• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Apresentação Final
 

Apresentação Final

on

  • 3,085 views

 

Statistics

Views

Total Views
3,085
Views on SlideShare
2,924
Embed Views
161

Actions

Likes
1
Downloads
68
Comments
0

9 Embeds 161

http://infosapufse.blogspot.com 105
http://infosapufse.blogspot.com.br 48
http://infosapufse.blogspot.co.il 2
http://www.infosapufse.blogspot.com 1
http://www.slideshare.net 1
http://webcache.googleusercontent.com 1
http://infosapufse.blogspot.pt 1
http://infosapufse.blogspot.be 1
http://infosapufse.blogspot.ca 1
More...

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Apresentação Final Apresentação Final Presentation Transcript

  •  
    • Como surgiu a idéia:
    • Adam Smith (1776) – Pin Factory inspirado em um artigo da Diderot´s Encyclopédie
    • Frederick W. Taylor – Gestão científica (Reengearia de processos)
    • The Spam of control (Subordinados)
    • Departmentalization By Process and Purpose (Departamentar por processo e finalidade)
    • Conceito: É o conjunto de atividades internas da empresa associadas às informações que manipula, utilizando os recursos e a  organização da empresa. Deve ser focalizado em um tipo de negócio, que normalmente está direcionado a um determinado mercado/cliente, com fornecedores bem definidos (figura abaixo).
    • Um processo de negocio:
      • Tem um objetivo
      • Tem entradas bem definidas
      • Tem saídas bem definidas
      • Usa recursos
      • Tem atividades que devem ser executadas em determinada ordem
    • Há 3 tipos de BP’s:
      • Management processes,:Os processos que gorvernam a operacao do sistema. Ex. : “Governança Corporativa" e “Gerencia Estratégica".
      • Operational processes: Processos que constituem o core business e criam o valor primario da empresa. :Compras, Manufatura, Marketing, e Vendas.
      • Supporting processes: Dão suporte ao processo como todo. Ex.: Contabilidade, Suporte Técnico.
    • Reengenharia deu força aos processos de negócios
      • Reengenharia de Negocio
      • Reengenharia de Processo
    • Estrutura organizacional X Processo de negócios
    • Foco na produção do produto e não nele.
    • A referência para a implantação
    • de sistemas de gestão integrado (ERP)
    • também são os BP’s da empresa.
    • Para que os BPs possam servir de referência para diversas
    • abordagens, eles devem ser mapeados (modelados).
    • BPM é um conjunto de tecnologias e padrões para o design, execução, administração, e monitoramento de processos de negócios.
    • Razões para BP :
      • Para reengenharia de negócios: isso envolve análises e repensamentos sobre como o negócio opera e como ele interage com o mundo a fora.
      • Para melhorar os processos do negócio.
      • Para automatizar um processo de negócio: este nível de esforço normalmente é associado com o desenvolvimento do software.
    • A modelagem de negócios é um conjunto de atividades no qual a meta é ajudar a visualizar e entender os processos do negócio atuam como uma planta (blueprint) que irá guiar você na construção do sistema.
    • Há dois modelos visuais para representação de um BP:
      • UML(Unified Modeling Language)
      • BPMN(Business Process Modeling Notation)
    • Business Process Modeling Notation (BPMN) é uma representação gráfica para especificação de processos de negócios em workflow. BPMN foi desenvolvido por Business Process Management Initiative (BPMI),e é mantido pelo Object Management Group desde 2005.
    • Objetivo principal é ter uma notação padronizada que seja de fácil entendimento por todos que estão envolvidos no BP.
    • Tipo de de representação gráfica:
      • Flow Objects: Eventos, Atividades, Gateways
      • Connecting Objects: Fluxo de sequência, Fluxo de Mensagem, Associação
      • Swimlanes: Pool, Lane
      • Artifacts: Objetos de dados,Grupos,Anotações
    • Demonstração
  •  
    • Tradicionalmente usada na Engenharia de Software.
