VIOLÊNCIA NA ESCOLA<br />Ecore<br />
&quot;Eduquem   as  crianças  de  hoje  e  não                será   preciso   castigar   os   homens   de amanhã.&quot;<b...
A  SOCIEDADE<br />VIOLÊNCIA<br />Fenômeno  observado  á  partir dos anos  80pelo poder  público, cientistas sociais e pela...
VIOLÊNCIA E AGRESSIVIDADE<br />Violência : ato ou efeito de violentar<br />É romper a liberdade e os direitos do cidadão.<...
Tipos de violência<br />Violência física<br /> Violência psicológica<br /> Negligência<br /> Violência sexual<br /> Bullyi...
                       www.aprapia.com.br<br />Ecore<br />
BULLYING<br />Bullying é usar o poder ou força para intimidar ou perseguir os outros.<br />Um problema que afeta as nossas...
     A INFLUÊNCIA DA MÍDIA<br />Os diferentes meios de comunicação colocam diante de nossos olhos, mentes e corações:<br /...
O EXCESSO DE EXPOSIÇÃO À MÍDIA E SUAS POTENCIAIS CONSEQÜÊNCIAS ADVERSAS<br /> Aumento do comportamento violento<br /> Obes...
A VIOLÊNCIA NA MÍDIA AFETA O COMPORTAMENTO E AS ATITUDES DOS ESPECTADORES<br /> Imitação de Comportamento<br /> Heróis Vio...
EDUCAÇÃO E VIOLÊNCIA <br />QUAL O PAPEL DA ESCOLA?<br />A escola também reflete o modelo violento de convivência social. E...
No cotidiano escolar ela aparece de forma dissimulada quando os agentes da escola:<br /> Não acolhem e simplesmente exclue...
De estudos realizados, resultam algumas hipóteses, levantadas a partir dos enfoques analisados:<br /> A escola possui em s...
A VIOLÊNCIA NA ESCOLA:<br /> COMO ENFRENTÁ-LA?<br />De depredações a casos de arrombamento, ameaças e prisões, muitas cois...
Faz-se necessário um projeto tendo como procedimentos básicos:<br /> Ouvir todos os segmentos envolvidos, em especial os a...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Violência Na Escola

37,802

Published on

Published in: Health & Medicine, Sports
3 Comments
3 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total Views
37,802
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
6
Actions
Shares
0
Downloads
482
Comments
3
Likes
3
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Transcript of "Violência Na Escola"

