• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
05 08 2011 resenha lideranca nas organizacoes
 

05 08 2011 resenha lideranca nas organizacoes

on

  • 942 views

 

Statistics

Views

Total Views
942
Views on SlideShare
894
Embed Views
48

Actions

Likes
0
Downloads
2
Comments
0

3 Embeds 48

http://bete-elisabetejorgino-mestrado-reflex.blogspot.pt 20
http://bete-elisabetejorgino-mestrado-reflex.blogspot.com 17
http://bete-elisabetejorgino-mestrado-reflex.blogspot.com.br 11

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    05 08 2011 resenha lideranca nas organizacoes 05 08 2011 resenha lideranca nas organizacoes Document Transcript

    • Faculdade Mário SchenbergCurso de Pós-Graduação em Supervisão Pedagógica e Formação deFormadores com Acesso ao MestradoDisciplina: Supervisão Organizacional e LiderançaDocente: Profª DRª MiriamAluna: Elisabete Jorgino Ferreira Coelho Artigo: Liderança nas organizações educativas: a Direcção por Valores. RESENHATRIGO, João Ribeiro; COSTA, Jorge Adelino. Liderança nas organizações educativas: adireção por valores. Ensaio: aval. pol. públ. Educ., Rio de Janeiro, v. 16, n. 61, p. 561-582,out./dez. 2008. Disponível em HTTP://www.scielo.br/pdf/ensaio/v16n61/v16n61aD5.pdf. Elisabete Jorgino1Os termos empregados neste artigo, defende o estudo da ciência organizacionalfocando a Liderança no ambiente educacional através do reflexo do sucesso nasorganizações no que tange a Liderança. Neste sentido os autores invocam o Modeloda Direcção por Valores enquanto proposta.A proposta do autor, através do percurso sobre as propostas da liderança nasorganizações escolares estudadas por inúmeros autores, é trazer o que é a“Direcção por Valores (DpV)”. Observa que embora cada proposta traz a suaparticularidade, em todas, os autores trazem a importância dos “valores”, das“pessoas” e do “diálogo” em uma liderança organizacional global, ou seja, para omundo.Embora o DpV fora estudado por alguns autores e cada qual com seu conceito,chama a atenção a breve definição apresentada por Garcia (2002, p.4) onde trazque a DpV é um modo avançado de direcção estratégica participativa pós1 Aluna do curso de Pós-Graduação em Supervisão Pedagógica e Formação de Formadores com Acessoao Mestrado. Disciplina: Supervisão Organizacional e Liderança. Ministrada por Profª DRª Miriam.
    • convencional tendo como alicerce o diálogo explicito e democrático sobre os valorespartilhados que gera as decisões de ação na empresa. Assim o toque esta nosvalores e pessoas.A DpV é uma nova ferramenta de liderança estratégica que auxiliará a direção dasescolas no que tange a entender a aplica.E algo de “crescente relevo” tratando-se de um papel importante para a mudançados sistemas educativos, bem como das organizações escolares defendendo queeste sistema, esta nova cultura de Liderança fará que estas tornem mais eficazesaumentando com isto o nível da qualidade.Na tentativa exaustiva de buscar como aplicar esta liderança das organizações nocontexto educacional e após estudos declarados onde inclusive informa que no“...nosso pais, Marcal Grilo, enquanto Ministro da Educação, repetidamente apontoutrês condições para uma escola de qualidade: existência de um projeto, liderançaforte e estabilidade do corpo docente (NETO, 2002, p. 50-52.).”, os autores, aoreconhecer que trata-se de um tema “liderança” muito discutido havendo assimmuito assunto já estudado com relevantes bibliografias, reforça o modelo de umanova ferramenta, a DpV.Quando os autores indicam como sub-tema “Um mundo de organizações”, deixamclaro que desde o mundo contemporâneo as organizações são inevitáveis na vidade todo o ser-humano, desde o seu nascimento, em processo de crescimento,maturidade, chegando a fase adulta e até a sua morte, precisamos dasorganizações, sem elas não teríamos como vivermos com dignidade pois nãoexistiria trabalho, desenvolvimento e crescimento nas relações. Embora o autordeixa claro que há vastos artigos e livros sobre o que é a organização, definiçõescomplexas e de múltiplas metáforas, Muñoz Sedano e Roman Perez (1989, p. 41-46) apontam cinco elementos fundamentais do conceito de organização:composição (indivíduos e grupos interrelacionados); orientação para objetivos efins; diferenciação de funções; coordenação racional intencional e continuidadeatravés do tempo.Analisando o pensamento dos autores e definições é de se esperar este resultado,pois quando falamos de organização, estamos nos referindo as necessidades, asestratégias que se diferenciam um dos outros, uma organização que nasceu paraatender ao consumidor de classe A não pode pensar igual a organização que nasceupara atender ao consumidor da classe C e D, estamos falando de horizontes
    • diferentes, de público, região geográfica extensão de mercado, faturamento,resultados sócio-econômicos distintos levando em contas minha metáfora aquiapresentada, conseguimos com este simbólico exemplo sentir a complexidade dasdiferentes lideranças organizacionais.Portanto como pensar a liderança Organizacional nas Escolas, no contextoeducacional? Assim como as organizações nascem para atender um determinadopúblico, uma determinada necessidade e região geográfica, assim nascem asescolas, para tanto em uma rápida análise com intuito de entender como esteconceito se encaixa no contexto educacional, é simples e complexo, ou seja, o queenfrentam as organizações, enfrentarão as Escolas, pois há variações comomencionado aqui neste parágrafo, concluindo portanto que é sim possível aLiderança das organizações nas Escolas, sabendo que enfrentarão os mesmasvariáveis que as organizações enfrentam, mas valerá a pena pensar em uma Escolacomo uma organização, isto trará nobreza aos estudos.