    • A UML é uma linguagem que ajuda você a visualizar, especificar, e documentar sistemas de software.
    • A UML em grande parte elimina as separações em diferentes perspectivas entre os desenvolvedores, gerentes de negócios, e clientes.
  • ERP
    • Introdução:
      • Avanços das TI -> Sistemas Computacionais na Empresas
      • Sistemas departamentalizados:
        • Informações divididas
        • Dificuldades de consolidar informações
        • Inconsistência de dados
    • Surge necessidade dos ERPs
        • Por quê?
          • Agrega em um só sistema integrado, funcionalidades que suportam as atividades dos diversos processos de negócio das empresas.
        • Mas o que é ERP?
          • Os ERPs em termos gerais, são uma plataforma de software desenvolvida para integrar os diversos departamentos de uma empresa, possibilitando a automatização e armazenamento de todas as informações de negócios.
    • Estrutura:
    Estrutura típica de funcionamento de um sistema ERP (DAVENPORT, 1998)
    • História
      • Década de 70
          • MRP (Material Requeriment Planning)
          • Dependência de outros softwares(nem sempre era fácil)
      • Década de 80
          • MRP II (Manufacturing Resource Planning)
          • Otimizou a comunicação entre os departamentos
          • Inclui mais sistemas e mais pacotes do sistema de gestão
    • História
      • Década de 90
          • Pico dos ERPs
          • Disseminação da arquitetura cliente/servidor
          • Inclui mais módulos:
            • Ex: Gerenciamento da Gestão Pessoal, vendas e distribuição, finanças, etc.
          • Ganhou espaço com o “ Bug do milênio ”
    • IMPLANTAÇÃO :
      • Qual o melhor momento para implantar um software ERP na sua empresa?
        • Consome recursos humanos, financeiros e tempo.
      • Quando não implantar?
        • Desorganizada
        • Sem capital
      • Melhor Momento
        • Bem financeiramente
        • Equipe coesa, bem treinada e capacitada
        • Complexidade na gestão
    • IMPLANTAÇÃO:
      • Fase 1: RAIO X
        • Esta é a fase do projeto, em que os processos e as práticas de negócio são analisados. É o momento em que a empresa é profundamente observada e quando é definida a necessidade de uma solução ERP.
      • Fase 2: DESENVOLVIMENTO
        • É nesse momento que uma aplicação é escolhida e configurada para uma companhia. Também são definidos o modelo de funcionamento da solução e outros aspectos do ambiente.
      • Fase 3: TESTE
        • Aqui, a solução de ERP é colocada em ambiente de teste. É quando os erros e as falhas são identificados.
    • IMPLANTAÇÃO:
      • Fase 4: TREINAMENTO
        • Todos os profissionais são treinados no sistema para saber como utilizá-lo antes da implementação ser concluída.
      • Fase 5: IMPLEMENTAÇÃO
        • O software de ERP é finalmente instalado na empresa e torna-se funcional aos usuários.
      • Fase 6: AVALIAÇÃO
        • A solução de ERP é avaliada, observando-se o que é necessário melhorar e o que está ou não funcionando adequadamente. Essa é apenas uma avaliação geral do projeto ERP para referências futuras.
    • Vantagens
          • Um sistema totalmente integrado
          • A habilidade para agilizar processos diferentes e workflows
          • Reduzir custos
          • Otimizar o fluxo da informação e a qualidade da mesma dentro da organização (eficiência)
          • Otimizar o processo de tomada de decisão
          • Facilidade no compartilhamento de dados entre vários departamentos da organização
    • Desvantagens
          • A utilização do ERP por si só não torna uma empresa verdadeiramente integrada
          • Altos custos que muitas vezes não comprovam a relação custo/benefício
          • Dependência do fornecedor do pacote
          • excesso de controle sobre as pessoas, o que aumenta a resistência à mudança e pode gerar desmotivação por parte dos funcionários
    • TENDÊNCIA:
      • Cliente mais exigentes
