br /> Não tentarás o Senhor, porque tanto provocou.<br />Veja agora que armadilha,<br />o tentador então preparou!<br />
  • 137. * De novo o diabo o levou,<br /> * desta vez para um monte alto e parou.<br /> * Todos os reinos do mundo,<br /> * com o seu esplendor ele mostrou.<br />Chegou com o seu papo furado<br /> * e sem remorsoprometeu:<br /> * “Se de joelhos me adorares,<br /> * será tudo isso teu”.<br />
  • 138. * Jesus espantou ele: “Vai te Satanás,<br /> * porque está escrito: Ao Senhor teu <br /> Deus adorarás<br /> * e só a Ele,<br /> * culto prestarás”(18).<br /> * Então o diabo mandou brasa,<br />e vencido deixou Jesus em paz.<br />Que isso Satanás?<br />Uma coisa dessa não se faz!<br />
  • 139. *E os anjos de Deus se aproximaram de <br /> Jesus,<br /> * para poderem Ele servir.<br />Fica bem claro que vencer Jesus,<br />o diabo jamais vai conseguir<br />A fidelidade de Jesus era impecável,<br />que deve servir de exemplo para nós.<br />É bom de orar: “Senhor daí nos força.<br />para não caímos em tentações!<br />
  • 140. Obs.: * Depois Jesus foi levado<br /> * pelo Espírito Santo ao deserto,<br /> * para ser tentado pelo diabo.<br /> * Durante quarenta dias e quarenta noites<br /> esteve jejuando. <br /> * Depois sentiu fome.<br /> * E aproximando-se o tentador disse-lhe: <br /> * “Se és o Filho de Deus, manda que estas <br /> pedras se transformem em pães”.<br />
  • 141. *Mas Jesus lhe respondeu: “Está escrito na Bíblia: <br />*Não só de pão vive o homem, mas de toda palavra<br /> que Deus fala” (15).<br />*Em seguida, o diabo<br />*o levou à Cidade Santa<br /> * e o colocou<br /> * sobre o ponto mais alto do Templo.<br />
  • 142. * E disse-lhe: “Se és tu o Filho de Deus,<br /> * lança-te em baixo, <br /> * porque está escrito: Ele dará ordem a seus anjos a teu <br /> respeito, e eles te <br /> pegarão em suas mãos,<br />*para que não tropeces em alguma pedra” (16).<br />*Respondeu-lhes Jesus: “Também está escrito: <br />Não tentarás o Senhor, teu Deus” (17).<br />
  • 143. * Aí Jesus lhe disse: “Vai-te Satanás,<br /> * porque está escrito: Ao Senhor teu Deus <br /> adorarás<br /> * e só a ele<br /> * prestarás culto “ (18).<br /> * Então o Diabo o deixou.<br />*E os anjos de Deus se aproximaram de <br /> Jesus<br />* para serví-lo.<br />
  • 144. JESUS <br />PREGAR Mt 4<br />COMEÇA A<br />
  • 145. oão Batista tinha infelizmente,<br />um grande azar de repente.<br />O que aconteceu?<br /> * Foi preso mesmo sendo inocente.<br /> * Quando Jesus soube do caso dele,<br /> * para a Galiléia voltou.<br /> * Deixou Nazaré<br /> * e em Cafarnaum morou.<br />Isto para que se cumprisse a profecia de Isaias:<br /> * O povo que estava nas trevas viu uma grande luz!:*<br /> Desde então, Jesus começou a pregar para que eles<br /> se convertam. <br />É Deus mesmo que conduz.<br /> J<br />
  • 146. Obs.: * Quando soube<br /> * que João Batista tinha sido preso,<br /> * Jesus voltou para a Galiléia.<br /> * Deixou, então, Nazaré<br /> * e foi morar em Cafarnaum.<br /> * á margem do lago, na divisa entre Zabulão e Naftali, para que <br /> cumprisse a profecia de Isaias. <br />Terra de Zabulão, terra de Naftali, caminho do mar, região de <br /> além Jordão, terra dos pagãos! (19) <br /> * O povo que estava nas trevas viu uma grande luz! E para os que<br /> moravam na região escura da morte surgiu uma luz ( 20).<br /> * Desde então, Jesus começou a pregar, dizendo: Convertem-se,<br /> * porque está próximo o Reino dos Céus!”<br />
  • 147. VOCAÇÃO DOS APÓSTOLOS Mt 4 <br />
  • 148. Q<br />uem serão os dois irmãos,<br /> * que Jesus pela beira do mar da Galiléia estava vendo?<br /> Simão, chamado Pedro e André, seu irmão,<br />foram eles sendo.<br /> * Eram simples pescadores,<br /> * por isso lançaram a rede ao mar.<br /> * Jesus falou para eles: “Venham comigo,<br /> * e eu os farei pescadores de homens para resgatar!”<br /> * Eles estavam decididos,<br /> * suas redes logo de abandonar.<br />Imediato estiveram disponíveis,<br /> * para Jesus acompanhar.<br /> * Mas adiante, viu outros dois irmãos,<br />Mt 4 – 5 * que na barca com seu pai Zebedeu foram-se encontrar.<br /> * Quando Jesus chamou resolveram Ele a seguir<br /> * e foram sua barca deixar.<br />
  • 149. Obs.: * Um dia, ao passar pela beira do mar <br /> da Galiléia, Jesus viu dois irmãos!<br /> * Estavam lançando a rede ao mar,<br /> * porque eram pescadores.<br /> * Jesus disse-lhes: “Venham comigo,<br />
  • 150. * Eles deixaram logo<br /> * suas rede,<br /> e o seguiram.<br /> * Mas adiante, viu outros dois irmãos:<br /> Tiago, filho de Zebedeu, e João, seu irmão.<br />Mt 4 – 5 * Estavam na barca com seu pai Zebedeu, <br /> consertando as redes. <br /> * Jesus os chamou. E logo deixaram a barca.<br /> * e o pai e o seguiram.<br />