  1. 1. VIOLÊNCIA NA ESCOLA<br />Ecore<br />
  2. 2. &quot;Eduquem as crianças de hoje e não será preciso castigar os homens de amanhã.&quot;<br />Pitágoras- 2.500 anos<br />Ecore<br />
  3. 3. A SOCIEDADE<br />VIOLÊNCIA<br />Fenômeno observado á partir dos anos 80pelo poder público, cientistas sociais e pela sociedade.<br />No mundo capitalista, , o consumo, as coisas materiais, a aparência em detrimento da essência da pessoa humana. É um total desvirtuamento do significado de gente, ser sujeito, ser pessoa. <br />No mundo capitalista, , o consumo, as coisas materiais, a aparência em detrimento da essência da pessoa humana. É um total desvirtuamento do significado de gente, ser sujeito, ser pessoa.<br />Ecore<br />
  4. 4. VIOLÊNCIA E AGRESSIVIDADE<br />Violência : ato ou efeito de violentar<br />É romper a liberdade e os direitos do cidadão.<br />A violência é um distúrbio da agressividade. <br />Agressividade: tendência a atacar e provocar.<br />A agressividade em si não é necessariamente má nem anormal.<br /> Ela é ativada pela frustração.<br /> Enquanto a afetividade diz sim, a agressividade diz não. <br /> Sem a capacidade de dizer não, é impossível sobreviver. <br />A agressividade pode ser expressa de maneira criativa ou destrutiva.<br /> Voltada contra o sujeito, ela gera depressão.<br /> Voltada contra os outros, ela os ataca. <br />Em ambos os casos, não encontrando uma válvula criativa, <br />desembocará na violência, na destrutividade.<br />Ecore<br />
  5. 5. Tipos de violência<br />Violência física<br /> Violência psicológica<br /> Negligência<br /> Violência sexual<br /> Bullying<br />   <br />Ecore<br />
  6. 6. www.aprapia.com.br<br />Ecore<br />
  7. 7. BULLYING<br />Bullying é usar o poder ou força para intimidar ou perseguir os outros.<br />Um problema que afeta as nossas escolas, comunidades e toda a sociedade.<br />Bullying direto<br />Bullying relacional<br />Ações bullying: são latentes, dissimuladas, preconceituosas. Utilizam-se geralmente chacotas, ironias, como, por exemplo, dar apelidos cruéis às suas vítimas. <br />Armas bulliyng: não estão à vista. São ações que ocorrem de forma sinistra, agressiva, desqualificando e pisoteando as vítimas.<br />Vítimas de uma ação bulliyng: apresentam baixa auto-estima, auto-imagem e autoconfiança. <br />Ecore<br />
  8. 8. A INFLUÊNCIA DA MÍDIA<br />Os diferentes meios de comunicação colocam diante de nossos olhos, mentes e corações:<br /> numerosas cenas onde a violênciaque terminamos por naturalizar e banalizar sua realidade ;<br /> a violência que perpassa as diferentes relações sociais e aparece de forma explícita nos meios de comunicação de massa, principalmente na mídia televisiva ;<br /> programas que enfatizam e reproduzem, com veemência, atos de violência e até de barbárie;<br /> apresenta programas com &quot;brincadeiras&quot; desrespeitosas em que os indivíduos são usados como objeto sarcástico;<br /> programas infantis que não fogem a essa conotação violenta.<br />Ecore<br />
  9. 9. O EXCESSO DE EXPOSIÇÃO À MÍDIA E SUAS POTENCIAIS CONSEQÜÊNCIAS ADVERSAS<br /> Aumento do comportamento violento<br /> Obesidade<br /> Diminuição da atividade física e da boa forma<br /> Aumento dos níveis de colesterol<br /> Consumo excessivo de sal<br /> Lesões por esforço repetitivo (vídeo, jogos de computador)<br /> Insônia <br /> Convulsões óticas em indivíduos vulneráveis<br /> Desempenho escolar prejudicado<br /> Aumento do uso de tabaco e álcool<br /> Aumento da atividade sexual precoce<br /> Diminuição da atenção<br /> Diminuição da comunicação familiar<br /> Enfoque excessivo no consumo (resultando em inveja, ambição etc.).<br />Ecore<br />
  10. 10. A VIOLÊNCIA NA MÍDIA AFETA O COMPORTAMENTO E AS ATITUDES DOS ESPECTADORES<br /> Imitação de Comportamento<br /> Heróis Violentos<br /> Violência Recompensada<br /> Violência Justificada<br /> Dessensibilização<br /> Aumento do Medo<br /> Maior Apetite pela Violência<br /> Violência Realista<br /> Cultura do Desrespeito<br />Ecore<br />
  11. 11. EDUCAÇÃO E VIOLÊNCIA <br />QUAL O PAPEL DA ESCOLA?<br />A escola também reflete o modelo violento de convivência social. E o mais grave é que muitos educadores não se apercebem como violadores dos direitos dos alunos.<br />É a violência sutil que, em geral, não aparece de forma tão explícita e serve para escamotear e dissimular os conflitos.<br />A ação pedagógica se apresenta carregado de autoritarismo e, portanto, de violência simbólica. a percepção dos alunos e educadores.<br />Para estes, a violência na escola aparece, basicamente, na relação entre os alunos e destes para com o professor.<br />Ecore<br />
  12. 12. No cotidiano escolar ela aparece de forma dissimulada quando os agentes da escola:<br /> Não acolhem e simplesmente excluem;<br /> Dão a entender de modo sutil sobre suas desconfianças em relação às potencialidades dos alunos; <br /> Tratam com indiferença, não existe a solidariedade; <br /> Usam do conhecimento ou da posição hierárquica para humilhar; <br /> Ameaçam com avaliações e punições a fim de obter disciplina, e não buscam um consenso construído e legitimado; <br /> Não estão preparados para a tarefa de educar;<br /> Inspetores de alunos, instituídos de poder, que agem como &quot;pequenas autoridades&quot; sem preparo e sem consciência da filosofia de relação e das possibilidades da escola .<br />Ecore<br />
  13. 13. De estudos realizados, resultam algumas hipóteses, levantadas a partir dos enfoques analisados:<br /> A escola possui em sua organização o germe do controle, onde todos são vigiados e vigiam ao mesmo tempo, onde há uma relação entre vigilância, punição e depredação escolar;<br /> O sucesso da escola depende diretamente da sua eficácia como instituição normalizadora, controladora de comportamento;<br /> Em virtude do currículo, a ser cumprido na escola, atender os objetivos ideológico das desigualdades sociais , esta nada tem a ver com as expectativas e interesses dos alunos das classes subalternas;<br /> Vigiar e punir são conseqüências diretas das estruturas burocráticas vigentes nas escolas;<br /> A escola estabelece diferenciação de comportamentos individuais, apontando eficazmente quem é o marginal, o favelado, o maloqueiro, colocando nestes a causa dos problemas disciplinares;<br /> Na escola, puni-se e vigia-se para padronizar comportamentos.<br />Ecore<br />
  14. 14. A VIOLÊNCIA NA ESCOLA:<br /> COMO ENFRENTÁ-LA?<br />De depredações a casos de arrombamento, ameaças e prisões, muitas coisas acontecem, amedrontando pais, professores e alunos.<br />A violência não é um ato gratuito, mas uma reação àquilo que a escola significa ou, ainda pior, àquilo que ela não consegue ser. Muito raramente são &quot;elementos estranhos&quot; que atacam a instituição.<br />Democratizar a escola é a linha central de todas as intervenções para diminuir a violência em seu ambiente.<br />DEMOCRACIA<br />Ecore<br />
  15. 15. Faz-se necessário um projeto tendo como procedimentos básicos:<br /> Ouvir todos os segmentos envolvidos, em especial os alunos.<br /> Explicitar as contradições existentes.<br /> Trabalhar as contradições internas. <br /> Trabalhar as relações humanas.<br /> Organizar comissões para aprofundar as discussões sobre violência e sobre a segurança possível.<br /> Abrir as escolas para dentro e para fora.<br /> Fazer funcionar efetivamente as estruturas democráticas das escolas.<br />PROJETOS<br />Ecore<br />
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×