      • Novas tecnologias (WEB, BI,CRM, e-commerce,B2B)
    • Sistemas operacionais:
      • Unix;
      • Windows;
      • Linux
    • Banco de dados:
      • Oracle;
      • Microsoft;
      • IBM.
    • Plataforma de hardware:
      • Ideal: cliente/servidor;
      • Risc, Intel, AS/400;
      • Grande capacidade de armazenamento ou datacenter (externo).
    • Redes:
      • Redundância, links e VPN (longa distância)
  •  
    • Retrato Global:
      • SAP 25,1% das receitas
      • Oracle 7,0%,
      • Peoplesoft 6,5%,
      • SAGE 5,4%
      • Microsoft 4,9% (Business Solutions)
      • Os restantes 51,1% (pulverizados)
        • Fonte: Gartner
    • No Brasil:
      • SAP 24%
      • Datasul 19%
      • Microsiga 14%
    • Fonte: FGV
    • Empresas de médio porte:
      • Microsiga 17%
      • Datasul 16%
      • Logocenter 6%
      • SAP 2%.
    • Fonte: Yankee Group
    • “ O ERP não o se trata de uma nova facilidade tecnológica (como quando incorporamos interface gráfica aos nosso aplicativos), mas sim de um novo conceito de sistemas para suportar o modelo de negócios da nova economia.”
            • Carlos Henrique Rocha
            • Computerworld - Edição 335 - 24/01/2001
  •  
    • Quem é a SAP ?
    • O que é SAP ERP?
    • Divisões soluções SAP /ERP
      • SAP ERP Financials
      • SAP ERP Human Capital Management(HCM)
      • SAP ERP Operations
      • SAP ERP Corporate Services
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    • Orçamento SAP/Brazil ( www.sap.com/brazil )
    • Módulos inicialmente sugeridos pelo site, para um empresa de médio porte.
    • Número de Empregados: < 100
    • Valor:R$ 452.100,00
    • Openbravo
    • ERP 5
    • Compiere
  •  
  •  
    • 1. Situação anterior
      • Setor de Transporte da Petrobras utilizava diversos sistema:
            • STT (Sistema de TransporteTerrestre);
            • STA (Sistema de Transporte Aéreo);
            • STM (Sistema de Transporte Marítimo);
            • STC (Sistema de Transporte Coletivo).
      • Não havia comunicação dos Sistemas entre si.
      • Algumas equipes ainda utilizavam processos manuais;
      • Falta de integração na hora de gerar relatórios;
      • A base de dados, a linguagem do sistema e o modo de acesso eram diferentes;
      • Consulta era efetuada manualmente em cada sistema específico e em papéis (nos locais que ainda utilizavam), gerando demora na solicitação de relatórios;
    • SOLUÇÕES
  •  
    • 2 – Implantação (continuação)
        • Mobilização de equipe de profissionais da Petrobras e consultores especializados da SAP, provedora do software R/3, e da Ernst Young (hoje BearingPoint);
        • Visitas a grandes corporações que possuíam sistemas ERP implantados;
        • Criação do Projeto denominado “Projeto Sinergia”, foi criado com um objetivo de implantar O SAP/R3;
        • A partir de agosto de 2005, a continuidade do processo ficou sob a responsabilidade da IBM;
    • 4 – Benefícios
        • Padronização e alinhamento dos procedimentos;
        • Unicidade da informação e aumento de sua confiabilidade;
        • Melhoria das condições de planejamento e gerenciamento da empresa;
        • Redução de estoques de materiais;
        • Redução de custos em geral;
        • Aumento da confiabilidade;
    • 4 – Situação Futura
        • Diversas melhorias têm ocorrido no SAP/R3 após a implantação (Equipe Sinergia);
        • Necessidade de alteração do modo de acesso a algumas telas do sistema (rápido, direta);
        • Migração para a versão nova em Vista;
    • Referência:
      • http://www.ebah.com.br/
      • http://paginas.ispgaya.pt/~msantos/9-SI1-sapR3.pdf(OK)
      • http://pt.wikipedia.org/wiki/ERP
      • http://www.administradores.com.br/artigos/erp_enterprise_resource_planning_ou_planejamento_dos_recursos_corporativos/13972/
      • http://www.tech-faq.com/lang/pt/erp.shtml
      • http://br.youtube.com/watch?v=0qg3WZihnOI
      • www.nextg.com.br
      • www.sap.com/Brazil
      • www.openbravo.com