  • 151. JESUS<br />A MULTIDÃO<br />SEGUE A<br />Mt 4 - 5<br />* esus andou pela Galiléia<br /> * para a Boa Nova do Reino a pregar.<br />Afinal chegou,<br /> * nas sinagogas para ensinar.<br />*Várias doenças e diversas males, <br /> toda enfermidade do povo,<br /> * a todos Elecurou.<br /> * Sua fama em conseqüência disso,<br /> * por toda Siria se espalhou.<br /> J<br />
  • 152. Obs.:* E Jesus ia andando pela Galiléia inteira,<br /> * ensinando nas sinagogas,<br /> * pregando a Boa Nova do Reino, <br />* Traziam a Ele os que sofriam de várias <br /> doenças e eram atacados de diversos males:<br /> possessos, epilépticos e paralíticos.<br /> * E Jesus curava a todos.<br /> * Sua fama<br /> * espalhou-se por toda a Síria.<br />
  • 153. Lc 4<br />III. <br />J E S U S<br />E V A N G E L I<br />Z A <br />A G A L I L É I A<br />~~ ~~ ~~<br />
  • 154. J E S U S<br />PREGAÇÃO DE<br /> E M N A Z A R É<br /> Lc 4<br />
  • 155. * esus foi a Nazaré onde tinha sido criado<br /> * e no sábado na sinagoga levantou-se para fazer a leitura(23).<br /> * Foi-lhe dado o livro do profeta Isaias que desenrolou,<br /> * encontrando a passagem com esta escritura.<br /> * O Espírito Santo do Senhor está sobre mim,<br /> * porque me ungiu e mandou-me os pobres evangelizar.<br />Embora disso foi ainda,<br />outras coisas realizar:<br /> * Anunciar aos cativos,<br /> * a libertação,<br /> * os cegos da vista,<br /> * a recuperação.<br /> * Pôr em liberdade os oprimidos pelos grilhões,<br /> * e foi um ano de graça do Senhor proclamar(24).<br /> * Depois enrolou o livro que entregou ao ministro<br /> * e foi se sentar.<br /> J<br />
  • 156. Jesus começou então disse-lhes: <br /> * “Hoje esta passagem da Bíblia chegou-se cumprir,<br />* que vocês acabam.<br /> * de ouvir. <br />* Perguntaram: “Porventura não é este o filho de <br /> José?”<br />*Certamente a mim este prevérbio vocês aplicarão:<br />´Médico, cura-te a ti mesmo!´<br /> * Disse-lhe Jesus então.<br /> E acrescentou:<br /> * “Em verdade lhes digo não tinham merecido,<br /> * que nenhum profeta em sua terra,<br /> * é bem recebido.<br />
  • 157. * Eu lhes digo com toda certeza: quando o céu foi fechado três anos<br /> e seis meses,<br /> * muitas viúvas em Israel no tempo de Elias havia.<br /> * Grande fome em todo pais,<br /> * também existia.<br /> * Em Israel,<br /> * tinham-se muitos leprosos no tempo do profeta Eliseu encontrado.<br /> * Nenhum deles,<br /> * mas sim Naaman, o sírio foi curado”.<br /> * Ouvindo essas palavras, encheram-se todo na sinagoga de cólera<br /> * e levantaram-se para poderem Jesus fora da cidade lançar.<br /> Levaram-no até o alto do monte sobre o qual estava edificada<br /> a sua cidade.<br /> * para de lá para baixo ajogar.<br /> Mas Jesus, passando pelo meio deles,<br /> * seguiu seu caminho<br />e deixava eles,<br />sozinhos bonitinho.<br />
  • 158. Obs.: * Foi a Nazaré, lugar onde tinha sido criado.<br /> * No sábado, segundo seu costume, entrou <br /> na sinagoga e levantou-se<br /> para fazer a leitura (23).<br /> * Foi lhe dado o livro do profeta Isaias.<br /> Desenrolou o livro,<br /> * encontrou a passagem onde estava escrito:<br />*O Espírito do Senhor está sobre mim,<br /> * porque me ungiu e mandou me evangelizar<br /> os pobres,<br />
  • 159. * anuncia aos cativos <br /> * a libertação,<br />* aos cegos a recuperação<br /> * da vista,<br />*pôr em liberdade os oprimidos pelos grilhões,<br />* proclamar um ano de graça do Senhor (24).<br /> * Depois enrolou o livro, entregou – o ao ministro <br /> * e sentou-se.<br />
  • 160. *“Cumpriu-se hoje esta passagem da Bíblia<br /> * que vocês acabam<br /> * de ouvir.<br /> Todos lhe davam testemunho e admiravam <br /> as palavras encantadoras que saiam da sua boca<br /> * e diziam: “Porventura não é este o filho de <br /> José?”<br /> Disse-lhes então Jesus:<br /> * “Certamente, vocês aplicarão a mim este prevérbio:<br />
  • 161. * “Em verdade lhes digo<br /> * que nenhum profeta é bem <br /> recebido<br /> * em sua terra.<br />
  • 162. Eu lhes digo com toda certeza:<br /> * havia muitas viúvas em Israel no tempo de Elias,<br /> quando o céu foi fechado durante três anos e<br /> seis meses <br /> * e houve<br /> * grande fome em todo o pais.<br /> * Havia também muitos leprosos em Israel<br /> * no tempo do profeta Eliseu,<br /> * e nenhum deles foi curado,<br /> * mas sim Naaman, o sírio”. <br />*Ouvindo essas palavras, encheram-se de <br /> cólera todos os que <br /> estavam na sinagoga.<br /> * Levantaram-se e lançaram Jesus fora da cidade.<br /> * para o precipitarem de lá.<br /> * seguindo seu caminho.<br />
  • 163. A C U R A D E U M P O S S E S S O Lc 4 <br />*esus desceu em Cafarnaum na Galiléia onde lhes <br /> ensinou nesta cidade.<br /> Todos ficavam maravilhado com sua doutrina,<br /> * porque falava com autoridade.<br /> Estava na sinagoga um homem possesso<br /> * e um demônio impuro gritou:<br /> “Ah! Que tens conosco, Jesus de Nazaré?<br /> * Mas Jesus respondeu e este homem libertou.<br /> J<br />
  • 164. * Então o demônio jogou o homem no chão no meio <br />de todos,<br />* saiu dele sem lhe causar mal algum.<br />* Todos ficaram cheios de espanto,<br />* porque ordenar com autoridade e poder aos<br />* espíritos impuros só pode um!<br />* E sua fama se espalhava,<br />deste povo,<br />* por todos os lugares<br />* da região de novo.<br />
  • 165. Obs.:* Desceu então a Cafarnaum, cidade da Galiléia,<br /> * e lhes ensinava aos sábados.<br /> * porque falava com autoridade.<br /> * de um demônio impuro, que se pós a gritar com voz forte: <br /> *Mas Jesus o repreendeu, dizendo: “Cala-te, e sai deste <br /> homem”.<br />
  • 166. * Então o demônio, jogando o homem no chão<br /> no meio de todos,<br /> * saiu dele sem lhe causar mal algum<br /> * Todos ficaram cheio de espanto e pergunta-<br /> vam uns aos outros!<br /> “Que significa isto?<br /> * Ordena com autoridade e poder aos espíritos<br /> impuros e eles saem!”<br /> * E sua fama se espalhava<br /> * por todos os lugares<br /> * da região<br />
  • 167. J E S U S<br /> C U R A A S O G R A D E P E D R O<br />Lc 4<br /> S<br />aindo da sinagoga,<br /> * na casa de Simão entrou.<br /> A sogra dele estava com <br /> febre alta,<br />que atacou.<br /> * Quando pediram-lhe por ela,<br /> * o febre espantou.<br /> * Se pós a servi-los,<br /> * depois que se levantou.<br />::::<br />
  • 168. Obs.:* entrou na casa de Simão. <br /> * e pediram-lhe por ela.<br /> * Inclinando-se sobre ela, <br /> ordenou a febre que deixasse.<br /> * Logo a febre a deixou,<br /> * e ela, tendo-se levantando, <br /> se pós para servi-los.<br />
  • 169. C U R A S Lc 4<br />O U T R A S<br /> N<br />* o final da tarde,<br /> * foram para Jesus trazida,<br /> * gente com diversas doenças<br />e muito sofrida.<br /> * Colocando suas mãos sobre estas pessoas,<br /> * Ele as curava<br /> e de muitos saiam demônios,<br />porque eles libertava.<br />
  • 170. * Jesus procurou um lugar solitário,<br /> * mas as multidões queriam isto impedir.<br /> * Tentavam tudo o que foi possível,<br /> * para que Ele não vai dali sair.<br /> * Ele respondeu: “É necessário que eu <br /> anuncie,<br /> * a Boa Nova do Reino de Deus às outras<br /> cidades<br />para milhares.<br /> * E andava pregando pelas sinagogas da<br /> Judéia, <br />nestes lugares.<br />
  • 171. Obs.:*Depois do pôr-do-sol, <br /> * todos os que tinham pessoas padecendo de diversas <br /> doenças <br />*traziam-nas até ele,<br />* e impondo as mãos sobre cada uma,<br /> * eles as curava.<br />*Ao amanhecer, saiu e se dirigiu para um lugar solitário.<br /> * As multidões começaram a procurá-lo, <br /> * e encontrando-o, queriam retê-lo,<br /> * para que não as deixasse. <br /> * Mas ele respondeu lhes; “É necessário que eu anuncie<br /> * A Boa Nova do Reino de Deus também às outras <br /> cidades,<br /> * E andava pregando pelas sinagogas da Judéia.<br />
  • 172. O SERMÃO DA MONTANHA ( 21 )<br />As bem aventuranças ( 22 )<br /> Mt 5<br />
  • 173. s pobres, aflitos, caluniados, perseguidos<br />e famintos de justiça pensava: Isto é o fim!<br />Mas Jesus subiu á montanha para mostrar,<br />que isto não é bem assim!<br /> * Começou então ensinar,<br />para todos o sermão,<br />que deixou bem claro que por causa destes <br />problemas,<br />são perdidos não.<br /> * Ele falou: “Felizes os que reconhecem,<br /> * sua pobreza,<br /> * porque é deles o Reino dos Céus,<br />com certeza!<br /> Felizes os não violentos,<br /> * porque receberão a terra como herança!<br />Aquilo espertou para eles,<br />uma esperança!<br /> O<br />
  • 174. Felizes os que têm fome e sede de justiça,<br /> * porque Deus satisfeitos vai deixar!<br />Prometeu desta forma para eles,<br />que os benefícios vão ganhar.<br /> Felizes os que se compadecem,<br /> * porque conseguirão misericórdia!<br /> Felizes os que têm coração puro,<br /> porque verão a Deus na glória!<br />.<br />
  • 175. Felizes os que trabalham pela paz,<br /> * porque Deus os de filhos chamará.<br /> Felizes os que são perseguidos por agirem retamente,<br /> * porque deles o Reino dos Céus será!<br /> Felizes serão vocês, <br /> * quando disseram contra vocês toda espécie de calúnias<br /> por causa de mim.<br /> Alegrem-se e exultem,<br /> porque receberão uma grande recompensa no Céu por fim!<br />.<br />
  • 176. Todos dos citados foram sabendo,<br />que vão ser compensados.<br />Pelo menos isto!<br />Daí saíram eles graças a Jesus bastante<br />consolados!<br />
  • 177. Obs.: * Começou então a falar<br /> * e os ensinava assim: “Felizes os que reconhecem <br /> * sua pobreza <br /> porque é deles o Reino dos Céus!<br /> porque receberão a terra como herança!<br /> porque Deus os fará ficar satisfeitos!<br /> porque conseguirão misericórdia!<br /> * porque Deus os chamará de filhos.<br /> * porque deles é o Reino dos Céus!<br /> * quando os outros os insultarem e perseguirem,<br /> * quando disserem contra vocês toda espécie de<br /> calúnias, por causa de mim.<br />
  • 178. APOSTOLADO<br />DO CRISTÃO<br /> Mt 5<br /> V<br />* ocês são o sal da terra,<br /> * mas se o sal perde a força com que se<br />salgará?<br /> Não serve mais para nada,<br /> * e por isso não usará,<br /> senão para ser jogado fora<br /> * e ser pisado pelos homens que não<br />aceitam<br />e por este motivo,<br />então rejeitam.<br />::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::: <br />
  • 179. * Vocês são,<br /> * a luz do mundo.<br /> * E também não se acende uma luz,<br /> para pô-la debaixo de uma bacia ou no <br />fundo.<br /> Assim deve brilhar a luz de vocês diante <br /> dos homens,<br /> para que eles vejam as obras que vocês<br /> fazem aqui<br /> * e glorifiquem o Pai,<br /> que está nos céus ali”.<br />
  • 180. Obs.:*Vocês são o sal da terra.<br /> * Mas se o sal perder a força, <br /> com que se salgara? <br /> * senão ser jogado fora<br /> * e ser pisado pelos homens.<br /> * Vocês são<br /> * o sal do mundo.<br /> * E também não se acende <br /> uma luz<br /> * e glorifiquem o Pai,<br />
  • 181. A PERFEIÇÃO<br />DA NOVA LEI<br /> N<br />* ão pensem que vim,<br /> * a Lei e os Profetas revogar;<br /> não vim revogá-los,<br /> * mas leva-los para aperfeiçoar.<br /> * Pois eu afirmo com toda certeza que podem passar céu e a terra,<br /> * mas uma só letra ou virgula da Lei sem tudo se cumpria não passará.<br />Portanto, quem desobedecer a estes mandamentos mesmo aos menores,<br /> * o menor no Reino dos Céus será.<br /> Mt 5<br />
  • 182. E quem os praticar<br /> * e ensinar,<br /> será grande no Reino dos Céus,<br />Jesus foi confirmar.<br />Pois eu lhes digo:<br /> * se a justiça de vocês não for <br /> superior à dos escribas e fariseus,<br /> * vocês não entrarão,<br /> * no Reino dos Céus.<br />
  • 183. *Vocês sabem o que foi dito ao povo de antigamente: Não matar;<br /> * quem matar tem de responder em juízo.<br /> Mas eu lhes digo: quem se irritar contra o irmão,<br />*tem de responder em juízo que prejuízo!<br /> Quem chamar seu irmão de tolo,<br /> * tem de responder ao julgamento de supremo tribunal.<br /> E que, o chamar de desgraçado,<br /> merece o fogo do inferno que é fatal !<br />Se, portanto,<br /> * você for levar,<br /> * sua oferta,<br /> * lá diante do altar,<br /> e ai se lembrar de seu irmão tem alguma coisa contra você.<br />Então o que faz ?<br /> * Deixe sua oferta lá diante do altar<br /> * e vá primeiro fazer com esse irmão a paz.<br /> * Depois volte para fazer a oferta<br /> * e vocês sabem o que foi dito: Não cometer adultério.<br />É um pecado grave,<br />um problema sério!<br /> * Mas eu lhes digo: quem olhar para uma mulher,<br /> * desejando possui-la que ela vai se entregar,<br /> * já cometeu adultério no coração<br />e Jesus jamais vai isto tolerar!<br />
  • 184. * Depois volte para fazer a oferta<br /> * e vocês sabem o que foi dito: Não <br /> cometer adultério.<br />É um pecado grave,<br />um problema sério!<br /> * Mas eu lhes digo: quem olhar para <br /> uma mulher,<br /> * desejando possuí-la que ela vai se<br />entregar,<br /> * já cometeu adultério no coração<br />e Jesus jamais vai isto tolerar!<br />
  • 185. * Por isso, seu olho direito,<br />*o fazer cometer pecado,<br /> arranque-o e jogue para longe,<br />para não ser mais tentado.<br /> Pois é melhor perder uma parte do <br /> corpo,<br /> * do que ser jogado no inferno com o<br /> corpo inteiro.<br /> E se sua mão direita o faz cometer<br /> pecado,<br /> corte-a e jogue-a para longe primeiro.<br />
  • 186. *Também foi dito: Quem se divorciar,<br /> * deve dar um certidão de divórcio à mulher.<br /> * Mas eu lhes digo: e quem se casar com a divorciada,<br /> * adultério vai cometer.<br /> * Vocês sabem o que foi dito ao povo de antigamente: <br /> Não jurar falso<br /> * e os juramentos feitos para o Senhor devem-se <br />cumprir.<br /> * não jure por nada,<br />bem melhor é de desistir!<br />*Vocês sabem que foi dito: Ame o seu próximo<br /> * e não é preciso amar o inimigo.<br /> * Mas (Mt 5 – 6) amem os seus inimigos<br /> * e façam o bem aos que os odeiam eu lhes digo; <br />*rezem pelos que os perseguem <br /> * e os maltratem para valer;<br />para serem filhos do seu Pai que está nos céus,<br /> * pois Ele faz igualmente para bons e maus o sol nascer.<br />
  • 187. *Vocês sabem que foi dito: Olho por olho <br /> * e dente por dente.<br /> * Não usem de violência contra os violentos,<br />porque pode ser quem vai perder somos <br />nós de repente <br />* Mas se alguém,<br /> * lhe na face direita vai bater,<br />deixe-o bater também na esquerda,<br />se ele quiser.<br />
  • 188. *Vocês sabem que foi dito: Ame o seu próximo<br /> * e não é preciso amar o inimigo.<br /> * Mas (Mt 5 – 6) amem os seus inimigos<br /> * e façam o bem aos que os odeiam eu lhes digo;<br />*rezem pelos que os perseguem <br /> * e os maltratem para valer;<br />para serem filhos do seu Pai que está nos céus,<br /> * pois Ele faz igualmente para bons e maus o sol nascer.<br />
  • 189. * Faz cair a mesma chuva sobre justos e injustos,<br /> * e de fato, se vocês amam apenas a seus amigos<br />é nada especial.<br /> * Que adianta isso?<br />*Os publicanos também não fazem isso igual?<br /> E se vocês cumprimentam só os conhecidos,<br /> * que há de extraordinário nisso?<br /> * Os pagãos não fazem,<br /> * também isso?<br />
  • 190. * Numa palavra,<br /> * de ser perfeito é ideal,<br /> * como o Pai Celestial é,<br />e deste jeito vais vencer triunfal!<br />
  • 191. Obs.:*Não pensem que vim<br /> * revogar a Lei e os Profetas;<br /> * mas leva-los á perfeição.<br /> * mas não passará uma só letra <br /> ou virgula da Lei, sem tudo se cumpria.<br /> * será o menor dos Céus.<br /> * e ensinar,<br /> * será grande no Reino dos Céus. <br /> * se a justiça de vocês não for superior<br /> à dos escribas e fariseus,<br /> * vocês não entrarão<br /> * no Reino dos Céus.<br />
  • 192. * Vocês sabem o que foi dito ao povo de <br /> antigamente: Não matar.<br /> * quem matar, tem de responder em juízo.<br /> * tem de responder em juízo.<br /> * tem de responder ao julgamento do <br /> supremo tribunal.<br /> * Você for levar<br /> * sua oferta<br /> * lá diante do altar,<br /> * deixe sua oferta lá diante do altar<br /> * e vá primeiro fazer as pazes com esse <br /> irmão<br />
  • 193. * e depois volte para fazer a oferta.<br /> * Vocês sabem o que foi dito: Não <br />cometer adultério.<br /> * Mas eu lhes digo: quem olhar <br /> para uma mulher, <br /> * já cometeu adultério no coração.<br />*Por isso, se seu olho direito <br /> * o fazer pecado,<br /> * do que com o corpo inteiro ser <br /> jogado no inferno.<br />
  • 194. * Também foi dito: Quem se divorciar, deve dar à mulher<br /> * uma certidão de divórcio.<br /> * Mas eu lhes digo: quem se divorciar de sua mulher, a <br /> não<br /> ser que se trata de uma noiva infiel (23), a faz cair em<br /> adultério. <br /> e quem se casar coma divorciada,<br /> * comete adultério.<br /> * Não jurar falso;<br /> * devem-se cumprir os juramentos feitos para com o <br /> Senhor.<br />*Não jurem de maneira alguma;<br />
  • 195. *Vocês sabem que foi dito: Olho por olho<br /> * e dente por dente.<br /> Mas eu lhes digo:<br /> * não usem violência contra os violentos, <br /> * mas se alguém<br /> * bater na face direita<br />
  • 196. * Vocês sabem que foi dito: Ame o seu próximo<br /> * e não é preciso amar o inimigo.<br /> * Mas eu lhes digo: Amem que os odeiam<br /> * e rezem pelos que os perseguem e os maltratam,<br /> * pois ele faz nascer o sol igualmente para bons e <br /> maus.<br />*Os publicanos não fazem<br /> * isso também?<br /> * que há de extraordinário nisso?<br /> * Os pagãos não fazem<br /> * isso também? <br /> * o ideal é ser perfeito<br /> * como o Pai Celestial é perfeito.<br />
  • 197. Lc 5<br /> A P E S C A M I L A G R O S A<br />
  • 198. * multidão daí à beira do lago de Genesaré,<br /> * a Jesus se juntou.<br /> * A palavra de Deus,<br /> * neste localescutou.<br /> * Os pescadores as redes,<br /> * na hora que eles tinham descido levaram.<br /> * Quando subiu a uma das barcas de Simão, <br /> * eles da terra um pouco se afastaram. <br /> * Lá dentro da barca,<br /> * onde Ele se assentou,<br /> * as multidões dali,<br /> * então ensinou.<br /> “Entre pelo lago adentro,<br /> * e lancem suas redes para a pesca, Simão”.<br />Mas isto tinha para ele,<br /> * cabimento não.<br /> A<br />
  • 199. *Simão sabia que mesmo tentando pescar de novo,<br /> * nada consegue apanhar.<br /> * Mesmo assim tinha respeito<br /> * e lançou a rede para ver o que poderia pescar?<br /> * Imediato pularam tantas peixes na rede que rasgou.<br />Incrível era este grande espetáculo,<br />que mostrou todos:<br />para Deus não existe nenhum obstáculo.<br /> * O mesmo aconteceu seus companheiros, Tiago e João,<br />que pensavam que estão sonhando.<br /> * Simeão Pedro atirou-se aos pés de Jesus, <br />depois que Ele estava eles salvando<br /> * e disse: “Senhor, afasta-te de mim,<br /> porque sou um homem pecador”. <br />Mas Jesus é tão misericordioso<br />e um grande acolhedor.<br />
  • 200. Obs.:*E aconteceu que a multidão se comprimia<br /> em torno de Jesus<br /> * e escutava <br /> * a palavra de Deus,<br /> * enquanto ele se achava à beira do lago <br /> Genesaré.<br /> * Os pescadores tinham descido<br /> * e estavam lavando as redes.<br /> * Subiu a uma das barcas, que pertencia <br /> Simão,<br /> * e pediu-lhe que se afastasse um pouco da <br /> terra. <br />
  • 201. * Assentou-se e, <br /> * de dentro da barca<br /> * começou ensinar<br /> * as multidões.<br /> Quando acabou de falar,disse a Simão:<br /> * e lancem suas redes para a pesca”.<br />
  • 202. *Simão respondeu-lhe:<br /> “Mestre, trabalhamos a noite toda<br /> * e nada apanhamos,<br /> * mas, em atenção a tua palavra,<br /> * lançarei as redes”.<br /> * Feito isto, apanharam tão grande<br /> quantidade de peixes, que as redes<br /> rompiam.<br />
  • 203. *O mesmo aconteceu a Tiago e João, filho de<br /> Zebedeu,<br /> que eram companheiros de Simão.<br /> * Vendo isto, Simão Pedro, atirou-se aos pés <br /> de Jesus,<br /> * Dizendo: “Senhor, afasta-te de mim, <br />*Mas Jesus disse a Simão: “Não tenha<br /> receio;<br /> * daqui por diante,<br /> * você será pescador de homens”.<br /> * abandonaram tudo<br /> e o seguiram. <br />
  • 204. PODER SOBRE<br />A DOENÇA E O<br />PECADO Lc 5<br />
  • 205. Q<br />* uem ensinou de novo agora,<br /> * para os fariseus e doutores da Lei;<br /> * vindos de todas as aldeias da Galiléia, da Judéia e de <br /> Jerusalém? <br /> * Foi Ele o divino rei.<br /> * e a força do Senhor conseguiu,<br /> * curar muita gente.<br /> * As pessoas perceberam,<br /> * que Ele é muito competente.<br /> Vieram então uns homens carregando um paralítico num <br /> leito,<br />para ser por Jesus curado.<br /> * Por causa da multidão,<br /> * subiram ao telhado.<br /> * Depois desceram o leito por entre as telhas no meio de<br /> todos, diante dele.<br /> Vendo a fé que eles tinham, disse Jesus:<br /> “Homem, seus pecados lhe estão perdoados, para ele.<br />
  • 206. * Os fariseus e escribas.<br /> * começaram então pensar errados:<br /> “Quem é este homem que profere blasfêmias? <br /> * Quem pode senão Deus só perdoar pecados?”<br /> Percebendo Jesus seus pensamentos,<br /> * em resposta eles perguntou:<br /> “Que estão pensando em seus corações?”<br />O problema era que o juízo deles simplesmente <br />falhou!<br />
  • 207. Obs.: * lhe dará a recompensa.<br /> * pensando que Deus os atende devido ás <br /> orações longas. Não devem<br /> imitá-los, <br />O que é mais fácil dizer: <br /> “Seus pecados lhe são perdoados,”<br /> ou: “Levante-se e caminhe?”<br /> * Pois bem, para vocês ficaram sabendo,<br /> * que o Filho do homem tem na terra poder, <br /> de perdoar pecados;<br />
  • 208. * Certo dia, ele estava ensinando<br /> * e lá se achavam sentados fariseus e <br /> doutores da Lei,<br /> * e a força do Senhor o levava <br /> * a fazer curas.<br /> * Não achando por onde introduzi-lo,<br /> * por causa da multidão,<br /> subiram ao telhado <br /> * e por entre as telhas o desceram no <br /> leito<br /> * diante de Jesus.<br />
  • 209. * Puseram-se então a pensar<br /> * os fariseus e escribas: <br /> * Quem pode perdoar pecados senão <br /> Deus só?”<br /> * disse-lhes em resposta:<br /> * Pois bem, para quem vocês ficaram <br /> sabendo <br /> * que o Filho do homem tem na terra<br /> poder<br /> de perdoar pecados,<br />
  • 210. * Eu lhe ordeno <br /> * (disse ele ao paralítico)<br /> * e naquele mês no instante, levantou-<br /> se ele<br /> diante de todos, pegou o leito em que<br /> jazia<br /> * glorificando a Deus.<br /> * E o entusiasmo tomou conta de todos<br /> e começaram <br /> dar Glória a Deus. cheios de temor<br /> diziam:<br />
  • 211. A VOCAÇÃO DE<br /> LEVI Lc 5<br />
  • 212. epois disso Jesus saiu<br /> * e encontrou um publicano<br /> que Levi se chamava,<br /> sentado junto à banca de<br /> impostos,<br />Mt 1 * o cobrador de impostos, para<br /> quem Ele falava:<br /> “Siga-me!”<br /> * E deixando tudo para o seguir<br /> este se levantou.<br />A partir daí, <br />o nome de Mateus adotou.<br /> D<br />
  • 213. Obs.: * e reparou num publicano <br /> que se chamava Levi,<br /> Mt 1 * o cobrador de impostos, e <br /> lhe disse:<br /> * E deixando tudo, este se le-<br /> vantou e o seguiu. <br />
  • 214. - 109 -<br />JESUS BUSCA<br />J E S U S<br />B U S C A O S P E C A D O R E S<br />Lc 5<br />
  • 215. * Levi o dono da casa ofereceu um grande banquete em sua casa<br /> Jesus encontrou-se lá com estes Senhores.<br /> * Aí os publicanos, fariseus e escribas perguntaram os<br /> discípulos de Jesus: <br /> * “Por que vocês comem e bebem com os publicanos e pecadores?”<br /> * Esta resposta de Jesus: “Os homens que têm saúde não<br /> precisam de médico,<br /> * mas sim, os doentes, chamou atenção.<br />E aquela: “Não vim chamar os justos,<br />* mas os pecadores à conversão”.<br />
  • 216. Obs.: * E Levi ofereceu-lhe um grande <br /> banquete em sua casa.<br /> * e havia uma numerosa multidão<br /> de publicanos e outras pessoas<br /> que estavam á mesa com eles.<br /> * Os fariseus e seus escribas mur-<br /> muraram e diziam aos discípulos <br /> de Jesus:<br /> * “Por que vocês comem e bebem<br /> com os publicanos e pecadores?”<br /> * Em resposta, disse-lhes Jesus: <br /> “Os homens que têm saúde não <br /> precisam de médico,<br /> * mas os pecadores à conversão”.<br />
  • 217. O JEJUM Lc 5<br />
  • 218. * E lhes disseram: “Os discípulos de João comem e bebem,<br /> * mas como os fariseus com freqüência estão orando jejuando.<br /> * Acharam se e pensaram como pode?”<br /> * Eles estão pecando..<br /> * Mas Jesus defendeu os seus e respondeu-lhes:<br /> * “Acaso vocês podem os convidados do noivo de jejuar obrigar?<br /> * O esposo está enquanto com eles,<br /> * virá o tempo em que o noivo lhes vai ser tirado então dias eles vão jejuar.<br /> * E lhes disse ainda,<br /> * esta comparação:<br /> * “Ninguém corte um retalho de uma roupa nova para remendar uma velha,<br /> * porque o remendo bem na roupa velha assentaria não.<br /> Como também ninguém põe vinho novo em odres velhos;<br /> * pois o vinho novo os odres arrebentará<br />e além disso ficando os odres inutilizados<br /> * se derramará.<br />
  • 219. Mas, ao contrário, o vinho novo se coloca em odres<br /> novos bem adequados.<br />E ninguém, depois de ter bebido do vinho velho,<br /> * deseja do novo e vai dizer:<br /> ‘O velho é que é bom,’ ” (25)<br />porque já é maduro e gostoso como deve ser.<br />O próximo assunto,<br />vai nos mostrar,<br />como os fariseus chegaram,<br />também os discípulos de Jesus a tratar.<br />
  • 220. Obs.: * Mas eles disseram: “os discípulos de João<br /> jejuam com freqüência<br /> e fazem orações, como também os dos fariseus;<br /> * os teus, comem e bebem!<br /> * Respondeu-lhes Jesus:<br /> * “Acaso vocês podem obrigar ao jejum os<br /> convidados do noivo,<br /> enquanto o esposo está com eles?<br /> * Mas virá o tempo em que o noivo lhes será <br /> tirado, e então, nestes dias eles vão jejuar”.<br />
  • 221. * E lhes disse ainda<br /> * esta comparação:<br /> * “Ninguém corta um retalho de roupa nova para <br /> remendar roupa velha;<br /> * e o remendo não assentaria bem na roupa velha.<br /> * pois o vinho novo arrebentará os odres<br /> * e se derramará,<br /> * ficando os odres inutilizados.<br /> * deseja do novo. Pois ele vai dizer:<br /> * ´O velho é que é bom!´” (25).<br />
  • 222. A ESMOLA Mt 6<br />
  • 223. uidado para não praticarem suas boas obras na frente<br /> dos outros,<br /> * para receber elogios com esta intenção.<br /> * Agindo assim a recompensa, <br /> do Pai que está nos céus não receberão.<br /> * Ao dar esmola, não faça propaganda, como os hipócritas<br /> fazem,<br /> * nas assembléias e nas ruas para serem pelos outros<br />elogiados.<br /> Pois, eu confirmo com toda certeza:<br /> * eles já foram compensados.<br /> C<br />
  • 224. Você, ao contrário, ao dar esmola, <br /> * o que a sua mão direita fez não deixe a sua mão <br /> esquerda saber.<br /> para que assim sua esmola se faça em segredo,<br /> * e do seu Pai que conhece todo segredo vais a <br /> recompensa ter.<br />
  • 225. Obs.: * Com a intenção de receber elogios,<br /> * Agindo assim, não receberão a recompensa do Pai<br /> que está nos céus.<br /> * Ao dar esmola, não faça propaganda como os<br /> hipócritas fazem<br /> * nas assembléias e nas ruas, para serem elogiados pelos<br /> outros.<br /> * eles já receberam o que deviam receber.<br /> * Não deixe sua mão esquerda saber o que a direita fez <br /> * para quem assim sua esmola se faça em segredo, e <br /> seu Pai, que conhece todo segredo, lhe dará a recompensa.<br />
  • 226. Mt 6<br /> A O R A Ç Ã O<br />~~~~ ~~~~ ~~~~<br />
  • 227. E<br />ao rezarem,<br /> * não façam como os hipócritas que gostam em pé<br />rezar,<br /> nas assembléias e nas praças, <br /> para serem vistos pelos outros quando vão se<br />mostrar.<br /> Pois eu afirmo com toda certeza:<br /> eles já receberam o que deviam receber.<br />Neste caso vão depois,<br />Sua recompensa perder.<br />
  • 228. Você, ao contrário, quando for rezar, entre no seu quarto,<br /> * feche a porta e ao Pai em segredo vais rezar.<br /> * E o seu Pai, que conhece todo segredo,<br /> * a recompensa lhe vai dar.<br /> Em suas orações não usem muitas palavras como fazem <br /> os pagãos,<br /> * pensando que Deus vai os devido ás longas orações<br />atender.<br /> * O Pai já sabe o que vocês precisam,<br /> * antes mesmo de lhe pedirem isto prever.<br />
  • 229. Obs.: * não façam como os hipócritas<br /> que gostam de rezar em pé nas assembléias <br /> e nas praças, para serem vistos pelos outros.<br /> * feche a porta e reze ao Pai em<br /> segredo;<br /> * e seu Pai, que conhece todo<br /> segredo,<br /> * porque o Pai já sabe o que<br /> vocês precisam,<br /> * antes mesmo de lhe pedirem. <br />
  • 230. O PAÍ NOSSO <br /> Mt 6<br /> ~~~~~~~~~~~~<br />
  • 231. que o Pai Nosso,<br />nos está mostrando?<br />Perdoa as ofensas dos outros<br />e o divino Pai te também está perdoando.<br /> * Seja misericordioso,<br /> * para que Ele contigo também vai ser.<br /> * Quem não tem misericórdia,<br /> * nunca vai Dele receber.<br />Jesus então ensinou:<br /> * É assim que vocês vão rezar.<br />Esta oração vai sempre com certeza,<br />seu Pai Celestial muito agradar.<br /> O<br />
  • 232. ´Pai nosso, que estais nos céus, ( a Te vou me voltar. ) <br /> santificado seja o vosso Nome, ( assim quero Te louvar. ) <br /> venha a nós o vosso Reino, ( para poder estar contigo. ) <br /> seja feita a vossa vontade, <br /> assim na terra como no céu. ( Eu creio que com tua graça ) <br /> ( consigo. ) <br /> O pão nosso de cada dia nos daí hoje, ( nosso Pai nos vai cuidar. ) <br /> e perdoai-nos as nossas ofensas, ( quero Te implorar. ) <br /> assim como nós perdoamos, <br /> a quem nos tem ofendido. ( Para que Teu perdão nos )<br /> ( não vais negar. ) <br /> E não nos deixeis cair em tentação, ( e daí nos força para resistir. ) <br /> mas livrai-nos do mal´. ( Por favor vai nossa prece ) <br /> ( ouvir. ) <br />Obs.: O texto entre ( ....... ) é acrescentado pela autora.<br />
  • 233. Foto com o primeiro "Pai Nosso" em alemão<br />- 120 -<br /> na igreja de "Santo Sepulcro" em Jerusalem.<br />
  • 234. ~~~~~~~~~~~~~~<br />minha mãe - foto: Angela<br /> ~~~~~~~~~~~~~~~~<br />
  • 235. * Foto com minha mãe<br />de Angela Cardoso<br />
  • 236. Obs.: * O pai nosso <br /> * Pois se vocês perdoarem aos outros<br /> as ofensas recebidas, <br /> * também o pai Celeste perdoará a<br /> vocês.<br /> * Mas se não perdoarem aos outros, <br /> * o Pai também não perdoará os seus<br /> pecados.<br /> * È assim que vocês vão rezar:<br />
  • 237. O J E J U M<br /> Mt 6<br />* uando estiveram jejuando não façam cara feia,<br /> * como os hipócritas que ficam de mau humor.<br /> * Para mostrar que estão jejuando,<br />gostam se para todo mundo expor.<br /> Eu lhes digo com toda certeza:<br /> * a recompensa já ganharam que queriam.<br />Eles não souberam,<br />agir como deveriam.<br /> Q<br />
  • 238. Você, porém, quando estiver jejuando,<br /> * use perfume e lave o rosto,<br /> para os outros não perceberem que você está <br /> jejuando, <br />assim o Pai Celestial gosto.<br /> * Somente Ele que está presente,<br /> * até no intimo do nosso ser,<br /> * saberá que você jejua<br /> * e do Pai que sabe todo segredo,<br /> a recompensa vais receber.<br />
  • 239. Obs.: * Quando estiverem jejuando, não façam cara feia<br /> * como os hipócritas, que ficam de mau humor <br /> * para mostrando que estão jejuando.<br /> * a recompensa que queriam já ganharam.<br /> * lave o rosto e use perfume,<br /> * Somente o Pai que está presente<br /> * até no intimo do nosso ser,<br /> * saberá que você jejua.<br /> * E o Pai que sabe todo segredo <br /> * lhe dará a recompensa.<br />
  • 240. Mt 6<br />O V E R D A D E I R O T E S O U R O<br /> ~~~~~~~~~~~~<br />
  • 241. ão fiquem ajuntando riquezas aqui nesta terra,<br />que quando morres podes nem levar.<br /> * onde a traça e a ferrugem as destroem, os ladrões <br /> assaltam<br /> * e podem roubar.<br /> Ajuntem riquezas espirituais, <br /> * que nem traça nem ferrugem podem destruir;<br />aquelas que não vais perder<br />e vão te servir. <br /> Pois onde estiver sua riqueza,<br /> * aí estará também o seu coração. <br /> Se o olho foi perfeito,<br /> todo o seu corpo fica iluminado com perfeição.<br /> * Mas se o olho,<br /> estiver doente,<br /> todo o seu corpo ficará nas trevas<br />e lá agüente!<br /> N<br />
  • 242. Obs.: * onde a traça e a ferrugem as destroem<br /> * e os ladrões assaltam e roubam.<br /> * que nem a traça nem ferrugem podem<br /> destruir, e nem os ladrões conseguem<br /> assaltar e roubar.<br /> * aí estará também o seu coração.<br /> * Mas se o olho<br />
  • 243. Mt 6<br />O S D O I S P A T R Õ E S<br />~~~~~ ~~~~~ ~~~~~~<br />
  • 244. ocês não podem,<br />a Deus e às riquezas servir.<br />Escolhe uma ou outra coisa,<br />que vais preferir.<br />Deus seja graças por não ser<br />corrupto<br />e não se deixa comprar.<br />Se fosse, o pobre seria perdido, <br />porque nunca poderia no céu entrar.<br /> V<br />
  • 245. * Ninguém pode de maneira nenhuma<br /> * a dois patrões servir;<br /> ou desagrada a um e agrada ao outro,<br />porque finalmente não consegues te <br />dividir.<br /> * Ou a este,<br /> * preferência dará<br /> * e aquele,<br /> * então desprezará.<br />
  • 246. Obs.: * Ninguém pode<br /> * servir a dois patrões;<br /> * ou dará preferência<br /> * a este<br /> * e desprezará<br /> * aquele.<br /> * Vocês não podem<br /> * servir a Deus e às riquezas.<br />
  • 247. Mt 6<br /> A P R O V I D Ê N C I A D I V I N A<br /> ~~~~~ ~~~~~ ~~~~~<br />
  • 248. P<br />ortanto, eu lhes digo: não se preocupem com sua vida,<br />para sobreviver.<br /> * Nem com seu corpo,<br /> * só pensando e perguntando: ´Que vamos comer e beber?´<br /> * Com que nos vamos se vestir?´<br />Tais preocupações deveriam,<br />para nós nem existir.<br /> * Reparem as aves do céu, que não semeiam nem colhem,<br />não vão se com isto preocupar.<br /> Nem ajuntam mantimentos no paiol,<br /> no entanto, o Pai de vocês que está no céu lhes dá o<br /> alimento sem hesitar.<br />
  • 249. Mt 6-7 Os pagãos é que vivem preocupados com <br /> tudo isso,<br /> * mas ora, o Pai que está nos Céus sabe<br /> que vocês vão precisar.<br /> Busquem em primeiro lugar o Reino de<br /> Deus e a sua vontade,<br /> * e todas as outras coisas como fossem um<br /> abono vão ganhar.<br />

×